Thaisa Galvão

18 de dezembro de 2020 às 19:55

Vereadores de Natal serão diplomados nesta sexta-feira em solenidade virtual [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os vereadores eleitos de Natal e primeiros suplentes de cada partido nas eleições 2020 serão diplomados na tarde desta sexta-feira (18), a partir das 17h, de forma virtual.

Também serão diplomados o prefeito e a vice-prefeita da capital.

A TV Câmara (canal 10.2) transmitirá a sessão ao vivo, assim como o canal do YouTube do Tribunal Eleitoral (https://youtube.com/user/justicaeleitoralrn).

A escolha da solenidade de forma remota foi uma das medidas tomadas pelo Tribunal como ação preventiva e se baseia no avanço da pandemia do novo coronavírus no Estado.

A solenidade será presidida pelo juiz da 1ª Zona Eleitoral, Kennedi de Oliveira Braga, e contará com a presença do presidente do TER, desembargador Gilson Barbosa.

Serão diplomados os vereadores eleitos Herberth Sena (PL), Divaneide Basílio (PT), Paulinho Freire (PDT), Kleber Fernandes (PSDB), Aldo Clemente (PDT), Robson Carvalho (PDT), Felipe Alves (PDT), Aroldo Alves (PSDB), Bispo Francisco de Assis (Republicanos), Nina Souza (PDT), Ana Paula (PL), Chagas Catarino (PSDB), Preto Aquino (PSD), Luciano Nascimento (PTB), Antônio Peixoto (PTB), Tércio Tinôco (PP), Raniere Barbosa (Avante), Eriko Jácome (MDB) Brisa (PT), Júlia Arruda (PCdoB), Klaus (Solidariedade), Hermes Câmara (PTB), Milklei Leite (PV), Camila Araújo(PSD), Margarete Régia (PROS), Anderson Lopes (Solidariedade), Nivaldo Bacurau (PSB), Eribaldo Medeiros (PSB) e Robério Paulino (PSOL).

18 de dezembro de 2020 às 18:46

Prefeitura de Natal conclui segunda etapa do Programa “Merenda no Lar” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A segunda etapa do programa “Merenda no Lar” foi concluída pela Prefeitura de Natal nesta sexta-feira (18), com a entrega das cestas básicas para os alunos da Escola Municipal Profª Maria Alexandrina Sampaio, no Pajuçara, e Escola Municipal Profª Maria Dalva G. Bezerra, em Lagoa Azul. Com isso, os 58.516 alunos matriculados na Educação Infantil, Ensino Fundamental (e modalidade da Educação de Jovens e Adultos – EJA) da rede pública municipal de ensino foram beneficiados pelo programa.

A gestão municipal executa o programa para compensar a perda nutricional que os estudantes estão tendo em virtude da paralisação das aulas por causa da pandemia do novo coronavírus. Os recursos utilizados pelo Poder Executivo para aquisição das cestas seriam destinados para a compra da merenda escolar dos alunos, mas foi canalizado para a nova finalidade, após aprovação de um projeto enviado pelo prefeito Álvaro Dias e aprovado pelos vereadores da capital potiguar.

“Muitos dos alunos da rede municipal de ensino, infelizmente, só tinham a oportunidade de fazer algum tipo de refeição na escola. Com a paralisação das atividades, eles ficaram em uma situação bem delicada. Agimos rápido e conseguimos atender essa demanda”, afirma o prefeito Álvaro Dias.

É importante destacar que todas as entregas foram feitas dentro do protocolo elaborado pela Secretaria Municipal de Educação, com o uso de máscaras, álcool em gel e com o devido distanciamento social. Cada unidade de ensino elaborou o cronograma de distribuição por turma e horário.

“Depois de muito esforço e dedicação encerramos mais essa etapa. O projeto Merenda no Lar foi um acerto da gestão. Quero agradecer a toda equipe da SME, gestores das escolas, bem como aos pais e alunos. Estamos disponibilizando alimento de qualidade na mesa de quem mais precisa”, destacou a secretária municipal de Educação, Cristina Diniz.

