Thaisa Galvão

12 de outubro de 2007 às 12:01

Para Agripino, licença de Renan não significa fim da crise no Senado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O senador José Agripino não entende que a crise tenha chegado ao fim com o pedido de licença do Senado.

Assim como eu, ele deve ter ficado irado ao ouvir, ontem, no Jornal Nacional, os apresentadores tratando a saída temporária de Renan Calheiros como um “desfecho” para a crise.

Mas não é mesmo.

Renan é o presidente.

Continua sendo.

Só está de férias.

Leia o que declarou Agripino:

“O pedido de licença do presidente Renan Calheiros não recupera a imagem do Senado. Só a votação dos processos em curso no Conselho de Ética o fará. De toda forma, o pedido de licença destrava o diálogo e traz de volta o clima de paz ao Senado. Mas na verdade, este pedido, que já devia ter vindo antes, só ocorreu para restabelecer a relação do senador Renan Calheiros com o governo e com o PT, em torno da CPMF. Para nós, os trabalhos serão retomados, pautados pelas normas regimentais”.

Senador José Agripino

Líder do DEM