Thaisa Galvão

19 de maio de 2021 às 21:27

São Gonçalo continua reforço para quem completou prazo de 28 dias da CoronaVac [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Após receber 520 doses da CoronaVac nesta quarta (19), a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante vai dar continuidade à vacinação da 2ª dose nas pessoas que tomaram a primeira dose há no mínimo 28 dias.

A imunização será em todas as unidades de saúde do município. 

Também seguem sendo vacinadas, com a Pfizer, gestantes e mulheres que tiveram bebê recentemente, de 18 anos ou mais, e pessoas com comorbidades acima de 25 anos, nas UBSs de Jardim Lola, Mangueirão, Amarante, Santo Antônio e Cidade das Flores.

As doses da vacina Oxford/AstraZeneca serão aplicadas em pessoas com comorbidades acima de 25 anos e idosos de 60 anos, em todas as 29 unidades de saúde. 

19 de maio de 2021 às 18:57

A vacina de Fátima ao som do ‘fora Bolsonaro’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Registro desta terça-feira, quando a governadora Fátima Bezerra chegou ao Sesi para tomar a segunda dose da CoronaVac e foi recebida com festa pelos técnicos da Secretaria de Saúde do município que estavam aplicando as vacinas.

Um casal chegou para tomar a vacina no drive, e de dentro do carro cumprimentou a governadora.

Quando Fátima estava tomando a vacina, com a assessoria filmando, de dentro do carro a mulher soltou um estridente “fora Bolsonaro”.

Fátima pediu para sua equipe editar o vídeo.

Mas, certamente, achou foi bom o que ouviu.

Só não quis polemizar.

19 de maio de 2021 às 18:55

Aniversariante do dia, governadora Fátima festeja entregando escola ampliada na zona Norte de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Aniversariante desta quarta-feira, 19, a governadora Fátima Bezerra começou o dia entregando a reforma e ampliação da Escola Estadual Zila Mamede.

Situada na zona Norte de Natal, a escola foi ampliada pela Secretaria de Educação com recursos do programa Governo Cidadão, do Banco Mundial.

O prédio foi totalmente reconstruído.

O Governo investiu R$ 2,6 milhões em obras e equipamentos e está pronta para receber os 700 alunos dos ensinos fundamental e médio.

19 de maio de 2021 às 18:39

Pessoas a partir de 18 anos com comorbidades comprovadas já poderão ser vacinadas em Natal nesta quinta-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de Natal amplia a faixa de idade de pessoas com comorbidades e começa a vacinar nesta quinta-feira quem tem a partir de 18 anos.

Com comorbidade comprovada, vale repetir.

A vacinação, exclusivamente com o imunizante Pfizer, acontecerá  nos pontos de drive e de pedestre do SESI, Via Direta, UNP da Roberto Freire, Ginásio Nélio Dias e OAB, das 8 às 16h; e exclusivamente em 9 UBS (Felipe Camarão II, Bairro Nordeste, Mãe Luiza, Rocas, Alecrim, Nova Descoberta, Rosangela Lima, Nordelândia e Vale Dourado) das 8 às 12h e das 12h30 às 16h.

A Secretaria de Saúde segue aplicando a segunda dose da CoronaVac em quem tomou a primeira até 6 de abril, e aplicando também a segunda dose da Oxford.

Nesses casos os pontos de vacinação também foram ampliados:

DISTRITO SANITÁRIO NORTE I

UBS Pajuçara, Nova Natal, Redinha e Gramoré.

USF Parque Das Dunas e Pompeia.

DISTRITO NORTE II

USF Panatis, Jardim Progresso, Nova Aliança, Soledade II, Santarém.

C.S Bela Vista, em Igapó.

DISTRITO SUL

UBS Candelária, Satélite, Pitimbu.

ESF Ronaldo Machado.

DISTRITO LESTE

UBS São João, Brasília Teimosa, Lagoa Seca.

USF Passo da Pátria.

DISTRITO OESTE

USF Nazaré, Cidade Nova, Quintas, Monte Líbano e KM 06.

19 de maio de 2021 às 16:34

João Maia viabiliza recursos federais pedidos por vereadores e entrega garantia de liberação ao prefeito Álvaro Dias [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal João Maia (PL), acompanhado dos vereadores Herberth Sena (PL), Nivaldo Bacurau (PSB) e Geovane Peixoto (PTB), esteve na Prefeitura de Natal na manhã desta quarta-feira, para uma audiência com o prefeito Álvaro Dias.

João entregou a Álvaro, cópia de ofício que garante a destinação de recursos federais para a capital do Rio Grande do Norte, para execução de obras de recapeamento asfáltico no anel viário das Rocas e Santos Reis, e para reforma e instalação de cobertura em quadra esportiva do bairro de Igapó, além de custeio na área da saúde para zona Norte.

Os recursos foram solicitados através do deputado pelos vereadores.

Herberth Sena (PL), vereador mais votado em Natal, é correligionário do parlamentar federal.

A secretária de Esportes e Lazer de Natal, Jódia Melo, também participou da reunião.

