Thaisa Galvão

30 de abril de 2021 às 20:09

Planta Natal retoma ações com plantio de 2 mil árvores na praça Mãe Peregrina [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Plano de Arborização da capital entra em uma nova fase com a retomada do projeto Planta Natal em 2021. Nesta quinta-feira (29), foi iniciado o plantio de 2 mil árvores nativas e aplicação de jardinagem na praça Mãe Peregrina, no conjunto Cidade Satélite, Pitimbu, Zona Sul. O equipamento público está passando por uma grande intervenção colaborativa das secretarias de Serviços Urbanos (Semsur), de Governo (SEG), Mobilidade Urbana (STTU) e sua inauguração está prevista para o próximo dia 13 de maio.

São dezenas de árvores nativas como os ipês, conhecidos também como craibeiras, e oitis plantados em toda a extensão da nova praça repaginada pela Prefeitura de Natal. Segundo a coordenadora do projeto Planta Natal, a secretária executiva Danielle Mafra, a retomada do projeto vai permitir a recuperação das áreas quentes da cidade e uma intervenção mais ampla na massa arbórea da cidade.

“O Planta Natal está sendo incrementado com a reforma do Horto Municipal e a compra de novos equipamentos. Também temos um novo estudo sobre áreas quentes da cidade que vem sendo feito pela STTU e que será integrado às ações do programa”, destacou ela. Segundo a gestora, além das praças e canteiros centrais, existe o plano de recuperação das áreas verdes das escolas.

Criado pela atual gestão da Prefeitura do Natal, o Planta Natal tem como objetivo plantar 20 mil espécies nativas. Para o prefeito Álvaro Dias, plantar essa quantidade de árvores é um objetivo que será perseguido. “É um desafio, mas queremos  uma cidade mais aprazível e, além do benefício estético, com conforto térmico para a cidade, favorecendo cada vez mais a valorização das pessoas no uso das áreas públicas”, afirma o chefe do Executivo.

Uma novidade dessa etapa do Planta Natal são as mudas identificadas com cartões verificadores de QRcode, com leitura no celular para o aplicativo do Planta Natal — www.plantanatal.com.br  É possível conhecer a espécie, a data em que foi plantada e até quem a adotou. O “Ipê de dona Odete”, por exemplo, foi plantado na tarde desta quinta-feira por uma das moradoras mais antigas do conjunto, Odete Souza Aguiar, que ganhou de presente de aniversário a sua própria craibeira. “Já tenho meus filhos e plantei a minha árvore” disse ela.

Secretário-adjunto na Semsur, Daniel Marinhodestacou o incremento do espaço com o replantio de mudas nativas e da jardinagem. “Trouxemos uma diversidade de plantas, temos 150 espécies variadas para requalificar os espaços com mais diversidade”, comentou ele.

O Planta Natal conta com o envolvimento das Secretarias de Governo, Comunicação Social, Educação, Meio Ambiente e Urbanismo, Serviços Urbanos, Urbana e UFRN.

30 de abril de 2021 às 18:50

Veja quais pessoas com comorbidades poderão se vacinar na segunda-feira em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeitura de Natal vai começar a vacinar pessoas com comorbidades a partir de segunda-feira (3).

Veja quais serão os primeiros grupos vacinados:

-Pessoas a partir de 18 anos com Síndrome de Down

-Mulheres grávidas ou recém paridas com comorbidades, também a partir de 18 anos completos.

-Pessoas com diabetes na faixa de idade entre 55 e 59 anos.

-Pessoas com doença renal crônica.

As mulheres grávidas ou as chamadas ‘de resguardo’, que tem comorbidades, devem apresentar cópia de exames, receituários, laudo médico e cartão de vacina, mais o comprovante de residência de Natal e documento com foto.

Quem tem síndrome de down tem que apresentar laudo médico, cartão de vacina, comprovante de residência de Natal e documento com foto.

