Holiday

Thaisa Galvão

19 de Janeiro de 2018 às 11:21

(Oi?) – No programa de Sílvio Santos, Michel Temer joga dinheiro para a platéia e diz que era o sonho dele [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Meu Deus!

Em que mundo estamos?

O processo de degeneração humana está pior do que a gente tem visto…

Você se deparar com o presidente da República dizendo que o sonho dele era fazer aviãozinho de dinheiro e jogar para o povo perguntando, “quem quer dinheiro”??

É loucura ou não é?

O bordão de Sílvio Santos é individual e intransferível e quando ele parar, não poderá ter substituto.

Não cabe mais.

Só cabe com Sílvio Santos porque o personagem é isso desde sempre.

Mas só ele. Ponto.

Você ver o presidente Michel Temer falar que sonhava em jogar dinheiro vem logo à mente a mala de dinheiro que o ex-deputado Rocha Loures teria levado para ele…

O apartamento cheio de milhões do ex-deputado Geddel Vieira.

Pois é…

Temer gravou participação no programa de Sílvio Santos, no SBT, que vai ao ar no domingo, e imitou o apresentador jogando dinheiro para a plateia.

E disse que era o sonho dele.

Em nome do pai…

Que país é esse?

Leia trecho de reportagem do Globo de hoje.

19 de Janeiro de 2018 às 10:57

Vereador critica valor para recuperar muro do cemitério de Nova Descoberta [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do vereador Sandro Pimentel (PSOL), que está licenciado para se submeter a uma cirurgia de joelho, chamando atenção para o preço do muro do cemitério publicado no Diário Oficial do Município:

19 de Janeiro de 2018 às 10:13

Durante lançamento de manifesto pelo Brasil, Flávio Rocha lembra que ‘criminoso condenado à prisão’ lidera pesquisas eleitorais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Repercutiu em todo o Brasil o manifesto através de uma carta assinada por grandes empresários, onde o potiguar Flávio Rocha lançou o movimento ‘Brasil 200 anos’.

No Rio Grande do Norte o governadorável que declarou apoio ao movimento foi o empresário Tião Couto, ainda no PSDB, mas prestes a deixar a legenda.

No evento varejista em Nova York, onde o manifesto foi lançado, Flávio Rocha, que já foi deputado federal pelo Rio Grande do Norte e tem o nome cotado para presidente ou vice, deixou claro que não será candidato.

Confira abaixo a carta e o vídeo do lançamento do movimento.

Prezados Amigos,

É uma grande alegria estar aqui com você na maior feira de varejo do mundo, neste momento tão especial em que o varejo brasileiro começa a mostrar sinais de recuperação. Somos duros na queda, resilientes, e estamos aqui para dizer ao mundo que não desistimos do Brasil.

Não tenho dúvida de que é o trabalho duro, o brilhantismo e o compromisso com o Brasil de todos vocês que permite que um país mergulhado na pior crise econômica e também ética e moral da sua história possa ter um pouco de esperança. Meus mais sinceros parabéns a todos vocês por esse resultado.

Minha mensagem para vocês hoje não é apenas para aplaudir os bons números da economia e do varejo mas para lembrar como a recuperação econômica do Brasil ainda é frágil, como ainda somos vulneráveis, como cada pequeno avanço que estamos fazendo pode nos deixar esquecer o tamanho do abismo que está logo na esquina.

O rebaixamento da nota de crédito do Brasil pela Standard & Poor’s na semana passada foi um duro lembrete de quanto ainda temos que caminhar para um crescimento realmente sustentável e que abra mais oportunidades para um país com mais de 12 milhões de desempregados. Cada desempregado é um drama de todos nós, uma família desestruturada, uma vida em compasso de espera, um brasileiro que tem problemas para prover para si e para sua família.

A leve recuperação do Brasil atual não pode significar, de forma alguma, o esquecimento de como chegamos até aqui.

O Brasil é um país sem memória, mas não é possível que em pleno ano eleitoral não se fale a cada oportunidade, todos os dias, do período nefasto de quase 15 anos em que uma quadrilha saqueou o Brasil, aparelhou as instituições, usou bancos e obras públicas para enriquecimento privado numa proporção jamais vista e que, espero, nunca mais aconteça.

Não há nada de casual na crise brasileira.

Desde 2009, quando nasceu a famigerada e insana “Nova Matriz Econômica”, o Brasil foi jogado num buraco que ainda levaremos muitos anos para sair. E nós varejistas sabemos isso como ninguém, sabemos da dificuldade do povo brasileiro de manter seu nome limpo, de pagar suas contas, de ter condições mínimas de consumo.

