Thaisa Galvão

3 de maio de 2020 às 0:04

Em depoimento, Sergio Moro apresentou mensagens, emails e áudios para provar denúncias que fez contra bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-ministro Sergio Moro prestou depoimento por quase 9 horas na sede da Polícia Federal, em Curitiba.

Moro refirçou todas as acusações que já tinha feito, sobre interferência de jair bolsonaro na Polícia Federal.

Mostrou as mensagens de WhatsApp que já eram de conhecimento público, e acrescentou emails e áudios de conversas com pessoas que autorizaram seu uso.

Moro também disponibilizou o celular e arquivos de mídia para cópia e perícia. No material, há conversas com outras autoridades usadas por Bolsonaro para mandar recados a Moro.

Com informações de O Antagonista

*

O ex-ministro chegou à sede da PF volta das 13h15 e entrou pelos fundos.

O depoimento começou por volta das 14h e depois das 21h, foram pedidas pizzas.

Durante o depoimento, lá fora a imprensa foi atacada.

Um dos manifestantes empurrou a câmera do cinegrafista da RIC, afiliada da rede a Record, gritando palavras de ordem contra a Rede Globo.

Foi contido pela polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.