Thaisa Galvão

15 de agosto de 2007 às 18:55

Ameaça de corte de ponto não sensibiliza maioria presente à assembléia e greve continua [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Uma carta aberta entregue aos professores que participaram de uma assembléia agora à tarde, assinada pela Secretaria de Educação, não sensibilizou a maioria deles, que votou pela continuidade da paralisação.

Na carta, a secretária Ana Cristina Cabral expôs os avanços das negociações e todos os compromissos assumidos pelo governo.

Com base na decisão do Tribunal de Justiça, que julgou legal o corte de ponto, a carta sinaliza aos grevistas que poderá voltar a agira dessa forma, visto que já são muitos os profissionais que decidiram voltar ao trabalho.

Leia trecho da carta:

Lembrando que, para o cumprimento da proposta referente ao PAGAMENTO DOS DIAS PARADOS, faz-se necessário que a assembléia do SINTE, delibere pelo imediato retorno às salas de aula, considerando que a Secretaria da Administração fechará a folha de pagamento do Estado nesta quinta-feira (16/08) corrente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*