Quem tem diabetes tem que apresentar cópia do laudo médico detalhado com CID (Cadastro Internacional das Doenças), exames feitos nos últimos 30 dias ou cadastro no HIPERDIA ou cadastro no PROSUS, além de cartão de vacina, comprovante de residência de Natal e documento com foto.

30 de abril de 2021 às 18:38

RN receberá imunizantes da Pfizer para pessoas com comorbidades [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Vem aí mais uma remessa de vacina da Pfizer para o Rio Grande do Norte.

Nos próximos dias o Ministério da Saúde encaminhará 7 mil doses.

As doses deverão ser usadas em pessoas com comorbidade.

30 de abril de 2021 às 18:33

Nem mito nem ovo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A comitiva do presidente Jair Bolsonaro foi recebida de forma diferente nesta sexta-feira em São Paulo.

O presidente foi almoçar com um grupo de mulheres empresárias.

O encontro não cumpriu protocolos sanitários, ninguém usou máscara nem mesmo antes de almoçar, e não houve distanciamento.

Na entrada da comitiva no prédio da Federação das Indústrias, na Avenida Paulista, jogaram ovo na comitiva.

O ovo bateu na parede e não atingiu ninguém.

Tudo bem que não precisa mais receber Bolsonaro chamando-o de mito….mas jogar ovo também não é aceitável.

Confira:

30 de abril de 2021 às 18:19

Natal só recebeu do Ministério da Saúde 1.590 unidades da CoronaVac para aplicar segunda dose neste sábado em pessoas a partir de 80 anos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Ministério da Saúde enviou só um tico de doses da CoronaVac para o Rio Grande do Norte, a vacina será aplicada neste sábado somente para idosos a partir de 80 anos que já tomaram a primeira dose.

Serão imunizadas as pessoas nessa faixa de idade que se vacinaram há 28 dias ou mais.

A segunda dose será aplicada neste sábado, 1º de maio, na UBS Nazaré, UBS Candelária, UBS São João, UBS Panatis e UBS Pajuçara, das 8h às 16h.

Os drives que funcionarão são os do SESI e Ginásio Nélio Dias, que também contam com salas de vacinação para pedestres.

Como são poucas vacinas, cada UBS receberá só 100 doses.

O SESI receberá 590, sendo 290 para pedestres e 300 para o drive;

O Nélio Dias terá 500 doses, metade para pedestres e metade para quem optar pelo carro.

A Secretaria de Saúde segue vacinando pessoas a partir de 60 anos com o imunizante Oxford.


No domingo (2), os drive da Arena das Dunas, OAB, Via Direta, UnP da Roberto Freire e Nélio Dias funcionarão das 8h às 16h, para vacinar pessoas a partir de 60 anos, somente com o imunizante Oxford para dose 1 e 2.

30 de abril de 2021 às 18:05

STF derruba decisão da justiça do RN e mantém ensino remoto nas escolas públicas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro do STF, Alexandre Moraes, derrubou liminar da justiça do Rio Grande do Norte, que determinava a volta às aulas presenciais na rede pública.

30 de abril de 2021 às 17:56

Ao assinar pré-acordo que garante chegada de águas do São Francisco no RN, governadora Fátima adianta que faturas só serão cobradas 3 anos depois [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Assinado pela governadora Fátima Bezerra, com o Ministério de Desenvolvimento Regional, pré-acordo que consolida chegada de água ao Rio Grande do Norte através da transposição das águas do Rio São Francisco.

As águas chegarão ao a partir da integração do rio com bacias hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF).

Também assinaram os governadores Camilo Santana, do Ceará; João Azevedo, da Paraíba; e Paulo Câmara, de Pernambuco.

Os governadores participaram de reunião remota conduzida pelo ministro Rogério Marinho e pelo Advogado Geral da União, André Mendonça.

“Estabeleci uma condição para assinar esse pré-acordo: que o Governo Federal viabilize o ramal Apodi/Mossoró. O São Francisco já trouxe conquistas importantes para nós, como a Barragem Oiticica, que está sendo construída na Bacia Piranhas/Açu e que deve ser concluída ainda este ano se não houver contingenciamento de recursos federais. Mas, precisamos tornar realidade o outro ramal até porque queremos que as águas do São Francisco beneficiem o Rio Grande do Norte como um todo”, disse a governadora durante a reunião.

