Thaisa Galvão

22 de julho de 2015 às 23:12

Robinson passa no teste do Frasqueirão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de lançar o projeto Ronda Cidadã, hoje no bairro de Mãe Luíza, o governador Robinson Faria fez, tipo…teste de popularidade agora à noite no Frasqueirão.

Antes do início de ABC X Corínthians, Robinson foi convidado a entregar homenagem a Rodriguinho, revelado pelo ABC e que hoje integra a lista dos jogadores de ponta, e atua no clube paulista.

O governador também fez entrega ao presidente do ABC, Rubens Guilherme, de um quadro da campanha do Detran, pela paz no trânsito.

No meio do estádio, o governador foi aplaudido.

E Rodriguinho levou a melhor: bateu o pênalti e marcou o único gol da partida que terminou com Corínthians 1 e ABC zero.

  

22 de julho de 2015 às 20:47

Manchete do britânico Financial Times: “Recessão e corrupção: a crescente podridão no Brasil” [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Exame.com repercutindo a grave notícia sobre o Brasil publicada no jornal britânico:

Brasil virou filme de terror sem fim, diz Financial Times

 
 Talita Abrantes, de Exame.com

São Paulo – “A incompetência, a arrogância e a corrupção esmagaram a magia brasileira”. É assim, sem meias palavras, que o jornal britânico Financial Times começa uma dura análise sobre a condição atual do Brasil. O problema: o pior ainda está por vir, nas palavras da publicação. 
Com o título “Recessão e corrupção: a crescente podridão no Brasil”, o texto publicado nesta quarta-feira destaca os fatores que levaram o Brasil a virar “um filme de terror sem fim”.
O primeiro deles é o método desastroso que perseguiu as decisões econômicas do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, que, nas palavras do jornal, manipulava a economia com sua “nova matriz econômica”.
Para reparar os erros do passado, o governo Dilma tem adotado medidas corretivas “dolorosas, mas necessárias” que como efeito têm reduzido os salários reais, “cortado empregos e esmagado a confiança nos negócios”, além de levado a petista a um pífio desempenho nas sondagens de opinião pública. 
Mas, para a publicação, o que mais pesa na atual delicada situação do Brasil é o escândalo de corrupção na Petrobras.

A senhora Rousseff enfrenta acusações de que sua gestão quebrou regras de financiamento de campanha e que maquiou as contas do governo; ambas [acusações] são suficientes para um impeachment”.
O Financial Times pondera que, pelo menos por enquanto, os políticos preferem que Dilma se mantenha no poder e ganhe o crédito pelos problemas do país.
“Mas este cálculo pode mudar ao passo que eles precisarem salvar a própria pele”, diz o texto. Para o jornal, o rompimento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, com o governo na última sexta seria uma prova disso.
O cenário deve piorar se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva for alvo de processo por envolvimento no esquema de corrupção.
“Isso aprofundaria o racha entre ele e Rousseff”, diz o jornal. Se isso se concretizar, todos os fatores conspirariam para a deposição da presidente, na opinião da publicação.
Mas nem tudo são más notícias no país, diz o jornal. O texto argumenta que o zelo pela Petrobras mostra o quanto as instituições democráticas são fortes no Brasil.
“Em um país onde os poderosos pensam que estão acima da lei, Marcelo Odebrecht, chefe da maior empresa de construção do Brasil, está preso”, afirma o texto.
O jornal pontua que, se por um lado, o aprofundamento das investigações da Operação Lava Jato tem preocupado investidores, por outro, se “isso levar políticos e empresários a pensar duas vezes antes de pagar suborno, este terá sido o maior avanço da luta da região [América Latina] contra a corrupção”, diz a publicação.
Enquanto esta história não chega ao seu desfecho prático, o jornal prevê ao menos mais três anos solitários para a presidente Dilma.
“Os brasileiros são pragmáticos, então, o pior cenário de um impeachment caótico será evitado”, afirma. “Mesmo assim, o mercado tem começado a cobrar o preço pelo risco”.
Conclusão: o pior ainda pode estar por vir para o Brasil, na visão do Financial Times. 

22 de julho de 2015 às 16:44

Presentes dos pais custarão em torno de 100 reais em Natal e Mossoró, diz Fecomércio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pesquisa da Federação do Comércio adianta: o Dia dos Pais desse ano será de compras à vista e presentes com valor médio de R$ 100 em Natal e Mossoró.