Cada cesta básica é composta por 5kg de arroz, 3kg de feijão carioquinha, 2kg de açúcar, 1kg de macarrão, óleo de soja, 1 pacote de leite em pó integral, 1kg de farinha, 1kg de flocos de milho, 1 pacote de biscoito salgado, 1kg de sal, 1 pacote de café, e uma rapadura em tablete, totalizando 15kg.

18 de dezembro de 2020 às 17:58

Governadora Fátima amplia faixa de servidores que receberão 60% do décimo terceiro no dia 23 de dezembro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No Twitter a governadora Fátima Bezerra brinca com o secretário de Planejamento, Aldemir Freire.

Para anunciar que ampliou a faixa salarial de quem vai receber os 60% restantes do décimo terceiro no dia 23 de dezembro.

Receberia no dia 23 quem tem salário até 2 mil.

Agora ela anuncia que pagará nesta data aos servidores com salários até 4 mil.

18 de dezembro de 2020 às 17:42

Vencendo a Covid após 11 dias na UTI, engenheiro Sílvio Bezerra fala da Fé e da necessidade de se cuidar para evitar a doença [8] Comentários | Deixe seu comentário.

O engenheiro civil Sílvio Bezerra, CEO da Ecocil e presidente do Sindicato dos empresários da construção civil no RN – Sinduscon – está vencendo a Covid.
Sílvio passou 11 dias na UTI e fez um relato dos momentos de angústias longe da família, e da alegria de poder voltar a sentir a presença da mulher ao seu lado.
Foram dias em casa, temporada de UTI, medicação trocada três vezes
O texto abaixo é de Sílvio.
Um recado para os amigos e para os que não são, que a Fé é o instrumento mais forte para o equilíbrio da vida e a distância de tudo o que não faz bem.
Sílvio pegou Covid em um aniversário de um amigo onde só tinha amigos…
Não foi em um show, um espaço público, sequer pagou ingresso.
O recado de Sílvio é forte. E a Fé foi fundamental para que ele atravessasse o rio e escrevesse o que você poderá ler agora.

Foto Alex Régis

Meus amigos

Há cerca de 10 meses Melíssa, minha esposa, me chamou para participar de um grupo de orações, via internet.

Ela havia descoberto, antes de mim, a importância de se ter espiritualidade nas nossas vidas, de aprender a falar com Deus na intimidade, através das orações.

E queria dividir comigo esse conhecimento.

Até então, eu só sabia rezar o Pai Nosso e a Ave Maria. Rezar o terço diariamente passou a ser parte da minha rotina de aprendizado espiritual. Fizemos isso quase que diariamente.

Virei devoto de São Miguel Arcanjo e de São Bento.

A segunda onda da pandemia explodiu e assim como a maioria das pessoas sensatas, estávamos tendo todo o cuidado possível para não adoecer da Covid, recusando sair para lugares de risco e tornando as precauções recomendadas.

No último dia 18 de novembro fomos convidados para a festa de aniversário de um grande amigo. Não resistimos e fomos. No dia seguinte Melíssa já amanheceu baqueada e três dias depois eu comecei com os sintomas da Covid.

Começamos o tratamento médico. Ela reagiu bem e não sofreu tanto.

Eu, passados 12 dias, não estava conseguindo me curar. Tive que dar entrada no hospital para tomar medicação na veia, pois já tinha tornado todas as Ivermectinas, Azítromicinas e Cloroquinas dos protocolos médicos, que não surtiram efeito em mim.

Falei com meu amigo Tarcísio Barros sobre a possibilidade de ser internado no Hospital São Lucas, mas não havia vaga.

Ele falou com Dr. Nelson Solano e este me mandou ir para o Hospital do Coração. Era quinta feira dia 3/12.

Ao ser examinado, fui informado que teria que ficar internado na UTI do hospital. Não sei se vocês estão familiarizados com o protocolo, mas me tomaram tudo! Tiraram meu celular, tablet, relógio, corrente com crucifixo, aliança, roupas, tudo! As únicas coisas que me deixaram ficar foi uma pulseira de São Bento, que tenho no braço, e um terço de borracha que carrego no peito.

