Thaisa Galvão

4 de janeiro de 2021 às 11:45

Prefeito de Passa e Fica perde apoio na Câmara e segue aguardando decisão do TRE sobre a ‘meia chapa’ diplomada no município [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Apesar de unido de novo, o grupo Lisboa, que elegeu o prefeito Flaviano Lisboa (PDT) no município de Passa e Fica, perdeu o controle da Câmara.

Apesar do presidente eleito, vereador Davi Caboclo, do PSD, ter sido eleito em novembro na coligação de Flaviano, rompeu com os Lisboa e se aliou à oposição comandada pelo PSDB.

Sem outro nome para botar na disputa, os vereadores aliados do prefeito votaram em Davi.

Sabe aquela coisa de…tem, mas tá faltando?

É a relação da Prefeitura de Passa e Fica com a Câmara.

O presidente do legislativo é do partido governista, mas aliado da oposição.

Ter minoria no legislativo não é interessante para o prefeito Flaviano, que segue enfrentando dificuldade na justiça eleitoral.

É que, sem vice por problemas na justiça com o primeiro indicado, Flaviano remontou a chapa depois do prazo estabelecido pela justiça eleitoral.

O novo vice entrou quando não havia mais possibilidade de substituir nomes na chapa.

Porém, a justiça eleitoral local diplomou o prefeito sem vice, descumprindo a legislação eleitoral.

Quem já viu uma chapa diplomada pela metade?

O recurso seguiu para o Tribunal Regional Eleitoral.

Resta saber se os juízes do TRE vão achar correto a meia chapa diplomada em Passa e Fica.

Uma resposta para “Prefeito de Passa e Fica perde apoio na Câmara e segue aguardando decisão do TRE sobre a ‘meia chapa’ diplomada no município”

  1. ze brsnco disse:

    e precido recorrer ao tse em Brasilia e resolver isto de vez .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.