Thaisa Galvão

30 de janeiro de 2013 às 10:48

Terceirizados fazem protesto na frente da Prefeitura de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A lua de mel do prefeito Carlos Eduardo, pelo menos com os servidores públicos, começa a apresentar ares de cansaço.

Neste momento, um grupo faz mobilização na frente da Prefeitura.

Há a informação de que uma comissão está na Chefia da Casa Civil.

Lá fora, carro de som e até um caixão, de tamanho pequeno.

Trata-se de servidores terceirizados que erstão há alguns meses sem receber.

À frente do movimento, os vereadores Amanda Gurgel e Sandro Pimentel, do PSTU.

30 de janeiro de 2013 às 6:36

Henrique deverá se eleger presidente da Câmara com cerca de 350 votos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dos 513 deputados federais, cerca de 350 deverão votar no potiguar Henrique Alves (PMDB) para presidente da Câmara.

“Está eleito”, garante um aliado.

As denúncias espalhadas na imprensa não mudaram o quadro.

Se a intenção era fazer com que o governo retirasse o apoio à candidatura peemedebista, o objetivo não foi alcançado.

De mãos atadas com os resultados do mensalão, o governo preferiu permanecer onde estava.

Mexer num vespeiro poderia ser pior.

30 de janeiro de 2013 às 6:31

Renan e Henrique acusados de furar fila [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de S. Paulo de hoje:

 

Renan e Alves fizeram lobby para furar a fila da Anistia

FERNANDO MELLO
BRENO COSTA
DE BRASÍLIA

 

Em troca de apoio político, os peemedebistas Renan Calheiros (AL) e Henrique Eduardo Alves (RN) fizeram lobby para agilizar processos de aliados na Comissão de Anistia, órgão vinculado ao Ministério da Justiça que julga pedidos de indenizações a pessoas perseguidas pela ditadura militar.

Novos documentos obtidos pela Folha por meio da Lei de Acesso à Informação mostram que, juntos, os parlamentares, favoritos para assumir respectivamente as presidências do Senado (na sexta) e da Câmara (segunda), pediram que 17 casos fossem analisados de forma prioritária desde 2005.

Nove processos já foram deferidos e outros três, indeferidos. Das 17 requisições, 10 foram para filiados a partidos –PT, PSDB, DEM, PP e, principalmente, PMDB.

Um dos documentos indica que Renan ganharia ajuda eleitoral como contrapartida à sua atuação no Ministério.

Trata-se de uma carta de Paulo Nogueira Silva, filiado ao PMDB da Bahia, anexada pelo próprio senador no ofício enviado para a comissão.

Nela, o militante pede que o senador o ajude em um processo de seu cunhado. Em contrapartida, promete ajudar Renan pessoalmente e empenhar familiares da cidade alagoana de Pão de Açúcar nas eleições de 2006.

 

No dia seguinte, Renan enviou os papéis ao ministério. A resposta saiu em setembro de 2007, atendendo o pedido do cunhado –contagem de tempo do período em que exerceu mandato de vereador gratuitamente, já que a ditadura suspendeu esses pagamentos entre 1964 e 1969.

Um outro papel atesta que o colegiado deu “prioridade” a um processo, atendendo pedido feito também por Renan em favor de José Severino de Andrada, ex-vereador de Murici (AL), base eleitoral do clã Calheiros, em 2005.

Em abril de 2006, em resposta a Renan, a comissão informou: “Foi conferida prioridade ao processo”, em que também foi concedida contagem de tempo de mandato de vereador sem salário. Segundo a comissão, a “prioridade” foi dada devido à idade avançada de Andrada –o que é previsto em norma.

Vereadores atingidos por atos da ditadura recorrem ao órgão federal para que o tempo de trabalho seja contado no cálculo de aposentadoria.

Advogados e procuradores consultados dizem que, se o pedido de agilização tiver contrapartida pode haver crimes como tráfico de influência e advocacia administrativa (usar o cargo para patrocinar interesse privado na administração pública).

“Teoricamente, o poder público deveria tratar todo mundo por igual. Não deveria haver processos mais ágeis. A Constituição fala do princípio da igualdade e impessoalidade”, disse o jurista Ives Gandra Martins.

