Thaisa Galvão

28 de abril de 2020 às 22:23

(Vídeo) Bolsonaro sobre números de mortes no Brasil, maiores do que os da China: “E daí?” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Jair Bolsonaro respondeu perguntou perguntando ao questionemento de uma jornalista no final da tarde, na frente do Palácio da Alvorada.

Ela perguntou sobre os números de mortos por coronavírus no Brasil, que segundo os dados desta terça-feira, superaram os da China, país de origem da pandemia.

Segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, o número de mortes confirmadas por covid-19, chegou a 5.017, ultrapassando a China, com 4.643 mortos.

“A gente ultrapassou o número de mortos da China por covid-19”, falou a jornalista.

Veja a ignorada dele…

28 de abril de 2020 às 19:49

5º Constitucional: Em sessão que seguia anulando lista tríplice do TRT/RN, conselheiro do CNJ pede vista e julgamento seguirá no dia 12 de maio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A disputa pela vaga do Quinto Constitucional, para cargo de desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), que virou polêmica com a retirada do nome do advogado Eduardo Rocha, teve mais um capítulo nesta terça-feira (28): o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) iniciou o julgamento sobre possíveis anulações de votos.

Em seu relatório, o conselheiro Mário Guerreiro, não acatou o pedido de Eduardo Rocha para anular o voto do presidente do Tribunal, Bento Herculano, em favor da advogada e ex-mulher Marisa Almeida, e decidiu pela nulidade integral da votação, com a formação de nova lista tríplice pelo Tribunal.

O presidente do CNJ, Dias Toffoli, quis adiantar o voto e abriu divergência, votando pela anulação do voto de Bento.

Toffoli foi acompanhando do corregedor nacional de Justiça, Humberto Martins.

O conselheiro André Godinho abriu uma segunda divergência, votando pela anulação do voto de Bento Herculano e pelo refazimento do terceiro escrutínio, dessa vez com a participação de Marisa.

Essa também foi a posição doconselheiro Luiz Fernando Tomasi Keppen.

O conselheiro Marcos Vinicius pediu vista, adiando a continuidade do julgamento para a próxima sessão ordinária do CNJ, marcada para o dia de 12 de maio, com a manifestação dos votos dos outros 10 conselheiros.

Integram hoje a lista tríplice do TRT-RN os advogados Augusto Maranhão, Marcelo Barros e Marisa Almeida.

28 de abril de 2020 às 18:46

O óleo que queima Paulo Guedes queima Rogério Marinho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O muído recente do Planalto envolve os ministros Paulo Guedes, da Economia, e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Econômico.

Guedes foi ‘enredar’ de Marinho ao chefe…

Depois da queda de dois ministros em duas semanas, em plena pandemia, o governo não poderia jogar mais um pelo ralo, e aí bolsonaro teve que fazer teatro com Paulo Guedes, afirmando que só ele fala pela economia do país.

Todo mundo sabe que todo mundo sabe que Guedes continua em processo de fritura…só que agora com a tampa em cima da panela.

E Rogério começou a ser temperado…

E quem anda por perto dos Palácios da Alvorada e do Planalto, disse que ele está a caminho da frigideira.

Então seriam os dois entrando em desgraça para poder ter assunto no governo.

Ah…

E quando foi enredar de Rogério a bolsonaro, Guedes disse que o potiguar quer ser governador no Rio Grande do Norte.

O incômodo de Paulo Guedes com Rogério Marinho, responsável, segundo ele, por formular o programa Pró-Brasil, chegou a Jair Bolsonaro.

Guedes procurou Bolsonaro e fez críticas sobre a natureza intervencionista do programa.

Nessa conversa, segundo relato de Guedes a assessores, Bolsonaro o tranquilizou de que o programa não deverá atuar com dinheiro público, e lembrou que o próprio ministro teria como controlar isso, sendo ele quem controla o uso de recursos do Tesouro.

Guedes apurou que Marinho procurou um a um os ministros envolvidos na formulação do plano — Tarcísio Freitas, Bento Albuquerque, Walter Braga Netto, entre outros — e os convenceu a criar o Pró-Brasil, programa que reservadamente o ministro da Economia chama de “Dilma 3”.

Guedes se irritou especialmente com o impacto que o Pró-Brasil teria na economia pela redução de juros — menos R$ 35 bilhões de economia, nas contas dele.

