SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral3(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • maio 2015
    S T Q Q S S D
    « abr    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031
  • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • @thaisagalvao

    • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral2(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
      • Grand Vitara
      29
      mai

      Fátima Bezerra no Contraponto

      29 de maio de 2015 às 6:02 — Comente aqui

      A senadora Fátima Bezerra no Contraponto de hoje da coluna Painel, da Folha:

        

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Proviagens 80 dias

      E a jornalista Vera Magalhães, titular da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, participou ontem do Jorna da Noite, na 95FM, apresentado por esta blogueira e pelos colegas Juliana Celli e Eugênio Bezerra.

      Durante o dia virou polêmica a nota publicada na coluna sugerindo que o hub da TAM poderia já ter lugar definido para ser instalado: o aeroporto de Fortaleza.

      Na realidade, como Vera disse na rádio, o que o governo federal garantiu agora foi a privatização do aeroporto de Fortaleza que passará a operar em regime de concessão, e que isso fortalecerá o estado do Ceará na disputa pela sede do hub.

      A nota da coluna provocou a TAM que, através da Gerência de Relações Institucionais e Governamentais, informou ao governador Robinson Faria, que a empresa continua o estudo de viabilidade de instalação do Hub, estando na fase das reuniões técnicas, adiantando que se mantém a previsão de que a definição será informada somente no final desse ano.

      A nota enviada ao governador nega a escolha do estado do Ceará.

      Toda a discussão mostrou uma coisa: Pernambuco, onde o aeroporto não opera em regime de concessão, estará fora da disputa.

      Na queda de braço pelo Hub e seus 12 mil empregos, estarão o Ceará e o Rio Grande do Norte.

      Na contramão do que a TAM declara, o jorna O Povo, do Ceará, publicou reportagem ontem dizendo que a disputa pelo Hub se dará entre Fortaleza e Recife, justificando que o aeroporto de São Gonçalo ser o único 100% privado do Brasil, “é considerado como o menos cotado. Isso porque, apesar de ter sido criado para ser um HUB, não supera os equipamentos de Fortaleza e Recife em importância para o Nordeste”, diz o jornal cearense, numa campanha para ganhar o Hub por WO.
       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels
      29
      mai

      Depois da vaga da desembargadora aposentada Margarida Cantarelli, que será preenchida pelo cearense Cid Marcone Gurgel, por escolha da presidente Dilma Rousseff, mais uma vaga vai surgir no Tribuna Regiona Federa da 5ª Região.

      Com a aposentadoria do desembargador federal Geraldo Apoliano, mais uma disputa se travará, e mais uma vez um potiguar entrará concorrerá.

      Quem vai para a disputa é o juiz federal e desembargador substituto, Ivan Lira.

      Na lista tríplice em que a presidente Dilma Rousseff optou pelo cearense Cid Gurgel, a primeira era a advogada Lúcia Jales, do Rio Grande do Norte.

      Cid era o segundo.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • Novo CEI

      O depoimento da ex-controladora da Prefeitura de Natal, Regina Motta, fez o juiz federal Walter Nunes adiar para o dia 8 de junho os outros depoimentos da Operação Assepsia.

      Entre os depoimentos adiados está o da ex-prefeita de Natal, Micarla de Sousa.

      Depois do depoimento em juízo, onde declarou não saber de superfaturamentos, de esquemas, e de que foi orientada pela então prefeita a cancelar contratos que não estivessem corretos, e que por várias vezes ouviu da mesma o pedido para que ela não deixasse a Controladoria, Regina disse que saiu porque não podia viver em meio à corrupção.

        

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;
      • Loja D`Ámis

      Não foi dessa vez que o Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife, deixou de ser o único TRF composto exclusivamente por homens.

      Apesar de ser a primeira da lista tríplice, a advogada potiguar, Lúcia Jales não foi a escolhida pela presidente Dilma Rousseff para o cargo de desembargador federal do TRF-5.

      O escolhido para a vaga destinada ao Quinto Constitucional, foi o advogado cearense Cid Marconi Gurgel de Souza, segundo colocado na lista tríplice.

      Cid vai ocupar a vaga deixada pela desembargadora Margarida de Oliveira Cantarelli.

