Thaisa Galvão

1 de abril de 2014 às 18:07

Segurança na Copa: seleções e autoridades serão escoltados por Ministério da Defesa e Marinha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Rosalba Ciarlini e o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, comandaram hoje na Escola de Governo, em Natal, mais uma das reuniões periódicas da comissão de segurança que está sendo organizada pelo Governo Federal em todas as cidades-sede da Copa.

Também participaram a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, e o secretário de Segurança, General Eliéser Girão.

“O plano tático de segurança será discutido e planejado até a realização da Copa, devemos estar preparados para que ele sofra modificações de acordo com a realização de testes. O trabalho integrado que já estamos realizando vai nos oferecer novas soluções”, declarou o ministro da Justiça.

“Vamos receber um apoio importante do Governo Federal. Nós já estamos fazendo todo o esforço possível para que estejamos preparados para a Copa, como também para dar segurança a todo o Rio Grande do Norte no período antes, durante e após o Mundial”, disse a governadora.

*
Entre os pontos definidos para a Copa, estão a disponibilidade de 2.200 homens da PM para garantir a segurança do Estado. O Corpo de Bombeiros estará com 289 homens a serviço da corporação, e ainda está prevista a integração de outros 350 homens da Força Nacional, divididos entre quatro e oito equipes, sendo uma equipe de batedores para escolta, três atiradores, seis tropas de choque e 120 bombeiros.
*

o Governo Federal ainda vai aparelhar o RN com um helicóptero adicional e cinco médicos legistas.
As escoltas de seleções e autoridades serão de responsabilidade do Ministério da Defesa, com apoio de fuzileiros navais da Marinha para acompanhar as escoltas.
Fotos: Demis Roussos

20140401-180508.jpg

1 de abril de 2014 às 17:44

Permissionários do transporte alternativo protestam contra Prefeitura e Seturn [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tumulto no centro de Natal.
Na frente da Prefeitura, trânsito interditado.
São os permissionários dos transportes alternativos com apoio do PSTU e de movimentos sociais, protestando contra o sindicato dos proprietários de ônibus e contra a Prefeitura, tendo como alvo a secretária de Mobilidade, Elequicina Santos.
No microfone, discursos que atacam o prefeito Carlos Eduardo, a secretária e o Seturn.
“Vamos derrubar essa secretária”, discursam os permissionários.
Fotos: Rodrigo Rafael

20140401-174321.jpg

1 de abril de 2014 às 16:51

Deputada Gesane Marinho sugere trancar pauta na AL até que Governo controle índices de criminalidade no RN [2] Comentários | Deixe seu comentário.

A deputada Gesane Marinho (PSD) sugeriu na sessão de hoje da Assembleia, que a pauta de votações seja trancada “até que o Governo do Estado tome uma atitude mais efetiva no combate à criminalidade no Rio Grande do Norte”.
*

“A insegurança chegou a níveis tão alarmantes que afetou nosso direito de ir e vir. Somos assaltados em farmácias, clínicas, estacionamentos, paradas de ônibus. A criminalidade está completamente fora de controle e nós deputados podemos sim fazer alguma coisa. Não temos o poder de colocar mais policiais nas ruas nem de convocar os concursados, mas em vez de cobrar toda semana neste plenário, podemos pressionar o Governo trancando a pauta de votações. Estabelecer que não se vota nada até que a governadora tome uma atitude definitiva”, disse Gesane, lembrando que a insegurança tem afetado todas as camadas da sociedade.

“Ouço meus amigos, funcionários, parentes e familiares reclamarem toda semana. Todos estamos com uma sensação de insegurança permanente e não vemos nada ser feito para combater a criminalidade no nosso estado”, emendou.

1 de abril de 2014 às 15:58

TRT convoca mais 9 municípios para negociar precatórios [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região convocou mais nove municípios do Rio Grande do Norte para negociar as condições de pagamento de precatórios e Requisições de Pequeno Valor, vencidos ou que vencerão em 2014.

