Thaisa Galvão

31 de maio de 2014 às 20:45

Com serviços do novo aeroporto sem funcionar, voos internacionais permanecerão pousando no Augusto Severo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Prova de que a inauguração foi oba-oba: em reunião hoje à tarde, o Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) acordou com representantes da Receita Federal, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Infraero, Polícia Federal e o Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), que enquanto o novo aeroporto não funciona pra valer, principalmente na questão alfandegária, o desembarque dos voos internacionais será pelo Aeroporto Augusto Severo.

 

"A Anvisa informou que as instalações de interesse sanitário ainda estão inadequadas”, disse a procuradora da República, Caroline Maciel, que coordenou a reunião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*