      Vaga que continuaria cor de rosa caso Dilma tivesse escolhido a 1ª da lista.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      • L200 Top Car

      A renovação do Progás por mais 10 anos no Rio Grande do Norte foi debatido hoje na Governadoria.

      Em torno de debate sobre o principal programa de atração de indústrias do Estado, a discussão reuniu técnicos da Potigás, Idema, Secretarias de Desenvolvimento Econômico e da Tributação, da Procuradoria Geral do Estado e da Petrobras.

       A primeira reunião entre Governo e Petrobras ocorreu no dia 21 de janeiro. 

      “O contrato de prorrogação do Progás expira no próximo dia 30 de julho. Por isso queremos adiantar tudo para entrar no mês de junho com o processo evoluído e deixar julho para que sejam resolvidos os trâmites burocráticos dentro da Petrobras e a análise jurídica dentro da Procuradoria Geral do Estado para fazermos a confecção tanto do aditivo como da dívida e chegar à renovação no dia 1º de agosto”, disse o diretor presidente da Potigás, Carlos Alberto Santos.

       “Nós estamos aqui para discutir e apresentar soluções para fortalecer a nossa parceria e permitir que sejamos um estado com uma indústria muito forte. A Petrobras tem sido nossa parceira nessa nova fase. Estamos otimistas para a renovação”, declarou o governador Robinson Faria.

       “Temos que reconhecer o avanço no diálogo com o governo nesses primeiros meses de 2015. Esse é um assunto complexo, mas estamos trabalhando no fechamento dos últimos detalhes e isso nos dá segurança para avançarmos”, disse Arthur Braga, gerente de Gás e Energia da Petrobras.

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;

      Do Correio Braziliense

      Luciano Huck diz não estar se sentindo bem e cancela gravações
      Apresentador iria retomar os quadros do Programa do Huck nesta quinta-feira

      Quatro dias após o pouso forçado da aeronave no Mato Grosso do Sul, Luciano Huck cancelou gravações de quadros do Caldeirão do Huck nesta quinta-feira (28/5). O apresentador disse não estar se sentido em condições de trabalho para o programa.

      Ele não se sentiu bem, preferiu se preservar e ainda não temos uma data prevista para retomar as gravações. Devido ao que passou estávamos até achando ele muito guerreiro”, segundo a Central Globo de Comunicação.

      Huck, junto da esposa Angélica, dos três filhos (Joaquim, Benício e Eva), das duas babás (Marcileia Eunice Garcia e Francisca Clarice Canelo Mesquita) estavam no avião que se acidentou numa fazenda, à 30 km de Campo Grande.

      Todos eles foram internados e, em seguida, receberam alta do Hospital Albert Einstein, no último domingo (24/5), em Sâo Paulo

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;
      • DNA Center

      Seguindo com as votações da Reforma Política, a Câmara Federal aprovou já agora à noite a instituição de uma cláusula de barreira para limitar o acesso de partidos pequenos a recursos do fundo partidário e ao horário gratuito em cadeia nacional de rádio e televisão. 
      Pelo que foi aprovado na Câmara, só terão direito a verba pública e tempo no rádio e TV, os partidos com representante no Congresso.

      Senado ou Câmara, pelo menos uma vaga preenchida

      A cláusula de barreira ou desempenho evita a proliferação de partidos que são criados somente com a intenção de receber recursos do fundo partidário, e a partir daí negociar alianças em troca de tempo a mais de televisão. 

      Na realidade, vender o tempo de TV.

      Quanto à propaganda política na TV e no rádio, a legislação prevê a distribuição igual de um terço do total de tempo disponível a todos os partidos que tenham candidato próprio a cargo eletivo. 

      O restante é repartido de forma proporcional ao número de representantes na Câmara dos Deputados filiados ao partido. 

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;

      A Câmara dos Deputados decidiu adiar a votação, que aconteceria hoje, sobre a duração dos mandatos para cargos de presidente, governador, prefeito, senador, deputado e vereador.

      Virou polêmica a emenda de autoria do PSDB, mudando de quatro para cinco anos a duração do mandato de presidente da República, governador, prefeito e deputados federal e estadual. 

      O texto da emenda não se referia ao mandato de senador, hoje de oito anos.