O Brasil hoje não tem um governo, é o governo que tem um país que vive para sustentar sua gastança, seu desperdício, seu endividamento, seus ralos bilionários de corrupção e clientelismo, suas regulações insanas, seu intervencionismo retrógrado, sua aversão ao liberalismo e ao empreendedorismo, seu paternalismo autoritário, sua incompetência criminosa e sua fome insaciável por poder, dinheiro e ingerência na vida do cidadão e das empresas.

É preciso dar um basta!

O livre mercado não é apenas a melhor arma contra a pobreza, é a única.

Todos nós, em algum momento da vida, precisamos fazer uma escolha: ou estamos ao lado dos pobres ou da pobreza.

Ou temos amor aos mais necessitados ou temos ódio aos ricos.

São sentimentos incompatíveis. Se você é solidário ao pobres, faz tudo para que saiam da pobreza.

E é o livre mercado que pode gerar oportunidades e riqueza para todos, especialmente os mais pobres.

Quando vamos aprender esta que é a mais básica das lições da história?

Se você quer o melhor para os pobres, você luta por uma sociedade mais livre, que crie mais riquezas e oportunidades para todos.

Se você odeia os ricos, você quer expropriar seus bens e destruir sua capacidade produtiva, jogando todos no caos e na miséria.

Há décadas que o Brasil optou por odiar os empreendedores, os investidores, os inovadores e os resultados falam por si.

Agora é hora de mostrar que é possível um outro caminho.

O próximo presidente governará o país de janeiro de 2019 até o final de 2022.

Numa dessas coincidências mágicas, 2022 é exatamente o ano em que o país completará 200 anos do dia em que, às margens do Rio Ipiranga, Pedro I deu o grito que tornou o Brasil uma nação independente de Portugal.

Quero sugerir a todos vocês que chegou a hora de uma nova independência: é preciso tirar o estado das costas da sociedade, do cidadão, dos empreendedores, que estão sufocados e não aguentam mais seu peso.

Chegou o momento da independência de cada um de nós das garras governamentais.

Liberdade ou morte!

É por isso que estou lançando, junto com outras lideranças da sociedade civil, o movimento Brasil 200 anos.

Nós queremos que você diga que país espera para 2022, como você quer o Brasil na comemoração dos seus 200 anos, ao final do mandato dos candidatos eleitos este ano.

2022 começa em 2018, os 200 anos do Brasil começam aqui e agora.

Em quatro anos não é possível fazer tudo, mas é possível fazer muito.

Estamos conversando com cidadãos brasileiros para que juntos tenhamos uma pauta comum para entregar aos candidatos ao executivo e ao legislativo com compromisso verdadeiro com a liberdade para que eles saibam, sem sombra de dúvidas, o que o Brasil espera deles.

Vamos contribuir com propostas, metas, dados, idéias e, claro, vamos cobrar a cada momento, durante os 4 anos que nos separam do bicentenário, o andamento da implementação destas propostas.

Não é possível que o líder das pesquisas no Brasil para presidente hoje seja, não apenas o maior responsável pela crise, como um criminoso condenado a 9 anos e meio de prisão em apenas um de inúmeros processos que responde.

Que mensagem o país está passando para a classe política e para o mundo?

Que aqui o crime compensa? Que o brasileiro aprova a roubalheira?

Não é possível que a lição, a mais dura de todas, não tenha sido aprendida.

Eu não espero que toda a imprensa, com honrosas exceções, tenha a isenção de reportar estes fatos durante a campanha, mas espero estar errado.

Foram quase 15 anos de uma farra de gastos públicos e créditos subsidiados para os amigos do rei, o que incluiu vários grupos de comunicação que infelizmente jogam contra a estabilidade econômica que estamos buscando hoje com tanta dificuldade, sonhando com a volta do dinheiro fácil.

A apropriação privada dos ganhos provenientes de empréstimos de pai para filho dos bancos públicos, infelizmente comprou corações e mentes nos últimos anos e muitos fingem não perceber os riscos da volta do projeto bolivariano e cleptomaníaco de poder ao comando do país.

Infelizmente a elite empresarial brasileira, da qual faço parte, não tem liderado como deveria o processo de tornar o Brasil um país mais livre, parte dela sócia do assalto ao estado com prejuízos incalculáveis para a população mais carente.

