Thaisa Galvão

24 de abril de 2017 às 2:38

A cara de pau do ministro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na capa do Globo desta segunda-feira, a cara de pau do ministro Moreira Franco (PMDB):

Fazer com o Rio de Janeiro…

Excesso de cara de pau!

Quem destruiu o Rio de Janeiro?

Um governador do PMDB envolvido na lava-jato, mesma operação que envolve Moreira Franco, também do PMDB.
Temer que o Brasil pode virar um Rio de Janeiro pode ser dito por qualquer pessoa, menos por Moreira Franco  que hoje ocupa um cargo no governo criado só para ele garantir foro privilegiado.
Cara de pau de Moreira Franco….

24 de abril de 2017 às 2:23

No hospital, Wilma recebe visita da neta neste domingo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A ex-governadora do Rio Grande do Norte e vereadora de Natal, Wilma de Faria (PTdoB), permanece em tratamento no Hospital São Lucas.

Para isso ela se licenciou temporariamente da Câmara, tendo sido substituída por 30 dias pelo suplente Dickson Júnior (PSDB).

Neste domingo Wilma recebeu visita da neta Marcela, que está grávida de Matheus, o primeiro bisneto da ex-governadora

23 de abril de 2017 às 9:59

Políticos do RN que deverão se livrar da lista de investigados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Caso a justiça acate a proposta do procurador geral da República, Rodrigo Janot, de suspender ação contra políticos acusados de recebimento de caixa 2 em doações de campanhas, como fica a lista de citados no cenário político do Rio Grande do Norte?
Vale lembrar que poderão sair da ‘baleia azul’ quem provar que não deu contrapartida pelo recebimento, nem tem ficha suja e nem é investigado ou personagem de algum processo criminal.
Vamos à lista dos potiguares:
Governador Robinson Faria (PSD) – os próprios delatores que o citaram comprovaram que não houve contrapartida, portanto, a doação não surge como em troca de algum benefício a empresa doadora.

O governador não tem ficha suja, não responde a processo criminal.
Prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP) – citada na mesma delação, era candidata ao governo e Robinson era seu vice, está na mesma situação. 

O próprio delator relata que foi ignorado pela governadora eleita.
Deputado Fábio Faria (PSD) – Citado pelos mesmos delatores, se inclui nos mesmos processos de Robinson e Rosalba. Não responde a processo criminal.
Senador Garibaldi Filho (PMDB) – Citado como tendo recebido doação não contabilizada. 

Se comprovar que não atuou no Senado para beneficiar a empresa doadora, poderá se livrar da investigação, se não responde a nenhum processo criminal.
Senador José Agripino Maia (DEM) – Mesma situação de Garibaldi, portanto com a diferença de estar envolvido em outro processo da Procuradoria Geral de Justiça.

Sem julgamento, não é ficha suja.
Deputado Felipe Maia (DEM) – Na lista de recebedor de doação por caixa 2, não é apontado como tendo beneficiado a empresa com contrapartidas e não é ficha suja.
Henrique Alves (PMDB) – O ex-deputado é investigado em outros processos e em um deles já é réu.

Não vai se livrar da lista de Fachin.

E nas delações da Odebrecht, onde aparecem os outros potiguares, o ex-presidente da Câmara e ex-ministro aparece não apenas como acusado de receber doação de campanha, mas de ter participado de negociações para pagamento de propina a partir de percentuais por obras contratadas pelas empresas pagadoras.

O processo de Henrique nesse caso é mais complexo.

23 de abril de 2017 às 9:33

Lista de Janot pode ser reduzida [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De hoje:

