Thaisa Galvão

26 de junho de 2014 às 14:20

Ministro não apresenta voto-vista e para o TSE, deputada Larissa Rosado permanece inelegível [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A deputada Larissa Rosado não conseguiu se livrar do fantasma da inelegibilidade.

Quando estava contando com a decisão do TSE, que já estava no placar de 5 X 0 em favor da sua elegibilidade, Larissa foi travada pelo pedido de vista do processo pelo ministro Tarcísio Carvalho.

Mesmo com o placar favorável, a decisão final só vale com o julgamento encerrado, o que não aconteceu.

O julgamento tinha até ontem para ser concluído, para que Larissa pudesse dar entrada no seu registro de candidatura sem pendência jurídica.

É que ontem foi a última sessão de junho do TSE, e o Tribunal, agora em julho, não vai discutir nenhum caso que não seja das eleições de 2014.

E o registro tem que ser pedido até 5 de julho. Resultado: se o TRE deferir o registro de Larissa, ela será candidata "sub júdice".

Como foi na campanha suplementar em Mossoró.

Sua assessoria jurídica vai ter trabalho para tentar encaixar na pauta do TSE, antes de outubro, o voto-vista do ministro Tarcísio.

Basta apenas que ele vote.

Independente de sua posição favorável ou contra Larissa.

O placar favorável ela já tem, só precisa que o julgamento seja encerrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*