      Daí a polêmica, e a decisão de empurrar o assunto mais pra frente.

      Para coincidir as eleições, se discute que o mandato de senador ou sai de 8 para 10 anos – que horror – ou de 8 para 5 anos – tome choro.

      Votação sobre duração de mandatos, então, fora da pauta hoje. 

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;

      Do Uol

      Câmara rejeita fim das coligações em eleições proporcionais

      Aguirre Talento / Ranier Bragon

      Brasília

      A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quinta-feira (28) o fim das coligações nas eleições proporcionais (deputados e vereadores), mudança que prejudicaria os partidos pequenos e médios.
      Por isso, essas legendas fizeram um acordo com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para votarem favoráveis ao financiamento privado de partidos e, em troca, ele articularia a manutenção das coligações.
      A mudança foi rejeitada por 236 deputados e teve 206 votos favoráveis. A discussão fez parte da reforma política que está sendo votada na Casa desde terça-feira (26).
      No atual sistema, partidos se coligam para disputar eleições e, no caso das proporcionais, parlamentares menos votados podem se beneficiar dos campeões de votos da coligação.
      Deputados que votaram pela derrubada das coligações argumentaram que elas ocorrem à revelia das convicções partidárias. “Só para negociar tempo eleitoral”, disse o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ).
      O líder do PMDB, deputado Leonardo Picciani (RJ), argumentou que o fim das coligações poderia diminuir o número de partidos e aumentar distorções do sistema proporcional, em que candidatos são eleitos com poucos votos.
      A Câmara vota ainda nesta quinta cláusula de desempenho, voto obrigatório e dia da posse do Presidente da República. A votação do aumento do tempo de mandato de quatro para cinco anos e da coincidência das eleições foi adiada, por não haver acordo.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 9,1;

      O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, desembarca amanhã em Natal, trazendo para o Rio Grande do Norte a garantia de liberação de mais de 200 milhões de reais.

      Pelo telefone, falei agora com o ministro que vem ao Estado a convite do deputado federal Beto Rosado (PP), para participar, em Mossoró, de uma audiência pública sobre a transposição do Rio São Francisco.

      Antes de Mossoró, Gilberto Occhi será recebido pelo governador Robinson Faria, na Governadoria, e depois vai à Escola de Governo para prestigiar o seminário sobre o Nordeste, promovido pela Arquidiocese de Natal, com presença da ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campelo.

      Occhi já foi titular do Ministério das Cidades e é funcionário de carreira da Caixa Econômica.

      É apontado como um dos auxiliares do Planalto mais bem avaliados.

        
      Pelo telefone (viva voz), ao lado do deputado do partido pelo qual foi indicado para o cargo, Gilberto Occhi disse ao Blog que amanhã será “um dia muito importante para o Rio Grande do Norte”.

      Gilberto Occhi - Com o governador Robinson Faria vamos levar apoio com carros-pipa para as áreas urbanas dos municípios.

      Thaisa Galvão – Quanto significa esse apoio em dinheiro?

      Gilberto Occhi - Três milhões de reais para que ele possa contratar carros-pipa. Outra ação que vamos concluir, nós vamos assumir a conclusão da obra da adutora de Carnaúba dos Dantas a Parelhas. Essa obra foi iniciada, está parada há tempos porque o governo enfrentou dificuldades, mas vamos levar mais 1 milhão para concluir essa importante obra.

      Thaisa Galvão – aí já são 4 milhões.

      Gilberto Occhi - Também vou garantir o início e continuidade das obras da adutora de Currais Novos. Eu estou prometendo isso ao deputado Beto Rosado que está me pedindo.

      Thaisa Galvão – Ministro, quanto o senhor vai garantir para a adutora de Currais Novos?

      Gilberto Occhi - Essa obra custa 37 milhões. Nós vamos pagar essa obra. Estou falando aqui para o deputado que a empresa licitada pode começar a obra que nós vamos pagar. Mas, a maior prioridade para o Rio Grande do Norte nessa questão hídrica é a barragem Oiticica, que já discutimos aqui com o governador Robinson Faria e com a bancada.

      Thaisa Galvão – O Ministério da Integração Nacional também vai garantir as obras?