Com isso, o ministro da Economia está decidido a não conversar mais com Marinho privadamente, conforme ele mesmo disse ao colega na sexta-feira 24, na frente dos demais ministros, no Planalto, antes de todos acompanharem Bolsonaro para o pronunciamento sobre a saída de Moro.

Guedes está convencido de que Marinho quer ser governador do Rio Grande do Norte, e por isso capitaneou a campanha por gastos do Estado, que teriam, na visão de Guedes, o objetivo de catapultar a popularidade de Bolsonaro com fins eleitorais e, consequentemente, seus aliados.

28 de abril de 2020 às 16:20

Ministério Público Federal articula estratégia para evitar aglomerado no pagamento do auxílio emergencial em todo o RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O pagamento do auxílio emergencial pelo governo, nas agências da Caixa Econômica e em casas lotéricas de todo o Brasil, com filas gigantes registradas todos os dias, pode sair caro para muita gente.

É que um grande número de pessoas não se protege, e se aglomera sem usar máscaras e sem se higienizar com álcool em gel.

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio Grande do Norte discutiu com a Caixa, o Ministério Público Estadual, Defensorias, Procons e Polícia Militar, uma forma de controlar as filas com a distância adequada entre as pessoas, e com as condições de higiene necessárias para evitar a propagação da covid-19.

“Nesse momento de crise na saúde pública, é essencial a colaboração entre os órgãos para encontrar soluções que reduzam a exposição ao vírus. Não podemos permitir que a parcela mais pobre da população, ao buscar acesso ao benefício emergencial, corra riscos ainda maiores de se contaminar com a covid-19”, defendeu a procuradora chefe do MPF no RN, Cibele Benevides.

As Prefeituras acertaram de atuar em parceria com a Caixa na demarcação das calçadas e disponibilização de carros de som para orientar os clientes.

Para o MPF as prefeituras também devem se esforçar para criar a figura do “desaglomerador”, uma pessoa contratada para orientar e conscientizar os cidadãos, sem caráter punitivo.

28 de abril de 2020 às 16:18

Prefeitura de Goianinha organiza fila com distanciamento em ginásio de esportes perto da CEF [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de Goianinha já começou a dar o exemplo, evitando que a população seja infectada pelo vírus covid-19, se aglomerando em filas da Caixa Econômica ou de casas lotéricas para receber o auxílio emergencial.

E mesmo antes da discussão do Ministério Público Federal, já organizou a fila no ginásio de esportes próximo à agência da Caixa, com o distanciamento adequado.

28 de abril de 2020 às 16:17

Prefeitura de Messias Targino elaborou calendário para evitar aglomeração no recebimento do auxílio emergencial [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de Messias Targino é outra do interior do Rio Grande do Norte que está cuidando da população para evitar a propagação do vírus covid-19.

A prefeita Shirley Targino organizou as datas dos beneficiados em datas, a partir do cadastro único do município.

Serão 3 meses em que o governo federal vai repassar o auxílio às populações mais necessitadas, e as Prefeituras devem compreender, como vem fazendo Goianinha e Messias Targino, por exemplo, que os recursos recebidos e gastos no comércio de cada município, ajudarão na arrecadação do município.
Portanto…cuidar dos beneficiados é a melhor forma de contribuir com o próprio município e cuidar de seus moradores.

#Ficaadica

28 de abril de 2020 às 14:43

Guarda Municipal de Natal se destaca em várias frentes de apoio à prevenção da Covid-19 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Guarda Municipal do Natal (GMN) vem se destacando em várias frentes de apoio à prevenção e ao combate a disseminação da Covid-19 (Coronavírus) na capital potiguar.

As operações deflagradas pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), por meio do Comando da GMN, compreendem desde ações de apoio à fiscalização do cumprimento do decreto municipal, sancionado pelo prefeito Álvaro Dias no intuito de prevenir infecções, até ações humanitárias de organização, cadastramento, segurança e distribuição de cestas de alimentos a famílias vulneráveis.

Em praticamente todas as atividades desenvolvidas pelas secretarias municipais, é possível ver a presença das guarnições da GMN apoiando, disciplinando ações de atendimento ao público, fazendo a segurança de servidores e população, inibindo transgressões à lei, orientando a população, e agindo sistematicamente para que todos os procedimentos e missões desenvolvidas pelo município de Natal ocorram dentro da normalidade e segurança desejáveis.