19 de maio de 2021 às 16:01

DNA Center doa insumos para prefeitura de Upanema dentro do movimento ‘Unidos pela Vacina’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A diretoria do Laboratório DNA Center fez doação de insumos à prefeitura de Upanema, no Oeste do Rio Grande do Norte.

A ação faz parte do movimento ‘Unidos Pela Vacina’.

Foram doadas 1.550 máscaras cirúrgicas, 20 caixas de luvas e 96 litros de álcool comum.

O material será usado pelos profissionais de saúde do município, no combate à covid.

O material foi entregue pela sócia-diretora do DNA Center, Andréa Fernandes, ao prefeito de Upanema, Ramon Mendonça, e à secretária de saúde da cidade, Maria Gorete Sales.

O movimento ‘Unidos Pela Vacina’ reúne centenas de entidades, empresas e ONGs pelo propósito de tornar viável a vacinação de todos os brasileiros até 2021. A mobilização surgiu por iniciativa do grupo Mulheres do Brasil, liderado pela empresária Luiza Trajano (Magazine Luiza), para engajar a sociedade e os empresários em ações solidárias.

“O DNA Center se sente orgulhoso em fazer parte desse projeto e poder contribuir com a proteção dos profissionais de saúde por meio da doação desses insumos. Estamos fazendo a nossa parte e contribuindo com a sociedade”, destacou Andréa Fernandes.

19 de maio de 2021 às 14:48

Plano Diretor de Natal avança e entra em sua fase final [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Instrumento norteador das políticas urbanísticas da cidade, a revisão do Plano Diretor de Natal está alcançando as fases finais, antes do projeto ser enviado à Câmara Municipal para análise e votação. A Prefeitura, cumprindo as suas responsabilidades, trabalha para acelerar o processo, que está na segunda etapa da Conferência Final. Esta parte acontece em dois momentos, com a realização de intervenções, apresentação de propostas de alteração da minuta da lei pelos delegados e pode ser acompanhada pelo canal do YouTube do PDN (http://bitly.com/youtubepdn), das 9h às 13h e das 14h às 17h.

Já fizeram as suas intervenções os segmentos dos empresários e do Poder Público. Nesta quarta-feira (19), participam os delegados das Organizações Não Governamentais (ONGs) e os trabalhadores dos movimentos sindicais. Por fim, na quinta-feira (20), o segmento acadêmico e representantes dos movimentos populares terão a chance de explanarem seus relatórios.

Segundo o Conselho da Cidade (Concidade), a segunda etapa consiste de intervenções orais, apresentações e defesas das propostas aos 119 delegados, que estarão reunidos em plenárias virtuais até esta sexta, dia 21.  Já na próxima semana, nos dias 24 a 26 de maio, a segunda etapa será finalizada com o envio das propostas de cada segmento pelos relatores. A população também pode acompanhar as discussões por meio das lives transmitidas no canal do Plano Diretor de Natal, no YouTube.

A terceira e última etapa da conferência será a votação da minuta, que está prevista de 14 a 16 de junho. Para mais informações do processo de revisão, acompanhe o site do PDN no endereço planodiretor.natal.rn.gov.br ou pelo Instagram @planodiretornatal.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, elegeu a revisão do processo do Plano Diretor como uma das grandes prioridades da sua gestão, pois entende que o Município precisa dispor de mecanismos geradores de desenvolvimento sustentável e de progresso para a cidade. Em sua visão, o atual ordenamento urbanístico ajudou a frear esse movimento, deixando a capital potiguar para trás em relação a outras cidades da região.

“A revisão do Plano Diretor precisa ser feita, com vistas a modernizarmos a nossa legislação para atrair investimentos, estimular as pessoas a ficarem em Natal e criar as diretrizes para fazer com que a cidade cresça e se volte para o futuro”, aponta Álvaro, ressaltando ainda que o processo de atualização do PDN é o mais democrático e participativo de toda a história da cidade. “Ninguém pode negar que, desde quando iniciamos o processo, pautamos nosso trabalho na transparência, conclamando toda a sociedade a participar. Não abrimos mão desses princípios e fico feliz por termos conseguido proporcionar esse grau de envolvimento dos segmentos envolvidos. Ao final de todo o processo, a cidade é que vai sair ganhando”.

O gestor municipal lembra também que, antes da finalização do projeto de revisão, a Prefeitura tem adotado iniciativas voltadas à geração de progresso e atração de oportunidades de negócios, em consonância com as principais iniciativas urbanas implementadas pelo mundo. Destaque para a criação das ruas exclusivas para pedestres, com a urbanização do Beco da Lama e do Espaço Cultural Ruy Pereira, seguindo o conceito de que as cidades são para as pessoas e não para os veículos. Outras ações de relevo nesse sentido são a implementação e ampliação do plano cicloviário e o projeto Planta Natal.

19 de maio de 2021 às 9:42

Morre de covid em Goiás o ex-diretor de fotografia da TV Cabugi Joaquim Cirillo (Kinkas) [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Morreu de covid nesta terça-feira em Anápolis (GO), o potiguar Joaquim Cirillo.