Também fui informado que minha mulher não poderia me acompanhar, mesmo ela já tendo tido a Covid. Fiquei sozinho 11 dias na UTI! Minha formação de engenheiro sempre me fez ser racional e disciplinado. Até então não havia questionado o médico sobre qualquer das regras protocolares, concordei com todas, pois entrei pensando que com dois ou três dias logo ficaria curado, pois estaria tornando a medicação díreto na veia e achava que minha recuperação seria rápida. Não foi o que ocorreu!

Fui imediatamente apresentado ao pior exame que já fiz na minha vida. A famosa gasometria arterial. A agulha entra no pulso do paciente em busca de encontrar o sangue da artéria que corre no meio do nosso punho. Imaginem como é agradável essa procura!

Ao longo dos dias na UTI fiz mais de 15 vezes o mesmo exame. Minha vontade de ficar bom era tanta, que raciocinei e trabalhei minha mente para não sentir dor na picada da agulha, deu certo em 99% dos casos. A exceção se deu quando fui surpreendido às duas horas da manhã com a picada da agulha durante meu sono. Tomei um susto violento e reclamei por não ter sido acordado e preparado para fazer o exame.

Na primeira noite fui apresentado à famosa comida de hospital. Eu tinha duas opções: comer ou não comer. Não tive dúvida, pensei comigo mesmo: Quantas pessoas estão na minha situação e não estão tendo a oportunidade de comer aquilo que me foi servido, mesmo sendo gelado e ruim.

Eu não estou num restaurante!

Eu estou num hospital, e portanto se me foi servido aquilo, certamente é porque deve ser bom pra mim . Vou comer o que vier, preciso me nutrir e ajudar meu corpo a reagir. E assim foi!

A comida era gelada e ruim, mas eu havia decidido engolir o que viesse pra poder vencer a briga! Mesmo comendo tudo que me foi servido, emagreci 10kg em uma semana de UTI, para vocês sentirem a violência do vírus.

Durante o dia passava a maior parte do meu tempo rezando e pedindo a Deus para me curar. A outra parte do tempo dando uns cochilos e fazendo exames e tomando os medicamentos.

Os dias foram passando e esse meu jeito expansivo e extrovertido logo me permitiu construir amizades com alguns dos enfermeiros e enfermeiras da UTI.

Por coincidência ou não do destino, encontrei na UTI em que eu estava uma enfermeira, que fazia parte do mesmo grupo de orações que Melissa havia me apresentado em março passado.

Wilma (ela gosta de ser chamada Uílma) Ela viu minha angústia e meu desespero e veio falar comigo. Imediatamente nos identificamos, rimos e celebramos esse encontro. Eu agora tinha dentro da UTI uma amiga de Fé!

Minha mulher, que até então, passada quase uma semana, não havia conseguido me visitar, passou a ter através dela notícias minhas. E eu dela!

Melissa passava o dia orando na capela do hospital e brigando para deixarem ela me visitar.

Até hoje fiquei sem entender qual o mal que ela poderia me fazer se lhe fosse permitido 15 minutos por dia pra me ver. Ela já tinha tido a Covid, portanto não corria risco algum. Afastar um doente da sua família por 10 dias sem lhe dar direito a um contato sequer, é devastador para a cabeça de ambos. O meu quadro foi piorando, os medicamentos foram trocados mais uma vez na tentativa de fazer meu corpo reagir à doença.

Fui surpreendido com alucinações como efeitos colaterais, e eu não entendia do que se tratava. Por volta das duas da manhã eu sem conseguir dormir, pois a tosse não dava trégua.

Comecei a perder a noção de onde estava, não entendia o que estava fazendo ali, olhava pra os meus braços e via um monte de agulhas espetadas neles, chegou uma hora que eu tentei sair da cama, aí vieram meus amigos enfermeiros me socorrer e me acalmar. Eu chorava e pedia a Deus para ficar!