      Gilberto Occhi - Nós vamos finalizar essa questão da desapropriação. O deputado Beto Rosado havia solicitado a audiência com o governador e a bancada e nós discutimos isso.

      Thaisa Galvão – Mais alguma coisa para o Rio Grande do Norte?

      Gilberto Occhi - Por fim vamos garantir o sistema adutor do Alto Oeste. E eu já pedi aqui um levantamento e talvez amanhã eu tenha mais novidade. Pedi para verificar se há como apoiar a construção de mais poços aí no Estado.

      Thaisa Galvão – Ministro, o senhor já fez as contas e somou quanto está prometendo ao Rio Grande do Norte?

      Gilberto Occhi – Acho que dá mais de 200 milhões, só a barragem passa de 100 milhões.

      Thaisa Galvão – Ministro, posso dizer aqui que o senhor está garantindo a liberação de mais de 200 milhões para o Rio Grande do Norte?

      Gilberto Occhi - Com certeza! Eu não, a presidente Dilma Rousseff, a pedido do deputado Beto Rosado.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Proviagens 80 dias

      O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, estará em Natal na quarta-feira, 3 de junho.

      Ele vai participar do encontro estadual do partido que acibtecerá a partir das 15 horas, no Praia Mar Hotel, em Ponta Negra.

      ”Estamos fazendo uma convocação para todos os parlamentares do PRB no Brasil e ainda para os parlamentares e políticos do nosso Estado, de todos os partidos. É um encontro de avaliação, comemoração dos 10 anos e debate sobre o futuro”, explicou o suplente de deputado Abraão Lincoln, presidente do PRB no Rio Grande do Norte.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels

      De José Roberto de Toledo no seu espaço virtual do Estadão:

      Um Real para Dilma

      Há muito tempo o brasileiro não andava tão sem perspectiva. Não é força de expressão. 

      Pesquisa inédita do Ibope mostra que faz 22 anos que o otimismo não ficava tão por baixo quanto hoje: 48% se dizem pessimistas ou muito pessimistas em relação ao futuro do País, enquanto só 21% se declaram otimistas ou muito otimistas. 

      O resto não está lá nem cá, ou não sabe responder.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • Novo CEI
      28
      mai

      Hub da TAM no Ceará (?)

      28 de maio de 2015 às 14:49 — Comente aqui

      De Vera Magalhães, na coluna Painel, na Folha de hoje:

        
      A nota publicada hoje dá um beliscão nas autoridades do Rio Grande do Norte.

      É preciso correr muito para tentar barrar o poder do Ceará.

      Pelo visto, Pernambuco com um aeroporto que, ou cresce para o mar ou cresce para o Shoping Center Recife, começa a ficar fora da disputa pelo tão sonhado hub da TAM.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;
      • Loja D`Ámis

      O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que participa amanhã em Mossoró de uma audiência pública para debater a tranposição do rio São Francisco, terá agenda na Governadoria antes de embarcar para Mossoró.

      Às 11 horas Occhi será recebido pelo governador Robinson Faria para juntos assinarem termo de compromisso para liberação de um milhão de reais para as obras de uma adutora em Carnaúba dos Dantas, e de 3 milhões para contratação de carros-pipa para as ações de combate aos efeitos da seca em municípios do Rio Grande do Norte.

      Depois o ministro e o governador seguem para Mossoró acompanhando o deputado federal Beto Rosado, membro da Comissão da Transposição, que está promovendo a audiência.

      Também integram a comitiva para participar do evento, o secretário nacional de Infraestrutura Hídrica, Osvaldo Garcia, o relator da Comissão, deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB), e o deputado Adail Carneiro (PHS-CE), também membro da Comissão.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      • L200 Top Car

      Do Globo Esporte

      CBF retira nome de José Maria Marin de sede da entidade no Rio de Janeiro

      Dirigente dava nome ao prédio inaugurado no ano passado como nova casa da confederação. Em nota oficial, entidade diz que vai aguardar conclusão do processo

       

       A sede da CBF, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, não se chama mais “José Maria Marin”. Na manhã desta quinta-feira, na fachada do prédio, inaugurado no ano passado, o nome do dirigente, preso na manhã de quarta-feira pela polícia suíça, em Zurique, não estava mais abaixo do logo da entidade (confira o vídeo abaixo). 