Também ficou acertado que o governo só irá cobrar tarifa três anos depois da chegada das águas, previsto para ocorrer no início do próximo ano.

30 de abril de 2021 às 14:59

Concurso para preenchimento de vagas na Prefeitura de São Gonçalo tem nova data [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Já tem nova data o concurso público para preenchimento de vagas na Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, que tem mais de 47 mil inscritos.

30 de abril de 2021 às 14:54

Fábio Faria, entre Bolsonaro e a “Globo lixo” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Nota da Crusoé, que deve justificar mídia do governo federal na chamada pelos bolsonaristas de ‘Globo lixo’.

Só na noite desta quinta-feira, durante os intervalos do Jornal Nacional, foram duas veiculações.

Lembrando que, depois do Fantástico, o Jornal Nacional é o espaço mais caro da Globo que o bolsonarismo chama de “lixo”.

Mas tá pagando.

30 de abril de 2021 às 13:32

Crusoé inclui potiguares Rogério Marinho e Fábio Faria entre auxiliares do governo que se beneficiam de estrutura paga com dinheiro público para fazer campanha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A revista Crusoé dessa semana, os gastos públicos para pagar campanhas políticas do presidente Bolsonaro, candidato à reeleição, e de ministros mais próximos que disputam cargos em seus estados.

Do Rio Grande do Norte, citados Rogério Marinho e Fábio Faria.

Rogério mais uma vez citado na mídia nacional como candidato a governador.

Fábio segue articulando junto à mídia dominada financeiramente pelo ministério que ele ocupa, como possível vice nq chapa de Bolsonaro.

O bolsonarismo surgiu e ascendeu ao topo do poder de maneira relâmpago. Ainda como deputado federal do baixo clero, Jair Bolsonaro levou apenas quatro anos para se notabilizar e garantir influência e capilaridade suficientes não somente para ganhar o Planalto, mas também para eleger aliados pelo Brasil afora. Em 2022, ele quer consolidar seu projeto político. A julgar pelas derrotas anedóticas de seus apadrinhados nas últimas eleições municipais, não será fácil.

Sem tempo a perder, e tentando evitar a repetição dos resultados ruins do ano passado, o presidente colocou a campanha nas ruas – a dele e a dos mais fieis integrantes do alto escalão. Trata-se de uma via de mão dupla.

Enquanto ele próprio se beneficia de uma tropa de choque incumbida de defender o legado bolsonarista e pregar a polarização, ministros aproveitam-se do aparato estatal e da popularidade do chefe, ainda que ela esteja em decadência, para impulsionar seus próprios nomes.

A agenda de Bolsonaro e de seus homens de confiança inclui um encorpado cronograma de viagens semanais, bancadas pelos cofres públicos, para inaugurações, visitas a obras e entregas de moradias populares. Os eventos são usualmente marcados pela claque do Planalto, que, ensandecida, grita os nomes dos presentes e transborda em elogios ao governo federal. O périplo dos ministros-candidatos pelo país ignora o recrudescimento da pandemia, que matou 400 mil brasileiros em pouco mais de um ano, e é usualmente registrado nas redes sociais.

As possíveis candidaturas, antes tratadas apenas nos bastidores, foram admitidas perante os holofotes pelo próprio presidente da República. Só elogios a Tarcísio de Freitas, Bolsonaro sugeriu que o ministro da Infraestrutura pode concorrer ao governo de São Paulo – o estado é comandado por João Doria, seu rival.

“Quem sabe São Paulo adote o Tarcísio para o ano que vem?’, disse Bolsonaro, entre risadas. Na Esplanada, o nome de Tarcísio é aventado também como uma opção para o posto de vice na chapa de Bolsonaro.

