Thaisa Galvão

31 de maio de 2021 às 18:24

Henrique Alves sem chances no MDB [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-deputado Henrique Alves terá que buscar um novo partido, se for do desejo dele voltar a ser candidato.

No MDB ele não encontrará abrigo.

O partido é presidido pelo deputado federal Walter Alves e tem como vice, o ex-senador Garibaldi Filho.

E os dois já disseram, em nota oficial e pública, que “desde as Eleições de 2018, não existe relação política ou indicação do ex-deputado federal Henrique Alves na condução da sigla no estado”.

Henrique pode até tentar lá por Brasília, mas a luta será em vão.

A esperança dele seria uma convenção, onde ele poderia participar e tentar, sim, com todo direito, o apoio dos antigos do partido.

Porém, a executiva nacional do MDB antecipou as eleições das executivas estaduais, e Walter e Garibaldi foram reconduzidos como presidente e vice no Rio Grande do Norte, até novembro do ano que vem, depois das eleições ‘previstas’ para outubro.

Henrique tem trabalhado para continuar no MDB e ter a legenda para disputar mandato, mas não encontra força entre os emedebistas com quem conviveu anos e anos em Brasília.

Se for pedir socorro ao ex-presidente Sarney, que foi senador com Garibaldi, Sarney não vai trair Garibaldi.

Michel Temer? Nem é mais do alto clero da legenda, e não teria poder para tirar do atual presidente Baleia Rossi, a boa relação com o deputado Walter.

Vai apelar para Eduardo Cunha?

Esse tá apelando para um partido bolsonarista ‘extremamente’ evangélico para tentar eleger a filha Danielle, que foi candidata sem sucesso em 2018.

O caminho de Henrique não será o MDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.