Thaisa Galvão

6 de maio de 2021 às 21:38

Prefeito Paulinho sanciona Plano Municipal de Juventude de São Gonçalo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulinho Emídio, sancionou nesta quarta-feira (5), a lei que criou o Plano Municipal de Juventude, um marco legal na consolidação das políticas públicas voltadas para os jovens do município.

O Plano é direcionado aos jovens entre 15 e 29 anos de idade e estabelece que o município realize audiências públicas com a sociedade civil para discutir metas de resultados a serem inseridos na lei orçamentária de São Gonçalo do Amarante.

“O documento foi desenvolvido observando as necessidades da juventude do município, tendo como base ações e participações nos projetos Diálogos da Juventude e Pesquisa da Juventude, como também em discussões do Plano no Comitê Governamental, grupos, entidades e em audiências públicas e atendimentos realizados pela Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer”, explicou o secretário Micael Moreira.

6 de maio de 2021 às 18:39

Henrique Alves é absolvido em denúncia que investigava ‘quadrilhão do MDB’ mas segue respondendo a outros processos da lava jato [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Justiça Federal de Brasília não encontrou provas para condenar um grupo de emedebistas tradicionais por formação de quadrilha.

Com isso, o ‘quadrilhão’ que seria chefiado pelo ex-presidente Michel Temer, e teria entre seus membros, o ex-deputado do Rio Grande do Norte, Henrique Alves, foi absolvido.

Além de Henrique foram absolvidos, deste processo os ex-deputados Eliseu Padilha, Moreira Franco, Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima e Rodrigo da Rocha Loures.

Da turma da Câmara, à época das investigações, ocupavam Ministérios Henrique, Eliseu e Moreira.

A decisão foi do juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília.

O ‘quadrilhão do MDB, que teria como chefe, Michel Temer, foi denunciado pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Também foram absolvidos o coronel João Baptista Lima, apontado como operador financeiro de Temer; o advogado José Yunes, amigo do ex-presidente; o doleiro Lúcio Funaro; e Altair Alves Pinto e Sidney Szabo.

*

O ex-deputado Henrique Alves responde a 9 processos da lava jato, e foi julgado até agora em apenas um, e apenas na primeira instância.

Com a absolvição citada, passa a responder a 8.

6 de maio de 2021 às 18:37

Processo que tramitava na Justiça Federal envolvendo Eduardo Cunha e Henrique Alves segue para a justiça eleitoral [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Há dois dias a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) encaminhou para a justiça eleitoral do Rio Grande do Norte, o processo referente a delitos atribuídos ao ex-deputado Eduardo Cunha durante a campanha do também ex-deputado Henrique Eduardo Alves ao governo do Rio Grande do Norte, em 2014.

O processo tramitava na Justiça Federal do RN.

Cunha e Alves foram denunciados pelos Ministério Público Federal por lavagem de dinheiro, em razão de, supostamente, organizarem um esquema de captação ilegal de recursos que envolvia a indicação de pessoas para cargos estratégicos na administração indireta federal, especialmente na Caixa Econômica Federal (CEF).

Em contrapartida, teriam recebido valores ilícitos de empresas que pretendiam obter financiamentos da CEF, além de outras empresas interessadas em fechar contratos com o poder público caso Henrique Alves ganhasse a eleição. 

O valor total recebido e não declarado à Justiça Eleitoral teria chegado R$ 3,5 milhões, de acordo com a denúncia.

Ao STJ, a defesa de Eduardo Cunha alegou que seria ilegal o enquadramento dos fatos como lavagem de dinheiro, pois as condutas deveriam ser classificadas nos tipos penais previstos no Código Eleitoral.

Ou seja…crime por suspeita de caixa 2.

Para o relator, ministro Antonio Saldanha Palheiro, a denúncia deixa claro que o destino principal dos valores recebidos – senão o único – era o financiamento da campanha de Henrique Alves ao governo.

“Pode-se afirmar que, entre as condutas narradas, há, em razão da descrição dos fatos, e não de sua capitulação jurídica, a prática, em tese, de delitos eleitorais, ainda que conexos a crimes comuns”, afirmou.

Segundo o ministro, a prática de caixa dois descrita na denúncia – emprego de dinheiro obtido em atividades criminosas e não declarado à Justiça Eleitoral para comprar apoio político e pagar dívidas de campanha – sugere o cometimento do crime descrito no artigo 350 do Código Eleitoral.

“Havendo a prática de delito eleitoral, a essa Justiça especializada competirá o processo e julgamento do feito”, declarou o relator.

