Thaisa Galvão

21 de outubro de 2020 às 21:41

Mossoró: Rosalba passa mal e dá pausa da gestão e da campanha para fazer exames [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, candidata à reeleição, passou mal no final de uma caminhada nesta quarta-feira.

Segundo a assessoria da prefeita, o mal estar de Rosalba, que é médica, pode ter sido causado por desidratação.

A candidata fez uma pausa para fazer exames e deve ficar em observação, devendo retomar as atividades administrativas e de campanha “o mais breve possível”, segundo nota da assessoria.

21 de outubro de 2020 às 19:13

TRE reforma decisão de primeiro grau e autoriza candidatura do prefeito de Cruzeta, Sally Araújo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal Regional Eleitoral reformou, na sessão extraordinária desta quarta-feira, a decisão de primeira instância que indeferiu a candidatura do prefeito de Cruzeta, Sally Araújo (PSD).

Por 5 votos a 1, o colegiado foi contrário ao parecer da Procuradoria Regional Eleitoral e acatou o recurso do prefeito no processo de inelegibilidade movido pela chapa da oposição, que tem como candidato Joaquim de Medeirinho (PSB).

O voto da relatora, juíza eleitoral Adriana Magalhães, foi seguido pela maioria.

Só o juiz Carlos Wagner votou contra.

21 de outubro de 2020 às 17:41

Deputados aprovam Lei Geral e Refis encaminhados à Assembleia pelo Governo do Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade dos 18 deputados presentes à sessão nesta quarta-feira, projetos encaminhados à Casa pelo Governo do Estado.

Um foi a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que desburocratiza e simplifica a concessão de alvarás e licenciamentos para pequenos empreendimentos e que deverá beneficiar cerca de 200 mil empresas no Rio Grande do Norte.

Ainda tiveram a aprovação unânime de 19 deputados, dois projetos encaminhados pelo Governo que tratam da regularização fiscal (Refis).

O primeiro destinado aos tributos estaduais, e o segundo que permite ampliação do parcelamento de débitos tributários de 60 para 84 meses para empresas em recuperação judicial.

Hoje o Refis permite parcelar em até 60 vezes os débitos com ICMS e IPVA contraídos até julho de 2020, com 60% de desconto nos juros e multas. E 95% de redução de juros e multas para pagamento à vista.

A adesão tem que ocorrer até o dia 31 de dezembro deste ano.

Foto João Gilberto/AL – Presidente Ezequiel Ferreira
Foto João Gilberto
Foto João Gilberto – Representantes da Fiern, Sebrae, Faern, Fecomercio, CDL e FCDL acompanharam a votação

21 de outubro de 2020 às 17:05

Senado: Mãe de Chicueca e avó de Pedrão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Está cada vez mais feio para o senador Davi Alcolumbre, do DEM, esse caso do senador Chicueca Rodrigues.

Louco para ser reeleito presidente do Senado, através de uma manobra que vem sendo estudada para garantir o segundo mandato, Alcolumbre vai esperar o melhor momento para, sem holofotes, dar posse ao filho de Chicueca Rodrigues.

Por enquanto vai tentando levar o caso ao esquecimento para que os holofotes não se voltem contra a sua manobra e ele perca a oportunidade de se reeleger.

Assim que conseguir assumir o mandato do pai, do qual é o suplente, Pedro Arthur assumirá também muitos benefícios.

Ou mora no apartamento funcional do pai, ou receberá auxílio-moradia mensal de R$ 5,5 mil por mês, já que sua residência é em Boa Vista (RR).

Poderá até optar pelos dois, já que a licença de 4 meses não vai tirar Chicueca do apartamento funcional.

Pedro pode optar por receber o auxílio-moradia, mas, ficar morando  no apartamento do pai.

Mesmo se mudando para Brasília por um período de apenas 121 dias, tem direito a embolsar o auxílio-mudança, equivalente ao salário de R$ 33.763.

Como ele, inicialmente, só vai passar 121 dias, a mudança poderá ser apenas uma mala, mas o auxílio vai para a conta.

Tabela fechada.

E a melhor parte: Pedro ganhará para o resto de sua vida, mesmo ficando só 121 dias no Senado, um plano de saúde onde poderá ter ressarcimento de despesas médicas mensais equivalentes a R$ 40,7 mil.

Fora escritório de apoio no Estado, funcionários de gabinete…

Sabe aquela coisa que falam que o Senado é uma Mãe?

Mãe de Chicueca e avó de Pedrão.

O Senado é mesmo o Céu.

21 de outubro de 2020 às 16:42

Depois de anunciar compra de vacinas aos governadores, ministro da Saúde vai ter que desmentir após ter levado carão do presidente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não valeu de nada a reunião do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta terça-feira, com o Fórum de Governadores.

Na reunião por videoconferência, com participação da governadora Fátima Bezerra, Pazuello anunciou que o Governo Federal deveria investir R$ 2,6 bilhões até janeiro para incluir a vacina contra Covid-19 no Plano Nacional de Imunizações (PNI).

Segundo informou o ministro da Saúde aos governadores, o governo federal iria comprar 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina que está sendo produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a empresa chinesa Sinovac.

Nesta quarta, enquanto Pazuello anunciava que estava com covid, o presidente Bolsonaro anunciava que não iria gastar 1 real com essa vacina.

Fátima chegou a ficar bem animada antes da notícia sem graça anunciada por Bolsonaro.