Foram notificados para a audiência de quinta-feira, a partir das 8h30, representantes dos seguintes municípios:

Afonso Bezerra
Alto Rodrigues
Assu
Grossos
Lagoa D’Anta
Lagoa de Velhos
Marcelino Vieira
Rui Barbosa e
São Tomé.

As audiências serão conduzidas pela juíza do trabalho Lisandra Cristina.

20140401-155555.jpg

1 de abril de 2014 às 15:45

Juíza trabalhista condena ABC a pagar mais de 500 mil ao ex-goleiro Andrey [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A decisã juíza Eugênia Pereira Arraes, do TRT-RN, condenou o ABC Futebol Clube a pagar uma indenização trabalhista ao goleiro Andrey Nazário Afonso, que atualmente defende o América.
A indenização no valor de R$ 522.632,18, mais R$ 33.927,18 de contribuição previdenciária se deu pelo fato da juíza ter julgado procedente em parte o pedido do atleta de quatro meses de salário atrasado, 13º e férias do período (acrescidas de 1/3), FGTS + 40% com a compensação dos valores recolhidos.
*

Além de todas as verbas rescisórias, Andrey ainda pleiteou o reconhecimento da rescisão indireta de seu contrato de trabalho com o ABC.

A juíza também determinou o pagamento de verba de moradia, no valor de R$ 2 mil mensais, entre setembro de 2012 e março de 2013, mais a cláusula compensatória, no valor de R$ 280.000,00.

Pela decisão, o ABC ainda foi obrigado a corrigir o salário anotado na Carteira de Trabalho do ex-goleiro que, na prática, era de R$ 25 mil entre setembro e dezembro e, a partir de então, de R$ 35 mil por mês, mas o valor registrado na CTPS era de apenas R$ 5 mil mensais.

Em sua defesa, o clube alegou que a verba denominada de direito de imagem tem natureza cível e que a ajuda de custo é indenizatória, não sendo, portanto, de natureza salarial.

O ABC argumentou, ainda, que adquiriu os direitos de utilização da imagem do atleta pela quantia de R$ 20 mil durante o primeiro período do contrato de trabalho e de R$ 30 mil durante o segundo período, em conformidade com o disposto no art.87-A da Lei Pelé.

*

Por fim, a juíza indeferiu o pagamento da multa de R$ 400 mil requerida pelo atleta a título de Cláusula Indenizatória Desportiva.

1 de abril de 2014 às 15:14

Albert Dickson anuncia aumento de Câmaras filiadas à Fecam [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Fecam, vereador Albert Dickson (PROS), anunciou o aumento no número de Câmaras filiadas durante sua gestão.

“Quando assumi, em dezembro do ano passado, a Fecam tinha 78 Câmaras filiadas. Hoje chegamos à marca de 103 adesões, um rápido e significativo crescimento, portanto. Agora é trabalhar para continuar trilhando o caminho do fortalecimento legislativo”, avaliou Albert, que reuniu os dirigentes da Federação nesta segunda-feira para fazer um balanço das ações em 2013.

Além da ampliação de Câmaras filiadas, o presidente contabilizou a oferta de orientação jurídica adequada para as casas legislativas; a modernização dos regimentos internos e da lei orgânica das Câmaras; e a participação da entidade nas lutas em prol do municipalismo e da valorização do vereador.

Na plenária desta segunda, foi acertada data – 18 e 19 de julho – para realização do Congresso Estadual dos Vereadores, e de audiências com o Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas Ministério Público e presidentes da Câmara dos Deputados e da Assembleia Legislativa.

