Thaisa Galvão

19 de fevereiro de 2021 às 17:59

Com comitês de ciências opostas, governo do RN e município de Natal seguem pensando diferente sobre combate à covid [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A decisão tomada pela governadora Fátima Bezerra e prefeitos da região metropolitana de Natal, sobre funcionamento de bares e restaurantes até 22 horas, não será seguida em Natal.

Nesta quinta-feira, o comitê científico da Prefeitura, que pensa sempre diferente do comitê científico do Governo – não entendo essa briga política onde quem paga o pato é a população – definiu que vai seguir fiscalizando o que seguirá funcionando.

Um recado ao governo do Estado, já que o município é autônomo e decide se a população pode aglomerar ou não.

Como aconteceu em Tibau do Sul.

O prefeito nem aí, permitiu que acontecesse o que aconteceu.

Em Natal, bares e restaurantes não fecharão a partir das 22 horas.

Vizinho ao Rio Grande do Norte, o Ceará, onde os hospitais estão lotados de pacientes com covid, o toque de recolher das 22h às 5 horas em todo o Ceará foi anunciado na quarta-feira. A decisão vale até o dia 28 de fevereiro. No Ceará estão suspensas as aulas presenciais em escolas e universidades públicas e privadas. E todos os espaços públicos fecharão às 17h.

O prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), acatou o decreto do governador Camilo Santana (PT).

Uma resposta para “Com comitês de ciências opostas, governo do RN e município de Natal seguem pensando diferente sobre combate à covid”

  1. Marlene Medeiros disse:

    Não dar para entender como um médico se comporta dessa forma, inclusive o Dr Álvaro Dias ontem disse ao vivo no RN TV q ia distribuir ivermectina…Isso é muito grave, uma atitude irresponsável p um profissional da área da saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.