Thaisa Galvão

8 de janeiro de 2012 às 6:30

Caicó: Padre Alexandre com todo gás [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi só o vereador Lobão, presidente do PMDB caicoense, acenar com a negativa da legenda ao Padre Alexandre (PMDB), que tomou gosto e vai ser candidato a prefeito de Caicó, para o religioso assumir sua porção ‘militar’, dar brabo e anunciar:

Na qualidade de militar, ele ainda pode trocar de partido, apesar do prazo de filiação para quem vai ser candidato, já ter expirado.

O Padre não gostou da declaração de Lobão, ao afirmar que o PMDB não abre mão da candidatura do ex-prefeito Roberto Germano.

E neste sábado, adiantou ao repórter Marcos Dantas, as alternativas que já estão sendo estudadas para que o projeto se viabilize.

“Algumas consultas estão sendo feitas na Justiça Eleitoral, e pela minha condição de militar, se eu puder trocar de partido, poderei me filiar ao DEM ou ao PR, e viabilizar minha candidatura”.

Caso vá para o DEM, o Padre também adiantou que terá o apoio da governadora Rosalba Ciarlini. E se o partido for o PR, terá o apoio do prefeito Bibi Costa, para que este convença o deputado João Maia a fortalecer sua candidatura.

Mesmo de sunga na praia, onde passa férias, o padre-militar bate o coturno no chão e declara: vice não serei de ninguém. Me acho preparado para governar a cidade. Se não for dessa vez, paciência, vou continuar com minha missão, mas não desistirei tão fácil. Mas meu nome tem condições de unir quase todos em Caicó, de Bibi a Rosalba”.

E foi mais longe, nas entranhas governistas: “Rosalba é minha amiga. Tenho admiração por ela e lhe ajudei na campanha”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*