Thaisa Galvão

30 de julho de 2020 às 17:16

Depois de se entregar ao governo como membro do Centrão, Ciro Nogueira, que chamava Bolsonaro de ‘fascista’ e rendia elogios a Lula, recebe presidente com pompas no Piauí [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Bolsonaro, livre da covid, foi hoje ao Piauí, onde o aguardava o senador Ciro Nogueira, que agora no Centrão, com todos os sonhos sendo realizados pelo presidente, era pura simpatia ao receber o chefe do executivo.

Nogueira contrariava ele próprio, que em 2017, antes da campanha presidencial, dizia que tinha muita restrição a Bolsonaro porque ele era “fascista”.

Segundo a jornalista Thais Oyama, na sua coluna de hoje no Uol, naquele ano Ciro Nogueira, em entrevista à TV Meio Norte, fez a seguinte declaração:

“Ele tem um caráter fascista, preconceituoso. É muito fácil você ir para a televisão dizer que vai matar bandido. É um discurso muito fácil, mas isso não é para presidente da República. O Bolsonaro não tem capacidade de governar. Ele nunca geriu nada.”

Naquela época, segundo a coluna de Oyama, o senador Ciro Nogueira, um dos líderes do Centrão, se dizia Lula-desde-criancinha e jurava apoio ao petista caso ele obtivesse autorização do TSE para ser candidato à Presidência.

“Lula foi o melhor presidente que o Brasil já teve”, declarava o parlamentar….

Pois foi esse Ciro Nogueira, de nova roupagem e pedidos atendidos pelo Planalto, que recebeu Bolsonaro hoje no Piauí.

Há poucos dias em entrevista à revista Veja, Ciro Nogueira declarou:

“Temos um perfil muito parecido”, disse sobre Bolsonaro.

Eca.

Você também?

Eca?

Ciro deu uma camisa do River a Bolsonaro e Bolsonaro disse que ia usar.

Eca de novo.

Os comentários estão desativados.

Comments are closed.