“Não foi uma reunião qualquer, afinal de contas ela tratou daquilo que é mais urgente, necessário e imprescindível nesse momento, enquanto estratégia de saúde, que é a vacina contra a Covid-19”, disse Fátima Bezerra logo depois da reunião, acreditando cegamente nas palavras do ministro.

Além do ministro, participaram da videoconferência representantes da Fiocruz, Instituto Butantan, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Confederação Nacional dos Municípios (CNM), e técnicos da Anvisa.

Ninguém deve ter entendido a decisão de hoje de Bolsonaro que explicou com uma frase quase monossilábica: “O presidente sou eu”.

Um carão no ministro da Saúde.

Ponto.

21 de outubro de 2020 às 16:39

Ministro da Saúde com covid [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais um ministro do governo Bolsonaro está com covid.

Agora é Eduardo Pazuello, da Saúde.

Com sintomas nesta terça-feira, Pazuello não participou presencialmente de reunião para discutir a compra de vacinas do Instituto Butantan.

Parecia que estava adivinhando que iria pagar um mico.

Que a compra anunciada ontem seria desmentida hoje pelo presidente Bolsonaro.

21 de outubro de 2020 às 14:54

Condenado a pagar multa por propaganda antecipada, candidato Coronel Azevedo diz que vai recorrer [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do candidato a prefeito de Natal, Coronel Azevedo (PSC), condenado a pagar multa de 5 mil reais por fazer propaganda irregular.

Nota

O deputado estadual Coronel Azevedo informou que respeita a decisão do TRE, mas vai recorrer.

Ele não fez propaganda eleitoral porque não era candidato a prefeito quando o material foi divulgado.

Além disso, continuará divulgando as ações do Presidente Jair Bolsonaro mesmo contrariando o PSOL, autor da ação, o PT, adversários do Governo Federal e contrários aos inúmeros benefícios em favor do Rio Grande do Norte.

Deputado Coronel Azevedo

Assessoria de Imprensa

21 de outubro de 2020 às 14:27

Apesar de desistir da candidatura e não falar nada, Fernando Pinto continua na propaganda eleitoral no rádio e TV [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O advogado Fernando Pinto, que já anunciou que não é mais candidato a prefeito de Natal, desistiu da disputa, mas continua aparecendo na propaganda eleitoral como candidatíssimo.
E no site do TRE já consta como ‘renúncia’.
Nas redes sociais, Pinto não dá um ‘piu’.

21 de outubro de 2020 às 12:59

Divisão da família e problemas judiciais do prefeito Celu beneficiam oposição que poderá eleger Adriana Pessoa como prefeita de Passa e Fica [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Com base na condenação do prefeito Celu Lisboa (PSB), em processo por improbidade administrativa em primeiro grau, sendo uma das penas a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos, o juiz eleitoral Ricardo Henrique de Farias indeferiu o registro de candidatura à reeleição do prefeito do município de Passa e Fica.

Porém, o prefeito, que tem até o dia 26 para ser substituído na chapa, ainda recorre ao Tribunal Eleitoral.

Caso não consiga reformar a decisão na instância superior, Celu deverá apresentar um novo nome, e em Passa e Fica já se fala em Adriana Lisboa, mãe do ex-prefeito Leonardo Lisboa.

O fato é que, sendo Celu ou Adriana, a família Lisboa já está dividida, desde que Celu passou a atuar como líder do grupo, enfraquecendo o poder do ex-prefeito Pepeu Lisboa, por um tempo considerado o líder.

E nessa eleição mantém a divisão enfraquecendo as duas partes, com a candidatura, também a prefeito, de Flaviano Lisboa (PDT), filho de Pepeu.

Com a divisão e os problemas jurídicos do grupo familiar, a oposição corre por fora com a candidatura de Adriana Pessoa, do PSDB.

Adriana Pessoa conta com o apoio do presidente da Assembleia, o deputado Ezequiel Ferreira.

A sucessão municipal em Passa e Fica, caso seja mantida a cassação de Calu, poderá polarizar a disputa entre duas Adrianas: a Lisboa, do antigo grupo familiar, e a Pessoa, empresária do município e moradora do centro da cidade.

21 de outubro de 2020 às 11:49

Com registro indeferido em primeira instância, Maurício Marques recorre ao TRE e diz que continua candidato em Parnamirim [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A juíza eleitoral Ana Cláudia Braga de Oliveira julgou pelo indeferimento da candidatura do ex-prefeito Maurício Marques à Prefeitura de Parnamirim.

Marques que já foi prefeito pelo PDT, hoje se candidatou pelo PROS.

Maurício tem até o dia 26 para ser substituído na chapa, porém, ao Blog ele disse que continua com a candidatura porque o indeferimento foi em primeira instância e ele recorreu ao TRE.

O vice Airene Paiva, do PCdoB, já teve o registro deferido.

21 de outubro de 2020 às 9:28

Reforma no prédio do antigo Papi fará do Hospital Rio Grande o maior de Natal com 600 leitos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O médico e empresário, Delfin Gonzalez de Miranda, presidente do Grupo Delfin Saúde, visitou o prédio do antigo hospital Papi, em Natal, onde os grupos Delfin Saúde e Incor Natal darão início a uma reforma ainda este mês.

As obras garantirão a ampliação dos serviços de urgência pediátrica, obstetrícia, ginecologia, ortopedia, oncologia, neurocirurgia e ainda o aumento de leitos de UTI Neo Natal e UTI Adulto, ampliando inclusive a oferta de serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS).

O prédio será um anexo do Hospital Rio Grande que se transformará no Complexo Hospitalar Rio Grande, com uma capacidade total de 600 leitos.