Em Natal, 60,3% da população devem comprar presentes e o gasto médio deverá ser de até R$ 102,63.

O comércio de rua será o mais procurado e a opção mais cogitada será roupa.

Em Mossoró os presentes custarão entre R$51 e R$100.

Roupas e comércio de rua também entre os preferifos dos consumidores.

22 de julho de 2015 às 16:30

Senador Garibadi Filho recebe prefeita eleita de Luís Gomes, Mariana Fernandes [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O senador Garibaldi Filho recebeu hoje a prefeita eleita do município de Luís Gomes, Mariana Fernandes (PMDB).

Mariana foi ao escritório do senador em Natal, agradecer o apoio na eleição suplementar do último dia 5. 

O senador se colocou à disposição da nova prefeita que visitou Garibaldi acompanhada do vice Digo, Luciano Pinheiro, do pai dela e ex-prefeito de Luís Gomes, Pio XX, do presidente local do PMDB, Carlos Augusto e do prefeito de Major Sales, Thales André.

  

22 de julho de 2015 às 14:08

ABC enfrenta Corínthians, América o Vasco, e polícia se desdobra para manter a paz na noite de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Trabalho pesado para a polícia hoje em Natal. 

Que terá que dar conta da segurança da capital que sediará dois grandes jogos.

No estádio Frasqueirão, às 19 horas, terá ABC-RN X Corínthians-SP, um amistoso pelo centenário do ABC.

Às 22 horas, no Arena das Dunas, terá América-RN X Vasco-RJ pela Copa do Brasil.

Como o Blog já mostrou, membros da torcida corintiana Gaviões da Fiel já foram presos ao desembarcarem no aeroporto de São Gonçalo do Amarante.

Foto @mulatinhojor

  

22 de julho de 2015 às 13:23

Polícia prende integrantes da Gaviões da Fiel que promoveram briga no aeroporto de São Gonçalo [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Começou cedo…

Invasão e espancamento no aeroporto de São Gonçalo do Amarante, envolvendo integrantes da torcida (des)organizada do clube paulista:

 

O grupo desembarcou no RN para a partida de logo mais no Frasqueirão entre ABC e Corínthians.

Gaviões é a torcida do clube paulista. 

E mais do twitter do jornalista Alexandre Mulatinho, que registrou a violência no aeroporto.

   
 

22 de julho de 2015 às 11:04

Fest Bossa & Jazz 2015 será lançado hoje [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Marcado para o período de 22 a 30 de agosto, em Natal, o Fest Bossa & Jazz – circuito 2015.

O lançamento será hoje às 19 horas na Central de Oportunidades Cyrela, na Roberto Freire.

  

22 de julho de 2015 às 9:09

Policiais e viaturas já em Mãe Luíza para lançamento do Ronda Cidadã [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Tudo pronto já no bairro de Mãe Luíza para o lançamento do programa Ronda Cidadã, do Governo do Estado.

Policiais e viaturas já no bairro.

O Ronda Cidadã vai atender inicialmente os bairros de Areia Preta, Mãe Luiza e Petrópolis, onde vivem hoje cerca de 30 mil habitantes.

Fotos Márlio Forte

  

Atualizando:

O governador Robinson Faria e a secretária de Segurança, Kalina Leite, explicam à imprensa o projeto que está sendo lançado hoje:

  

22 de julho de 2015 às 8:59

Para ex-presidente da Câmara Severino Cavalcanti, se Eduardo Cunha “participou de alguma coisa danosa, tem que pagar” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de São Paulo:

Câmara piorou muito, diz Severino Cavalcanti

Leonardo Souza

 
 Ex-presidente da Câmara que renunciou em 2005 acusado de receber propina do dono de um restaurante da Casa, Severino Cavalcanti, 84 anos, avalia que a instituição piorou muito desde sua saída.
“Está muito ruim. Você só ouve piadas”, disse em entrevista à Folha por telefone. “Na minha gestão era porta aberta, todo mundo tinha entrada. Não tinha esse negócio de ‘eu sou o dono do mundo'”.
A referência é ao atual presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusado de US$ 5 milhões em propina por um lobista que faz delação na Operação Lava Jato.
*

