Thaisa Galvão

30 de janeiro de 2013 às 23:37

Prefeito vai a Mossoró apresentar programação do carnaval de Macau [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de reunir a imprensa de Natal, o prefeito de Macau, Kerginaldo Pinto, reúne hoje a imprensa de Mossoró.

Às 12h30, no restaurante do Hotel Garbos, o prefeito fará a apresentação do carnaval de Macau.

Acompanharão o prefeito, o Rei Momo e a rainha do Carnaval, uma banda de frevo, e o ex-prefeito do município, Flávio Véras.

 

30 de janeiro de 2013 às 22:06

PSB retira apoio à candidatura de Renan Calheiros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha Online:

 

Aliado do Planalto, PSB rompe com apoio à candidatura de Renan

GABRIELA GUERREIRO
DE BRASÍLIA

 

Senadores do PSB divulgaram nota nesta quarta-feira (30) em que defendem que o PMDB escolha um candidato à Presidência do Senado capaz de “recuperar a credibilidade” da Casa.

O grupo de quatro senadores afirma que, além de uma plataforma de trabalho que resgate a imagem do Senado, o novo presidente precisa representar o “ideal de renovação” – num recado para que os peemedebistas não formalizem a indicação de Renan Calheiros (PMDB-AL) para disputar o cargo.

 

O PSB integra a coligação de partidos que apoiam o governo federal, que tem como vice-presidente Michel Temer (PMDB-sP), presidente de honra do PMDB. Embora a nota não mencione o nome de Renan, senadores do partido admitem votar contra o peemedebista na eleição para a Presidência do Senado, marcada para sexta-feira (1).

“Para bom entendedor, meia palavra basta. Não é apenas a questão do nome [do Renan], mas de todo o processo de escolha do candidato. Estamos há dois dias das eleições, o PMDB quer escolher o seu nome apenas na quinta-feira. Não há um processo de ideias. Vamos como carneiros para essa discussão?”, questionou a líder do PSB, senadora Lídice da Mata (BA).

A nota é assinada pelos quatro senadores do PSB: Lídice, Rodrigo Rollemberg (DF), Antônio Carlos Valadares (SE) e João Capiberibe (AP). Segundo a senadora, a bancada vai votar “unida” no novo presidente. O partido espera que o PMDB escolha outro nome, mas cogita apoiar um senador “independente” se Renan for mantido na disputa pelos peemedebistas.

 

 

A bancada se irritou depois que a Mesa Diretora do Senado divulgou tabela em que considera apenas três senadores do partido – uma vez que Capiberipe assumiu seu mandato no ano passado, depois de ser barrado pela lei da ficha-limpa. O parlamentar tomou posse de sua cadeira depois que o STF (Supremo Tribunal Federal) derrubou a validade da lei nas eleições de 2010.

Com essa divisão de tamanho, o PSB perde a possibilidade de disputar a quarta-secretaria do Senado com o DEM, que também possui quatro senadores. A manobra, segundo alguns senadores do partido, poderia ser estratégia da campanha de Renan para assegurar apoio do DEM na eleição.

 

 

Segundo Lídice, na semana passada o comando do Senado havia divulgado outra tabela em que considerava quatro senadores da sigla. “Não quero dizer que foi ação de ninguém, mas mudou-se a compreensão das coisas”, afirmou a líder.

A bancada do PMDB se reúne amanhã para formalizar o nome de Renan, que ainda não se declara candidato. O líder do PMDB é favorito para ganhar as eleições. Até agora, apenas o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) lançou seu nome na disputa, mas o grupo dos chamados “independentes” se articula para lançar o senador Pedro Taques (PDT-MT) na corrida à Presidência do Senado.