Kinkas, como era conhecido, era cinegrafista/diretor de fotografia e antes de atuar na TV Cabugi, trabalhou na TV Globo.

Em Natal, na afiliada da Globo, foi cinegrafista do jornalismo, e fez parte, como diretor de fotografia, do programa Valeu o Boi.

Trabalhei com ‘Kinkas Cabeludo’ no programa criado por Paulo Henrique Braga, meu marido, e do qual eu era produtora.

Kinkas é irmão de Pedro Paulo, que atuou no setor de eventos de moda em Natal.

Ele deixa 3 filhos: Luiz Paulo, Luiz Fernando e Luiz Henrique, e os netos Guilherme e Giovana.

19 de maio de 2021 às 8:11

Cabe a Bolsonaro afastar o ministro Ricardo Salles que é alvo de operação da Polícia Federal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A operação Akuandaba, deflagrada pela Polícia Federal, que afastou o presidente do Ibama, Eduardo Bim, não pediu o afastamento do ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles.

Porém…

Se ainda vale o discurso do presidente Bolsonaro sobre corrupção – ele DIZIA que ERA anti (rsrs) – cabe a ele afastar o auxiliar.

É o mínimo que se espera nesta quarta-feira, antes do presidente e os robôs do Palácio do Planalto começarem a atacar o ministro Alexandre de Moraes e o STF.

19 de maio de 2021 às 8:02

Operação da PF quebra sigilos bancário e fiscal do ministro Ricardo Salles, e afasta presidente do Ibama. Investigação havia sido arquivada pelo procurador Augusto Aras [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro do STF Alexandre de Moraes, que determinou a operação da Polícia Federal no Ministério do Meio Ambiente e no Ibama, não pediu o afastamento do ministro Ricardo Salles.

Mas determinou a quebra de sigilo bancárioe fiscal do ministro, e busca e apreensão na casa do ministro em São Paulo, no apartamento funcional e no gabinete em Brasilia, e em um escritório montado por ele no Pará.

O presidente do Ibama Eduardo Brim foi afastado.

Como a operação trata de exportação ilegal de madeira, autoridades americanas colaboraram com a investigação.

O ministro já era alvo de investigação, porém, o procurador geral da República, Augusto Aras, arquivou o inquérito por “falta de provas”.

Como as provas existiam, inclusive com colaboração internacional, a Polícia Federal desarquivou o inquérito guardadinho pelo PGR.

19 de maio de 2021 às 7:37

Ministro Ricardo Salles é alvo de operação da PF que cumpre 35 mandados no Ministério do Meio Ambiente e Ibama e em endereços de empresários em SP, PA e DF [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o governo que se elegeu rodando o disco que ia acabar com a corrupção vai derretendo.

Por ordem do STF o ministro Ricardo Salles, o Ministério do Meio Ambiente e o Ibama são alvos de operação da Polícia Federal.

Trinta e cinco mandados estão sendo cumpridos.

Dez pedidos de afastamento dos dois órgãos públicos foram determinados pelo Supremo, mas não há pedido de afastamenro do ministro.

Leia publicação do G1:

Ricardo Salles e ministério do Meio Ambiente são alvos de operação da PF que investiga exportação ilegal de madeira

Policiais federais cumprem 35 mandados de busca e apreensão no DF, em SP e no Pará. Alvos são servidores públicos e empresários do ramo; G1 aguarda posicionamento do Ibama e Ministério do Meio Ambiente

Por Isabela Camargo, Marília Marques, Sthefanny Loredo e Wellington Hanna, G1 DF e TV Globo

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta quarta-feira (19), 35 mandados de busca e apreensão no âmbito da operação Akuanduba, que investiga crimes contra a Administração Pública envolvendo a suposta exportação ilegal de madeira para os Estados Unidos e a Europa.

Os alvos são servidores públicos e empresários do ramo. Entre os eles, estão Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente.
Ao todo, 160 policiais federais estão nas ruas do Distrito Federal, São Paulo e no Pará. O G1 tenta contato com a defesa do ministro e apura a identidade dos demais alvos.
Os mandados foram autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Além das buscas, a Corte determinou o afastamento preventivo de dez agentes públicos que ocupavam cargos e funções de confiança no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e no Ministério do Meio Ambiente (MMA). A reportagem aguarda um posicionamento dos órgãos.
Além disso, o STF determinou a suspensão imediata da aplicação de um despacho, emitido em fevereiro de 2020, que permitiu a exportação de produtos florestais sem a necessidade de emissão de autorizações de exportação.
“Estima-se que o referido despacho, elaborado a pedido de empresas que tiveram cargas não licenciadas apreendidas nos EUA e Europa, resultou na regularização de mais de 8 mil cargas de madeira exportadas ilegalmente entre os anos de 2019 e 2020”, informou a PF.

As investigações iniciaram em janeiro, segundo a Polícia Federal, a partir de informações “obtidas de autoridades estrangeiras” que noticiavam um “possível desvio de conduta de servidores públicos brasileiros no processo de exportação de madeira”.
Esta reportagem está em atualização.