Thaisa Galvão

23 de julho de 2015 às 23:53

Operador que movimentou mais de 200 milhões em propinas, sacou 70 milhões para distribuição em espécie [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Agência Estado:

Operador de propinas na Petrobras movimentou R$ 220 milhões em 11 anos
Um laudo contábil-financeiro elaborado por peritos criminais da Polícia Federal revela que entre 2003 e 2014 foram movimentados R$ 220 milhões, em valores brutos, na contas de Mário Góes – apontado como operador de propinas na Diretoria de Serviços da Petrobras. Góes está preso em Curitiba, base da investigação da Operação Lava Jato, desde fevereiro.
Análise preliminar dos peritos indicou que a movimentação financeira nas contas de Mário Góes e de empresas ligadas a ele (Riomarine Oil e Gás Engenharia e Empreendimentos LTDA e Mago Consultoria S/C LTDA), se acentuou a partir do biênio 2008/2009. Investigadores da Lava Jato suspeitam que a Riomarine é uma empresa de fachada, usada para ‘esquentar’ dinheiro de propina em contratos frios de consultoria.
Outro ponto que chamou a atenção da PF foi “um porcentual elevado de saques realizados em espécie diretamente pelo caixa do banco e que totalizam valores da ordem de R$ 70 milhões”. “Tal prática é corriqueiramente aplicada em operações voltadas a ocultar ou dissimular os reais beneficiários dos recursos sacados, sobretudo em situações que envolvam o pagamento de vantagens indevidas”, diz o laudo. “Importante salientar que a realização de saques em espécie dificulta, e até inviabiliza, a adequada identificação dos reais beneficiários dos recursos sacados. Entretanto, o que chama a atenção é a realização de saques de elevadas quantias diretamente na ‘boca’ do caixa, onde se exemplificam os saques realizados nas contas investigadas, considerando o valor de corte de R$ 300 mil.”
Os peritos identificaram também que ‘empresas e consórcios ligados aos Grupos Odebrecht e Andrade Gutierrez efetuaram transferências de recursos a crédito da Riomarine Oil e Gás Engenharia e Empreendimentos LTDA’ em um total de R$6.447.160,96 entre 2004 e 2009.
“Com base no material submetido a exames, constatou-se que Mario Frederico de Mendonça Goes é apontado como operador do pagamento de propinas decorrentes de contratos cartelizados firmados entre as empresas/consórcios do Grupo Odebrecht e Andrade Gutierrez. Tais pagamentos teriam sido realizados por meio de contratos fictícios de serviços de consultoria firmados entre as citadas empresas/consórcios e a Riomarine Oil e Gas e Empreendimentos LTDA”, sustenta o laudo.
Segundo o documento, nos documentos apreendidos na sede da Riomarine foram encontrados diversos contratos de prestação de serviços de consultoria. Para a PF, os contratos ‘possuem correspondência fática com a movimentação financeira analisada, revelando a existência de depósitos oriundos das empresas/consórcios formados pelo Grupo Odebrecht e Andrade Gutierrez e que possuem correlação temporal com contratos firmados entre as citadas empresas/consórcios e a Petrobras’.
“A análise empreendida nos documentos juntados aos autos pela empresa Andrade Gutierrez, supostamente comprobatórios das relações comerciais mantidas com a empresa Riomarine Oil e Gás Engenharia e Empreendimentos LTDA, possibilitou constatar que tais documentos não são hábeis para comprovar a efetiva prestação de serviços de consultoria nos anos de 2007 e 2008, revelando que os pagamentos listados na tabela 05 foram realizados sem lastro fático e documental adequado”, diz o laudo pericial.
A Odebrecht e a Andrade Gutierrez negam envolvimento no cartel de empreiteiras que se instalou na Petrobras. As duas empresas, cujos presidentes foram presos na Operação Erga Omnes, 14.º capítulo da Lava Jato, afirmam que nunca pagaram propinas.