 

 

30 de janeiro de 2013 às 21:34

Governadora acompanha técnicos da FIFA e COL em mais uma visita técnica à Arena das Dunas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Rosalba Ciarlini, que desembarcou no começo da madrugada em Natal, vindo de Brasília, acompanha logo mais, às 8h30, equipes da FIFA e do Comitê Organizador Local (COL), em mais uma inspeção operacional no estádio Arena das Dunas.

 

Os técnicos estão vistoriando as seis sedes da Copa de 2014 que não participarão da Copa das Confederações.

Eles já passaram pelos estádios de São Paulo, Cuiabá, Manaus, Curitiba e Porto Alegre, e encerram a série de visitas em Natal.

A inspeção desta quinta-feira é apenas mais uma que FIFA e Col fazem de seis em seis meses, e que, com a proximidade das competições, passará a reduzir os intervalos de tempo.

 

 Por volta das 9h30, durante a visita às obras do estádio, o CEO do COL, Ricardo Trade, e o diretor geral do escritório da FIFA no Brasil, Ron Del Mont, farão um pronunciamento à imprensa.

30 de janeiro de 2013 às 19:44

Abaixo-assinado contra Renan na Presidência do Senado já tem apoio de 120 mil brasileiros [1] Comentários | Deixe seu comentário.

120 mil brasileiros já se posicionaram contrários à eleição do senador Renan Calheiros para presidente do Senado.

O abaixo-assinado foi lançado quinta-feira na AVAAZ, a maior plataforma de abaixo-assinados do mundo.

Se quiser assinar CLIQUE AQUI

 

30 de janeiro de 2013 às 18:59

Prefeito Jaime Calado convida instituições para visita técnica ao aeroporto de São Gonçalo [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de São Gonçalo, Jaime Calado, marcou para amanhã, às 9 horas, uma visita técnica às obras do novo aeroporto.

Foram convidados representantes do IFRN, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Senai, Senac, Sesi, e o Consórcio Inframérica, responsável pela construção do aeroporto.

 

A proposta do prefeito Jaime é aproximar setores que poderão ajudar o município nas ações de capacitação e desenvolvimento social.

Os visitantes sairão das instalações do Campus do IFRN de São Gonçalo e seguirão para o canteiro de obras do terminal passageiros.

 

30 de janeiro de 2013 às 16:55

CNJ mantém desembargadores afastados e reabre investigações [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Ministério Público Estadual:

 

Precatórios: Conselho Nacional de Justiça decide aprofundar investigações  
Julgamento dos desembargadores ocorreu ontem e resultou na reabertura das investigações

 

No julgamento do Processo Administrativo Disciplinar (PAD nº 0002719-62.2012.2.00.0000) em desfavor dos Desembargadores afastados, Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro, suspeitos de fazerem parte do esquema de desvio de recursos públicos da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, realizado na data de ontem (29), o Conselho Nacional de Justiça decidiu aprofundar as investigações, mantendo os afastamentos dos Desembargadores.

Durante a sessão, o Conselheiro Relator, Jorge Hélio, apresentou as provas colhidas e sugeriu a pena de aposentadoria compulsória aos Desembargadores, punição máxima possível na esfera administrativa. Entretanto, o CNJ, por maioria, acompanhando a divergência aberta pelo Conselheiro Silvio Rocha, decidiu por aprofundar as investigações.

 

O posicionamento do CNJ não desqualifica ou anula os elementos probatórios colhidos até o momento pela investigação. Trata-se de uma medida preventiva, uma vez que, para a maioria dos Conselheiros, é preciso refazer as perícias do caso, a fim de evitar questionamentos futuros no Supremo Tribunal Federal (STF), já que os acusados alegaram cerceamento de defesa. Para a conclusão, o CNJ estipulou prazo de 140 dias.

O CNJ deliberou, ainda, pelo encaminhamento da documentação para que a Corregedoria Nacional de Justiça analise a possibilidade de abertura de sindicância para verificar se os supostos desvios praticados nas gestões dos Desembargadores Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro tiveram alguma repercussão na administração da Desembargadora Judith Nunes.