O comandante da GMN, Alberfran Grilo, explicou que as guarnições estão atuando 24 horas em procedimentos que envolvem a segurança do cidadão dentro da cidade e o apoio a medidas humanitárias que estão sendo levadas pela Prefeitura às populações mais carentes.

Nessa situação de pandemia, a GMN vem dando suporte em várias frentes distintas, como na distribuição de cestas de alimentos realizadas pelas Secretaria Municipais de Educação (SME) e de Trabalho e Assistência Social (Semtas).

“Há guardas colaborando em todas os pontos de distribuição espalhados nas quatro zonas da capital. Estamos não somente fazendo a segurança propriamente dita, mas também orientando sobre procedimentos de distanciamento social, uso de máscaras e outras informações nessa linha de prevenção”, comentou o subcomandante de Segurança da GMN, Carlo Cruz.

As atividades de fiscalização também estão cada vez mais fortes com o apoio das guarnições da GMN. Com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), o patrulhamento está percorrendo todas as feiras livres da capital orientando e inibindo transgressões ao decreto municipal.

Já com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), o foco da fiscalização está no comércio onde são combatidas ações que ampliam a possibilidade de contágio pelo Covid-19.

Ainda dentro desse cenário, a GMN está sendo um apoio importante para a Caixa Econômica Federal no disciplinamento, orientação e distanciamento das pessoas que vão receber o auxílio pecuniário do Governo Federal.

28 de abril de 2020 às 10:38

As filas nas agências da Caixa em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Segue o aglomerado nas agências da Caixa Econômica, onde as pessoas – muitas sem máscaras de proteção – se expõem ao risco do coronavírus para receber o auxílio emergencial de 600 reais.

Será assim por 3 meses.

Em Natal, na agência da avenida Campos Sales na manhã desta terça-feira:

E na agência da Prudente de Morais:

28 de abril de 2020 às 9:46

Álvaro nomeia João Gentil para pasta do Esporte em aliança com a Rede [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O partido Rede está afinado com o prefeito de Natal, Álvaro Dias.

Que nomeou João Gentil para a Secretaria de Esportes.

Por ter assumido já dentro do calendário eleitoral, quando detentor de cargo público que quer ser candidato tem que estar desincompatibilizado, João Gentil fica impedido de disputar uma vaga na Câmara de Mossoró como era previsto.

28 de abril de 2020 às 7:21

Filho de Adão Eridan assumirá vaga na Câmara de Natal se Fábio Faria for para ministério [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quem deve estar torcendo, cruzando os dedos, para o deputado Fábio Faria ser ministro, é o ex-vereador Adão Eridan.

É que a ida da vereadora Carla Dickson para a Câmara Federal abrirá vaga na Câmara de Natal para César de Adão Eridan, o filho do ex-vereador que tentou substituir o pai nas eleições de 2016, mas ficou na suplência.

28 de abril de 2020 às 7:16

Caso Fábio Faria vá para ministério, Carla Dickson renunciará ao mandato de vereadora para ser deputada federal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Caso a negociação de jair bolsonaro com o Centrão termine na nomeação do deputado Fábio Faria para o Ministério da Ciência e Tecnologia, derrubando o astronauta Marcos Pontes, trocando o perfil de governo técnico para político, a vereadora de Natal, Carla Dickson (PROS) assumirá a vaga de deputada federal.

Ganhará o Rio Grande do Norte com a presença da parlamentar atuante em Natal.

Para assumir, se for o caso, Carla terá que renunciar ao mandato de vereadora.

Como deputada federal, na vaga de Fábio, seria uma provável indicada de Fábio para ser vice do prefeito Álvaro Dias, como forma de envolvimento do provável ministro na campanha de reeleição do prefeito da capital.

Mas pula essa parte porque esse convite Carla já recebeu do próprio Álvaro e não aceitou.

É que ela tinha que mudar do PROS para o PDT, e ela não quis deixar a legenda, fortalecida agora na abertura da janela, com a filiação do vereador Sueldo Medeiros e a criação de uma nominata forte.

Mesmo deputada federal, se for o caso, Carla Dickson será candidata a vereadora, mantendo mandato próprio, para chamar de seu.