Folha – Como o sr. avalia o trabalho da Câmara neste ano?
Severino – Está havendo um certo tumulto. A coisa tem que ser fiscalizada. Quem deve tem que pagar.
O que o sr. acha da atuação de Eduardo Cunha como presidente da Câmara?
Eu achava que ele, no início, estava tentando realmente acertar. Mas agora está tomando umas posições um pouco confusas. Se ele participou, digamos, de alguma coisa danosa, ele tem que pagar também. Não é porque ele é presidente que não vai pagar.
Um delator na Lava Jato afirmou que Cunha lhe exigiu US$ 5 milhões.
Ele tem de provar que realmente não participou disso.
E ele tem condição de continuar a presidir a Câmara?
Se for comprovado que ele recebeu esse dinheiro, não tem condição.
Oferecida a denúncia pelo Ministério Público, ele deveria renunciar?
Se não renunciar, [os demais deputados] deveriam cassar o mandato dele. Se for provado [o recebimento de propina].
O sr. mantém atividades políticas?
Estou com 84 anos. Houve uma denúncia falsa contra mim, de um camarada que queria de qualquer maneira ficar no restaurante [da Câmara dos Deputados]. Está provado que ele é incorreto.
Que imagem a Câmara dos Deputados passa para o Brasil atualmente?
A Câmara tem que mostrar à nação que não compactua com bandalheira.
Piorou a imagem da Câmara?
Ah, está muito ruim; você só ouve piadas.
Comparada com o período em que o sr. presidiu a Casa?
Piorou muito. Na minha gestão, era porta aberta, todo mundo tinha entrada. Não tinha esse negócio de “eu sou o dono do mundo”, não.
Eduardo Cunha é um bom deputado?
Eu acho que ele tem alguma justificativa para chegar aonde chegou. Ele ganhou a eleição contra o PT, numa vitória esmagadora. Ele derrotou o Lula, assim como eu derrotei. Eu saí sozinho e fui eleito presidente da Câmara dos Deputados, numa vitória esmagadora.

22 de julho de 2015 às 8:13

Ex-auxiliar de Lula e Dilma diz que ela não tem credibilidade, que o governo acabou e defende afastamento agora do PMDB [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com qual PMDB o governo Dilma Rousseff está afinado?

Do presidente da Câmara, Eduardo Cunha?

Do presidente do Senado, Renan Calheiros?

Do vice-presidente da República, Michel Temer?

Cunha já rompeu, Renan já é adversário e Temer pré-data o afastamento-traição.

E os outros peemedebistas com cargos no governo federal?

Silêncio mais do que sepulcral nas hostess do partido.

Só tem coragem de falar quem não tem mais cargo, mas que já teve no governo do PT como o ex-ministro, ex-vice-presidente da Caixa e ex-deputado, Geddel Vieira Lima.

No seu twitter, Geddel é explosivo contra o Governo Dilma, a quem serviu, e explode o próprio PMDB quando questiona a qua ala do partido o operador implicado na Lava Jato, Fernando Baiano, teria prestado serviço.

Abaixo uma breve passada pela timeline do baiano.

 
  

  

  

  

  

  

  

 

22 de julho de 2015 às 7:44

Loteria para aposentados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

N’O Globo:

 
Aí quem se aposentar vai poder dizer que ganhou na loteria…(?) 

22 de julho de 2015 às 7:38

Ex-deputada Larissa Rosado comemora aniversário em Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A ex-deputada estadual Larissa Rosado é a aniversariante de hoje.

E comemora com celebração de missa em ação de graças, em Mossoró.

  

22 de julho de 2015 às 6:58

Governo instala Ronda Cidadã no bairro de Mãe Luíza [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A parceria não foi afinada entre Governo do Estado e Prefeitura de Natal, mas é prova de que, quando existe, é para o bem da cidade e da população.

No momento em que a Prefeitura constrói uma praça-escadaria integrando o bairro de Mãe Luíza a Areia Preta, o Governo instala, em Mãr Luíza, o projeto Ronda Cidadã.

Projeto que virou bandeira de campanha do governador, será lançado logo mais às 9 horas em Mãe Luíza, o bairro que hoje se divide entre uma população de famílias de bem, e um grande contingente de pessoas envolvidas em crimes e tráfico de drogas.

O projeto piloto começa com uma unidade móvel, 8 viaturas e 112 policiais.