Thaisa Galvão

30 de dezembro de 2011 às 22:39

Ausência de Rosalba no velório e missa de sétimo dia do dono do Hotel Thermas foi sentida e comentada [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Com um considerável grupo de assessores de Mossoró, a governadora Rosalba Ciarlini poderia ter passado sem o constrangimento.

Há uma semana, no Dia de Natal, morria na capital um dos maiores empreendedores de Mossoró: Raimundo Barbosa Filho.

Barbosinha, como era conhecido, era dono do Hotel Thermas, cartão postal número 1 da capital do Oeste.

A governadora não foi ao velório, não enviou a tradicional coroa de flores, sequer um telegrama…

Esperavam amigos e familiares que hoje, na missa de sétimo dia de morte, a governadora estivesse presente.

Mais uma vez falhou…

E mais uma vez ninguém entendeu nada.

*

De políticos, na missa de sétimo dia, celebrada no começo da noite na igreja de Nossa Senhora de Lourdes, a ex-governadora Wilma de Faria, o vereador Ney Lopes Jr e o pai, ex-federal Ney Lopes, e o vereador de Parnamirim, Sérgio Andrade.

Ao enterro, domingo passado, foram a prefeita de Natal Micarla de Sousa, o ministro Garibaldi Filho, os deputados federais Henrique Alves e Fábio Faria e o vereador Ney Lopes Júnior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*