STF

Saldanha lembrou que o tema em exame foi recentemente apreciado pelo Supremo Tribunal Federal, no julgamento do Inquérito 4.435, quando os ministros estabeleceram que “compete à Justiça Eleitoral julgar os crimes eleitorais e os comuns que lhe forem conexos”.

De igual modo, o relator lembrou que a Sexta Turma do STJ, em caso semelhante, reconheceu a competência da Justiça especializada, tendo em vista a existência de indícios de prática de crime eleitoral por meio da utilização de caixa dois.

Fonte: Portal do STJ

*

SUSPEIÇÃO ELEITORAL

Blog – A decisão do STJ não inocenta os acusados.

Que podem deixar de ser réus, nesse processo, na Justiça Federal.

O caso, assim como aconteceu com o ex-presidente Lula, volta à estaca zero tramitando em outra esfera, nesse caso, na esfera eleitoral.

Resta saber se o tempo ajudará aos citados, como aconteceu com Lula, e o processo prescreverá.

Mas a perguntinha que fica no ar e não pode deixar de ser feita.

Se o processo tramitar em segunda instância e for bater no TRE, e houver sorteio para escolha de relator no Tribunal do Rio Grande do Norte…

Da turma da justiça eleitoral, quem já abriu os salões de casa para receber com jantar de pompa e circunstância um dos citados…vai alegar suspeição caso tenha o nome sorteado?

6 de maio de 2021 às 17:01

Carluxo toma as rédeas da narrativa de Bolsonaro que tinha como orientador o ministro Fábio Faria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro das Comunicações Fábio Faria vem se posicionando como aliado número 1 do presidente Jair Bolsonaro em relação às narrativas sobre tudo.

O homem das Comunicações tem orientado a comunicação do presidente.

Ou isso tá virando coisa do passado?

O Carluxo – o zero 2 do presidente – estaria começando a puxar o tapete de Fábio?

Se for, nenhuma surpresa. Algo esperado.

BRASÍLIA — Com a pressão da CPI da Covid sobre o Palácio do Planalto, Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) retomou as rédeas da narrativa do presidente Jair Bolsonaro. O vereador passou duas semanas em Brasília, retornando ao Rio na última sexta-feira. No período na capital federal, esteve diversas vezes com o pai no gabinete presidencial e ajudou a rever a estratégia de comunicação do governo, fechando-se ainda mais para a imprensa e com foco nas redes sociais. Como em outros momentos de crise, Carlos, mais uma vez, aconselhou o presidente a partir para o confronto que agrada à militância ideológica e ajuda a desviar o foco dos problemas do governo.

O principal argumento de Carlos é que a suposta moderação adotada por Bolsonaro nos últimos meses, sugerida por ministros e aliados do Centrão, não foi suficiente para impedir a CPI da Covid, instalada por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro também se frustrou com a escolha do senador Osmar Aziz (PSD-AM) como presidente da comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) na função de vice, e Renan Calheiros (MDB-AL) como relator.

O efeito prático da ingerência do filho foi sentido mais claramente no discurso de Bolsonaro ontem no Palácio do Planalto. Interlocutores do presidente viram digitais de Carlos na fala do chefe do Executivo com recados indiretos ao STF e insinuações contra a China, principal parceiro comercial do Brasil.

6 de maio de 2021 às 15:37

Morre de covid o empresário Gustavo Azevedo, do antigo restaurante Âncora Caipira [3] Comentários | Deixe seu comentário.

Morreu de covid na UTI do Hospital de Campanha de Natal, o empresário Gustavo Azevedo.

Gustavo marcou época no ramo de gastronomia em Natal com o restaurante Âncora Caipira.

Era filho do médico já falecido, Newton Azevedo.

Irmão de Nica, Dominique e Elvira.

À família, os nossos sentimentos…

6 de maio de 2021 às 15:17

Projeto de João Maia que agiliza a implantação de sistema 5G no Brasil é aprovado em comissão da Câmara [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Projeto de Lei do deputado federal João Maia (PL/RN), que permite a instalação de novas antenas para o pleno funcionamento do serviço 5G no Brasil, foi aprovado por unanimidade pela comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara.

Agora o PL seguirá para apreciação da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania – CCJ.

Com a possível aprovação do projeto do deputado potiguar em plenário, o processo de instalação de antenas será agilizado.

“Além do brasileiro ter direito à tecnologia 5G, com melhor tráfego de dados móveis em seu smartphone, o projeto de lei garante geração de emprego e renda para o país”, explica João Maia.

O Brasil tem hoje 100 mil antenas de celular, o que significa 5 por cada 10 mil habitantes, enquanto na Espanha são 32 antenas por 10 mil habitantes. Na Austrália são 8,6 antenas. Hoje 5.164 pedidos de instalação de novas antenas de celular e internet móvel aguardam licenciamento pelas prefeituras. O 5G vai demandar até 10 vezes mais antenas.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, enalteceu o trabalho do deputado João Maia.

