Thaisa Galvão

4 de outubro de 2020 às 22:10

Conservadora e ‘terrivelmente’ bolsonarista, militante extremista Sara Winter diz que “cansou” do governo para o qual deu a vida [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Valha..,

Nem a defensora número 1 de Bolsonaro aguenta mais ele.

Como assim?

Do site O Antagonista:

A militante extremista Sara Winter disse neste domingo que a orientação atual do governo é exonerar todos que têm ligação com ela “afinal, a praga do Bolsonaro não é a esquerda, é a loirinha que causou tentando defendê-lo”.

“Sim, senhores, estão exonerando todos os que já tiveram contato comigo, a começar pelo Ministério da Damares. Estou cansada. Cansada de ficar calada enquanto vejo o governo que dei minha vida enfiar uma piroca no meu cu”, afirmou no Facebook.

“O ofício que meus advogados protocolaram no Ministério dos Direitos Humanos no dia 17 de junho sobre a prisão política está jogado lá, nem olharam, tampouco responderam (…)

Bolsonaro? Que inveja eu tenho do Toffoli. Ele pelo menos ganhou um abraço do Bolsonaro.”

E continuou:

“Vocês sabiam que General Heleno me convocou ao Planalto pra COMER MEU CU, dizendo que jornalistas da Época, da Folha, do UOL, estavam mandando e-mails se queixando de que nós, os 300 do Brasil éramos hostis com eles? (…).

Fomos ‘aconselhados’ por deputados da base aliada a não falar mais um ai do Maia ou do STF, para não atrapalhar, claro. Obedecemos. Obedecemos de boca calada às poucas broncas que nos eram dadas (…).

Não reconheço Bolsonaro. Não sei mais quem ele é. O homem que eu decidi entregar meu destino e vida para proteger um legado conservador.”

4 de outubro de 2020 às 19:42

Polícia Federal prende grupo que chegou ao porto de Natal com cocaína para embarcar para a Europa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Polícia Federal prendeu em flagrante na noite do sábado, no Terminal Portuário de Natal, três paranaenses, de 21, 34 e 47 anos, e um rondoniense, de 33 anos. Eles estavam no porto na expectativa de enxertar 238,9 kg de cocaína em um conteiner que seria embarcado para a Europa.


A ação aconteceu em conjunto com a Receita Federal, e a fiscalização teve início há um mês, quando a PF passou a investigar uma movimentação suspeita de pessoas e vários veículos em um galpão de Emaús.

No sábado um caminhão deixou o galpão acompanhado por batedores e foram seguidos, sem saber, pelos policiais federais que acompanharam o veículo com um compartimento adaptado no reboque.

O motorista recebeu voz de prisão e, do lado externo, próximo ao portão de entrada do Porto, os outros homens foram presos quando davam cobertura e esperavam o desembaraço da “mercadoria”.

Além do caminhão a PF apreendeu com eles lacres de contêineres não utilizados e três carros.

Na sede da PF eles se negaram a falau sobre o assunto.

4 de outubro de 2020 às 19:15

Algema pode dar dor de cabeça a candidato nas eleições de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A assessoria jurídica da campanha de reeleição do prefeito Álvaro Dias está analisando uma das cenas finais do debate da Band, onde o delegado-pré-candidato Sérgio Leocádio tirou uma algema so bolso e disse que seria para o prefeito.

A avaliação inicial é de que o candidato “exagerou na fake news” para atrair atenção e deverá ser responsabilizado por isso.

4 de outubro de 2020 às 19:09

Governadora Fátima diz que seguirá pagando salários em dia e ainda vai pagar a “conta dos outros” [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra usou as redes sociais neste domingo para comentar as declarações dos secretários de Planejamento, Aldemir Freire, e da Tributação, Carlos Eduardo Xavier.

Os dois rebateram a entrevista do ministro Fábio Faria, que declarou que Fátima só vai pagar o décimo terceiro do funcionalismo estadual por causa do presidente Jair Bolsonaro.

Fátima disse que vai continuar pagando os saários em dia e ainda vai “pagar a conta dos outros”.