30 de janeiro de 2013 às 16:42

Agripino cobra de Dilma explicação em cadeia de TV sobre aumento de combustíveis [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O senador José Agripino emitiu nota agora há pouco, criticando o reajuste nos preços de combustíveis, anunciado pela Petrobras, e cobrando explicações da presidente, da mesma forma que ela deu ao anunciar a redução nas contas de energia.

Para Agripino, Dilma deveria usar cadeia de emissoras de TV para explicar à população o aumento.

 

“Uma ação acabou por anular a outra. Espera-se, portanto, a manifestação da presidente Dilma Rousseff, semelhante à adotada quando do anúncio das novas tarifas, para que as medidas claramente contraditórias se tornem compreensíveis”, cobrou o senador.

 

O preço do combustível vendido das refinarias às distribuidoras foi reajustado em 6,6% para a gasolina e 5,4% para o óleo diesel.

A Petrobras vai lucrar, com o aumento, R$ 600 milhões mensais.

 

“Uma semana depois, quase em silêncio, é a vez de o governo determinar o aumento dos combustíveis para socorrer a Petrobras, por anos mal administrada. A decisão ainda foi tomada após seguidas medidas de indução à compra de automóveis, principalmente por brasileiros de menor renda”, lembrou o líder do Democratas no Senado.

30 de janeiro de 2013 às 16:25

Justiça Federal condena ex-prefeito de Tangará por improbidade administrativa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da assessoria do Ministério Público Federal:

 

Ação do MPF/RN resulta em condenação de ex-prefeito de Tangará

Um total superior a R$ 46 mil da verba destinada à saúde básica foi usada em compra de alimentos, combustíveis, confecção de molduras, serviços mecânicos, limpeza de matadouro e até filmagem.

A 4ª Vara da Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Tangará, Giovannu César Pinheiro e Alves, por improbidade administrativa. A sentença atende a Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN). O ex-gestor utilizou, entre 2003 e 2004, verbas superiores a R$ 46 mil, destinadas à saúde básica, para diversas outras finalidades e ainda pagou gratificação com cheque em valor superior ao devido.

O juiz Federal Janílson Bezerra condenou Giovannu César a ressarcir o dano causado pelo pagamento a mais feito com o cheque (R$ 630) e a uma multa civil equivalente a duas vezes a remuneração então recebida como prefeito, além de pagar as custas e honorários advocatícios, fixados em 20% sobre o valor da condenação.

O Ministério Público Federal irá recorrer da parte final da sentença, solicitando que o réu tenha de ressarcir o valor integral da verba usada indevidamente, que atualizada em 2009 já representava mais de R$ 62 mil. O recurso requer ainda o pagamento de multa equivalente a esse mesmo valor e suspensão dos direitos políticos do ex-prefeito por cinco anos, período no qual ele também ficaria proibido de contratar com o poder público. O MPF destaca que o desvio de finalidade contribuiu para que as equipes de saúde da família do município não alcançassem seus objetivos.

A Ação Civil Pública apontou que dos R$ 166.344 repassados pelo Ministério da Saúde à Prefeitura de Tangará, dentro do Piso de Atenção Básica (PAB Fixo) entre 2003 e março de 2004, um total de R$ 46.258,47 foram utilizados indevidamente. As verbas deveriam ser aplicadas em ações ligadas ao serviço básico de saúde, tendo como eixo fundamental as equipes de saúde da família.

No entanto, fiscalização da Controladoria Geral da União identificou o uso irregular desses recursos na aquisição de combustível; pagamento de seguro obrigatório; limpeza do matadouro; compra de gêneros alimentícios e material de limpeza; material de expediente; contratação de serviço de transporte de pessoas para tratamento de saúde em outro município; reforma de um hospital; filmagem de eventos; serviços mecânicos em veículos; confecção de molduras; e pagamento de diárias e gratificações.