Entre 2009 e 2010, Henrique Alves enviou três documentos solicitando “agilização no processo” de Roosevelt Garcia, ex-secretário do governo do Rio Grande do Norte.

O presidente da comissão, Paulo Abrão, enviou respostas ao deputado, entre elas a de que, em 2010, o caso estava em “fase de finalização”.

Garcia foi declarado anistiado em 27 de outubro de 2010, quatro meses depois do último pedido do deputado. Foi autorizada indenização mensal de R$ 4.100 e retroativo de R$ 658 mil. “Nem sabia que Henrique tinha interferido”, disse Garcia, ex-presidente do diretório acadêmico da faculdade de direito da UFRN, e hoje um pecuarista..

A Comissão de Anistia precisa analisar documentos antes de julgar os casos. Há processos esperando finalização desde 2002. No fim de 2011, havia 12 mil processos.

 

OUTRO LADO

O deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) negou irregularidades nos procedimentos na Comissão de Anistia, do Ministério da Justiça.

Disse, por meio de sua assessoria, que “enviou dezenas de correspondências para todos os órgãos, cumprindo seu dever de parlamentar, e de líder da bancada”.

Procurado na tarde de ontem, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) não respondeu aos questionamentos.

O presidente da Comissão de Anistia, Paulo Abrão, disse que o órgão recebe “praticamente uma carta [de político] por dia”.

“É muito comum nós recebermos, via assessoria parlamentar, pedidos para informações ou pedindo prioridade, em razão de doença ou porque conhece a pessoa.”

Abrão explicou que os pedidos são juntados aos processos administrativos, mas “não resulta em nenhum efeito prático em termos de andamento processual”.

No caso de priorização, Abrão disse que a legislação estabelece três casos: processos mais antigos, pessoas com doença grave ou idade avançada.

Roosevelt Garcia disse que não pediu ajuda a Henrique Eduardo Alves. Ele afirma ter pedido o cargo de professor universitário no Rio Grande do Norte por imposição do extinto SNI (Serviço Nacional de Informações). A Folha não localizou os outros citados na reportagem.

30 de janeiro de 2013 às 6:25

Legislação para uso de fogos de artifício: pauta pós-recesso [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pauta para deputado na volta do recesso da Assembleia Legislativa do RN: a segurança nas casas noturnas e a legislação sobre fogos de artifício.

A lei que estabelece regras para uso de fogos de artifício é estadual.

Cada estado tema sua.

Como anda a do Rio Grande do Norte.

É permitido o uso de fogos em ambientes fechados?

Assunto não vai faltar.

30 de janeiro de 2013 às 6:21

Morre mais uma vítima do incêndio na boate [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Morre em Porto Alegre, a primeira vítima que estava internada desde o incêndio na boate de Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Gustavo Marques Gonçalves tinha 21 anos e estava com extensas e profundas queimaduras em mais de 70% do corpo.

.

Agora são 121 pessoas internadas, sendo 87 em estado grave e 82 respirando com ajuda de aparelhos. 

30 de janeiro de 2013 às 0:45

Vereador Jacó Jácome comemora aniversário ao lado de eleitorado. [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Jacó Jácome (PMN) comemorou aniversário nesta terça-feira.

Os festejos começaram ao lado do pai, deputado Antônio Jácome, no Devocional na Igreja Assembleia de Deus, no Alecrim, onde recebeu as bênçãos dos pastores e uma unção especial do pastor Martim Alves.

Depois tomou café com eleitores e no final da manhã visitou o LAE – Lar do Ancião Evangélico.

Jacó com o pai deputado

Festejando

 

29 de janeiro de 2013 às 22:45

Wilma de Faria sobre pesquisa Consult: “Não sou candidata” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Apontada como bem avaliada para o governo em 2014, na pesquisa da Consult, divulgada nesta terça-feira, a ex-governadora e atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, disse ao Blog:

“Não sou candidata”.

Para Wilma, os números têm outra avaliação.

“Estou feliz com o resultado porque, de certa forma, as pessoas fazem uma comparação e uma avaliação positiva do que fiz como prefeita e como governadora”, disse Wilma, reafirmando que não disputará o governo e que já disse ao vice-governador Robinson Faria, seu aliado, e que trabalha para viabilizar sua candidatura, que ela está fora do páreo pelo governo no próximo ano.