4 de outubro de 2020 às 18:54

Secretário de Tributação lembra de gestões anteriores que sacaram fundo previdenciário e recursos de repatriação para pagar salários mas atrasos permaneceram [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do secretário de Tributação do Estado do RN, Carlos Eduardo Xavier,

4 de outubro de 2020 às 18:09

Rebatendo Fábio Faria, secretário Aldemir Freire diz que “quem tem hábito de desviar recursos da saúde para pagar salários” faz acusações ao atual governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O secretário de Planejamento do Governo do RN, Aldemir Freire, rebateu a entrevista do ministro Fábio Faria, que disse a Tribuna do Norte que a governadora Fátima Bezerra está pagando parte do décimo terceiro do funcionalismo público estadual por causa do presidente Bolsonaro.

Fábio declarou que Fátima vai pagar o décimo com recursos que foram repassados pelo governo federal para ações de combate à covid.

Freire lembrou dos recursos recebidos para a saúde na gestão anterior, que foram utilizados para pagar salários.

4 de outubro de 2020 às 18:01

A entrevista sobre salários que o ministro Fábio Faria poderia ter evitado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O assunto político do domingo é a entrevista do ministro potiguar Fábio Faria falando sobre salários…um tema que ele poderia evitar durante todo o resto de sua trajetória política.

Mas, para agradar o presidente Jair Bolsonaro, Fábio disse ao jornal Tribuna do Norte que a governadora Fátima Bezerra vai pagar parte do décimo terceiro dos servidores do Estado por causa de Bolsonaro…

Rendeu a manchete que precisava para mostrar ao presidente, que não precisou ler a entrevista cheia de contradições, onde o ministro faz elogios ao ex-presidente Michel Temer, sem dizer que ele não ajudou o ex-governador Robinson Faria a botar os salarios em dia.

Foi na gestão federal de Michel Temer que os servidores do Estado do RN não conseguiram receber 3 salários e dois décimos terceiros.

E olhe que Robinson tentou.

Fez mil e uma tentativas junto a Temer, no tempo em que Fábio dava entrevistas para dizer que os senadores José Agripino e Garibaldi Filho atrapalhavam e faziam gestões junto ao governo federal – de Temer – para não enviar recursos para os servidores públicos do RN.

Na entrevista controversa deste domingo, Fábio fala de Fátima parlamentar e Fátima governadora.

Sem lembrar que a liturgia de cada cargo – executivo e legislativo – exige posturas diferentes.

O exemplo ele teve em casa.

O pai Robinson foi deputado e foi governador.

Como deputado, agiu como deputado.

Como governador, agiu como governador, com todas as mudanças que o executivo impôs.

O discurso de Fábio quando era deputado e o pai governador era bem diferente desse discurso de agora.

O discurso de agora remete aos que fazia quando a governadora era Rosalba.

Sempre uma gestora mulher como alvo.

Falando de política, o ministro Fábio confirmou a candidatura do pai Robinson a deputado federal em 2022, e não deu certeza quanto a uma candidatura sua a senador.

Vai depender do que pesquisas mostrarem quando o ano chegar.

Porque pesquisa feita agora, sob encomenda, não vai valer para daqui a dois anos.

4 de outubro de 2020 às 12:04

Juíza dá prazo de 48 horas para Facebook identificar perfis na internet que atacam o prefeito Álvaro Dias [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Facebook tem 48 horas para identificar o(s) responsável(is) pelas páginas “Natalzuera” e “Weslinatalzuera”.

A decisão é da juíza Hadja Rayane Holanda de Alencar, da 3ª Zona Eleitoral, no sentido de investigar o caso.

Os dois perfis promovem ataques e agressões contra o prefeito Álvaro Dias (PSDB).

Designada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) para fiscalizar ações relacionadas à propaganda no pleito deste ano, a magistrada determina ao Facebook que revele no prazo estabelecido a identidade de quem criou e mantém as páginas digitais investigadas. A multa é de R$ 10 mil para cada dia em que a ordem judicial for descumprida.

A ação sustenta que a liberdade de expressão não autoriza postagem de cunho anônimo, com tom jocoso, em que são proferidas injúrias, calúnias e difamações gravíssimas, ferindo o disposto no artigo 57-D da Lei das Eleições.

A juíza Hadja Rayane Holanda de Alencar vai aguardar o envio das informações pelo Facebook para se pronunciar sobre outros pedidos feitos pela defesa do prefeito Álvaro Dias, dentre eles o da exclusão dos perfis infratores.