      A retirada do nome de José Maria Marin foi feita nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira. A decisão foi tomada em reunião na sede da entidade na noite de quarta-feira, com o aval de Marco Polo Del Nero, que está na Suíça. 

      A CBF não deu explicação oficial para a retirada do nome do dirigente, mas emitiu uma nota oficial na noite de quarta-feira com as medidas que serão tomadas até o fim do processo.

      Na nota, a entidade diz que a decisão foi tomada após reunião extraordinária e que o texto divulgado na noite de quarta-feira era um complemento do que foi dito pela manhã.

      Horas após a prisão de Marin, o ex-jogador Alex comandava os pedidos pela mudança do nome na sede da entidade. Pelas redes sociais, ele deu até sugestões para a entidade. 

      - Façam as mudanças necessárias e comecem pelo simples. O prédio da linda sede da CBF no Rio de Janeiro se chamar JOSÉ MARIA MARIN é piada de péssimo gosto. Façam homenagem a quem fez algo pelo nosso futebol, por favor. Prédio Mané Garrincha, sede Nilton Santos , complexo Aldair, conjunto Rivaldo (nomes aleatórios). Estudem um nome e substitua o nome do prédio – colocou o ex-jogador em seu perfil.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;

      Os prefeitos do Rio Grande do Norte agora tem um escritório em Brasília.

      Ontem o governador Robinson Faria, atendendo pleito do prefeito Francisco José Silveira Júnior, de Mossoró, cedeu uma sala do escritório de representação do Governo do Estado na capital federal, para a Federação dos Municípios.

      A entrega do espaço foi feita pelo governador ao presidente da Femurn, Silveira Júnior, na presença dos deputados estaduais Dison Lisboa e Souza Neto. O deputado federal Beto Rosado também passou no escritório antes de seguir para as votações na Câmara.

      “Não é só uma sala, é toda uma estrutura montada para atender os prefeitos e prefeitas do nosso Estado, quando trouxerem suas demandas para a capital federal”, afirmou Francisco José Júnior.
      A cessão da estrutura foi feita a partir da assinatura de um Termo de Cooperação Técnica entre o governador Robinson Faria e o presidente da Femurn Francisco José e da representante do Governo do Rio Grande do Norte em Brasília, Rosângela Azevedo. 

        

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;
      • DNA Center

      O fim da reeleição no Executivo, aprovada em 1º turno por uma esmagadora maioria, deverá ser aprovada em segundo, levando-se em consideração a alarmante maioria.

      No Senado não deverá ser diferente, considerando que os senadores ouvem o clamor das ruas.

      Porém, se passar, a novidade não vale para 2016, e em Natal o prefeito Carlos Eduardo Alves está livre, leve e solto para disputar reeleição.

      Também não valerá para 2018, e o governador Robinson Faria já tem carta branca para começar a articular a reeleição.

      Mudança para inglês ver, só nas eleições de 2020…

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;

      Do G1

      Deputados aprovam fim da reeleição para presidente, governador e prefeito

      Antes, Câmara aprovou doação de empresas a partidos, não a candidatos. Texto completo da reforma política ainda terá que ser votado em 2º turno

      Nathalia Passarinho

      A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (27), por 452 a favor, 19 contra e uma abstenção, o fim da reeleição para presidente da República, governador e prefeito. A votação foi parte da série de sessões iniciada nesta semana, destinada à apreciação das propostas de reforma política.

      O texto do fim da reeleição, de autoria do relator, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), não altera o tempo atual de mandato (quatro anos), mas, nesta quinta-feira (28), o plenário analisará a ampliação da duração do mandato para cinco anos. Antes de votar o fim da reeleição, os deputados rejeitaram nesta quarta o financiamento exclusivamente público das campanhas e aprovaram a doação de empresas a partidos, mas não a candidatos.

      A proposta de emenda à Constituição da reforma política começou a ser votada no plenário nesta terça (26). Por decisão dos líderes partidários, cada ponto da PEC, como o fim da reeleição, será votado individualmente, com necessidade de 308 votos para a aprovação de cada item. Ao final, todo o teor da proposta de reforma política será votado em segundo turno. Se aprovada, a PEC seguirá para análise do Senado.