6 de maio de 2021 às 14:58

Ministro da Saúde ressalta importância da vacina e diz na CPI que não autorizou distribuição de cloroquina [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ouvido nesta quinta-feira na CPI da Covid, o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, declarou que a solução para o fim da pandemia é a vacina.

O que todo mundo sabe, mas o presidente Jair Bolsonaro vinha mostrando que nunca quis.

O ministro que está no cargo há pouco mais de um mês, foi questionado sobre a determinação do governo federal para aplicação da cloroquina como medicamento contra covid.

E afirmou que não autorizou a distribuição em sua gestão.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR

6 de maio de 2021 às 12:30

Deputado Walter Alves vai destinar emenda para construção de centro de reabilitação pela Semtas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Uma dobradinha futura tem chamado atenção: o deputado federal Walter Alves e o titular da Semtas, Adjuto Dias.

Essa semana em Brasília, os dois se reuniram em Brasília para tratar de apoio federal para o Plano Municipal de Assistência ao Autista, onde o secretário levou como demanda, a necessidade de construir um Centro Especializado de Reabilitação para atender pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Síndrome de Down em Natal.

“O secretário nos apresentou o projeto e falou sobre a construção do centro de reabilitação. Nosso mandato vai destinar emenda para viabilizar o projeto. Temos compromisso com Natal e estaremos juntos nessa nova missão”, disse o parlamentar.

“A reunião foi bastante positiva. Walter nos garantiu que destinará emenda para instalação do Centro. O próximo passo é buscar o cofinanciamento do Governo Federal”, explicou Adjuto.

6 de maio de 2021 às 11:19

Prefeito Álvaro Dias sugere nome de Rogério Marinho ou Fábio Faria para disputar o Governo do RN contra Fátima Bezerra [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, voltou a repetir….já repetiu mil vezes.

Não será candidato a governador nas eleições do próximo ano.

Presidente do PSDB da capital, Álvaro repetiu pela milésima vez, mas parece que as pessoas não gostam de acreditar, que vai cumprir os 4 anos de prefeito, cargo para o qual foi reeleito após mandato de 2 anos, que assumiu quando era vice e o titular renunciou para perder uma disputa pelo Governo.

Álvaro não vai renunciar.

E adiantou nomes que, para ele, poderão disputar o Governo contra a governadora Fátima Bezerra, ressaltando que vai apoiar um candidato de oposição.

Para Álvaro, os ministros Rogério Marinho e Fábio Faria são nomes que ele apoiaria para o Governo.

Como sabe que os dois hoje miram em uma cadeira de Senado, o prefeito de Natal considera que, um disputando o Governo e o outro o Senado a oposição teria uma boa chapa para concorrer com a atual governadora.

As declarações do prefeito Álvaro foram dadas na live que fiz com ele nesta quarta-feira, no programa ’30 Minutos’ que pode ser conferido, se você tem conta no Instagram

CLICANDO NESTE LINK

6 de maio de 2021 às 1:55

Ex-global Alexandre Garcia cancela para não ser cancelado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como toda brabeza tem limite, a do jornalista Alexandre Garcia, não é diferente.

O ex-global bolsonarista de carteirinha, cancelou para não ser cancelado.

Até a última terça-feira, 04, o jornalista e comentarista da CNN Brasil Alexandre Garcia apagou 66 vídeos e escondeu outros 429 em seu canal do YouTube. Os conteúdos apresentavam uma visão negacionista sobre as vacinas da Covid-19 e também sobre a própria doença.

Somente na última terça-feira, 04, 61 vídeos foram apagados do canal do comentarista. Os assuntos principais do conteúdo deletado eram críticas ao lockdown e ao Supremo Tribunal Federal (STF), além de elogios ao “tratamento imediato/precoce” e ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). As informações vêm sendo divulgadas nas redes sociais por Guilherme Felitti, fundador da Novelo Data, empresa de análise de dados com sede em São Paulo.

Na segunda-feira, 03, o comentarista teria apagado outros cinco vídeos, dos quais dois continham teorias conspiratórias sobre a efetividade das vacinas da Covid-19 e outros três defendiam o tratamento precoce, com cloroquina e ivermectina. Entre os vídeos estariam os títulos: “o marketing que naturalizou uma vacina” e “o cruel pedido para banir tratamento de Covid”. No sábado passado, 1º de maio, o jornalista já havia tornado privado outros 429 vídeos de seu canal.

Segundo o perfil, os vídeos apagados e tornados privados já somam quase metade dos mais de 1.110 vídeos Garcia havia publicado no canal.