JAILTON DE CARVALHO
BRASÍLIA – Políticos acusados exclusivamente de caixa dois, ou seja, movimentação de recursos não declarados sem vínculo com atos de corrupção, terão um caminho facilitado nos inquéritos abertos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a partir das delações de ex-executivos da Odebrecht. 
O procurador-geral Rodrigo Janot e auxiliares diretos responsáveis pela Lava-Jato estão examinando a possibilidade de oferecer a esses políticos a chamada suspensão condicional do processo. 
Embora o procurador-geral ainda não tenha batido o martelo, esta é a tendência majoritária nas discussões internas entre Janot e assessores, segundo disse ao GLOBO uma pessoa que acompanha o debate.
A suspensão condicional do processo está prevista na Lei 9.099, de 1995. 
Pelo o artigo 89, um processo pode ser suspenso por dois ou até quatro anos quando a pena mínima a ser aplicada não for superior a um ano de reclusão e o investigado atender a determinados requisitos, como ter a ficha limpa ou não responder a processo criminal. 
Dos 88 ministros, senadores e deputados da lista de Janot, 30 foram enquadrados apenas do artigo 350 do Código Eleitoral, ou seja, caixa dois comum, sem laços com qualquer caso de corrupção.
Pelo artigo 350, o crime de omissão de dados à Justiça Eleitoral pode ser punido com penas que variam de zero a cinco anos de reclusão. Pela avaliação preliminar de investigadores da equipe de Janot, é muito provável que os acusados de caixa dois e contra os quais não surgirem novos elementos durante as investigações tenham, sim, direito a suspensão do processo.
META DO INVESTIGADO
A esta altura da Lava-Jato, quando sólidas reputações estão sendo corroídas, depois da absolvição, a suspensão do processo é a meta mais alta que um investigado pode buscar. 
Isso porque, se ele concordar com a proposta e o juiz do caso homologar o acordo entre as partes, o processo é suspenso por um determinado período. 
Ao final, se não houver quebra de contrato, o processo é extinto, e o investigado fica com a ficha limpa. Com isso, pode concorrer a cargo eletivo, sem risco de ver a candidatura impugnada. 
Pela lei, o investigado que aceitar a suspensão do processo é punido com pena alternativa, como prestação de serviços comunitários. A medida pode gerar desgaste político, mas não é inscrita na ficha criminal do investigado.
A ideia de Janot e equipe é propor a suspensão condicional de processos no momento da apresentação das denúncias ao STF. 
Numa parte do texto, o procurador-geral deverá acusar o investigado de fazer movimentação de dinheiro durante determinada campanha eleitoral sem declarar as doações à Justiça. Isso constitui crime. 
Numa outra parte, deverá sugerir a suspensão do processo. Caberá ao investigado aceitar ou não. Mas para receber a oferta terá que exibir certidão de bons antecedentes: o interessado não pode ter sido condenado nem mesmo responder a processo criminal.

23 de abril de 2017 às 8:46

Até Leonardo Boff, que dizia que Lula sofria ‘bullyng’, começa a abandonar o ex-presidente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-presidente Lula está ficando só…

Depois de abandonar na cadeia amigos como José Dirceu, Antônio Vaccari, José Carlos Bumlai, Marcelo Odebrecht, Antônio Palocci, Léo Pinheiro…Lula, que corre o risco de seguir o mesmo caminho e fazer companhia aos que largou em prol de sua defesa, agora amarga o abandono dos que ainda estão fora da cadeia.

O mega amigo Emílio Odebrecht, um dos únicos com quem o ex-presidente falava de cifras e negócios familiares, já abriu a boca.

Contou tudo.

Não aguentou mais ver o filho mofar na cadeia para defender quem usufruiu das negociatas que provocaram a prisão.

O amigo Emílio, que discutia com Lula uma maneira de enriquecer os filhos, já jogou a toalha.
Preso e sem apoio do principal objetivo de suas negociatas, o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, também não aguentou ver Lula subir nas pesquisas enquanto ele amarga uma cela suja num presídio do Paraná.

Falou sem dó nem piedade sobre o perfil do amigo que lhe pediu até para destruir provas sobre o que fazia em conjunto com a empreiteira.
Até Palocci, a marca registrada do PT nos governos do partido, não aguenta mais o desprezo de quem lhe dava ordens para fazer o que provocou sua prisão.

Sem querer seguir os passos de José Dirceu, ainda tão silencioso, mas tão abandonado quanto, Palocci tirou Lula do jogo e falou…
Depois dos amigos, agora o advogado de Lula, que tanto o defendeu, está de malas prontas para partir.

Diante de tantas evidências, começou a enxergar que não vai ter argumentos para ter sucesso em sua defesa.

