Thaisa Galvão

7 de junho de 2020 às 20:38

Lista de beneficiados com auxílio de 600 reais inclui endinheirados do Seridó [2] Comentários | Deixe seu comentário.

A Controladoria Geral da União vai divulgar a listagem com notificação extrajudicial convocando pessoas que requereram e receberam indevidamente o auxílio emergencial de 600 reais pago pelo Governo Federal.

Em todo o Brasil, milhares e milhares de pessoas com boas condições financeiras, se inscreveram e receberam o dinheiro que seria destinado a desempregados, desassistidos, famintos, sofridos…

Dá vergonha ler a lista de beneficiados com o auxílio em cidades do Rio Grande do Norte.

A lista de liberação do auxílio no Seridó inclui filho de supermercadista, filho de grande empresário, lojista, dono de posto de gasolina, de banda, nora de juiz, amor de chefe de executivo, filhos de vereadores…

A lista está rodando em grupos de Caicó.

7 de junho de 2020 às 18:12

Pré-candidato a vereador em Natal, advogado Flauber Soares se afasta da presidência de comissão na OAB/RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pré-candidato a vereador em Natal, o advogado Flauber Soares se afastou da Presidência da Comissão de Acompanhamento Legislativo da OAB/RN.

Flauber vai compor a nominata do PSB e é tido como um dos principais nomes da sigla na capital.

“Estamos sempre atentos aos prazos e aos regimentos legais para a disputa eleitoral. Temos muito trabalho prestado na Presidência da Comissão, mas tenho certeza que esse trabalho será continuado e contará com todo o meu apoio e incentivo”, justificou Flauber, explicando sua missão na gestão da Ordem dos Advogados.

“Foram vários pleitos que atendemos ao longo do nosso trabalho, sempre valorizando e oportunizando a atuação do advogado em nossa sociedade”, explicou.

7 de junho de 2020 às 17:10

Prefeito de Assu Gustavo Soares está internado no Hospital do Coração com Covid [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado George Soares postou em suas redes sociais que o irmão Gustavo, prefeito de Assu, está internado no Hospital do Coração, em Natal, se tratando de Covid.

Gustavo começou o tratamento em Mossoró e depois foi transferido para Natal.

7 de junho de 2020 às 15:52

Live do cabaré de Caicó se repete neste domingo e ganha destaque na Folha de S. Paulo [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Lembra da live do cabaré de Caicó, que arrecadou alimentos e dinheiro para as “meninas” da casa, e foram distribuídos até com as religiosas do Mosteiro das Clarissas?

Vai se repetir neste domingo, às 19h.

A Folha de S. Paulo repercutiu hoje a live passada e alertou para esta segunda edição.

Roberto de Oliveira


SÃO PAULO
As meninas do Cabaré Sol e Lua, na pequena Caicó, sertão potiguar, despiram-se dos trajes sensuais e deram um até logo à pista de striptease e aos quartinhos de sexo. Desempregadas por causa da pandemia, abandonaram a cidade. A dona do bordel, responsável pelo empreendimento, percebeu que tinha de fazer alguma coisa para salvar o negócio e as meninas. Ela apostou na solidariedade e pôs no ar uma live que, direcionada aos frequentadores da casa, evocava a memória de momentos mais felizes.

No vídeo, Ariana Maia Saldanha, 46, conhecida desde garotinha como Lilia Saldanha, vai direto ao ponto: é hora de ajudar as meninas que o novo coronavírus tirou da cena.

Enquanto fala sem rodeios das dificuldades, uma morena voluptuosa, de trejeitos sensuais, faz poses, caras e bocas. É a Michelle (nome artístico) que se enrosca no poste num momento pole dance ao som do hit “Amor de rapariga”: “Amor de rapariga não vinga, não/ não tem sentimento/ não tem coração”.

A repercussão do vídeo, de uma hora 34 minutos de duração, transmitido na noite de 3 de maio no canal da empresária no YouTube, com mais de 164 mil visualizações, surpreendeu Lilia Saldanha.

A produção foi além do Nordeste e conquistou a simpatia até mesmo de um juiz de Brasília, provando que amor de rapariga pode, sim, tocar o coração. Popularidade e solidariedade, de braços dados, amealharam doações suficientes para amparar as profissionais e também um lar de idosos e uma das igrejas locais, aos quais Lilia destinou uma parte dos recursos.