23 de julho de 2015 às 23:12

Henrique e Garibaldi tentarão unir PMDB de Mossoró mas candidatura própria em 2016 afastará aliados de 2014 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente do PMDB e ministro do Turismo, Henrique Alves, e o senador Garibaldi Filho, chegam a Mossoró nesta sexta-feira.Vão tentar reunir o PMDB local, que não anda assim tão unido.

Tem PMDB fazendo oposição ao prefeito Francisco José Júnior, como rege a linha do partido, e tem PMDB próximo do prefeito.

Partido dividido, e é isso o que os líderes da legenda vão tentar consertar.

Juntar dividindo, é isso o que o PMDB vai conseguir em Mossoró, onde o partido já tem como pré-candidata à prefeita, a ex-prefeita e filiada ao partido no ano passado, Fafá Rosado.

Fafá preside hoje o PMDB de Mossoró, quer disputar a Prefeitura, tem apoio do senador Garibaldi, mas…

Resta saber se tem o 100% Ok do presidente Henrique.

O ministro do Turismo sabe que, instalando o palanque pró-Fafá em Mossoró, perderá o apoio do grupo da ex-deputada Larissa Rosado, duas vezes derrotada por Fafá.

E se o PMDB já saiu enfraquecido com um palanque furnido no ano passado, que dirá no próximo ano com um palanque rachado.

23 de julho de 2015 às 23:10

PMDB desafina com grupo de Larissa Rosado [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O que se sabe em Mossoró é que o PMDB flerta com a ex-deputada Larissa Rosado, hoje insatisfeita com o seu PSB…ou com o PSB de Wilma de Faria.Seria o PMDB de Henrique, já que o de Garibaldi fechou com a intenção de Fafá Rosado de disputar a Prefeitura.

Mas, para quem flerta, a matéria que foi ao ar na TV Cabugi há três dias, não foi um bom sinal.

A emissora, que tem como sócio o presidente do PMDB Henrique Alves, botou no ar material sobre investigação do Ministério Público que junta a família de Larissa e joga na vala comum da corrupção.

Que a investigação do Ministério Público é notícia, nenhum questionamento, mas que poderia ter sido evitada, claro que sim.

Assim como o jornal de Larissa tem evitado desgastar, no noticiário, o comando do PMDB.

Larissa emitiu notas rebatendo as acusações divulgadas, mas o efeito inicial foi mais forte.

Para quem não viu a reportagem, CLIQUE AQUI 

23 de julho de 2015 às 23:08

Bispo de Mossoró apresentará projeto de santuário a Henrique e Garibaldi [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E nesta sexta-feira, em Mossoró, depois da reunião política, o senador Garibaldi Filho e o ministro Henrique Alves vão se reunir com o bispo de Mossoró, Dom Mariano ManzanaO religioso vai apresentar ao senador e ao ministro, o projeto do Santuário de Santa Luzia.

23 de julho de 2015 às 23:07

Garibaldi receberá título de cidadão de Serrinha dos Pintos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E a sexta-feira do senador terá continuidade depois dos compromissos em Mossoró.Ele vai a Serrinha dos Pintos, onde receberá o título de cidadão do município.

23 de julho de 2015 às 22:59

Bandidos tentam assaltar tenente assessor da Secretaria de Segurança [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No grupo de whats app que faz parte com vários jornalistas, o jornalista e tenente do Corpo de Bombeiros, informou que quase foi vítima de assalto.

Houve uma abordagem quando ele chegava em casa, chegaram a atirar em direção ao seu carro, mas o tiro não atingiu nem ele nem o carro.

O tenente é assessor de imprensa da Secretaria de Segurança do Estado.