Eu implorei a Deus dizendo que eu tinha seis filhos para criar e que continuava cheio de planos para viver. E o principal, que eu queria muito viver, se ele assim permitisse! Eu estava muito confuso e não entendia o que estava vendo. Rezei muito a oração de São Bento, (A Cruz Sagrada seja minha Luz, não seja o dragão meu guia, retira-te satanás, nunca me aconselhe coisas vãs, se é mal que tu me ofereces, bebe tu mesmo o teu veneno! Amém!) e também aquela que diz ‘eu, Sílvio Bezerra, em nome de Jesus Cristo te proíbo de tocar em mim e em minha família’.

Eu pedi muito a Deus que afastasse de mim todo tipo de coisa ruim que pudesse estar ali. Depois de rezar por horas, e por inúmeras e repetidas vezes, consegui me sentir seguro, me acalmar, e até dormir um pouco.

O dia amanheceu e meu médico veio me ver. Eu narrei todo o meu pesadelo vivido na noite anterior e disse para ele que se minha mulher não entrasse na UTI por quinze minutos, eu não suportaria mais a solidão e o peso do tratamento.

Eu disse que entendia ter ficado sem contato com o mundo, para não absorver as notícias ruins do día-a-día, mas não dava mais para fícar sem o carinho o abraço de minha mulher. Ele decidiu aceitar meu argumento e deixou Melíssa entrar na UTI. Tenho certeza que a alegria que ela me trouxe foi um divisor de águas no meu tratamento.

Passamos a rezar juntos!

Melissa passava praticamente o dia todo na UTI. Só saía à noite para dormir em casa. Recebi de volta o meu tablet com a promessa de usá-lo apenas para ouvir músicas.

Desse dia para frente as coisas mudaram completamente, meu humor mudou! A depressão foi embora, e o remédio começou a fazer efeito!

A equipe médica mudou o medicamento mais uma vez pra evitar as alucinações.

Transformei totalmente o astral do lugar aonde estava. Passei a tocar música o tempo todo para me animar. As piores rotinas da UTI passaram a ser executadas sob o som de músicas animadas. Criei até uma playlist do Spotify chamada “músicas para UTI”, pra compartilhar com quem está hospitalizado e precisando melhorar o astral.

Finalmente, na sexta passada dia 11/12, tive alta da UTI. Me mandaram pra semiUTI para desmamar do oxigênio e poder ir pra casa.

Hoje, 17/12, estou na expectativa de receber alta amanhã, pois já não estou precisando de oxígênío para respirar. Agradeço a Deus por ter atendido aos meus pedidos e ter me deixado aqui para testemunhar a força da minha Fé, que foi fundamental pra eu chegar aqui hoje.

Agradeço também aos meus médicos Dr. Sérvulo, Dr. Aretto, Dra. Manoela, Dr. Wallid, Dr. Luís, Dra. Angela e a todos os enfermeiros, enfermeiras e físíoterapeutas nas pessoas de Wílma e Naldo, que cuidaram de mim quando mais precisei.

Agradeço também aos Amigos Tarcísio Barras e Nelson Solano por tudo que fízeram por mim. Agradeço a minha mulher pela dedicação e insistência em cuidar de mim pessoalmente, fato que sem dúvida nenhuma fez uma diferença brutal na minha virada.

Melíssa me falou que eu fui preparado inconscientemente ao longo desses 10 meses de orações para enfrentar o que eu enfrentei e poder testemunhar aqui minha história vivida! Eu estou certo disso!

Confesso que uma das maiores emoções sentidas quando estava na UTI, foi quando ouvi meu nome sendo citado pelo grupo de orações pedindo minha cura. Esse grupo de orações possui mais de l milhão de seguidores, é liderado por um cearense do Crato, chamado Geraldinho, que transmite diariamente pelo Instagram e pelo YouTube suas orações pedindo graças a todos que lhe procuram.

Um cara do bem! Ali, mais do que nunca, me senti um membro de verdade do grupo! Um protegido de Deus, de São Miguel Arcanjo e de todos os santos!