Sem uma elite comprometida de corpo e alma com o progresso, com o avanço institucional, com mais liberdade e menos intervencionismo, com a diminuição do estado hipertrofiado, não vamos a lugar algum.

Por mais que a Operação Lava Jato me orgulhe como cidadão, não tenho como não ficar triste por ver empresários que deveriam estar pensando nas próximas gerações de brasileiros, incluindo em seus próprios filhos, envolvidos nos piores escândalos de corrupção da nossa história.

Quantos empresários ainda vivem nas suas pequenas bolhas acreditando que podem tocar suas vidas e seus negócios sem se preocupar com a deteriorização do país, sem lutar pelas instituições, pela ética e pela democracia?

Mais cedo ou mais tarde, essa omissão baterá na porta de cada um de nós e cobrará a conta.

Os empresários e empreendedores do país devem ser os guardiões mais intransigentes da competitividade e da liberdade, pré-requisitos para a criação de riqueza que move a economia e a sociedade no caminho da prosperidade e da verdadeira justiça social, com autonomia, dignidade e oportunidades para todos.

Chegou a hora de pararmos de ser parte do problema e viramos parte da solução, e é essa a convocação que faço hoje para cada um de vocês.

Um país mais livre é também uma declaração de confiança ao nosso povo, uma prova de que juntos podemos construir mais oportunidades para todos, sem a intermediação nefasta da burocracia estatal.

Tenho certeza de que cada um de vocês vai tomar parte nessa luta que é de todos nós.

Tenho muita fé no Brasil e nos brasileiros, e provo isso saindo da minha zona de conforto e me expondo aqui para vocês na luta para devolver o Brasil aos seus verdadeiros donos, o povo brasileiro.

O cidadão independente é aquele que consegue estudar, trabalhar, empreender, gerar valor para a sociedade, para si e sua família, que participa voluntariamente da comunidade e que é solidário com quem precisa.

Peço a todos vocês que participem do Brasil 200 anos com sugestões, propostas, idéias e muito mais.

O Brasil 200 só tem um dono: o povo brasileiro, cada um de vocês.

Aqui em Nova York, na capital do mundo, podemos nos unir para refundar o Brasil em bases mais livres e solidárias, mais modernas e prósperas para todos.

É a minha ideologia, é o meu compromisso, e espero que seja o de vocês também.

Muito obrigado!

*

A carta é assinada por empresários como Luiza Trajano (Magazine Luiza), Sebastião Bomfim (Centauro), Alberto Saraiva (Habib’s), Sônia Hess (Dudalina), e pelo apresentador de TV, Roberto Justus.

CLIQUE AQUI para ver o vídeo onde Flávio Rocha explica o movimento

18 de Janeiro de 2018 às 20:49

Em evento ao lado de lideranças do PT, Julianne Faria defende volta de Lula à presidência da República [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-primeira-dama do Estado e ex-secretária de Assistência Social do Estado, Julianne Faria deu sinais de que pretende levar à frente um projeto político.

Se será como candidata, muita água ainda vai rolar porque, com o ex-marido Robinson Faria no Governo depois de 7 de abril, ela estará impedida de disputar mandato eleitoral.

O nome dela é apontado como possível candidata ao Senado, ao lado da deputada-senadorável Zenaide Maia (PR), numa chapa que poderá ter como candidata ao Governo, a senadora Fátima Bezerra (PT).

Hoje, na posse do vereador Fernando Lucena (PT) como presidente do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Conservação, Higienização e Limpeza do RN (Sindlimp/RN), Julianne se pronunciou.

E defendeu a volta de Lula à presidência da República.

18 de Janeiro de 2018 às 18:18

Assembleia aprova utilização de recursos do Funfir para pagar aposentados e pensionistas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dois dos três projetos do Executivo estadual, na pauta de hoje da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, foram aprovados pelos deputados.

O mais polêmico é o que permite saques ao Funfir – o fundo previdenciário – para pagamento dos benefícios previdenciários aos segurados do Regime Próprio de Previdência Social do Estado do Rio Grande do Norte.

Também foi aprovada a alteração na Lei Orgânica e o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Quadro de Pessoal da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Estado do Rio Grande do Norte (FUNDASE/RN), anteriormente denominada Fundac.

A mensagem foi aprovada com 4 emendas da relatora na CCJ, deputada Larissa Rosado (PSB).

“A emenda deixa os servidores da antiga Fundac protegidos. Eles terão a progressão de carreira protegidos por essa emenda”, disse a relatora.