José Roberto Batochio vai deixar a defesa de Lula e também de Palocci.
E surge mais um na lista dos que pulam do barco, que conseguem sair da ‘baleia azul’ que se tornou o jogo milionário do poder: o teólogo Leonardo Boff.
Defensor ferrenho do PT e de Lula, que escrevia, inclusive, que ambos sofriam ‘bullyng político e social’, Boff dá sinais de que também está partindo.
Ainda não teve coragem de dizer com suas próprias palavras, mas tercerizou o sentimento ao reproduzir em seu site, um artigo da jornalista espanhola Carla Jiménez, do El País, publicado no site IUH, onde ela junta no mesmo saco a Odebrecht e a classe política do Brasil.

Depois de citar nome por nome dos envolvidos e de todos os partidos, o artigo reproduzido na íntegra por Leonardo Boff, tem um capítulo especial (Elite Criminosa), onde um dos personagens é Lula.
Abaixo o que a jornalista espanhola escreveu, e o teólogo defensor do ex-presidente publicou:

22 de abril de 2017 às 22:51

Tiros atingem viatura policial no município de Campo Redondo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Informações do município de Campo Redondo neste final de noite dão conta que tiros foram disparados contra a viatura policial da cidade.
Segundo fontes locais, a viatura trafegava pela avenida Senador João Câmara e se dirigia ao conjunto Margarida Procópio e ao sítio Olho d’Água.
O Blog foi informado da presença neste momento, de viaturas do município de Santa Cruz com policiais em diligências em Campo Redondo.

*

Atualizando com a foto da viatura da Polícia Militar de Campo Redondo.

22 de abril de 2017 às 19:26

Corpo do empresário Milton Marques será velado durante toda a noite na Loja Maçônica 24 de Junho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Morto hoje à tarde em Fortaleza, onde estava internado há uma semana, com uma infecção ainda não explicada pelos médicos, começa a ser velado na Loja Maçônica 24 de Junho, em Mossoró, onde amigos e familiares poderão prestar homenagens até às 13h deste domingo.
A missa de corpo presente será celebrada às 15h na capela de Santa Terezinha, na Praça dos Hospitais. 
O corpo de Milton Marques será sepultado às 16h no cemitério de São Sebastião.

Milton Marques, o empresário de comunicação que deu certo em Mossoró, ia completar 77 anos.

Ele nasceu em Upanema no dia 9 de julho de 1940.

Se formou em Medicina, se especializando em Psiquiatria, que exerceu por 35 anos. 

Foi reitor da UERN e atuou em várias academias e entidades como a ACJUS (Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró), ICOP (Instituto Cultural do Oeste Potiguar), ASCRIM (Associação de Escritores de Mossoró). 
Venerável da Loja Maçônica 24 de Junho, o professor Milton Marques tem formação acadêmica também em Direito. 

Empresário do ramo salineiro, da radiodifusão e telecomunicações, fundou o Sistema Oeste de Comunicação que opera rádios em Mossoró, Assú e Apodi, além da TV Cabo Mossoró, promotora de TV por assinatura, internet e do Canal próprio TCM 10 HD.

22 de abril de 2017 às 18:59

Classe política lamenta morte de Milton Marques [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Governo do Estado e políticos do Rio Grande do Norte emitiram nota lamentando a morte do médico, educador e empresário de comunicação em Mossoró, Milton Marques, ocorrida hoje à tarde em Fortaleza.

Eis:

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte se solidariza com todos os mossoroenses pelo falecimento do médico, empresário e ex-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Milton Marques de Medeiros, na tarde de hoje.

 

O empresário foi um grande defensor do desenvolvimento do Estado, em especial da Região Oeste, empreendedor de destaque e visionário, tendo sido o fundador do Sistema Oeste de Comunicação, marco importante para a cidade e região. Milton Marques parte deixando serviços prestados a todo o RN.

 

O Governo do RN, por meio do governador Robinson Faria, lamenta a perda e manifesta sua solidariedade à família do ex-reitor Milton Marques e a todo o povo de Mossoró.