Resolvi dar esse testemunho como forma de mostrar para todos, o drama que eu vivi, e os riscos enormes que esse vírus carrega.

Espero que ninguém precise passar pelo que eu passei. O vírus que peguei era muito forte! Não é à toa que muitos conhecidos nossos não resistiram.

Cumpram os protocolos de segurança! A Covíd-19 não brinca.

Se cuidem!

Por fim o meu agradecimento mais especial de todos, ao meu amigo meu irmão, Maurício Arruda, que me visitou todos os dias na UTI, não deixou de ir um dia sequer. Jamais esquecerei esse seu gesto de amizade.

Beijos e abraços a todos que rezaram por mim durante esses dias de aperto que passei.

Sinto que saio dessa doença mais forte do que nunca !

Vamos viver um 2021 de muitas alegrias e felicidades!

Silvio

18 de dezembro de 2020 às 16:38

Qual desses desembargadores de plantão vai liberar ou proibir os réveillons de Pipa e São Miguel do Gostoso? [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da polêmica dos réveillons no Rio Grande do Norte.

O juiz Witemburgo Araújo, da comarca de Goianinha, mandou cancelar o réveillon da praia de Pipa.

A juíza Lidiane Maia, da comarca de Touros, mandou liberar o réveillon de São Miguel do Gostoso.

A decisão de Witemburgo foi questionada pelos organizadores do Let´s Pipa, que agora recorrem ao Tribunal de Justiça.

A decisão de Lidiane contraria o Ministério Público Estadual, autor da ação que pediu a suspensão das duas festas, e deverá enfrentar recurso do próprio MPE.

As duas festas agora na instância superior ao primeiro grau dos dois juízes.

Lembrando que a partir de hoje o Tribunal de Justiça entra em recesso e a partir deste sábado, funcionará em regime de plantão.

E o Blog já adianta para os leitores a escala de plantão.

Estará nas mãos de um desses desembargadores aí a decisão de liberar ou não os réveillons de Pipa e de São Miguel do Gostoso.

18 de dezembro de 2020 às 15:01

Juíza de Touros libera réveillon de São Miguel do Gostoso e diz que consequências serão arcadas pelo prefeito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A juíza da comarca de Touros, Lidiane Maia, decidiu manter o decreto do prefeito de São Miguel do Gostoso, Renato de Doquinha, que liberou o réveillon do Gostoso.

Porém, em sua decisão, deixou claro que consequências, sejam elas quais forem, terão que ser arcadas pelo prefeito.

“As escolhas de políticas públicas de combate a Covid-19 devem ser feitas por Prefeitos, Governadores e Presidente da República, pois estes são eleitos democraticamente pelo povo para tornarem decisões políticas, cabem a eles arcarem com as consequências de suas escolhas”.

18 de dezembro de 2020 às 13:25

Ao julgar ação contra o ex-deputado Álvaro Dias, TJ decide que não há ilegalidade em trabalho remoto na Assembleia Legislativa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte votou pela constitucionalidade da Lei 10.261/2017 que permite que os gabinetes dos deputados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte possam ter funcionários que trabalhem de forma remota, fora do ambiente físico da Assembleia.

O desembargador Vivaldo Pinheiro, seguido pela unanimidade dos seus pares, julgou improcedente ação de improbidade contra o então deputado e hoje prefeito de Natal, Álvaro Dias.

Para o relator, os gabinetes são unidades autonomas e cabe a cada deputado administrá-lo. “Sucede que, o art. 1° caput, e parágrafo único da Lei no 9.485/2011, revogada pela Lei no 10.261/2017, determinava que os gabinetes dos deputados eram unidades autônomas, organizadas e dirigidas exclusivamente pelos respectivos deputados, de modo que cabia a cada um deles administrar o seu gabinete.

O advogado Erick Pereira, que atuou na causa, afirma que houve exageros na interpretação do que seriam funcionários fantasmas. “O exagero de atacar ex e atuais deputados com interpretações distorcidas do que seja funcionário fantasma, termina por banalizar as ações de improbidade.”