Já a mensagem que permite a venda da Potigás volta para tramitação nas comissões.

18 de Janeiro de 2018 às 17:28

Movimento lançado por Flávio Rocha e empresários brasileiros tem apoio dos mossoroenses Tião Couto e Jorge do Rosário [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os empresários mossoroenses Tião Couto (PSDB) e Jorge do Rosário (PR), que juntos disputaram a Prefeitura de Mossoró nas eleições passadas, manifestaram apoio total ao Movimento Brasil 200, lançado por um grupo de empresários brasileiros tendo à frente o potiguar Flávio Rocha, do Grupo Riachuelo.

O movimento visa incentivar o surgimento de uma candidatura presidencial comprometida com uma política de livre mercado.

No próximo 2022, último ano do próximo mandato presidencial, o Brasil completa 200 anos da independência, daí o nome do movimento.

Ao anunciar o movimentoFlávio Rocha chamou atenção para o Brasil atual, cujos governos não atuam para o bem do país, e sim para “sustentar gastanças e desperdícios”.

Flávio Rocha, tem o nome cotado tanto para presidente quanto para vice, defende que as forças produtivas tenham a coragem de defender uma mudança radical na forma de governar o país.

“Não dava mais para ficarmos assistindo os políticos de plantão quebrarem a Prefeitura, da mesma forma como agora estão quebrando o Estado, e resolvemos descruzar os braços”, disse Tião, que não esconde o desejo de governar o Rio Grande do Norte.

“Eu e Tião começamos a plantar essa semente em Mossoró e continuamos acreditando que é hora de ter coragem, de lutar pelas mudanças que só virão com gestão eficiente e comprometida com metas”, explicou Jorge, pré-candidato já anunciado a deputado estadual.

Os dois empresários estão se articulando com os líderes do Movimento Brasil 200 para que ele ganhe força também no Rio Grande do Norte.

18 de Janeiro de 2018 às 12:51

Advogado de Henrique acusa juiz de imparcialidade e pede troca de comando da operação Manus na Justiça Federal do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pelo terceiro dia consecutivo a Justiça federal ouve testemunhas de acusação da operação Manus, que mantém na prisão o ex-deputado Henrique Alves.

Na lista de ouvidos como testemunhas hoje, o tesoureiro do PMDB, Eurico Alecrim, e ainda Cláudio Porpino, Jerônimo Melo e o vereador de Caicó, Lobão.

A fase de depoimentos termina hoje e continuará em abril, quando serão ouvidos Marcelo Odebrecht, da Odebrech, Ricardo Pernambuco, da OAS, e o doleiro operador do PMDB, Benedito Barbosa da Silva Júnir.

Na audiência de hoje, uma polêmica travada entre o advogado de Henrique e o juiz federal responsável pelo caso.

Veja reportagem da InterTV Cabugi:

A imagem polêmica de Henrique, cumprimentando a imprensa com o polegar de “tudo bem”, registrada há três dias, não foi repetida hoje.

Inserida na reportagem acima, a imagem é de arquivo de 3 dias atrás.

Basta checar a cor do paletó de hoje, em tom azul, e a cor do paletó abaixo, em tom mais escuro.

18 de Janeiro de 2018 às 11:51

Enem: confira as médias gerais por área [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Veja abaixo as médias gerais dos participantes, por áreas, do Enem 2017:

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Nota mínima – 299,6 pontos

Nota máxima – 788,8

Nota média Geral – 510,2

Redação

Redações Nota Zero – 309.157

Redações Nota Mil – 53

Proficiência Média Geral – 558,0

Ciências Humanas e suas Tecnologias

Nota mínima – 307,7

Nota máxima – 868,3

Nota média Geral – 519,3

Matemática e suas Tecnologias

Nota mínima – 310,4

Nota máxima – 993,9

Nota média geral – 518,5

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Nota mínima – 298,0

Nota máxima – 885,6

Nota média geral – 510,6

18 de Janeiro de 2018 às 11:47

Abertura do Sisu será no dia 23 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para quem atingiu nota satisfatória no Enem, a próxima etapa será a inscrição no Sisu, onde os candidatos poderão fazer opção pelos cursos que querem seguir.

O ministro da Educação Mendonça Filho, em entrevista há pouco, disse que, como a divulgação das notas foi antecipada em um dia, a abertura do Sisu também será antecipada para de 23 a 26 de janeiro.

O Sistema de Seleção Unificado (Sisu) seleciona estudantes com base nas notas do Enem para conceder vagas em universidades públicas.