28 de abril de 2020 às 6:35

Presidente troca o indicado para a Justiça mas mantém o amigo do filho para a Polícia Federal derrotando os policiais que queriam escolher o novo diretor geral [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quando se esperava que bolsonaro nomeasse Jorge Oliveira para o Ministério da Justiça e trocasse Alexandre por outro nome para a Polícia Federal…

Eis que o presidente faz o contrário.

Mesmo tendo dito ontem, na rampa do Palácio do Planalto que o ministro da Justiça seria Jorge Oliveira, bolsonaro nomeou foi o advogado geral da União, André Luiz Menezes.

Maaasss…

Para a Polícia Federal o presidente não abriu mão do amigo do filho Carlos Bolsonaro, Alexandre Ramagem.

Derrota para a Polícia Federal que chegou a encaminhar uma carta aberta à presidência da república pedindo para o substituto de Alexandre Valeixo ser escolhido pela categoria.

Nem tchuns para os policiais.

28 de abril de 2020 às 2:17

Prefeito de Natal Álvaro Dias lidera com folga a disputa pela reeleição apesar de não confirmar candidatura [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pesquisa do instituto Radar publicada na Tribuna do Norte desta terça-feira mostra que o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), está muito bem na foto na provável disputa pela reeleição.

Na primeira pesquisa registrada no TRE, com 8 nomes citados na estimulada, Álvaro lidera com folga a disputa pela Prefeitura da capital.

Cenário com 8 nomes

Álvaro – 29%

Natalia Bonavides (PT) 8%

Kelps Lima (SD) – 5%

Hermano Morais (PSB) – 5%

General Girão (PSL) – 4%.

Sandro Pimentel (PSOL) – 2%

Coronel Azevedo (PTC) – 2%

Fernando Pinto (Novo) 1%

Ninguém/branco/nulo – 31%

Não responderam – 13%

A pesquisa indica que, se a eleição fosse hoje, Álvaro Dias teria 51% dos votos validos.

O instituto Radar criou cenários ainda com 4 e alguns com 2 nomes:

Cenário com 4

Álvaro – 33%

Hermano Morais – 9%

Natalia Bonavides- 9%

Kelps Lima – 7%

Ninguém/branco/nulo – 32%

Não responderam – 10%

Três cenários com 2 nomes

Um

Álvaro – 43%

Kelps Lima – 11%

Dois

Álvaro – 40%

Natália Bonavides – 14%

Três

Álvaro – 41%

Hermano – 12%

*

A gestão do prefeito de Natal Álvaro Dias tem 64% de aprovação, sendo 73% na região Oeste, e 69% na sona Norte.

28 de abril de 2020 às 1:45

Depois de perder seguidores e parceiros, Gabriela Pugliesi desativa instagram [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de quebrar a quarentena numa reunião barulhenta em casa, com postagens após ter bebido, falando em “foda-se a vida”, a influenciadora digital Gabriela Pugliesi desativou seu perfil no Instagram.

As críticas dos seguidores fizeram com que a blogueieinha perdesse contratos que lhe garantiam renda de mais de 200 mil reais por mês.

A assessoria de Pugliesi jura que “ela desativou para poder dar um tempo mesmo”, mas entre o momento da festa, em que ela começou a receber críticas, e a desativação da conta nesta segunda-feira, a blogueirinha já tinha perdido mais de 130 mil dos seus 4 milhões e meio de seguidores, e 9 clientes/parceiros: Hope, Rappi, LBA, Baw Clothing, Mais Pura, Evolution Coffee, Liv Up, Kopenhagen e Fazenda Futuro.

28 de abril de 2020 às 0:40

Em nota, Ministério Público Federal apoia decreto do Governo do RN de manter aulas suspensas e distanciamento social [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte emitiu nota afirmando que está de acordo com o decreto do Governo do Estado, que mantém as aulas nas escolas da rede estadual, suspensas até 31 de maio.

A nota foi emitida depois que se tornou pública uma ação “do Ministério Público Federal”, se posicionando contrário à medida anunciada pela governadora Fátima Bezerra.

O MPF no RN explicou que essa não era a posição da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte.

