Thaisa Galvão

12 de abril de 2021 às 2:20

Em nota Gol afirma que suposto policial não viajou em nenhuma aeronave da empresa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em nota, a empresa aérea Gol informou que o suposto policial não teve acesso a aeronave e fato foi restrito à sala de embarque do aeroporto.

Nota da companhia aérea GOL

A GOL está ciente do ocorrido no Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU Airport) hoje e informa que está dando todo o suporte necessário à colaboradora, que não sofreu quaisquer ferimentos e encontra-se bem.

A Polícia Federal está no comando das investigações e a Companhia está à disposição para prestar todo o suporte necessário.

A ocorrência ficou restrita à sala de embarque do aeroporto e o envolvido no caso não era passageiro da GOL em nenhum dos seus trechos de origem ou destino.

LEIA MAIS SOBRE O OCORRIDO

CLIQUE AQUI

CLIQUE AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.