O presidente fez o comentário após uma viagem a Feira de Santana, na Bahia. Ele, Tarcísio e um grupo de deputados voaram em um jato da FAB, a Força Aérea Brasileira, para participar da cerimônia de entrega de um trecho de parcos 22 quilômetros de duplicação da BR-101.

A extensão da pista inaugurada é igual à distância entre o Palácio da Alvorada, onde vive o presidente, e o Aeroporto de Brasília. Do palanque montado para o evento, Tarcísio, cada vez mais tarimbado nos gestos típicos da política, fez questão de mencionar os nomes de todos os políticos presentes e se derreteu em elogios ao seu feito.

“São 22 quilômetros que vão diminuir o tempo de viagem, que vão ajudar às pessoas e reduzir o número de acidentes”, disse o ministro, apelidado pelo chefe de “O homem do asfalto”.

A FAB não informa os custos de seus voos por considerar essas informações “estratégicas’. Crusoé, no entanto, fez a cotação do trajeto Brasilia-Feira de Santana junto a duas empresas de taxi aéreo. A opção mais em conta estima um gasto de 234,2 mil reais para a operação de um avião com capacidade para doze pessoas. O valor inclui as viagens de ida e volta – cada uma com duração de 1 hora e 37 minutos no ar.

Em franca campanha, Tarcísio cumpriu compromissos fora de Brasília em pelo menos 33 dias entre junho de 2020 e 29 de abril deste ano, segundo sua agenda oficial. O ministro realiza a maior parte dos trajetos em voos comerciais, com notas pagas pelo governo. As passagens emitidas junto a empresas de transporte aéreo totalizam 10,7 mil reais, segundo informa o Portal da Transparência. Não há como precisar os custos das viagens realizadas em aviões da FAB, como a de quarta-feira, quando o ministro embarcou para participar da inauguração da Avenida Portuária do Rio.

Com gabinete a 800 metros de distância do de Tarcísio, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, também nutre pretensões eleitorais. Benquisto por Jair Bolsonaro o ex-deputado planeja concorrer ao governo do Rio Grande do Norte em 2022. Entre junho do ano passado e este mês, Marinho viajou 48 dias pelo Brasil. Sua andança custou 93,7 mil reais aos cofres públicos apenas em voos comerciais – afora esse valor, há ainda o custo, bem mais alto, daqueles realizados nas asas da FAB.

No governo federal, Rogério Marinho comanda programas estratégicos, como o “Casa Verde e Amarela’, substituto do “Minha Casa, Minha Vida’, e projetos de irrigação. A ele, Bolsonaro deu o apelido igualmente carinhoso de Aquaman. Chefe de um dos ministérios de maior potencial eleitoral, ele trabalha em rota de colisão com Paulo Guedes, que já o rotulou com epitetos como “gastador” e “fura teto”.

Bolsonaro, no entanto, jamais deixou o pupilo na chuva e faz questão de reforçar seu nome sempre que pode. Certa vez, após um embate entre os dois integrantes do alto escalão, o presidente chegou a afirmar que “ninguém viu um ministro do Desenvolvimento Regional (melhor) do que Rogério Marinho, um homem que vive pelo Brasil todo, mais especial no Nordeste’.

Enquanto pavimenta seus próprios planos, Marinho também prepara o terreno para as principais vitrines eleitorais de Bolsonaro. Coube a ele, no ano passado, traçar estratégias para a conquista do Nordeste, um tradicional reduto petista. Se nem todas as viagens são para os estados onde pretendem se candidatar, as agendas dos ministros-candidatos são fartamente exploradas nas redes sociais do governo e deles próprios. A ordem é sempre apresentá-los no figurino proposto por Bolsonaro, o de bons executores de obras.

0 time de “ministros candidatáveis conta ainda com Onyx Lorenzoni e Fábio Faria. Licenciados dos mandatos de deputados, os dois despacham do Planalto e são considerados muito próximos a Jair Bolsonaro. Genro de Sílvio Santos, Faria foi empossado em junho de 2020, quando Bolsonaro recriou o Ministério das Comunicações. Sob seu guarda-chuva, estão os Correios e a Telebras, além da área de imprensa e propaganda do governo federal.

