Thaisa Galvão

14 de maio de 2020 às 3:25

Número dois da Polícia Federal retirado do comando no Rio confirma que filho de Bolsonaro era investigado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro, que para deixar de lado investigações que poderiam envolver os filhos do presidente Bolsonaro, foi promovido ao segundo cargo mais importante na PF…desmentiu declaração do chefe do executivo.

Nos últimos dias Bolsonaro vem repetindo que não existe investigação contra filho seu no Rio de Janeiro.

O delegado Carlos Henrique Oliveira disse que existe, que familiares do presidente Jair Bolsonaro passam por investigação, segundo ele, num inquérito ‘de âmbito eleitoral, e que já foi relatado sem indiciamento’.

A investigação citada mirou supostos crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica envolvendo a declaração de bens do senador Flávio Bolsonaro nas eleições de 2014, 2016 e 2018.

O caso foi aberto após notícia-crime do advogado Eliezer Gomes da Silva. Ele apontou que o filho do presidente apresentou valores distintos em anos diferentes para o mesmo imóvel, localizado no bairro carioca de Laranjeiras, em declarações à Justiça Eleitoral.

O inquérito era sigiloso e já foi remetido à Justiça Eleitoral sem proposta de indiciamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*