A transmissão ao vivo do Cabaré Sol e Lua arrecadou R$ 12 mil, meia tonelada de alimentos e produtos de higiene e 108 cestas básicas, mostrando que, no anonimato, também pode existir muita solidariedade. Lilia percebeu que estava no caminho certo e decidiu usar seu talento para criar uma segunda live – agora, com clima de festa junina e acessível em Libras –, prometida para ir ao ar neste domingo (7).

A empresária Ana Claudia Vale, 30, com quem Lilia é casada há seis anos, ajudou a viabilizar o projeto. “Em tempos tão difíceis, a live serviu para mostrar solidariedade e compaixão.”

Pela primeira vez em 16 anos, o Cabaré Sol e Lua interrompeu suas atividades. Ali chegaram a trabalhar simultaneamente 25 garotas, que cobravam de R$ 150 (para fazer um strip) a R$ 300 (para ir às vias de fato).

“Cabaré que eu não mando, eu fecho”, avisa Lilia. “As meninas tiveram que voltar para suas cidades no começo de abril”, lembra. “Muitas não tinham o que comer, me ligavam pedindo ajuda.”

Dona do prostíbulo, Lilia também é vereadora pelo PP, que faz parte do centrão, bloco de partidos que apoia o governo em troca de cargos e verbas do Executivo. Ela ainda preside a Câmara de São José do Brejo do Cruz, cidade paraibana a cerca de 70 km de Caicó.

Na transmissão ao vivo, Lilia aparece sentada, anunciando marcas de “patrocinadores”, como a Granja Caicó, o Bar do Macaco e o Armazém Paulino, que doaram cachaça, álcool em gel, ovos, pizza, pastel, tábua de frios, entre vários outros itens.

Casada, mãe de três filhos, a empresária Gislana Maia, 41, dona de 14 óticas em Natal (RN) e Fortaleza (CE), destacou-se entre os doadores, ao fazer chegar à casa do prazer meia tonelada de alimentos e produtos de higiene. Gislana faz questão de declarar a origem das doações: “Foram mães de família e pais empresários bem casados os que mais doaram”. Reconhece que “as pessoas têm um certo preconceito, mas agora é hora de ajudar”. Queixa-se, porém, de que a live foi tirada do ar bem na hora em que, nas palavras dela, “estava mobilizando multidões”.

Nas redes sociais, houve quem tenha classificado o YouTube de “cabarefóbico”.

Neste momento, em que equipes foram reduzidas devido à pandemia, informa o canal de vídeos, o serviço conta mais com a tecnologia para ajudar na revisão de conteúdo, o que pode resultar tanto em remoções acidentais, que não violam suas políticas, quanto em maior demora para retirar vídeos que as infrinjam.

“Não infringimos norma alguma”, responde Ana Claudia. Segundo ela, o canal do cabaré saiu do ar por volta das 20h45 e só retornou depois das 2h do dia seguinte. “Chegou a ter 7.000 visualizações simultâneas antes de cair.”

Prova de que o vídeo não ofendeu a moral e os bons costumes é o que diz o advogado Lucas Santos de Medeiros, 24, católico fervoroso: “Vi com bons olhos a live. É um ato de generosidade”, lembrando que a dona do cabaré repassou muitas doações às irmãs clarissas do mosteiro, que vivem na clausura.

Medeiros, que nunca faltava à missa das 7h, no Mosteiro Nossa Senhora de Guadalupe, foi obrigado a abster-se da prática religiosa e agora anda preocupado com a sobrevivência das freiras, pois elas dependem de donativos.

Procuradas, as irmãs não quiseram comentar, por telefone, as doações vindas da live do cabaré.

A rede de solidariedade na pequena Caicó, de 68 mil habitantes, também não deixou de fora os animais sem dono. O agrônomo e veterinário Júlio César Fernandes de Azevedo, 37, conta que, antes de a live entrar no ar –diga-se, totalmente improvisada–, havia muita descrença nos resultados, mas, no fim, veio a surpresa positiva: “Os animais de rua ganharam 800 kg de ração”.

