Thaisa Galvão

3 de fevereiro de 2021 às 3:00

Beto Rosado articula com o presidente da Câmara sua indicação para o Dnocs caso tenha que devolver mandato a Fernando Mineiro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Beto Rosado articula seu futuro caso tenha que devolver o mandato de deputado federal ao eleito Fernando Mineiro.

Beto tem como padrinho o presidente da Câmara, aliado de partido (PP), Arthur Lira.

E a cadeira sonhada é a de diretor-geral do Dnocs.

No Rio Grande do Norte Beto já conseguiu indicar o superintendente local do órgão, desempregando o indicado do ex-deputado Henrique Alves, José Eduardo Alves Wanderley, sobrinho de Henrique, nomeado para uma secretaria adjunta na Prefeitura de Natal.

Com um pé no Dnocs potiguar, Beto sonha com o comando nacional do órgão, com sede em Fortaleza, ali pertinho de sua Mossoró.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.