23 de julho de 2015 às 22:18

Médico pede segurança para casa que abriga crianças cardiopatas em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente da Associação Amigos do Coração da Criança, o médico Madson Vidal usa o twitter para pedir socorro:

   
   

23 de julho de 2015 às 20:59

Agripino e Rosalba esquecem 2014 e se unem pela volta de Cláudia Regina à Prefeitura de Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No zap-zap e nas redes do rosalbismo, em Mossoró, eis a imagem que mais circulou hoje:

  
E o que significa o “vem aí?”

O grupo da ex-governadora Rosalba Ciarlini trabalha, junto a um grupo de advogados em Mossoró, Natal e Brasília, para reverter, no TSE, as 14 cassações da ex-prefeita Cláudia Regina.

Cassações impostas por juízes em primeiro grau e mantidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte.

Juristas ouvidos pelo Blog apostam na possibilidade do TSE, instância onde estão os processos que afastaram Cláudia da Prefeitura de Mossoró, desmoralizar a justiça eleitoral local.

E em que acarretaria essa provável desmoralização?

Na anulação da eleição suplementar que colocou na Prefeitura de Mossoró, o atual gestor Francisco José Júnior, e na volta de Cláudia ao Palácio da Resistência.

A campanha pela volta de Cláudia traz à tona o encontro, onde acenaram com sinal de pazes, dos ex-rompidos Rosalba Ciarlini e senador José Agripino Maia.

As conversas entre os dois, depois que Agripino impediu, como presidente do DEM, que Rosalba se candidatasse à reeleição, começaram por acaso, em um voo, onde o senador e a ex-governadora sentaram juntos de Brasília a Natal.

Pouco tempo depois, como que, sem marcar – será que foi por acaso? – Rosalba e o marido Carlos Augusto Rosado chegaram ao gabinete de Agripino, no Senado, para uma conversa longa e da qual não vazou o seu real teor.

Agora tudo explicado.

Agripino e Rosalba lutam para reconquistar a segunda prefeitura mais importante do Rio Grande do Norte.

Mais do que necessário para quem precisa de um colégio eleitoral forte para garantir um 2018 mais tranquilo.

Há poucos dias, em entrevista ao Jornal da Noite/95, Agripino declarou que fará o que for possível para reverter, junto à justiça, a inelegibilidade da ex-governadora.

Não falou sobre o que faz para reverter as cassações da prefeita Cláudia, mas também não foi perguntado.

Afinados estão os dois ex-governadores.

E a querela do ano passado, que tirou Rosalba do páreo, já passou.

Na política, tirando os retrovisores das gestões, o que vale é o futuro.

Quem quer saber de passado? 

Ainda mais se no passado…um lado é sombrio…

23 de julho de 2015 às 17:42

Petistas defendem nome de Henrique para o lugar de Temer na articulação política do governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da coluna Expresso, na Época Online:

  
Ricardo Della Coletta

Em conversas reservadas nos últimos dias, senadores do PT defenderam que a Secretaria de Relações Institucionais (SRI) volte a ter um titular e que a função seja entregue ao hoje ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. 

A avaliação é que o rompimento anunciado na semana passada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, vai demandar atenção redobrada para a pauta que tramitará na Casa com a volta do recesso – Alves comandou a Câmara no biênio 2013-14.

O rearranjo também seria uma forma de “amarrar” a base de apoio ao governo diante da grave crise política pela qual o País passa, pois abriria uma vaga na Esplanada para ser entregue a algum partido aliado.

A ideia de restaurar o cargo de ministro-chefe da SRI – antes rechaçada por Temer – já não é totalmente descartada por pessoas próximas ao peemedebista. 

Até pode acontecer, mas o nome que circula no Palácio do Planalto como o mais cotado não é o de Henrique Alves, mas o do ex-vice-governador do Distrito Federal, Tadeu Filippelli, hoje chefe de gabinete da SRI.

23 de julho de 2015 às 15:23

Voo Natal/Cabo Verde que vai facilitar conexões para a Europa será lançado ainda este ano [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador Robinson Faria recebeu há pouco o CEO da companhia Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV), Arik De, para bater o martelo sobre o voo semanal que partirá de Natal com destino à Ilha do Sal (Cabo Verde) a partir de 30 de outubro.