*
Familiares, amigos norte-rio-grandeses e, em especial, os mossoroenses.
Conhecer/conviver com Dr. Milton Marques foi um grande privilégio. Homem de espírito público, tendo a honestidade como base de suas ações e propósitos, além de se destacar como educador, empreendedor, amigo e um exemplo de dedicação junto a sua família. Nós sentiremos imensamente a sua ausência e guardaremos sempre sua memória.
João Maia e Shirley Targino
*
A Câmara Municipal de Mossoró externa o mais profundo pesar pelo falecimento do médico, empresário e ex-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Milton Marques de Medeiros.
Milton Marques, idealizador e fundador grupo TCM de Comunicação, sempre acreditou no potencial de Mossoró e naqueles que aqui vivem, seja gerando empregos, cuidando das pessoas como médico ou levando conhecimento como professor.
Neste momento de dor, nos solidarizarmos à família e amigos de Milton Marques, desejando força para superar a perda, na certeza de que o exemplo de integridade e empreendedorismo será sempre lembrado por todos aqueles que conviveram com Dr. Milton e pelas futuras gerações.
Maria Izabel Araújo Montenegro

Presidente da Câmara Municipal de Mossoró
*

-É com muita tristeza que lamento a perda de Milton Marques, exemplo de empreendedor, educador e defensor dos interesses do Rio Grande do Norte, em especial de Mossoró, terra que tanto amava. 
Neste momento de muita dor, envio meus mais sinceros sentimentos a toda a família, aos amigos e aos mossoroenses. Que Deus dê conforto a todos.
Rogério Marinho

Deputado Federal
*
A deputada federal Zenaide Maia vem a público manifestar seu pesar pelo falecimento do médico, empresário, ex-reitor da UERN e fundador do Grupo TCM de Comunicação, Dr. Milton Marques, ocorrido na tarde deste sábado (22).

 

Fica uma lacuna no mundo empresarial, na educação, e em todos os setores por ele representado, principalmente, para todos os mossoroenses e região Oeste do Rio Grande do Norte.

 

Que Deus conforte seus familiares, amigos e companheiros nesta hora de dor.
Zenaide Maia

Deputada federal
*
Nota de Pesar 
Mossoro deve muito a Milton Marques. Pioneiro e audacioso! Minha cidade natal cresceu com a ajuda e as ações do médico, empresário e professor. Milton foi, reconhecidamente, um gestor de qualidade. Ele deixa uma legião de amigos onde me incluo. A Zilene e filhas nossa mais sentida manifestação de pesar.

José Agripino e Anita

22 de abril de 2017 às 17:22

Ex-reitor da UERN e dono do grupo de comunicação TCM, Milton Marques morre vítima de grave infecção  [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De O Mossoroense:
Infecção mata diretor do grupo TCM, Milton Marques

Veio a óbito na tarde deste sábado o diretor do Sistema TCM de Comunicação, Milton Marques de Medeiros.
Milton que era médico e muito ligado a área da comunicação, e encontrava-se internado no Hospital Monte Klinikum em Fortaleza (CE) desde o início do mês de abril quando contraiu uma infecção grave de origem desconhecida.
A contaminação impedia que Milton Marques tivesse autonomia para respiração o que exigia o uso de aparelhos e a formação de uma junta de especialistas de várias partes do País para tentar identificar o diagnóstico.
Sem evolução no quadro de saúde Milton Marques veio a óbito na tarde deste sábado. Ainda não há informação precisa sobre a causa da morte, mesmo diante do conhecido quadro de infecção.
Milton Marques nasceu na comunidade de Poré, em Upanema, no dia 9 de julho de 1940, era médico psiquiatra por formação, empresário dos segmentos do sal e da área de comunicação, com o qual mantinha um longo histórico de relação.
O que inicialmente se configurou como uma paixão acabou se configurando como mais um ramo de atuação empresarial.
Milton Marques que escrevia textos semanais para o jornal Gazeta do Oeste, no espaço Dejà Vu, e chegou a compor um conselho editorial do impresso, adquiriu emissora de rádios em municípios como Assú,

Apodi e Mossoró.
Em Mossoró instalou seu projeto mais audacioso no ano de 2012, a fundação da TV a Cabo Mossoró (TCM). O projeto dotou a região de Mossoró de uma audaciosa estrutura que envolve o fornecimento de canais de emissoras de TV via a cabo, comercialização de internet e funcionamento de um canal local, com ampla programação regional.
Milton Marques detinha um programa, o Mossoró de todos os Tempos, onde entrevistava personalidades que marcaram época na história de Mossoró e região.
Ainda como parte do seu vasto curriculum foi reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), por duas gestões, no período de 2005 a 2013.
O local do velório e sepultamento de Milton Marques ainda não foi anunciado.

