#JornalismoSemFakeNews

28 de junho de 2021 às 15:40

Qual ministro do RN excluiu Nelter Queiroz do palanque de Bolsonaro em Jucurutu?

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

A quem não interessou a presença do deputado Nelter Queiroz no palanque do presidente Jair Bolsonaro em Jucurutu, para anunciar a liberação de recursos para conclusão das obras da barragem Oiticica?

De quem foi a exigência ao cerimonial da presidência para não convidar Nelter, deputado estadual nascido no município, ex-prefeito, pai de ex-prefeito, filho de ex-prefeito…e dar assento privilegiado no palanque ao deputado estadual Albert Dickson?

O prefeito atual Iogo Queiroz, sempre adversário familiar de Nelter, teve apoio dele na eleição do ano passado, mas, no discurso de abertura do evento…só falou em Nelter porque foi lembrado por uma pessoa que estava na plateia credenciada.

Confira o vídeo:

No discurso atabalhoado e gaguejando, o prefeito concluiu, sem ter muito mais o que dizer, levantando o grito de guerra que Bolsonaro mais se arrepia ao ouvir.

Mesmo assim o presidente foi incapaz de olhar para a cara do prefeito em agradecimento, sequer um aperto de mão.

Bateu palminhas olhando para o outro lado.

Mito.

Mico.

Em seu discurso, o ministro Rogério Marinho foi logo citando Nelter…

Em seu discurso, o ministro Fábio Faria foi logo citando Albert Dikson…depois olhou ali para o chão e citou Nelter de raspão.

Dos dois, qual ministro potiguar exigiu que o cerimonial excluísse Nelter?

O deputado Nelter, há de se fazer justiça, foi o político ali presente que mais gritou pela construção da barragem.

Em 2013 ele foi a Brasília, e conseguiu que o então deputado federal Henrique Alves convencesse Dilma Rousseff a incluir a barragem Oiticica em uma ordem de serviço que seria assinada pela presidente.

Foi a partir daí que as obras foram finalmente tiradas do papel.

Sonhadas elas foram desde 1952, como todos repetiram em seus discursos, para eliminar da história de Jucurutu, tanto o deputado Nelter quanto a ex-governadora Wilma de Faria, que deixou pronto o projeto que Nelter botou debaixo do braço e levou para Brasília.

Foi a presidente Dilma que deu início às obras de Oiticica.

Foi a governadora Wilma que elaborou o projeto aprovado.

Foi o ex-deputado Henrique que convenceu Dilma a começar.

Foi o deputado Nelter que mais pediu.

Ponto.

O resto…as águas de Oiticica se encarregarão de apagar da história.

Uma resposta para “Qual ministro do RN excluiu Nelter Queiroz do palanque de Bolsonaro em Jucurutu?”

  1. Milton França Júnior disse:

    Sempre competente na escrita, inclusive nesse texto. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.