Desde que deixou o Congresso, Faria ganhou notoriedade. Ativo defensor do presidente nas redes sociais, o ministro foi agraciado com uma sala no segundo andar do Planalto, de onde despacha com frequência, embora tenha seu próprio espaço no bloco E da Esplanada, e teve as atribuições ampliadas. À frente do projeto do leilão do 5G, chefiou uma missão na Europa e na China e, aproveitando a passagem pelo gigante asiático, intercedeu pela liberação de vacinas e insumos. Alem disso, o próprio Planalto admitiu a escalaçâo do ministro para as tratativas com a Embaixada da China, após o então chanceler Ernesto Araújo queimar pontes com os chineses. Com bom trânsito no Congresso e no empresariado, Faria conquistou prestígio e aparece também como uma das opções para assumir a posição de vice na chapa de Bolsonaro.

O perfil do ministro das Comunicações é similar ao de Lorenzoni, que comandou o Ministério da Cidadania, responsável pelo auxílio emergencial, entre fevereiro de 2020 e 2021. 0 hoje ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência se amolda sempre a Bolsonaro. Em recentes discursos, resgatou a narrativa de que ‘vida e economia’ caminham juntas, criticou o ‘lockdown’ e pregou o ‘tratamento precoce’, tal como o presidente. Cotado para a disputa do governo do Rio Grande do Sul, Lorenzoni deve turbinar ainda mais a agenda de viagens. Entre junho de 2020 e este mês, ele cumpriu compromissos fora de Brasília em 29 oportunidades — desse total, doze dias foram gastos com compromissos em seu estado-natal.

Experimentados nas urnas, Tereza Cristina, da Agricultura, João Roma, da Cidadania, e Flávia Arruda, da Secretaria de Governo, são outros nomes postos à mesa para completar a tropa de choque de Bolsonaro nas eleições de 2022. Todos tendem a fazer um número maior de viagens ao lado do presidente, que já cobrou do alto escalão a ampliação do cronograma de entregas. Na mira da CPI da Covid e com Lula de volta à corrida presidencial, Bolsonaro nunca precisou tanto de palanques eleitorais. A fatura de seu projeto político, que jnclui a eleição dos auxiliares mais próximos, fica com o pagador de impostos, como sempre ocorreu no Brasil.

*

Do Blog – O ministro Fábio Faria é o segundo potiguar a ter o nome amplamente divulgado como possível candidato a vice-presidente da República.

O outro foi Henrique Alves, que assim como Fábio, era deputado federal.

O nome de Henrique foi cotado para ser vice na chapa do então presidenciável José Serra. Mas aí rolou aquela capa da revista IstoÉ onde a ex-esposa de Henrique, Mônica Azambuja Alves, teria denunciado a existência de contas não declaradas de Henrique em bancos da Suíça.

30 de abril de 2021 às 6:14

Massoterapeuta sem trabalho precisa de sua ajuda para viver com a mãe doente e 95 animais resgatados nas ruas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais uma entre tantas pessoas que estão precisando de sua ajuda…

Rejane é massoterapeuta e atendia no condomínio In Mari Bali, mas com a pandemia ficou sem trabalho.

Ela mora com a mãe de 95 anos que tem alzheimer em uma granja cedida pela família em Pium, onde cuida de 95 animais que ao longo dos anos foi resgatando das ruas.

As duas estão sem comida, sem ração para os animaie, sem gás.

A pessoa que vinha ajudando também está enfrentando dificuldades, daí a criação, pela jornalista Mauricéia Cavalcante, de uma corrente para doar 1 quilo de alimento ou fazer um Pix.


Fraldas geriátricas também são bem-vindas.

30 de abril de 2021 às 6:13

Minuto da Câmara – Prestando contas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O plenário da Câmara aprovou matéria que cria regras para a execução de obras pelo município de Natal.

Mais detalhes no Minuto da Câmara.