22 de abril de 2017 às 14:50

Moro quer ouvir Lula olhando no olho do ex-presidente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Jorge Moreno, no Globo de hoje:

22 de abril de 2017 às 9:12

Em Portugal, a conversa secreta entre o líder petista e o presidente do TSE [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A foto abaixo, tirada ontem no Hotel Tivoli, em Lisboa, não foi para mostrar essa mulher segurando flores como revela o primeiro plano da imagem.

Olhe para o segundo plano da foto, no sofá lá atrás.

O registro é do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, e o deputado do PT, Arlindo Chinaglia.

 

Eles participaram, até a quinta-feira (20), da quinta edição do Seminário Luso-Brasileiro de Direito, que discutiu sobre “Constituição e Governança” e aconteceu na Universidade de Lisboa.
Participaram do encontro como palestrantes,  além de Gilmar e Chinaglia, o ministro do STF Dias Toffoli, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (que abriu o evento), o prefeito de São Paulo, João Doria e o senador Aécio Neves.
No encontro do hotel, o que teriam conversado a sós, o lídet petista que trabalha para não cassar a ex-presidente Dilma Rousseff no TSE… e o presidente do TSE?

                

22 de abril de 2017 às 8:52

Jornal Tribuna de Notícias se transforma em revista [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quinze anos depois de circular gratuitamente na zona Norte de Natal, o jornal Tribuna de Notícias se transforma.

O veículo comandado pelos irmãos Nildo e Nilson Rodrigues agora está nas bancas de toda a cidade em formato de revista.

Na reportagem de capa de estreia, os males da salsicha.

21 de abril de 2017 às 10:32

Aconteceu também no RJ: bandidos explodem agência da CEF em Ipanema [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para quem acha que só acontece no Rio Grande do Norte.

Leitor do Blog no Rio de Janeiro acordou de madrugada com barulho de explosão.

Foi a agência da Caixa Econômica de Ipanema, na Praça Nossa Senhora de Paz, conhecido como o quadrilátero de charme do bairro.
Bandidos explodiram os caixas eletrônicos por volta das 3h30 da madrugada.

21 de abril de 2017 às 10:00

Natal: entre Mickey e Pateta [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi o próprio prefeito Carlos Eduardo (PDT) quem disse ao presidente da Câmara, Raniere Barbosa (PDT), que iria para os Estados Unidos.

O que Carlos Ediardo não disse a Raniere foi que o vice, Álvaro Dias (PMDB), também iria.
Raniere jurava que com a viagem do prefeito, o vice assumiria automaticamente a Prefeitura.
Não imaginava que o vice também viajaria para a terra do Mickey e que o prefeito em exercício teria que ser ele, Raniere.

Porém, para isso, precisava que o titular assinasse termo de transmissão de cargo, o que não aconteceu.

Raniere se sentiu desprestigiado.

E enquanto prefeito e vice foram à terra do Mickey, o presidente da Câmara ficou a ver navio, na terra do Pateta.

Pelo andar da carruagem da Disney, chegou ao fim a lua de mel entre os desafetos Carlos Eduardo e Raniere Barbosa, que sempre foram amigos-aliados, mas haviam se estranhado feio, voltando ao clima de paz e amor dirante a sucessão da mesa diretora da Câmara.

21 de abril de 2017 às 9:52

Prefeito não se pronuncia sobre viagem dele e do vice [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do twitter do prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), enquanto o assunto na Câmara é a viagem dele e do vice-prefeito Álvaro Dias (PMDB) aos Estados Unidos, sem comunicar à Casa e deixsndo a capital do Rio Grande do Norte sem gestor.

21 de abril de 2017 às 9:40

O foro silencioso do Palácio do Planalto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que leva o presidente Michel Temer (PMDB) segurar sob o manto do foro privilegiado, 8 de seus ministros?

O que é que eles tem, que outros como Geddel Vieira Lima (PMDB) e Henrique Alves (PMDB) não tiveram?
Seriam mais falastrões os que permenecem no cargo e Temer teme nem que seja um simples depoimento?

Teriam menos envolvimento do que os que “pediram pra sair?”.
Muito se diz que os ministros que caíram foram os que tem menos prestígio com o presidente.

Não seria o contrário?

Tipo…neles Temer pode confiar, ao ponto de retirar deles o foro privilegiado?

Mas, como amigo é para essas coisas, os que caíram ganharam o foro silencioso.