O julgamento do TJ, abre um precedente para garantir o trabalho remoto na Assembleia Legislativa, a exemplo do que já está regulamentado no Senado e na Câmara Federal e serve para vários outros processos em andamentos contra diversos ex-deputados.

No entendimento do relator do processo, cabe a cada deputado estabelecer o horário de funcionamento dos seus gabinetes presencial ou remotamente para melhor atender as necessidades do parlamentares.

“O art. 4º da Resolução nº 009/2015, permitia que as atividades fossem estabelecidas pelo servidor juntamente ao gabinete do deputado: O horário de funcionamento dos serviços das unidades autônomas atenderá a dinâmica das atividades parlamentares do deputado, de modo a lhes assegurar apoio constante e eficaz.”

18 de dezembro de 2020 às 9:17

Olhar das Dunas: novo empreendimento marca retorno da Moura Dubeux a Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Retomando os investimentos em Natal, a construtora Moura Dubeux fez o pré-lançamento do seu mais novo empreendimento potiguar, o edifício residencial Olhar das Dunas.

Com um projeto inovador, marca registrada dos produtos MD, o edifício residencial será erguido em localização privilegiada no bairro de Lagoa Nova – na Rua da Saudade – com parte do terreno entre as avenidas Amintas Barros e Rui Barbosa.

O edifício terá torre única com todos os apartamentos voltados para o nascente e vista permanente para o Parque das Dunas, e está cercado por shoppings, hospitais, escolas, supermercados, academias e uma série de serviços.

O “Olhar das Dunas” tem plantas versáteis, modernas e voltadas para atender às novas necessidades das famílias.

São três tipologias de apartamentos com opções de áreas entre 55,27m² e 73,81m², os layouts das plantas permitem adequações como sala ampliada, criação de áreas de home office e ampliação da área de armário ou criação de closet no quarto de casal.
Todos os apartamentos terão diferenciais como fechadura eletrônica nas portas de entrada, chuveiros aquecidos por aquecedor, o que traz economia no consumo de energia, guarda-corpo em vidro, piso em porcelanato polido 60×60 e pontos de ar-condicionado na sala, além dos quartos.

As áreas comuns serão entregues equipadas e decoradas e a estrutura de lazer é uma atração à parte, com piscinas aquecidas, piscina adulto com área de banco com jatos de massagem, deck lounge com churrasqueira, salão de festas com áreas gourmet, academia, brinquedoteca, playground acomodado em uma área de jardim espaçosa e arborizada, área de terraço ambientada, iluminação inteligente e em LED, wi-fi, tomadas USB, irrigação automatizada e lixeira com coleta seletiva.

INOVAÇÃO
O Olhar das Dunas traz ambientes adequados aos novos hábitos e comportamentos das pessoas, como o “Guarda-e-commerce”, que dá praticidade para os usuários que podem ter suas compras recebidas e acomodadas quando os moradores não estiverem em casa, ou até viajando. A lavandeira deixa a roupa lavada, o supermercado deixa a feira ou o Correios deixa os itens comprados pela internet que ficam bem guardados e seguros e o morador busca quando chegar em casa. Já para o conforto dos animais de estimação, foi criado o “Pet wash”, um espaço que serve tanto para dar banho no pet, como também para brincar.

O empreendimento também vai oferecer vagas compartilhadas para carregamento de carro elétrico, sendo uma no estacionamento do prédio e outra na parte externa do prédio, nas vagas de visitantes, e ainda bicicletário, valorizando o hábito de andar de bicicleta. A geração de energia será por placas solares para atender a parte do consumo das áreas comuns, a portaria terá sistema de acesso de moradores por digital ou reconhecimento facial , acesso de visitantes por QR Code e acesso de veículos por TAG.

“O Olhar das Dunas foi projetado com exclusividade para as diversas realidades das famílias natalenses. Escolhemos uma área de mais de três mil metros quadrados situada entre Lagoa Nova e Morro Branco e temos opções de plantas modernas com o toque de exclusividade e o alto padrão de qualidade da Moura Dubeux. Estamos otimistas com a recuperação do mercado e muito confiantes que o empreendimento será um sucesso de vendas”, destacou Fernando Amorim, diretor regional da Moura Dubeux.