 

Apesar de não almejar disputar o governo, Wilma disse que continuará trabalhando pelo estado afora.

“Como presidente do PSB eu me preocupo com duas coisas quando viajo pelo interior: com a seca, que até março não tem perspectiva de chuva e o governo não fez nada para evitar danos maiores; e com os serviços essenciais como saúde e segurança“.

 

Os três ‘S’ da governadora Rosalba.

 

29 de janeiro de 2013 às 22:44

Wilma recebe título de Cidadã de Maxaranguape [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E nesta terça-feira, como presidente do PSB e ex-governadora, e não como candidata ao governo, a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, foi homenageada no município de Maxaranguape.

Na solenidade pelos 54 anos de emancipação, ela recebeu título de Cidadã do município, pelas obras que seu governo fez na região, como a estrada que liga Maxaranguape a Caraúbas, o centro de lazer e eventos, poços, ecoposto da área de preservação ambiental, ampliação do programa do leite…

E ainda a escola de inclusão digital, como lembrou a prefeita Neidinha.

“Mulher do povo”, declarou o padre Abelardo.

Além de Wilma, mais 11 pessoas receberam a homenagem.

Um deles foi o secretário estadual de Trabalho e Assistência Social, Luís Eduardo Carneiro.

Wilma com o título de Cidadã

Wilma e Luís Eduardo Carneiro

Os parabéns para o município

 

 

 

29 de janeiro de 2013 às 21:55

Antes de jantar com a governadora Rosalba, ministro Garibaldi recebe o vice-governador Robinson [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Antes de ir para a casa do deputado João Maia, para jantar com a governadora Rosalba Ciarlini, o ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), recebeu para uma longa conversa, o vice-governador Robinson Faria (PSD).

Encontro que durou quase duas horas…

Neste momento, Robinson janta com o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, e o deputado federal Fábio Faria, na Trattoria da Rosário.

Carlos Eduardo, Robinson e Fábio Faria

29 de janeiro de 2013 às 21:33

Além de Garibaldi e Rosalba, senador José Agripino também vai ao jantar de João Maia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Além de 25 prefeitos, do ministro da Previdência, Garibaldi Filho, e da governadora Rosalba Ciarlini, o deputado João Maia também convidou para o jantar de hoje em sua casa, em Brasília, o senador José Agripino.

João Maia, Rosalba, Garibaldi e José Agripino (Fotos: Marcos Dantas)

Estão na casa de João, neste momento, os seguintes prefeitos:

 

Arez  – Doutor Erço – (PR)

Brejinho – Ivete Marias – (PR)

Currais Novos – Vilton Cunha – (PR)

Marcelino Vieira – Dr. Ferrari – (PR)

São Gonçalo – Jaime Calado – (PR)

Upanema – Luiz Jairo – (PR)

Caicó – Roberto Germano – (PMDB)

Francisco Dantas – Gilson Dias – (PTB)

Jardim de Angicos – Suely de Lima-  (PMDB)

Serrinha – Fabiano Souza – (PMDB)

Parelhas – Chico do PT – (PT)

Lagoa de Pedras – Ranieire Amâncio – (DEM)

Santa Cruz – Fernanda Costa – (PMDB)

Baraúna – Isoares Martins – (PR)

São José do Seridó – Jackson Dantas – (PMDB)

Carnaúba dos Dantas – Sérgio – (PSB)

Messias Targino – Arthur Targino – (PMDB)

Serra Negra do Norte – Urbano Faria (PT)

Cruzeta – Nena –  (PMDB)

Timbaúba dos Batistas – Chilon Batista – (PMDB)

Florânia – Júnior de Janúncio – (PSD)

Santana do Seridó – Dril Gomes – (PMDB)

Jaçanã – Esdras Farias – (DEM)

São João do Sabugi – Aníbal Pereira – (PMDB)

Jundiá – José Roberto – (PMDB)

 

Também estão no jantar, vereadores, vice-prefeitos e secretários de vários municípios.

Afinamento visível entre Garibaldi e Rosalba

Prefeitos recebidos por João Maia

Mais prefeitos

 

29 de janeiro de 2013 às 20:57

Brasília ferve: Garibaldi, Rosalba e João Maia de um lado, Carlos Eduardo, Robinson e Fábio Faria do outro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Noite de muitas conversas políticas em Brasília.