Na avaliação do representante comercial Hudson Santos, 36, nascido ali, mas morador da capital, Natal, os bons frutos eram esperados, pois, segundo ele, o caicoense é um povo bastante solidário. “Mobilizou famílias, religiosos. Não teve preconceito. A gente abraçou a causa”, diz.

Quem assistiu à transmissão até os instantes finais pôde ouvir fortes batidas nas portas do bordel. Era uma prostituta que, de passagem pela rodovia RN-288, escutou, abafada pelas paredes do lupanar, a inconfundível voz de Reginaldo Rossi, que entoava o clássico “Garçom”, hino dos cabarés Brasil adentro. Imaginou que o Sol e Lua estivesse a todo o vapor, funcionando às escondidas, em plena quarentena e se apresentou ao trabalho.

Para evitar bafafá, o ambiente da transmissão deste domingo pode até lembrar o de uma boate, mas vai ser cenário, montado longe do cabaré, em um endereço guardado a setes chaves.

7 de junho de 2020 às 15:38

Olavo de Carvalho: Guru de Bolsonaro solta palavrões contra o presidente, diz que ele nunca foi seu amigo, chama dono da Havan de palhaço e afirma que pode derrubar o governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Guru do presidente Bolsonaro e dos filhos dele, Olavo de Carvalho fez uma live na madrugada deste domingo soltando os cachorros e seus habituais palavrões contra o presidente.

Reclamou que não consegue sobreviver nos Estados Unidos sem receber pelo trabalho que fez – não explicou que trabalho era esse – disse que nunca recebeu apoio de Bolsonaro, mandou que ele “enfiasse no cu” uma condecoração reservada para lhe homenagear, e afirmou que é capaz de derrubar o governo.

Confira a íntegra do pronunciamento de Olavo de Carvalho no canal dele próprio, no YouTube.

7 de junho de 2020 às 12:18

Prefeitura prossegue trabalho de desinfecção nas paradas e terminais de ônibus de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura do Natal, por meio da Urbana e STTU, prossegue com o trabalho de desinfecção das paradas e terminais de ônibus da capital.

A ação tem atingido as quatro zonas administrativas da cidade, nos principais corredores de transporte, promovendo a redução do contágio ao Covid-19.

O trabalho acontece pela manhã e à tarde, em locais estratégicos definidos pela STTU, como paradas de grande fluxo de pessoas e terminais de ônibus. Mais de 500 paradas e 30 terminais estão passando por desinfecção semanal.

Outra ação que também acontece é a desinfeção na parte interna dos ônibus.

Confira os pontos em que as equipes estão distribuídas:
-Terminal da Integração – Zona Norte
-Rio Branco
-Bernardo Vieira
-Planalto
-Rocas
-Área de Lazer do Panatis
-Midway

7 de junho de 2020 às 11:59

Exército poderia repetir em todos os estados brasileiros a ampla testagem com distribuição de medicamentos para infectados que realizou em Rondônia [3] Comentários | Deixe seu comentário.

Bom seria se todos os estados e municípios pudessem ter do Governo Federal o que o Estado de Rondônia conseguiu em parceria com o Exército.

O vídeo abaixo mostra o que seria o ideal para reduzir os índices de contaminação pelo coronavírus no Brasil.

A “Mapeia Rondônia”, ação pontual do Exército em apoio ao Governo de Rondônia, ocorreu na capital Porto Velho e no município de Guajará-Mirim, fazendo testagem de ampla escala da-covid19.

Em Porto Velho foram mais de 900 testes neste sábado.

7 de junho de 2020 às 10:56

Médico de UTI Sebastião Paulino faz alerta para riscos que correm pacientes e profissionais de Saúde quando há mistura de covid e outras doenças dentro de uma mesma unidade [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Médico intensivista, com atuação nas UTIs do Walfredo Gurgel e Hospital Santa Catarina, o médico Sebastião Paulino, que também é advogado e integra o Conselho Regional de Medicina do RN, relatou, em um artigo que o Blog publica, os riscos que correm os pacientes e profissionais da Saúde quando há mistura de doentes com covid e com outras comorbidades dentro de uma mesma UTI.

O médico faz um alerta para que isso não aconteça nos hospitais.