Eduarda Dubeux Carvalheira, gerente de Marketing e Vendas da MD, explica que os interessados em conhecer os detalhes e diferenciais do Olhar das Dunas podem acessar o site www. mouradubeux.com.br ou ligar para a central telefônica 4020-3538. “O Olhar das Dunas vem cercado de diferenciais, inovações e traz um novo conceito de moradia, atento ao mercado e às novas demandas sociais. E também está localizado em um bairro onde se encontra tudo que precisa. É uma excelente opção de moradia e de investimento”.

CEO da Moura Dubeux, Diego Villar falou sobre o empreendimento:

18 de dezembro de 2020 às 7:21

Empresários envolvidos no réveillon de Pipa dizem que protesto para pressionar justiça a rever cancelamento do evento não foi organizado por eles [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Fonte do Blog garante que empresários envolvidos no Let’s Pipa, o réveillon da praia de Pipa, não organizaram o protesto anunciado para esta sexta-feira na frente do Fórum de Tibau do Sul.

Mas, o protesto foi anunciado e a intenção é pressionar a justiça a rever a decisão do juiz de Goianinha, Witemburgo Araújo, que mandou cancelar o réveillon de Pipa.

Os organizadores dizem que respeitam a decisão da justiça.

A postagem é do empresário do setor de eventos, Fred Queiroz, em seu instagram aberto.

18 de dezembro de 2020 às 2:54

Festas de réveillon autorizadas em municípios do litoral da Bahia foram canceladas após decreto do Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Assim como aconteceu com o réveillon de Pipa, cancelado por determinação do juiz da comarca de Goianinha, Witemburgo Araújo, festas de réveillon em vários municípios do litoral baiano, que haviam sido autorizados por Prefeituras, tiveram que ser cancelados.

Não pela justiça, mas por decreto do governador da Bahia, Rui Costa.

O réveillon tradicional de Porto Seguro, na Bahia, havia sido autorizado pela Prefeitura, mas terminou cancelado depois de um decreto do Governo baiano.

Após autorizar a realização de festas em casas de shows, clubes, arenas e bares, a prefeitura de Porto Seguro recuou.

O decreto do Governo alegou se tratar de uma questão de saúde.

Na Bahia já haviam sido canceladas as festas da virada nas praias de Trancoso e Itacaré.

Em Santa Cruz Cabrália, também no sul da Bahia, uma festa que seria realizada no povoado de Santo André foi cancelada.

“Lutamos até o final, mas hoje, com enorme pesar e sabendo que a situação está acima de nosso controle, anunciamos a postergação do Réveillon da Vila para 2022”, informaram os organizados do evento em nota emitida.

A prefeitura de Santa Cruz Cabrália informou que todas as festas estão suspensas.

“Não é uma decisão fácil porque as festas geram emprego e renda, mas a região está com um índice alto de Covid-19”, explica o secretário municipal de Turismo, Marcel Kemphs.

Em Mata de São João, cidade onde ficam as vilas de Praia do Forte, Imbassaí e Sauípe, no litoral norte da Bahia, a prefeitura informou que acatou o decreto estadual e não vai autorizar a realização de festas privadas de Réveillon.

Também não haverá festas em espaços públicos nem queima de fogos.

Na cidades de Cairu, no sul da Bahia, empresários ainda tentam reverter a decisão da prefeitura de não autorizar o réveillon na ilha de Boipeba

O evento Mareh NYE, que aconteceria em Boipeba, teve a autorização revogada pela prefeitura de Cairu após o decreto emitido pelo governador Rui Costa.

18 de dezembro de 2020 às 1:52

Cancelados pelos seguidores, réveillons de Pipa e Gostoso desativam comentários no Instagram [0] Comentários | Deixe seu comentário.

‘Cancelado’ nas redes sociais, o réveillon de São Miguel do Gostoso desativou os comentários do Instagram @reveillondogostoco.