18 de Janeiro de 2018 às 11:42

Enem: Apenas 53 candidatos em todo o Brasil tiraram nota 1.000 na redação [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Das 4,72 milhões de redações do Enem corrigidas em todo o Brasil, somente 53 obtiveram 1.000, a nota máxima.

Já 309.157 candidatos tiraram nota zero na redação.

A nota zero representou, por fuga do tema, 5,01% das redações, contra apenas 0,78% do ano passado.

O que comprova a polêmica sobre o tema da redação.

No total a nota zero representou 6,5% de todas as redações:

-fuga ao tema (5,01%)

-prova em branco (0,80%)

-texto insuficiente (0,33%)

-parte desconectada (0,17%)

-não atendimento ao tipo textual (0,11%)

-cópia do texto motivador (0,09%)

-outros motivos (0,03%).

Mas a cópia dos textos e justificativas para as notas só serão disponibilizadas no dia 19 de março.

18 de Janeiro de 2018 às 11:33

Enem: Notas de treineiros e espelhos de redação só serão divulgados em março [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quem fez o Enem por experiência ainda não pode consultar suas notas

É que o resultado dos treineiros só será divulgado no dia 19 de março.

Data em que o Ministério da Educação vai disponibilizar os “espelhos da redação”, que são a cópia digitalizada dos textos e as justificativas para as notas.

18 de Janeiro de 2018 às 11:31

Inep divulga notas do Enem [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Inep divulgou há pouco as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017.

O resultado só pode ser consultado individualmente acessando a Página do Participante com o CPF e a senha cadastrada.

As notas de Redação caíram em relação ao exame do ano passado.

18 de Janeiro de 2018 às 11:24

Três projetos do Executivo na pauta de votações desta quinta-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Três projetos dos 18 que constam do pacote de medidas do Governo para equilibrar as contas do Estado, estão na pauta de votação de hoje da Assembleia Legislativa.

Estão na pauta a Potigás, e aterações de leis complementares como a que trata de lei orgânica e plano de cargos de servidores.

18 de Janeiro de 2018 às 11:19

Mineiro e Kelps se dizem insatisfeitos com explicações do governo e deixam reunião [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os deputados estaduais Fernando Mineiro (PT), que solicitou a reunião com secretários de Estado, e Kelps Lima (SD), deixaram a reunião pouco tempo depois de iniciada.

Em entrevista aos jornalistas, Mineiro disse que não ficou satisfeito com as informações sobre o plano de demissão do governo.

18 de Janeiro de 2018 às 11:16

Deputados tiram dúvidas com secretários de Estado antes das votações de hoje na Assembleia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Antes da votação em plenário de mais alguns projetos do pacote do governo do Estado, o presidente da Assembleia Legisativa, Ezequiel Ferreira de Souza, reuniu os deputados com os secretários de Planejamento do Estado, Gustavo Nogueira; de Tributação, André Horta; de Administração, Cristiano Feitosa; de Relações Institucionais, Estella Dantas e o peocurador-geral do Estado, Francisco Wilkie Rebouças.

Reunião solicitada pelo deputado Fernando Mineiro, que queria explicações sobre o plano de demissões do governo, mesmo as demissões não passando pela Assembleia.

Mineiro queria explicações para explicar aos servidores que fazem plantão na Assembleia durante as discussões e votações do pacote.

Presentes à reunião além do presidente Ezequiel, os deputados Dison Lisboa, Fernando Mineiro, José Dias, Tomba Farias, Kelps Lima, George Soares, Gustavo Carvalho, Hermano Morais, Galeno Torquato, Márcia Mais, Getúlio Rêgo, Larissa Rosado, Ricardo Motta, José Adécio, Souza Neto, Raimundo Fernandes e Gustavo Fernandes.

Fotos Eduardo Maia

18 de Janeiro de 2018 às 11:00

Participantes do BBB serão apresentados hoje [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os nomes dos participantes oficiais da edição 18 do Big Brother Brasil serão revelados hoje.

A divulgação será feita a partir dos intervalos do Vídeo Show e continuará durante a programação da TV Globo.

Os escolhidos, de dois em dois, serão mostrados nos intervalos comerciais da emissora.

O BBB 18 estreia segunda-feira, dia 22.

Sem Isabella Cecchi e sem Andrezza Balita, o programa ainda pode ter a participação de um potiguar que foi para o confinamento

Resta saber se do confinamento, o publicitário natalense seguirá para a casa badalada ou para Natal.