A proteção divina do Palácio do Planalto.

Quem viu o presidente Michel Temer contrariando um diretor da Odebrecht, e contrariando até Eduardo Cunha, para dizer que ele próprio participou de uma reunião com o executivo, mas Henrique não participou, entende como funciona o foro silencioso.
Só relembrando: a reunião citada foi a que ocorreu no escritório político de Temer, em São Paulo, e onde teria se discutido com o executivo da Odebrecht o pagamento de 40 milhões de dólares em propina para o PMDB.

O executivo delatou que participou da reunião com Temer, Eduardo Cunha e Henrique Alves.

Temer confirmou que participou, mas livrou Henrique.

Henrique disse que, assim como disse Temer, ele não participou.

Eduardo Cunha confirmou que ele participou da reunião com o executivo da Odebrech e confirmou que também participaram o então vice-presidentr Michel Temer e o então deputado Henrique Alves.

E disse mais: que ele e Henrique almoçaram com Temer em um restaurante próximo e de lá seguiram para a tal reunião.

21 de abril de 2017 às 9:23

MP homologa lista tríplice e governador tem 15 dias para indicar novo procurador-geral [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em sessão nesta quinta-feira, o Ministério Público do Rio Grande do Norte homologou a lista tríplice escolhida pelo voto de promotores, procuradores e servidores da instituição.

Agora homologada, a lista encabeçada pelo procurador Eudo Rodrigues e seguida, por ordem de votação, pelos promotores Iadia Gama e Ivanildo Alves, seguirá para o gabinete do governador Robinson Faria.

Cabe ao governador apontar qual dos 3, independente da quantidade de votos, assumirá o cargo de procurador geral de Justiça para o biênio 2017/2019, em substituição ao atual procurador, Rinaldo Reis.

Reis cumpriu mandatos em dois biênios, vez que foi reeleito após a primeira gestão.

Após recebimento da lista, o que deverá ocorrer na segunda-feira, o governador terá 15 dias para se pronunciar.

21 de abril de 2017 às 8:57

Quem tem medo da língua de Eduardo Cunha? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Muito se fala numa possível e explosiva delação premiada do ex-deputado Eduardo Cunha.

Derrubaria o planeta.

Porém, tenho lido que não há interesse por parte da força-tarefa da lava-jato, acordar uma delação com Cunha.

Isso porque, segundo se tem dito e publicado, Cunha teria desdenhado da justiça e a justiça queria vê-lo mofar atrás das grades…
Aí eu fico aqui me perguntando…
Quem tem medo de uma delação de Eduardo Cunha?
Marque a alternativa correta:
( ) A Justiça

( ) O presidente Temer

( ) A Câmara

( ) O PMDB

( ) O PT

( ) O PSDB

( ) Todas as alternativas estão corretas

21 de abril de 2017 às 8:13

Previdência: a piada de FHC a Michel Temer [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Previdência no Brasil é sempre motivo para boas risadas.

Usada e abusada ao bel prazer da desacreditada classe política.

De Fernando Henrique Cardoso a Michel Temer, uma piada pronta e acabada.
Da coluna Radar, na Veja de hoje:

Que alguma coisa deve ser feita no setor, disso o Blog não tem dúvida.

Que tal quitar a conta com os bilhões roubados pelos mesmos atores das sucessivas piadas?

Ou com o que devem à tal Previdência, as mesmas empresas que ajudaram a enforcar e esquartejar o Brasil?

Por que o povo tem que pagar o pato?

20 de abril de 2017 às 22:03

Apodi: jovem deixa Baleia Azul mas fica perturbada e outro permenece no jogo e corta os pulsos com gilete [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O criminoso jogo Baleia Azul, que em muitos casos leva seus participantes ao suicídio, já faz vítimas no interior do Rio Grande do Norte.

Dois adolescentes de uma escola pública no município de Apodi, na região Oeste, foram descobertos como integrantes do jogo.

A direção da escola comunicou aos pais.

A menina conseguiu deixar o jogo nesta quinta-feira, mas não estaria bem psicologicamente.

O rapaz continua no jogo e já cortou os pulsos com gilete.

Há informações de casos de jovens participando do Baleia Azul em Upanema e Apodi.

A polícia investiga, inclusive, denúncia de suicídio em uma das cidades.