      Fim da reeleição

      Pelo texto aprovado pelos deputados, a nova regra de término da reeleição não valerá para os prefeitos eleitos em 2012 e para os governadores eleitos em 2014, que poderão tentar pela última vez uma recondução consecutiva no cargo. O objetivo desse prazo para a incidência da nova regra foi obter o apoio dos partidos de governantes que estão atualmente no poder.

      Durante a votação em plenário, os líderes de todos os partidos orientaram que os deputados das bancadas que votassem a favor do fim da reeleição.

      “O entendimento da nossa bancada é que [a reeleição] foi um instrumento que não se mostrou produtivo para o nosso país”, disse o líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ).

      Também defensor do fim da reeleição, o líder do Solidariedade, Arthur Maia (BA), argumentou que o uso da máquina pública pelo governante que está no poder torna desigual a disputa com outros candidatos.

      “É desigual e injusto alguém disputar eleição contra o governante que está no poder com todos os favorecimentos que este poder proporciona”, discursou.

      O líder do PT, Sibá Machado (AC), defendeu o fim da reeleição, com a manutenção do mandato de quatro anos.

      “Nossa bancada vai orientar o voto sim, pelo fim da reeleição. Todos nós sabemos que a reeleição foi introduzida por um governo do PSDB”, declarou.

      O PSDB também defendeu acabar com a possibilidade de reeleição, ressaltando porém, que essa regra “cumpriu o seu papel histórico”.

      “A avaliação da bancada é que devemos caminhar para um novo ciclo, pelo fim da reeleição com mandato de cinco anos. Amanhã [quinta[, discutiremos o período do mandato”, disse o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG).

      Financiamento

      Mais cedo, nesta quarta, a Câmara aprovou incluir na Constituição autorização para que empresas façam doações de campanha a partidos políticos, mas não a candidatos.

      As doações a candidatos serão permitidas a pessoas físicas, que poderão doar também para partidos. O texto foi aprovado por 330 votos a favor e 141 contra.

      No início da madrugada de quarta, o plenário havia rejeitado emenda de autoria do PMDB que previa doação de pessoas jurídicas tanto a partidos quanto a campanhas de candidatos.

      A derrubada dessa emenda foi interpretada por lideranças políticas como uma derrota do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do vice-presidente Michel Temer, que negociaram pessoalmente a votação do artigo da PEC.

      O PMDB, então, se empenhou para aprovar, pelo menos, uma emenda que garantisse a doação de empresas aos partidos políticos.

      Outras siglas da base aliada e da oposição defenderam a proposta, como o PR. “Esse é o texto mais equilibrado que temos. Impede a doação a varejo aos candidatos, mas permite a doação aos partidos. Posteriormente as leis estabelecerão limites a essas doações”, disse o líder do PR, Maurício Quintella Lessa.

      O PT, porém, favorável ao financiamento exclusivamente público, se posicionou contra. O vice-líder do partido Alessandro Molon (PT-RJ) defendeu a derrubada da emenda para que se negociasse, posteriormente, uma solução em projeto de lei que garantisse maior “equilíbrio” na distribuição de recursos de campanha.

      “Se derrotarmos, teremos tempo para conseguir uma solução para todos nós. Hoje, pela regra, qualquer um de nós pode receber, partidos e candidatos. Se essa emenda for aprovada, só os partidos poderão receber recursos. Vamos encontrar uma solução que estabeleça uma distribuição equânime”, defendeu.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;

      A Secretaria de Saúde do Estado começa a executar hoje as obras de adequações de 21 maternidades filantrópicas, municipais e estaduais do Rio Grande do Norte que receberam subsídios do Projeto RN Sustentável. 

      As maternidades de Jucurutu, Caicó, Parelhas e Santana do Matos serão as primeiras a serem beneficiadas.

      Na próxima semana serão beneficiadas a região metropolitana da capital e a região Agreste, com obras de adequações em maternidades de Goianinha, São José do Mipibu, Santo Antônio, Ceará-Mirim, João Câmara, São Paulo do Potengi e São Gonçalo.

      Outros municípios terão obras iniciadas até o dia 16 de junho. 

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 9,1;
      Carregar mais...