 

Na casa do deputado federal João Maia, que recebe um grupo de prefeitos para jantar, estão o ministro da Previdência, Garibaldi Filho e a governadora do RN, Rosalba Ciarlini.

 

Na Trattoria da Rosário, reunidos em torno da política, jantam o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, o vice-governador Robinson Faria e o deputado federal Fábio Faria.

 

Rosalba e Carlos Eduardo cumpriram agenda comum na tarde hoje em Brasília.

Foram juntos ao Ministério da Saúde.

Como o ministro Alexandre Padilha está no Rio Grande do Sul, foram recebidos pelo secretário de Assistência à Saúde, Helvécio Miranda.

Terminada a audiência, um para um lado…outro para o outro…

29 de janeiro de 2013 às 20:53

OAB encaminhará lista sêxtupla para o TJ na próxima semana [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Finalmente, a OAB-RN enviará para o Tribunal de Justiça, na próxima semana, a lista sêxtupla com os nomes dos advogados que disputam o cargo de desembargador.

A lista será analisada pela Corte e reduzida à metade para ser encaminhada à governadora Rosalba Ciarlini, que decidirá quem será o desembargador na vaga do Quinto Constitucional.

A lista ainda não havia sido enviada por causa das pendengas jurídicas envolvendo dois eleitos entre os seis.

 

Na primeira reunião do novo Conselho da OAB, hoje, visto que, a ação do advogado Carlos Sérvulo contra o colega Verlano Medeiros foi retirada, ficou definido que a lista será encaminhada.

 

Integram a lista, pela ordem de votação, os seguintes advogados:

 

Magna Letícia

Artêmio Azevedo

Marisa Rodrigues

Verlano de Queiroz Medeiros

Glauber Rêgo

Priscila Fonseca

 

29 de janeiro de 2013 às 20:20

Decisão do TJ mantém nome do ex-governador Iberê Ferreira em processo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site do TJ:

 

Câmara Criminal denega HC de Iberê Ferreira

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, por maioria de votos, vencido o desembargador Virgílio Macêdo Júnior, denegou, nesta terça-feira, 29, o pedido de Habeas Corpus impetrado em favor do ex-governador do Estado, Iberê Ferreira de Souza.

 

A decisão foi em consonância com o parecer do Procurador de Justiça, Augusto Caio dos Santos Fernandes.

29 de janeiro de 2013 às 20:13

Desembargador Cláudio Santos manda intimar governadora Rosalba e dois auxiliares [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site do Tribunal de Justiça do RN:

 

Descumprimento à decisão do Pleno leva à intimação de autoridades estaduais

O desembargador Cláudio Santos, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, determinou a intimação da governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, do secretário estadual da Administração e dos Recursos Humanos, Antônio Alber Nóbrega, e do presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte (Ipern), José Marlúcio Diógenes Paiva, em face da não implantação de aumento determinado pela Lei Complementar nº 438/10, nos vencimentos e proventos de servidores ativos e inativos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema), em Mandado de Segurança (nº 2012.003839-8) impetrado pelo Sindicato de Servidores Públicos da Administração Indireta do Rio Grande do Norte (Sinai), que tem como advogado Manoel Batista Dantas Neto.

 

 

Na decisão, o desembargador alerta para as consequências cíveis e penais que podem recair sobre as autoridades, em virtude do descumprimento de decisão do Pleno do TJRN quanto à questão, inclusive com o envio dos autos para o Ministério Público, o que pode ensejar abertura de processo referente à crime de desobediência. O despacho é uma oportunidade para que as autoridades se manifestem sobre a desobediência à respeito da decisão judicial.

No despacho, o desembargador determina que sejam intimados, pessoalmente, a governadora e demais autoridades coatoras, acima mencionadas. Em acórdão, o Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, à unanimidade, rejeitou as preliminares de indeferimento da petição inicial e de ilegitimidade passiva da chefe do Executivo e do presidente do Ipern.

 

 

Por maioria de votos, os desembargadores determinaram a implantação imediata do reajuste dos vencimentos e proventos no contracheque dos servidores, nos termos da Lei Complementar, mencionada, sob pena de multa diária de R$ 500,00, para o caso de descumprimento.