Justificando que estava tomando a atitude para evitar a venda de ingressos fakes.

Fake mesmo foi a justificativa.

Os comentários contrários à realização do evento eram imensamente superiores aos de apoio.

No Instagram @letspipa do réveillon de Pipa, os comentários foram desativados sem aviso prévio. A festa também estava sendo ‘cancelada’.

Confira:

18 de dezembro de 2020 às 1:42

Esperando decisão contrária à festa, promotores do réveillon de São Miguel do Gostoso criam grupo para organizar carreata de protesto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os organizadores paulistas do Réveillon do Gostoso, na praia potiguar de São Miguel do Gostoso, que receberam o OK do prefeito Renato de Doquinha (PSD) para acontecer, diante da decisão judicial em torno do cancelamento do réveillon da praia de Pipa, já começam a se preparar para um possível cancelamento.

E em um grupo criado às pressas no whats app, com apoiadores, fornecedores e organizadores, já organizam o modelo do protesto que irão fazer tão logo a justiça se pronuncie contrária à realização dos 6 dias de festa, de 26 de dezembro a 2 de janeiro.

No grupo eles falam em um protesto em forma de carreata, para não aglomerar.

Porque aglomerar…só mesmo no réveillon de 6 dias.

18 de dezembro de 2020 às 1:29

Juiz manda cancelar réveillon de Pipa e organizadores e apoiadores vão protestar nesta sexta-feira para pressionar justiça a rever decisão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O juiz da comarca de Goianinha, Witemburgo Gonçalves de Araújo, acatou recomendação do Ministério Público do Rio Grande do Norte e mandou cancelar o Let´s Pipa, réveillon marcado para acontecer na praia de Pipa, de 27 de dezembro a 2 de janeiro.

Caso haja descumprimento da decisão judicial, a Prefeitura de Tibau do Sul e os organizadores do evento, terão que pagar multa de R$ 500 mil.

Como estão programados 6 dias de festa, caso a decisão seja mantida pelo Tribunal de Justiça, instância superior à qual a decisão será recorrida, as 6 ‘desobediências’ renderiam um prejuízo de R$ 3 milhões.

Os organizadores e apoiadores do Let´s Pipa, vão fazer um protesto na frente do Fórum de Tibau do Sul, às 10 horas desta sexta-feira.

Eles querem forçar a Justiça a reformar a decisão, como aconteceu em Búzios, no Rio de Janeiro.

Só que em Búzios, a justiça não cancelou uma festa, mas determinou que a cidade fosse esvaziada, e que os turistas deixassem os hotéis onde estavam hospedados e fossem embora da cidade.

O protesto reverteu a decisão.

A decisão do juiz Witemburgo Araújo não manda ninguém sair de Pipa.

Além do protesto marcado entre eles para às 10 horas, os organizadores estão distribuindo uma petição para ser assinada online, para pressionar a justiça a refazer o entendimento e liberar a festa que espera um público de mais de 3 mil pessoas, na maioria turistas vindos de São Paulo.

No Rio Grande do Norte, a média de mortes por covid está sendo de 10 pessoas por dia.

Nas últimas 24 horas 7 pessoas perderam a vida.

Os hospitais estão com ocupação em torno de 70%.

O juiz da comarca de Goianinha determinou a anulação do decreto do prefeito Modesto Macedo (PSD), que liberou o réveillon garantindo que todos os participantes estariam testados negativamente para a covid…

“O evento vai contra as recomendações dos organismos da saúde de âmbito internacional e nacional, bem como as normas aplicáveis neste momento, colocando em risco não apenas o público do evento, o qual contará, inevitavelmente, com a participação de inúmeros turistas brasileiros e estrangeiros, mas a saúde pública em geral”, diz a decisão.

“Um evento do porte como o mencionado gerará a movimentação e aglomeração dos habitantes locais para participarem dele, trazendo riscos tanto às famílias do público que pretende participar do evento quanto aos demais habitantes do Município de Tibau do Sul, haja vista a facilidade na disseminação da doença”, conclui a decisão.