Fotos: Marcelo Barroso

20140401-150851.jpg

1 de abril de 2014 às 14:12

Mossoró: PMDB que foi cassado a partir de denúncia de Larissa, indica o vice de Larissa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O mais esquisito na eleição suplementar de Mossoró não é a vice que não foi nem o site desatualizado do TSE.
Mas…a posição do PMDB.
O partido era parceiro do DEM.
Wellington Filho, do PMDB, vice da prefeita Cláudia Regina, do DEM.
Os dois foram cassados e afastados.
Detalhe: Wellington foi cassado a partir de ação impetrada pela assessoria jurídica da deputada Larissa Rosado (PSB), que disputou com Cláudia e perdeu e que agora disputa de novo.
Detalhe 2: o PMDB que foi cassado a partir de ação de Larissa, agora indica o vice de Larissa.
Resta saber se Wellington Filho, o vice de Cláudia, vai participar da campanha ou vai sumir da cidade….
Com uma vergonhazinha alheia…

1 de abril de 2014 às 13:54

Site do TSE está desatualizado em relação à eleição suplementar de Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Uma postagem antiga no site do TSE está tumultuando o processo de sucessão em Mossoró.
No site, a eleição suplementar do município está suspensa.
Logo que a eleição foi definida, o TSE suspendeu.
Novamente marcada, a eleição não foi suspensa.
Permanece confirmada.
A menos que o Tribunal acate o pedido que foi feito recentemente, mas não confirmado.

20140401-135320.jpg

1 de abril de 2014 às 12:19

Indicação de vice na chapa do DEM em Mossoró teria sido factóide (?) [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que há de mal contado nessa divulgação do nome de Ceyssa Praxedes para vice da prefeita afastada Cláudia Regina, que vai disputar a Prefeitura de Missoró na eleição suplementar de 4 de maio?
Teatro?
Teria sido a forma encontrada pelo ex-secretário de Turismo do governo, indicado pelo PR, para romper com seu líder João Maia?
Eis o que postou em seu twitter o antenadíssimo mossoroense Alexandre Rêgo, ligado ao DEM de Mossoró, referindo-se à nota publicada pelo Blog, dando conta da chapa Cláudia-Ceyssa:

20140401-121558.jpg

20140401-121632.jpg

20140401-121650.jpg

1 de abril de 2014 às 12:09

Presidente do PR diz que Renato Fernandes não pode se sentir desmoralizado pois nunca submeteu nome da mulher ao partido para ser vice de ninguém [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente do PR de Mossoró, o empresário Marcelo Rosado disse agora ao Blog que o partido nunca foi procurado pelo ex-secretário Renato Fernandes, nem por sua esposa, Ceyssa Praxedes, para tratar da indicação di nome dela para vice na chapa da prefeita afastada, Cláudia Regina, candidata na eleição suplementar de Mossoró, marcada para 4 de maio.

“Eu como presidente do PR de Mossoró não fui procurado nem por Renato nem por Ceyssa. Tomei conhecimento disso ontem à noite lendo blogs e confesso que fiquei surpreso”, disse Marcelo Rosado agora ao Blog, afirmando que, inclusive, já tinha preparado edital convocando o PR para a convenção marcada para sexta-feira, no mesmo local e hora da convenção do PSB, já que os partidos vão estar juntos.
“Tudo combinado com o PR estadual, com o presidente João Maia”,informou Renato, lembrando que o PR de Mossoró quase se coligava com o PSB da deputada Larissa Rosado na eleição passada, mas por decisão do diretório estadual terminou se coligando ao DeM.
“O presidente João Maia sempre vinha colocando que o PR iria estar onde o PMDB estivesse. Daí a surpresa tremenda quando vi isso”.
*
Perguntei a Marcelo se ele concordava com a declaração de Renato, se dizendo ‘desmoralizado’.
“Não, porque esse assunto nunca foi nem submetido ao diretório. O partido não tinha nem como negar uma coisa que nem foi pedida. Até o momento eu não fui procurado nem por Renato nem por Ceyssa”, disse Marcelo, achando estranho o posicionamento do casal.
“Eu estranho porque tanto Renato quanto Ceyssa sempre seguraram a bandeira do PR”, afirmou Marcelo Rosado.