A primeira notificação para o secretário da Administração foi feita em 12 de novembro, em despacho da juíza convocada Suely Silveira. Posteriormente foi respondido, pelo titular da Administração, que o assunto referia-se à área de atuação da Secretaria Estadual de Planejamento e Finanças.

Excluídos do polo passivo da ação, o secretário de Planejamento e o presidente do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema); permaneceram como autoridades coatoras, pelo não cumprimento da decisão, a governadora, o diretor do Ipern e o secretário de Administração.

29 de janeiro de 2013 às 20:00

Desembargador suspende por 48 horas prisão de secretários do governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como já esperado, o Tribunal de Justiça suspendeu a decretação de prisão dos secretários estaduais de Administração, Álber da Nóbrega e de Planejamento, Obery Rodrigues.

Como o Blog informou, ontem à noite o procurador geral do Estado, Miguel Josino, entregou, no Tribunal, documento comprovando que o reajuste determinado pela Justiça a alguns servidores do governo, já estavam nas contas dos mesmos, para serem pagos junto aos salários, agora no final do mês.

Exatamente por causa disso, por saber que o problema estava solucionado, a Procuradoria do estado sugeriu que os secretários não se apresentassem, até que o TJ entendesse que a ação havia perdido o objeto.

 

Eis a nota publicada no site do TJ:

 

O desembargador Virgílio Macêdo Júnior determinou a suspensão do cumprimento dos mandados de prisões expedidos contra os secretários de Administração e Recursos Humanos do RN, Antônio Alber da Nóbrega e do Planejamento e Finanças do RN, Francisco Obery Rodrigues Júnior.

O desembargador concedeu um prazo de 48 horas, contados da publicação do despacho, para que os advogados dos secretários se pronunciem sobre o efetivo cumprimento da decisão judicial que determina a concessão de reajuste salarial a servidores públicos estaduais.

A medida, no entendimento do desembargador, atende ao princípio do contraditório, quando deve ser ouvida a parte contrária e demonstrado o efetivo cumprimento da decisão judicial, que será divulgada nesta terça-feira, 29, publicada amanhã e, a partir da próxima quinta-feira, passa-se a contar o prazo estipulado.

 

29 de janeiro de 2013 às 19:47

Prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato sinaliza nome de Leonardo Rego para a Saúde [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Entrevistado há pouco tempo por Robson Carvalho, na 98FM, o prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato (DEM), que estava acompanhado do ex-prefeito Leonardo Rego (DEM), começou a rasgar elogios a Leonardo no que se refere à…saúde.

Exatamente sobre saúde…

O nome de Leonardo, como o Blog publicou em primeira mão, vem sendo discutido, nos bastidores democratas, como o possível substituto do secretário Isaú Gerino na Saúde estadual.

Aproveitei a deixa e questionei, via twitter, se Fabrício estava dando sinais de que Leonardo seria o secretário de Saúde.

Leonardo escorregou pra lá, escorregou pra cá, disse que continuava ajudando o novo prefeito numa transição que ainda duraria algum tempo na administração de Pau dos Ferros…e rasgou elogios ao secretário Isaú Gerino.

Nada foi suficiente para conter Fabrício, que voltou a rasgar elogios a Leonardo…como quem dizia que o atual secretário é bom, mas Leonardo é melhor…

 

29 de janeiro de 2013 às 19:46

Leonardo Rego deve substituir o pai Getúlio e disputar vaga na Assembleia em 2014 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E na entrevista que seria do prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato, mas terminou sendo muito mais de Leonardo Rego, o filho do deputado Getúlio Rego terminou admitindo.

Não está descartada sua candidatura a deputado estadual em 2014.

Em substituição ao pai, que já está no oitavo mandato na Assembleia Legislativa.

Ele não disse que sim…mas disse que poderá…

29 de janeiro de 2013 às 19:46

Fabrício Torquato vai pedir ajuda do ministro Garibaldi para administrar Pau dos Ferros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de pau dos Ferros, Fabrício Torquato (DEM), na entrevista à 98FM agora há pouco, afirmou que não hesitará em bater a porta do Ministério da Previdência, para pedir ajuda para seu município ao ministro Garibaldi Filho.

Também não terá o menor problema em bater a porta da presidência da Câmara, caso seja ocupada pelo deputado Henrique Alves, também para pedir colaboração para a gestão.