E qual a importância desse voo?

São 3 horas e meia de Natal até a Ilha do Sal, onde a empresa citada tem um hub, o que significa que chegando lá, há voos na sequência para Paris (França), Lisboa (Portugal), Amsterdã (Holanda) e Bérgamo (Itália).

A TACV e o Governo já trabalham as estratégias de divulgação e lançamento do voo. 

Também participaram da reunião o secretário de Turismo, Ruy Gaspar, e a diretora da Emprotur, Ana Maria da Costa.
Foto Demis Roussos

 

“Essa parceria será muito boa para o Estado pois vai atrair mais turistas e, consequentemente, investimentos. Vamos nos unir e definir um plano para divulgar o RN como destino para a Europa”, disse o governador.

23 de julho de 2015 às 14:07

Prefeito Maurício Marques anuncia corte de 25% nos gastos do município de Parnamirim [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, reuniu hoje, pela quarta vez em pouco mais de seis meses, o seu secretariado para discutir sobre cortes de despesas.

Consequência do aumento nos cortes do governo federal, anunciado ontem pelo Palácio do Planalto.
A intenção é adequar os gastos do Município à nova realidade da economia nacional, que tem reflexos tanto na arrecadação quanto nos repasses do governo federal.
Marques anunciou a redução de 25% nos gastos com aluguel de tratores, caçambas e automóveis, serviços terceirizados, vale-alimentação, diárias, horas-extra, energia e telefone. 
Também estão suspensas a todas as licitações para contratação de obras, compra de material de expediente e locação de serviços. 
Coube ao secretário de Tributação, José Jacaúna, apresentar dados mostrando queda de 10,45% na arrecadação do ISS (Imposto Sobre Serviços), e de 9,85% no ITIV (Imposto sobre Transmissão Intervivos).
Para o prefeito, “a situação dos municípios brasileiros é muito grave”, e as medidas de contenção de gastos são necessárias e inadiáveis para garantir a manutenção de programas sociais, das obras de pavimentação em andamento, da abertura da UPA de Nova Esperança, dos programas habitacionais e de projetos inadiáveis como o saneamento básico.
A esperança é que o aumento dos cortes do governo federal anunciado ontem, não venha a prejudicar as obras da terceira fase do esgotamento sanitário, que contempla os bairros de Nova Parnamirim, Emaús e Parque Industrial.
Sobre o programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, a Prefeitura havia retomado a entrega de 492 apartamentos do residencial Ilhas do Atlântico.

“Enquanto o processo do Ilhas do Atlântico avança, a prefeitura trabalha em outra frente para acelerar a entrega do Residencial Ilhas do Caribe, outro empreendimento do Minha Casa, também com 492 apartamentos”, disss Maurício.

Em relação a salários, a Controladoria Geral do Município informou que a queda nos repasses do Fundo de Participação e de outros tributos compartilhados elevou os gastos com pessoal para um patamar acima do limite prudencial previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, mesmo a administração tendo dispensado mais de 300 estagiários e contratados temporários no início do ano. 

Por isso a Prefeitura vai acionar um mecanismo para elevar a arrecadação própria: vai mandar para o cartório de protestos os certificados da dívida ativa dos 100 maiores devedores. 

Hoje, a dívida ativa do município chega a R$ 288 milhões

23 de julho de 2015 às 8:29

Júlio Protásio disse que votou em Henrique mas não é adversário de Robinson [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Júlio Protásio disse há pouco na 94FM que votou no candidato Henrique Alves na eleição passada, mas não se sente adversário do governador Robinson Faria.

Protásio disse que hoje terá audiência com a secretária de Segurança do Estado, Kalina Leite, e levará com ele uma comissãonde moradores dos bairro Jiqui e Pirangi que vão pedir mais policiamento para a região que vem registrando muitos assaltos.