O ex-prefeito efetuou ainda o pagamento de uma gratificação de produtividade, no valor de R$ 1.440, com um cheque na quantia de R$ 2.070. O magistrado considerou ter ocorrido erro material no cálculo da despesa. “Por outro lado, evidente que, se foram utilizados recursos da ordem de R$ 2.070 para o pagamento de despesa equivalente a R$ 1.440, é fato que houve apropriação indevida do valor remanescente, muito embora não se demonstre, dos autos, a quem possa ser atribuído”, relata na sentença.

Os recursos do PAB deveriam ser aplicados exclusivamente em ações como consultas médicas em especialidades básicas; atendimento odontológico básico; vacinação; e pequenas cirurgias. “Significa que jamais poderia o então gestor destinar qualquer parcela da verba ao custeio de despesas alheias aos propósitos do programa, como, de fato, se descortina. Resta, portanto, plenamente caracterizado o desvio de finalidade das verbas do Piso de Atenção Básica”, conclui o juiz Federal.

30 de janeiro de 2013 às 16:17

Casa Civil garante que pagará atrasados de terceirizados da Educação na terça-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na reunião que teve com o chefe da Casa Civil da Prefeitura de Natal, na manhã de hoje, representando os terceirizados da Educação Municipal, os vereadores Amanda Gurgel, Sandro Pimentel (PSTU) e Marcos do PSOL, ouviram do secretário Sávio Hackradt que o problema de atraso nos salários será solucionado até a próxima semana.

 

Mais precisamente no dia 5, terça-feira, quando os salários serão depositados nas contas dos prestadoras de serviços.

O chefe da Casa Civil ligou para a secretária de Educação, Justina Iva, e conseguiu a afirmação de que o pagamento será efetuado na terça.

 

“A Prefeitura está de portas abertas. Uma sociedade civilizada se constrói na base do diálogo. É importante a participação da sociedade e dos trabalhadores”, disse o secretário.

 

Apesar da negociação com sucesso, os vereadores pediram que os servidores não assinassem qualquer documento de aviso prévio.

Chefe da Casa Civil recebe representantes dos terceirizados (Foto: Alex Régis)

 

30 de janeiro de 2013 às 12:23

Dono da Consult garante que pesquisa não foi encomendada por ninguém [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dono do instituto Consult, Paulo de Tarso Teixeira garante: a pesquisa com os cenários apresentados ontem para o governo do Estado, e hoje para o Senado, nas eleições de 2014, só tem um interessado. A própria empresa Consult.

Ele disse ao Blog que a iniciativa de fazer o estudo foi dele como forma de movimentar o cenário político do Rio Grande do Norte, que já começa a se arrumar com vistas à sucessão estadual.

 

Quanto à pesquisa de 2004, Paulo de Tarso diz que o deputado Agnelo Alves não teve nenhum envolvimento.

Que ele e um grupo de amigos, num restaurante, estudaram qual seria o nome que poderia fazer barulho numa pesquisa. E o nome foi o de Micarla, que no ano dessa pesquisa, terminou sendo a vice do então prefeito eleito Carlos Eduardo.

30 de janeiro de 2013 às 11:29

Pesquisa Consult: a quem interessa os cenários e os resultados? [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Desde que os números da pesquisa Consult foram apresentados, perguntinha besta que ficou no ar:

A quem interessava a pesquisa agora, faltando um ano e meio para começar a campanha?

Quem teria encomendado o estudo, apesar da Consult afirmar que a iniciativa foi da própria empresa?

Huummm…

Em 2004, foi o deputado Agnelo Alves (PDT) quem sugeriu uma pesquisa com o nome da ex-prefeita Micarla de Sousa para a Prefeitura.

O nome apareceu bem, e ela terminou sendo a companheira de chapa do seu filho, o prefeito eleito naquele ano, Carlos Eduardo. Micarla vice.

