Thaisa Galvão

1 de setembro de 2020 às 14:52

Operação do MP termina com prisão em flagrante de vereadora em Angicos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A vereadora de Angicos Nataly Felipe, foi presa nesta terça-feira.

Ela foi alvo da Operação Combustão II, deflagrada pelo Ministério Público do Estado.

A parlamentar foi presa sob acusação de peculato, e por armazenar combustível, contrariando a legislação.

Nataly foi encaminhada à cadeia feminina de Mossoró

O crime de peculato, de acordo com o MP, se configurou pelo fato de a vereadora ter se apossado de veículos e de combustível da Prefeitura, mesmo não ocupando mais o cargo de secretária de Saúde.

Na casa dela foram apreendidos dois galões de gasolina, com 20 litros cada.

O MPRN deflagrou a operação Combustão II para combater esquema de desvios de combustíveis no âmbito da Prefeitura.

Há evidências de venda de combustível pela Prefeitura a particulares e de abastecimento de carros particulares de agentes públicos às custas do Município. A operação teve o apoio da Polícia Militar.

O esquema é antigo e o MP deflagrou a primeira operação em outubro de 2018.

Além da prisão em flagrante a operação Combustão II cumpriu 5 mandados de busca e apreensão, sendo dois em Secretarias do Município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.