1 de abril de 2014 às 11:51

Renato Fernandes se diz desmoralizado por não conseguir emplacar sua esposa como vice de Cláudia Regina e decide deixar o PR [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Eita piula…
Como o presidente estadual do PR, deputado João Maia, disse hoje ao Blog que o partido em Mossoró vai apoiar a chapa PSB-PMDB, formada pela deputada Larissa Rosado e pelo vereador Alex Moacir, e não tinha como emplacar vice na chapa da prefeita afastada Cláudia Regina (DEM), o amigo de João e ex-secretário de Rosalba, Renato Fernandes, reagiu.
Ao blog do jornalista Carlos Skarlack, disse agora que está deixando o PR porque se sentiu desmoralizado.
*
Para Renato, certamente estar desmoralizado é ter sido desautorizado a emplacar sua esposa, Ceyssa Praxedes, como vice de Cláudia.
Renato tentou, mesmo sem o aval do partido.
Como informou João Maia hoje cedo, o PR de Mossoró, comandado pelo empresário Marcelo Rosado, já havia definido apoio à coligação PSB-PMDB.

1 de abril de 2014 às 10:19

Bodó: prefeito cassado há 8 dias já voltou ao cargo na quinta passada [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Não entendendo muito bem a enxurrada de informações sobre a cassação do prefeito de Bodó, Tinhá (DEM).
A juíza Niedja Fernandes, da comarca de Santana do Matos, acatando ação do Ministério Público, cassou o prefeito Tinhá no dia 24, como o Blog publicou.
Há exatos 8 dias.
No dia 26, Tinhá foi afastado e substituído pelo presidente da Câmara, José Airton.
No dia 27, quinta passada, em decisão monocrática, o juiz do TRE, Verlano Medeiros, deferiu a liminar de uma cautelar impetrada pela defesa de Tinhá, mandando o prefeito retornar ao cargo.
Adiantando em sua decisão que não havia se pronunciado em relação às denúncias, apenas seguindo a regrinha adotada pelo TRE, de não afastar antes de julgamento do mérito.
As denúncias acatadas pela juíza “são fortes”, segundo Verlano, e serão apreciadas pelo Pleno do Tribunal.

1 de abril de 2014 às 8:12

Estadão erra quando diz que vaga do Senado na chapa do PMDB era prometida ao PT até 20 dias atrás [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Estadão de hoje, com erros em relação a datas, quando diz que vaga de Senado estava prometida ao PT até 20 dias atrás.
Quem plantou fez o repórter João Domingos errar, pois a imprensa que acompanha a política no Rio Grande do Norte sabe que há mais de um mês que PMDB e PT se alfinetam, um dizendo que foi escanteado pelo outro.
E olhe: um mês faz que a senadorável do PT, Fátima Bezerra brincou o carnaval com o governadorável Robinson Faria, do PSD.
Ou alguém já esqueceu aí?
+

PMDB do RN se alia a Aécio Neves, PSB e DEM

JOÃO DOMINGOS
Agência Estado

Sob o comando do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e do ministro da Previdência, Garibaldi Alves, o PMDB do Rio Grande do Norte abriu um racha na coligação que apoia a presidente Dilma Rousseff, excluiu o PT da aliança local e se juntou aos principais partidos de oposição, a exemplo do PSB, PSDB, DEM e PPS. O candidato a governador será o próprio Henrique Alves, numa coligação de cerca de 20 partidos. O Estado tem 2,5 milhões de eleitores.