 

Pois bem…

O deputado Agnelo não estaria por trás dessa pesquisa encomendada agora?

Apenas para avaliar…

Pois faça as contas: nos cenários apresentados ontem, para governo do Estado, nos momentos em que apareceu, o prefeito Carlos Eduardo apareceu muitíssimo bem.

 

O nome dele foi colocado num quadro com o vice-governador Robinson Faria e a governadora Rosalba Ciarlini.

Ele ficou na frente.

O outro cenário com o nome de Carlos, tinha somente ele e a governadora. Mais uma vez ele na frente.

 

Mas…o nome de Carlos Eduardo foi poupado quando não entrou em cenários com o ministro Garibaldi Filho, nem com a vice-prefeita Wilma de Faria.

 

Huummm…

Estaria Agnelo sondando possibilidades, mais uma vez??

30 de janeiro de 2013 às 11:13

Senado: Wilma ganha em todos os cenários montados pela pesquisa Consult [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Um dia depois de divulgar números de pesquisa para o governo, a quase dois anos das eleições, o instituto Consult solta hoje os números para o Senado.

Na pesquisa espontânea, o senador José Agripino é o mais lembrado, com 4.5% da preferência dos pesquisados, contra 83.4% dos que não querem nem tocar no assunto ainda, e 3.7% que não têm opção nenhuma.

Mas, como Agripino não será candidato, vez que em 2014 ainda terá mais 4 anos de Senado, seu nome não foi incluído nos cenários apresentados pelo instituto.

Eis as preferências, sem inclusão do índices de Nenhum e Não sabe, já que a pesquisa ainda não passa de uma sondagem:

 

-A vice-prefeita Wilma de Faria ganha de Robinson, de Fátima e de Henrique.

-A deputada Fátima Bezerra (PT) ganha de Henrique e de Robinson, e perde para Wilma de Faria.

-O deputado Henrique Alves ganha de Robinson e perde de Wilma e de Fátima.

-O vice-governador Robinson Faria perde de Wilma, de Henrique e de Fátima.

 

Abaixo, os cenários:

 

Cenário 1

Fátima Bezerra – 43.6%

Henrique Alves – 28.7%

 

*

Cenário 2

Wilma de Faria – 43%

Robinson Faria – 21.9%

 

*

Cenário 3

Wilma de Faria – 37.5%

Fátima Bezerra – 35.4%

 

*

 

Cenário 4

Henrique Alves – 35.7%

Robinson Faria – 21.1%

 

*

 

Cenário 5

Wilma de Faria – 40.4%

Henrique Alves – 28.9%

 

*

 

Cenário 6

Fátima Bezerra – 48.1%

Robinson Faria – 20.8%

 

*

 

Eis os índices da pesquisa espontânea:

 

 

Não sabe – 83.4%

Nenhum – 3.7%

José Agripino – 4.5%

Garibaldi Filho – 4.1%

Wilma de Faria – 1.2%

Fátima Bezerra – 1%

Robinson Faria – 0.4%

Henrique Alves – 0.3%

 

Também foram citados:

 

Carlos Eduardo, Luiz Almir, Felipe Maia – 0.2%

Paulo Davim, João Maia, Betinho Rosado, Fernando Bezerra, Joanilson de Paula, Rogério Marinho, Fábio Faria, Geraldo Melo, Mineiro, Lavoisier Maia e até Aluízio Alves, já falecido – 0.1%

30 de janeiro de 2013 às 11:04

Vereadores Amanda Gurgel e Sandro Pimentel pedem que terceirizados não assinem aviso prévio [3] Comentários | Deixe seu comentário.

No protesto dos terceirizados na frente da Prefeitura, os vereadores Amanda Gurgel e Sandro Pimentel, do PSTU, foram os interlocutores entre a categoria e a Prefeitura.

Nos discursos que os dois fizeram, a mesma orientação aos servidores: para ninguém assinar aviso prévio.