COVID -19

Estamos vivendo um tempo de incertezas, de adversidades e de perdas irreparáveis.

Nos últimos seis meses o mundo tem agonizado com a crescente elevação de um obtuário insano e pernicioso.

São criaturas humanas que estão indo embora, independente de credo, classe social ou raça, sem direito a um adeus.

O mundo clama por socorro, incontinenti.

Ainda assim, não há tratamento com evidência científica, tampouco uma vacina que nos garanta a preservação da espécie.

A única medida que tem se mostrado eficiente para minimizar os efeitos de uma doença tão letal, sem sombra de duvida, tem sido o distanciamento social e o isolamento das criaturas acometidas.

O potencial de contaminação é exponencial e chega a ser assustador.

Acomodar um doente com uma patologia outra em uma UTI ao lado de um paciente com COVID-19 é um ato insano e criminoso, cuja consequência jurídica terá repercussão notória tanto no âmbito criminal, quanto administrativo e cível.

Não temos o direito de sentenciar um paciente de elevado risco, inteirado de comorbidades e imunodeprimido, com a companhia próxima de outro doente acometido de COVID-19. Este precisa ser acomodado em uma área exclusiva.

Paciente com COVID-19 necessita de acolhimento digno, diferenciado e de uma equipe de cuidadores devidamente treinada, incluindo o médico.

Não temos o direito de acomodar doentes com COVID-19 no mesmo ambiente dos demais. É crime.

São as unidades hospitalares e as unidades de terapia intensiva, os ambientes de maior contaminação, adoecimento e óbitos.

Não é à toa que o maior percentual de adoecimento está entre os serviçais da saúde.

Os gestores, por mais que possam desconhecer tantos riscos, têm a obrigação profissional, por dever de ofício, de aceitar as medidas que cheguem com o intento de atenuar os riscos de servidores e pacientes.

O nosso objetivo precípuo é preservar vidas e atenuar o sofrimento humano.

Vamos unir forças e de mãos dadas tentar salvar o maior número de vidas, minimizando todos os riscos.

O doutor de hoje, invariavelmente, será o paciente do amanhã.

Nosso cadafalso não terá distinção.

Sebastião Paulino da Costa.
Médico e Advogado.

7 de junho de 2020 às 9:55

Representante do Ministério Público explica porque Governo não tem hospital de campanha, clama pela união em torno das ações de Saúde e cobra de prefeitos do interior a implantação de planos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A crítica pela falta de um hospital de campanha para o Estado foi rebatida pelo Ministério Público.

Para a promotora de Defesa da Saúde, Iara Pinheiro, que vem acompanhando as ações do Governo do Estado desde o início da pandemia, o Governo fez de tudo para ter um hospital de campanha mas foram “imprestáveis” as propostas das empresas que responderam ao chamamento.

Porém, afirmou que as medidas tomadas pelo Governo em parceria com hospitais de referência foram acertadas e ela cita os hospitais da Liga, de Macaíba, de Mossoró.

Iara Pinheiro afirma que a demanda jurídica, em que o Governo vem sendo obrigado, desde a gestão passada, a implantar leitos, pode ter acelerado o processo, mas, em entrevista a InterTV Cabugi, defendeu que o Governo vem implantando desde cedo o plano de ações desenvolvido em consonância com os Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho, e ressaltou a transparência como as ações vem sendo implantadas.

A promotora Iara Pinheiro deixou claro que não é a favor da disputa Governo X Municípios, até porque em questão de saúde, a ação tem que ser solidária, com a união de todos.

Mas cobrou a execução dos planos de ações de municípios, feitos em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado.

A promotora alertou para o papel de prefeituras do interior.

A fala de Iara Pinheiro no vídeo abaixo é longa, mas pode tirar suas dúvidas.

7 de junho de 2020 às 8:45

Alecrim lotado no sábado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O fotógrafo Canindé Soares registrou o movimento do bairro Alecrim, em Natal, neste sábado.

Quando policiais militares fecharam comércio que desobedecia o decreto estadual que ampliou o isolamento social na tentativa de reduzir a propagação do coronavírus e consequentemente o número de pessoas infectadas.

Comércio fechado, porém, povo na rua.

Fotos Canindé Soares