Aguardar, então.

18 de Janeiro de 2018 às 10:54

Ainda fora do BBB, natalense Isabella Cecchi garante que nem fez campanha nem foi eliminada: deixou o programa por questões pessoais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

AindaFora do Big Brother Brasil 18, a potiguar Isabella Cecchi garante que não foi eliminada.

E que não gravou nenhum vídeo pedindo apoio para permanecer na casa como divulgado aqui.

Candidata a Miss Rio Grande do Norte, que polemizou ao deixar o palco na final do concurso, Isabella garante que também deixou o BBB.

Em contato com o Blog, ela disse que esteve no confinamento do programa, em um hotel no Rio de Janeiro, até ontem, quando decidiu, por conta própria, não mais participar e voltar para Natal.

A saída de um participante com identidade preservada, mas que Isabella garante ser ela, foi postada no twitter do diretor do programa.

E foi o diretor do programa também que garantiu que ninguém, em todas as edições do BBB, foi eliminado por ter vazado informações.

A declaração de Boninho vale, inclusive, para a outra natalense que foi para a reta final como selecionada, mas não foi escolhida.

Andrezza Balita, como o Blog publicou, ficou fora do programa mesmo tendo chegado a assinar contrato.

Então, a informação de que ela teria caído por vazamento não procede e ela saiu por outras questões que não foram divulgadas pelo BBB.

Surpreendido pela decisão da candidata natalense, o diretor do BBB tratou como “surto”.

O que, para Isabella, foi apenas uma decisão por questões pessoais.

A postagem de Boninho foi repercutida pelo blogueiro famoso Hugo Gloss, que detalhou o assunto em seu blog.

Confira a postagem de Gloss:

O ‘Big Brother Brasil 18′ nem mesmo estreou e já tem uma baixa no time de participantes. Na noite desta segunda-feira (15), o diretor global José Bonifácio Brasil de Oliveira, mais conhecido como Boninho, contou no Twitter que um dos candidatos do reality surtou e desistiu de integrar a atração. “Olha que loucura. Você é escolhido para o BBB, faz teste, inscrição, passa por tudo. Ai surta vai para a descompressão e pede pra sair. Gente, não é a primeira vez. Hoje perdemos um. Mas já botamos dois pra substituir“, informou. A tal fase de descompressão, nas palavras do próprio diretor, significa aos participantes ficarem “longe do mundo, sem TV, sem web, sem telefone, sem documento, sem hora e sem contato”.

Segundo Boninho, a identidade do desistente não será revelada pela TV Globo. “Todos que desistiram nessa fase foram “esquecidos”. Protegidos. Temos o respeito da escolha. Não consideramos desistência. BBB é power, quando você realiza, pode “freek out”. Super natural. ‘Faz parrrte“, ponderou. Mais cedo, o diretor também já havia esclarecido que os rumores de que teriam desclassificado algum participante por conta do vazamento dos nomes selecionados são falsos. “Ninguém foi desclassificado por vazamento. Na verdade, nessas 18 edições, ninguém vazou antes da nossa liberação. Portanto não fiquem preocupados, nenhum participante foi penalizado!!!“, resumiu.

17 de Janeiro de 2018 às 10:25

Eduardo Cunha relatou participação de Henrique nas indicações da Caixa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Globo:

17 de Janeiro de 2018 às 10:13

Pré-candidato a deputado, Maurício Marques deixará PDT de Carlos Eduardo e apoiará Fátima Bezerra para o Governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pré-candidato a deputado estadual, o ex-prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, vai sair do PDT.

Aliado do prefeito-governadorável Carlos Eduardo Alves (PDT), aliança nascida dos tempos da parceria com Agnelo Alves, Maurício tem dito que só tem dois compromissos: com as candidaturas da senadora Fátima Bezerra (PT) ao Governo, e do senador Garibaldi Filho à reeleição.

17 de Janeiro de 2018 às 9:46

Deputado Antônio Jácome explica ausência na audiência com Temer e diz que se submeterá a cirurgia nesta 5ª feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Antônio Jácome (Podemos), que não participou ontem da audiência do governador Robinson Faria e a bancada federal com o presidente Michel Temer, disse ao Blog que não levou falta por ter torcido o pé como divulgado.

“Não torci o pé nem a cara. Eu tive rotura total do tendão de Aquiles. Não posso pisar, por isso não fui a Brasilia. Devo me operar até quinta feira”.