Protesto dos terceirizados

30 de janeiro de 2013 às 10:48

Terceirizados fazem protesto na frente da Prefeitura de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A lua de mel do prefeito Carlos Eduardo, pelo menos com os servidores públicos, começa a apresentar ares de cansaço.

Neste momento, um grupo faz mobilização na frente da Prefeitura.

Há a informação de que uma comissão está na Chefia da Casa Civil.

Lá fora, carro de som e até um caixão, de tamanho pequeno.

Trata-se de servidores terceirizados que erstão há alguns meses sem receber.

À frente do movimento, os vereadores Amanda Gurgel e Sandro Pimentel, do PSTU.

30 de janeiro de 2013 às 6:36

Henrique deverá se eleger presidente da Câmara com cerca de 350 votos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dos 513 deputados federais, cerca de 350 deverão votar no potiguar Henrique Alves (PMDB) para presidente da Câmara.

“Está eleito”, garante um aliado.

As denúncias espalhadas na imprensa não mudaram o quadro.

Se a intenção era fazer com que o governo retirasse o apoio à candidatura peemedebista, o objetivo não foi alcançado.

De mãos atadas com os resultados do mensalão, o governo preferiu permanecer onde estava.

Mexer num vespeiro poderia ser pior.

30 de janeiro de 2013 às 6:31

Renan e Henrique acusados de furar fila [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de S. Paulo de hoje:

 

Renan e Alves fizeram lobby para furar a fila da Anistia

FERNANDO MELLO
BRENO COSTA
DE BRASÍLIA

 

Em troca de apoio político, os peemedebistas Renan Calheiros (AL) e Henrique Eduardo Alves (RN) fizeram lobby para agilizar processos de aliados na Comissão de Anistia, órgão vinculado ao Ministério da Justiça que julga pedidos de indenizações a pessoas perseguidas pela ditadura militar.

Novos documentos obtidos pela Folha por meio da Lei de Acesso à Informação mostram que, juntos, os parlamentares, favoritos para assumir respectivamente as presidências do Senado (na sexta) e da Câmara (segunda), pediram que 17 casos fossem analisados de forma prioritária desde 2005.

Nove processos já foram deferidos e outros três, indeferidos. Das 17 requisições, 10 foram para filiados a partidos –PT, PSDB, DEM, PP e, principalmente, PMDB.

Um dos documentos indica que Renan ganharia ajuda eleitoral como contrapartida à sua atuação no Ministério.

Trata-se de uma carta de Paulo Nogueira Silva, filiado ao PMDB da Bahia, anexada pelo próprio senador no ofício enviado para a comissão.

Nela, o militante pede que o senador o ajude em um processo de seu cunhado. Em contrapartida, promete ajudar Renan pessoalmente e empenhar familiares da cidade alagoana de Pão de Açúcar nas eleições de 2006.

 

No dia seguinte, Renan enviou os papéis ao ministério. A resposta saiu em setembro de 2007, atendendo o pedido do cunhado –contagem de tempo do período em que exerceu mandato de vereador gratuitamente, já que a ditadura suspendeu esses pagamentos entre 1964 e 1969.

Um outro papel atesta que o colegiado deu “prioridade” a um processo, atendendo pedido feito também por Renan em favor de José Severino de Andrada, ex-vereador de Murici (AL), base eleitoral do clã Calheiros, em 2005.

Em abril de 2006, em resposta a Renan, a comissão informou: “Foi conferida prioridade ao processo”, em que também foi concedida contagem de tempo de mandato de vereador sem salário. Segundo a comissão, a “prioridade” foi dada devido à idade avançada de Andrada –o que é previsto em norma.

Vereadores atingidos por atos da ditadura recorrem ao órgão federal para que o tempo de trabalho seja contado no cálculo de aposentadoria.

Advogados e procuradores consultados dizem que, se o pedido de agilização tiver contrapartida pode haver crimes como tráfico de influência e advocacia administrativa (usar o cargo para patrocinar interesse privado na administração pública).