23 de julho de 2015 às 8:02

Para o vereador Júlio Protásio, ‘adesão’ do PMDB pode levar PSB a disputar a Prefeitura de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na 94FM agora há pouco, o vereador Júlio Protásio (PSB) disse que o seu partido, que hoje ocupa a vice-prefeitura de Natal, trabalha para manter a participação na gestão numa possível reeleição do prefeito Carlos Eduardo.

Mas, Protásio disse que o prefeito recebeu a “adesão” do PMDB, um partido que tem ministro, senador, deputado, e que deverá indicar o vice de Carlos Eduardo.

E que o PSB, mesmo trabalhando para manter a parceria, discute possibilidades, tanto de fortalecer bancada na Câmara quanto de disputar a Prefeitura.

Aí eu pergunto aqui…

Quem, do PMDB, seria hoje o vice de Carlos Eduardo?

De cara o nome que vem à tona é o do deputado Hermano Morais, que foi candidato a prefeito na eleição passada.

O problema é que Hermano foi adversário de Carlos – os dois foram para o 2º turno – e o clima da eleição terminou dos piores, com o prefeito botando o dedo na cara de Hermano.

Sabe aquela imagem que marca?

 
Pois é exatamente essa imagem que pode atrapalhar uma provável chapa juntando os dois ex-adversários.

Então, quem seria o vice indicado pelo PMDB?

Na lista para escolha: os deputados Nelter Queiroz e Álvaro Dias, com bases no Seridó ou o deputado Gustavo Fernandes, com base no Oeste? O deputado Ezequiel Ferreira, com mandato de presidente da Assembleia até 2018, está fora.

Ainda na lista, no âmbito municipal, os vereadores Bertone Marinho? Ubaldo Fernandes? Primo de Carlos Eduardo, o vereador Felipe Alves estaria fora.

Na lista do PMDB constam ainda nomes fortes e interessantes, mas que eu não apostaria que iriam para uma vaga de vice, como os ex-senadores Fernando Bezerra e Geraldo Melo.

Então, com Wilma fora da chapa, e o PMDB na bola da vez, quem seria o futuro parceiro do prefeito Carlos Eduardo?

É exatamente analisando esse cenário que, dentro do próprio PSB, há quem diga que muito tem se defendido a manutenção da aliança com o prefeito, mas, se tem corrido por fora com a possibilidade do partido ter candidato a prefeito da capital no próximo ano.

E falta de nome não parece ser problema para o partido, que tem como cartas na manga a própria vice, que foi prefeita de Natal por três mandatos e governadora do Rio Grande do Norte por dois, e a vereadora Júlia Arruda, no segundo mandato no legislativo, mas, visto como um nome novo. ‘Oxigenado’, como gostam de falar os políticos da hora.

23 de julho de 2015 às 0:35

Costureira Gorete Aprígio lembra aniversário da mãe que já morreu com bolo e convidados no cemitério de Acari [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Inusitado.

Assim que se pode definir um aniversário que chamou atenção da cidade, nesta quarta-feira (22), na cidade de Acari”.

Costureira que durante anos assinou as camisas do prefeito, governador… josé Agripino Maia, a roupa das solenidades de posse da governadora Rosalba Ciarlini…Gorete Aprígio, hoje com 62 anos, convidou parentes e amigos para o aniversário da mãe, também costureira, Maria Aprígio.

O inusitado é que Maria Aprígio, que completaria 87 anos, já morreu.

E por causa desse detalhe, a festa de aniversário, com bolo e convidados, aconteceu no cemitério de Acari.

“Pra mim, a minha mãe não morreu, eu fui que morri pela metade. Eu sempre venho ao cemitério conversar com ela” disse Gorete.

*Com informações e fotos de Nelder Medeiros

VÍDEO Clique Aqui e assista ao vídeo do blog Acari Fatos e Fotos