Eis a nota emitida pelo Grupo de Trabalho Estadual de acompanhamento das medidas governamentais e privadas relacionadas ao novo coronavírus no âmbito do Ministério Publico Federal no Rio Grande do Norte (GT Covid-19):

Nota Pública

O Grupo de Trabalho Estadual de acompanhamento das medidas governamentais e privadas relacionadas ao Novo Coronavírus no âmbito do Ministério Publico Federal no Rio Grande do Norte (GT Covid-19) esclarece que a Ação Popular sob o nº 0814554-09.2020.8.20.5001, que tem por objetivo suspender a vigência do art. 2º do Decreto Estadual 29.634/2020 e, por consequência, retomar as atividades escolares a partir de 05 de maio, foi ajuizada pelo senhor Kleber Martins na condição de cidadão, sem relação com sua atuação como procurador da República.

A ação, portanto, não reflete o posicionamento do Ministério Público Federal, cuja atuação no caso é de responsabilidade do GT Covid-19, por meio de reuniões com os demais órgãos envolvidos, expedição de recomendações, celebração de Termos de Ajustamento de Conduta, instauração de inquéritos e ajuizamento de ações.

O Grupo de Trabalho foi criado pela Portaria nº 48, de 09 de abril de 2020 da Procuradoria da República do RN e é formado pelos procuradores da República Caroline Maciel, Victor Mariz, PRDC e PRDC-substituto e procuradores naturais dos Procedimentos Preparatórios 1.28.000.000496/2020-37 e 1.28.000.000659/2020-81, e pelos demais procuradores voluntários Cibele Benevides, Fernando Rocha, Márcio Albuquerque e Maria Clara Lucena, após consulta e aprovação do Colégio dos Procuradores.

Os procuradores sustentam que não é o momento de atenuação das medidas restritivas determinadas pelos decretos estaduais em vigor no RN.

Recente estudo solicitado pela Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte alerta que o Estado ainda se encontra na fase 1 da epidemia e projeta avanço da doença nos próximos meses. E de acordo com dados da OMS, apenas nos últimos 12 dias, o número de infectados aumentou em mais de um milhão no planeta.

O diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesu, sustenta que abandono precipitado das restrições pode gerar um refluxo da pandemia tão grave quanto a propagação atual.

A procuradora-chefe do MPF no RN e integrante do GT, Cibele Benevides, destaca que “as crianças não têm a consciência de autoproteção como os adultos, então se contaminam muito facilmente e podem transmitir aos pais e avós, estes últimos do grupo de risco”.

É o que aponta estudo da John Hopkins University, dos EUA, ao afirmar que apesar de apenas desenvolverem sintomas graves em 2,5% dos casos, as crianças estão sujeitas à infecção e podem ser vetores do vírus.

Estudos na Coreia do Sul, país que mais realizou testes para covid-19, indicam que a velocidade de transmissão em escolas é duas vezes maior que em ambientes de trabalho e no cotidiano das cidades, devido à maior intensidade de contato entre as crianças. Destaca-se, ainda, que desde a gripe espanhola a suspensão de aulas é medida de contenção e prevenção adotada no enfrentamento de epidemias.

Ademais, importante ressaltar que não há vacina ou medicamento comprovadamente eficaz no tratamento da doença.

O GT Covid-19 ressalta a defesa das medidas de distanciamento social recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e comunidade científica.

A atuação institucional é conduzida de forma estratégica, em colaboração com o Ministério Público do Trabalho no estado (MPT/RN) e com o MP estadual (MP/RN) e pode ser acompanhada no portal www.mpf.mp.br/rn

28 de abril de 2020 às 0:11

União terá que apresentar laudo dos testes de coronavírus de bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A União tem 48 horas a partir desta segunda-feira, para fornecer “os laudos de todos os exames” feitos por bolsonaro para identificar se ele foi infectado pelo coronavírus.

A decisão foi da juíza Ana Lúcia Petn Betto, atendendo pedido do jornal O Estado de São Paulo.

Bolsonaro disse que o resultado dos exames deu negativo, mas até hoje se recusou a divulgar os papeis.

“No atual momenta de pandemia que assola não só Brasil, mas o mundo inteiro, os fundamentos da República não podem ser negligenciados, em especial quanto aos deveres de informação e transparência. Repise-se que ‘todo poder emana do povo’ (art. 1°, parágrafo único, da CF/88), de modo que os mandantes do poder tem o direito de serem informados quanto ao real estado de saúde do representante eleito”, definiu a juíza.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra da decisão