Garibaldi e Henrique, do PMDB, apoiaram a reeleição de Leonardo Rego em 2008 e em 2010 receberam o apoio do DEM de Pau dos Ferros.

 

Mas no ano passado, os peemedebistas foram para o palanque adversário, e ao apoiarem o candidato do PMDB, Bráulio Figueredo, acabaram perdendo a eleição…e se distanciando dos democratas.

Mas, Leonardo Rego adiantou que até já procurou Garibaldi em Brasília.

“Eu ainda era prefeito e Fabrício era prefeito eleito”, disse Leonardo, que bateu à porta do Ministério mas não encontrou o ministro Garibaldi.

29 de janeiro de 2013 às 15:30

Com base em pericia da PF, procurador geral sustenta que Osvaldo Cruz autorizou pagamentos a laranjas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Tribuna do Norte Online, sobre o julgamento dos desembargadores Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro, que está acontecendo no Conselho Nacional de Justiça, em Brasília:

 

MP diz que assinaturas de pagamento a laranjas em desvios eram de Osvaldo Cruz

O julgamento no Conselho Nacional de Justiça dos desembargadores afastados Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro acerca do envolvimento no desvio de recursos para pagamento de precatórios começou. O procurador-geral de Justiça do RN, Manoel Onofre Neto, fez a sustentação oral das acusações contra os desembargadores. Segundo Manoel Onofre, um laudo da Polícia Federal confirmou que as assinaturas nos documentos de autorização de pagamentos a laranjas no esquema de desvios de precatórios eram de Osvaldo Cruz.

Como amplamente divulgado no ano passado, a defesa de Osvaldo Cruz questiona a autenticidade das assinaturas do desembargador afastado nos ofícios de autorização de pagamento para o esquema. Um perito particular atestou que as assinaturas não eram do desembargador e portanto falsificadas. Contudo, segundo Onofre, uma outra perícia, realizada pela Polícia Federal, confirmou a autenticidade das assinaturas. A perícia foi realizada no âmbito do Superior Tribunal de Justiça, onde os desembargadores são investigados no âmbito criminal.

A defesa de Osvaldo Cruz questionou durante o julgamento do Conselho Nacional de Justiça a validade da delação premiada celebrada entre o Ministério Público Estadual e a ex-chefe de precatórios Carla Ubarana. Para o advogado Ademar Rigueira Neto, que representa Osvaldo, a delação foi feita sem respeitar as regras deste tipo de procedimento.

“A delação da senhora Carla Ubarana foi realizada sem voluntariedade, porque ela exigiu do Ministério Público a revogação da prisão para poder acusar os desembargadores. A revogação para ela e para o seu marido. E o Ministério Público concordou com isso, mesmo com a senhora Carla afirmando que não tinha provas”, disse Ademar Rigueira.

O advogado Bóris Trindade, que representa o desembargador afastado Rafael Godeiro, no processo administrativo que tramita no Conselho Nacional de Justiça, argumentou que Carla Ubarana é “protegida do Ministério Público”. Trindade argumentou que as palavras Carla Ubarana e George Leal, considerados os principais operadores do esquema de desvio de recursos para pagamentos de precatórios, não são confiáveis.

29 de janeiro de 2013 às 15:19

Robinson Faria sobre a pesquisa: “Isso me motiva” [4] Comentários | Deixe seu comentário.

O vice-governador Robinson Faria não quis comentar o resultado do cenário da pesquisa Consult, em que ele aparece com o dobro das intenções de votos da governadora Rosalba Ciarlini, sua companheira de chapa e de vitória em 2010, e com quem ele está rompido politicamente.

“O resultado está posto, as pessoas que avaliem”, disse Robinson, que está em Brasília acompanhando prefeitos aliados que participam de reuniões com a presidente Dilma Rousseff e auxiliares do governo federal.

 

Sobre o resultado geral da pesquisa, Robinson disse ter gostado do que viu.

“Achei o resultado positivo. Considero que os índices são bons para mim. Nunca disputei eleição majoritária nem nunca exerci mandato no executivo, portanto, nunca tive a visibilidade que os outros que foram avaliados tiveram quando foram prefeitos e governadores. Isso me motiva”, disse Robinson.