“Teoricamente, o poder público deveria tratar todo mundo por igual. Não deveria haver processos mais ágeis. A Constituição fala do princípio da igualdade e impessoalidade”, disse o jurista Ives Gandra Martins.

Entre 2009 e 2010, Henrique Alves enviou três documentos solicitando “agilização no processo” de Roosevelt Garcia, ex-secretário do governo do Rio Grande do Norte.

O presidente da comissão, Paulo Abrão, enviou respostas ao deputado, entre elas a de que, em 2010, o caso estava em “fase de finalização”.

Garcia foi declarado anistiado em 27 de outubro de 2010, quatro meses depois do último pedido do deputado. Foi autorizada indenização mensal de R$ 4.100 e retroativo de R$ 658 mil. “Nem sabia que Henrique tinha interferido”, disse Garcia, ex-presidente do diretório acadêmico da faculdade de direito da UFRN, e hoje um pecuarista..

A Comissão de Anistia precisa analisar documentos antes de julgar os casos. Há processos esperando finalização desde 2002. No fim de 2011, havia 12 mil processos.

 

OUTRO LADO

O deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) negou irregularidades nos procedimentos na Comissão de Anistia, do Ministério da Justiça.

Disse, por meio de sua assessoria, que “enviou dezenas de correspondências para todos os órgãos, cumprindo seu dever de parlamentar, e de líder da bancada”.

Procurado na tarde de ontem, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) não respondeu aos questionamentos.

O presidente da Comissão de Anistia, Paulo Abrão, disse que o órgão recebe “praticamente uma carta [de político] por dia”.

“É muito comum nós recebermos, via assessoria parlamentar, pedidos para informações ou pedindo prioridade, em razão de doença ou porque conhece a pessoa.”

Abrão explicou que os pedidos são juntados aos processos administrativos, mas “não resulta em nenhum efeito prático em termos de andamento processual”.

No caso de priorização, Abrão disse que a legislação estabelece três casos: processos mais antigos, pessoas com doença grave ou idade avançada.

Roosevelt Garcia disse que não pediu ajuda a Henrique Eduardo Alves. Ele afirma ter pedido o cargo de professor universitário no Rio Grande do Norte por imposição do extinto SNI (Serviço Nacional de Informações). A Folha não localizou os outros citados na reportagem.

30 de janeiro de 2013 às 6:25

Legislação para uso de fogos de artifício: pauta pós-recesso [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pauta para deputado na volta do recesso da Assembleia Legislativa do RN: a segurança nas casas noturnas e a legislação sobre fogos de artifício.

A lei que estabelece regras para uso de fogos de artifício é estadual.

Cada estado tema sua.

Como anda a do Rio Grande do Norte.

É permitido o uso de fogos em ambientes fechados?

Assunto não vai faltar.

30 de janeiro de 2013 às 6:21

Morre mais uma vítima do incêndio na boate [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Morre em Porto Alegre, a primeira vítima que estava internada desde o incêndio na boate de Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Gustavo Marques Gonçalves tinha 21 anos e estava com extensas e profundas queimaduras em mais de 70% do corpo.

.

Agora são 121 pessoas internadas, sendo 87 em estado grave e 82 respirando com ajuda de aparelhos. 

30 de janeiro de 2013 às 0:45

Vereador Jacó Jácome comemora aniversário ao lado de eleitorado. [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Jacó Jácome (PMN) comemorou aniversário nesta terça-feira.

Os festejos começaram ao lado do pai, deputado Antônio Jácome, no Devocional na Igreja Assembleia de Deus, no Alecrim, onde recebeu as bênçãos dos pastores e uma unção especial do pastor Martim Alves.

Depois tomou café com eleitores e no final da manhã visitou o LAE – Lar do Ancião Evangélico.

Jacó com o pai deputado

Festejando