Thaisa Galvão

21 de maio de 2020 às 17:27

Contra Bolsonaro, 7 partidos e 400 entidades entregam à Câmara maior pedido de impeachment da história [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Correio Braziliense:

Foto Evaristo Sá/AFP

Sete partidos e 400 entidades entregam pedido de impeachment de Bolsonaro

 

O primeiro pedido coletivo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro foi entregue nesta quinta-feira (21/5) à Câmara dos Deputados.

Assinam o documento sete partidos de esquerda e cerca de 400 entidades e movimentos sociais, além de artistas, juristas, intelectuais, lideranças indígenas e líderes políticos, como Fernando Haddad, candidato do PT nas eleições de 2018 derrotado por Bolsonaro no segundo turno.

Os partidos que subscrevem a iniciativa são PT, PCdoB, PSOL, PCB, PCO, PSTU e UP.

Rede e PDT, duas das mais relevantes legendas de oposição, ficaram de fora.

O principal argumento dos participantes da iniciativa é a forma como Bolsonaro tem conduzido o país durante a pandemia do novo coronavírus.

“Quem prejudica o país, causa instabilidade e não deixa as coisas acontecerem é o próprio presidente da República”, afirmou a deputada e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffman.

Um pouco antes, Guilherme Boulos, candidato à Presidência pelo PSol em 2018, falou em um ato que antecedeu à entrega, no gramado em frente ao Congresso Nacional.

“Este não é mais um pedido de impeachment. Este é o maior pedido de impeachment feito até agora”, afirmou Boulos. “Viemos exigir que o Rodrigo Maia aceite, acate esse pedido e abra urgentemente o processo de impeachment contra o Bolsonaro”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*