A vaga de senador, prometida até 20 dias atrás à presidente estadual do PT, deputada Fátima Bezerra, foi entregue à ex-governadora Wilma de Faria, do PSB do pré-candidato a presidente da República Eduardo Campos. Ao PR caberá indicar o nome do vice-governador. Aliado da presidente da República, Henrique Alves anunciou que seu palanque ficará aberto para Dilma Rousseff. Mas nos bastidores o PT nacional trabalhará para que Dilma não suba ali. Quer que ela construa o seu próprio espaço, independentemente do que for montado por Henrique Alves.
*
Ao rejeitado PT restou o PSD de Gilberto Kassab. “O PT foi excluído da chapa sem a menor cerimônia. E nem tínhamos divergências, porque o PMDB queria o governo e nós o Senado. Mas o PMDB preferiu se aliar a adversários que fazem feroz oposição ao nosso governo – que é deles também – e se livrar do PT”, disse Fátima Bezerra. O fato de não ter sobrado a ela quase nenhum partido para montar a aliança não a fará desistir, disse Fátima. “Fiquei com um palanque muito pequeno. Mas vou disputar o Senado”, afirmou Fátima Bezerra. O candidato a governador na aliança com o PT deverá ser o hoje vice Robson Faria, do PSD. Ainda estou procurando outros partidos, como o PCdoB, que sempre nos acompanha”.
*
O chapão de Henrique Alves foi montado no final de semana e teve a participação direta de Eduardo Campos. Como havia uma resistência da Rede Sustentabilidade (abrigada no PSB) da ex-ministra Marina Silva à coligação, a ex-governadora Wilma de Faria viajou na sexta-feira a Recife para conversar com Eduardo Campos sobre a aliança. Depois de ouvi-la, Campos a autorizou a entrar na chapa para disputar o Senado.

Wilma encontrou-se com o governador acompanhada de uma comitiva que incluiu a ex-líder do PSB na Câmara Sandra Rosado e os deputados estaduais Márcia Maia, Larissa Rosado e Tomba Farias. Na própria sexta, à noite, todos voltaram a Natal, já ungidos pelo candidato do PSB. Henrique Alves foi avisado da decisão de Campos e, ao lado do primo Garibaldi Alves, foi chamado pelos socialistas para um jantar em comemoração à aliança, servido no apartamento do deputado Tomba Farias.
*
Embora Henrique Alves tenha dito que seu palanque será de Dilma e do vice-presidente Michel Temer (que é presidente licenciado do PMDB e ao qual é muito ligado), PSB, PSDB e DEM acreditam que podem tirar proveito da proximidade com o presidente da Câmara. Campos porque tem chances reais de eleger Wilma de Faria senadora, o que fortalecerá sua bancada no Senado, além de ter seu nome vinculado ao dela. Aécio, porque o PSDB é insignificante no Rio Grande do Norte e o que vier em termos de voto é lucro. E o DEM porque poderá usar os palanques de Alves para bombardear o PT. O fiador da aliança por parte do DEM foi o presidente do partido, senador José Agripino, que é do Rio Grande do Norte.

1 de abril de 2014 às 7:55

Presidente do PR, João Maia nega composição com DEM em Mossoró e diz que partido apoiará Larissa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Impossível.
Apesar do encontro, do martelo batido e da foto publicada, Seyssa Praxedes, mulher do ex-secretário de Turismo do Estado Renato Fernandes, indicado do PR, hoje rompido com o Governo, não será a vice da prefeita afastada e candidata na eleição suplementar de Mossoró, Cláudia Regina (DEM).
A informação é do presidente do PR, deputado João Maia, que disse agora ao Blog que, em Mossoró, o PR se integrará à aliança PSB-PMDB, e apoiará a candidatura da deputada Larissa Rosado (PSB).
“Tudo decidido pelo diretório do PR em Mossoró, presidido por Marcelo Rosado”, declarou João Maia.
João disse não ter entendido o que aconteceu ontem em Mossoró

Eis o compromisso anunciado no evento do PMDB, sexta passada, em Natal.

Na foto, Larissa (PSB), João Maia (PR), e Alex Moacir (PMDB).

Foto: Marcos Dantas

20140401-081548.jpg