Thaisa Galvão

6 de agosto de 2015 às 21:51

Ajude a encontrar a cadelinha Lili desaparecida hoje em Caicó [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sumiu agora à noite, em Caicó, essa cadelinha da raça pinscher, chamada Lili.

  
Ela fugiu de casa, próximo à Praça do Rosário.

De lá seguiu para a casa onde morou e onde hoje funciona o Creas, próximo ao INSS. E desapareceu.

Quem tiver visto Lili ligue para os números (84) 99900-2648 (Lucinha Gregório) e 99992-0078. 

Lili é a cadelinha do jornalista Heitor Gregório e faz parte da família.

ATUALIZANDO: A cadela Lili foi encontrada.

6 de agosto de 2015 às 20:32

Grupo LATAM divulga nova logomarca da empresa aérea [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Grupo Latam, que reúne as empresas aéreas chilena LAN e brasileira TAM, está enviando comunicado aos clientes anunciando que a partir de 2016  – a data ainda será comunicada  – o Grupo LATAM Airlines e suas filiais se tornarão uma única marca: LATAM.

O comunicado diz que em breve as mudanças já estarão no ar e poderão ser vistas gradualmente em espaços físicos, aviões, lojas, plataformas digitais, uniformes…

Quanto aos programas TAM Fidelidade e LANPASS, eles se manterão separados durante este período de transição.
No comunicado enviado pelo ‘Chief Marketing Officer LATAM Airlines Group’, Jerome Cadier, os clientes receberam a nova marcacda LATAM.

  

6 de agosto de 2015 às 18:01

Apesar de não ter sido apontado como articulador de movimento do MST, diretor da Emater isenta órgão de participação [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Apesar do Blog não ter dito que partiu da Emater a articulação para que o MST interditasse o acesso ao aeroporto de São Gonçalo, mas que partiu de dentro do governo, a Emater enviou e-mail…
Afirmando que, “de maneira alguma, está associada a um possível conluio para articular a mobilização realizada pelo Movimento dos Sem Terra (MST), na última segunda-feira (3), que fechou durante oito horas os acessos ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves e gerou enormes prejuízos aos trabalhadores, passageiros, à economia do estado, entre outros danos”.

Mas o Blog não disse que a articulação partiu da Emater, mesmo tendo dito que a intenção de “pessoas de dentro do governo”, era passar o comando das negociações com o MST para a Emater.

Na nota assinada pelo diretor geral da Emater, César Oliveira, é explicado que o protesto realizado no Rio Grande do Norte fez parte de uma mobilização nacional, repetida inclusive em Brasília. 

A nota do Blog referia-se especificamente à interdição do acesso ao aeroporto.

O que não ocorreu em nenhum outro estado.

O diretor César Oliveira diz ainda na nota que garante que a única relação entre a Emater-RN e o evento se resume ao fato de a instituição ter sido designada pelo governador Robinson Faria para acompanhar o encaminhamento da pauta de reivindicações do movimento, em nível local, junto a outras secretarias de Estado.

6 de agosto de 2015 às 17:45

PT evita falar em corrupção no programa que exibirá logo mais às 20h30 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para garantir audiência, já que na hora que estiver sendo veiculado em cadeia de TV, as atenções se voltarão para o panelaço programado para vários estados, o programa eleitoral do PT já foi postado nas redes sociais do partido, se espalhando aos poucos para os grupos e redes.

O programa pra lá de bem feito, e certamente muito caro, faz cara de paisagem para a corrupção.

Com o fundador José Dirceu e muitos aliados importantes atrás das grades, o programa não deu a mínima para o programa que hoje aflige a população brasileira: a corrupção.

Nem de longe fala no assunto.

Enquanto o programa do Partido dos Trabalhadores apresenta investimentos e ações que representam milhões, bilhões e trilhões, o Brasil assiste ao noticiário falando em milhões, bilhões e trilhões sendo roubados.

E sobre o panelaço de hoje, a peça de marketing tenta mostrar que panelaço mesmo foi o que os governos do PT fizeram, enchendo as panelas dos brasileiros de comida.

Mas o programa evitou falar da inflação, que tira a comida das panelas da população.

O programa do PT vai ao ar às 20h30, mas você pode assistir CLICANDO AQUI

  

6 de agosto de 2015 às 17:17

Grupo que comanda criação do Partido Liberal apresentará novos números na próxima semana [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sem as 500 mil assinaturas de eleitores manifestando apoio à sua criação, o PL, novo partido, foi rejeitado hoje pelo Tribunal Superior Eleitoral.

O TSE calculou as assinaturas em cima de informações não atualizadas.

O grupo do ministro Gilberto Kassab garante que os números não são estes, e que até a próxima semana a exigência da justiça eleitoral será cumprida e a nova legenda deve apresentar todas as assinaturas necessárias para seu registro.

No Rio Grande do Norte o Partido Liberal será comandado pelo grupo político do goverernador Robinson Faria.

6 de agosto de 2015 às 16:50

Reiko: equipadora alemã é inaugurada hoje em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em pleno tempo em que só se fala em crise, a alemã Reiko, equipadora de automóveis, se instala em Natal.

Criada em Stuttgart em 1998, tendo chegado ao Brasil em 2004, a Reiko é focada na otimização de softwares que controlam o trem de força dos veículos, motor, câmbio, difetencial..

Trabaho conhecido também como remapeamento eletrônico, chip de potência.

Em Natal a Reiko está sendo inaugurada hoje, das 17h às 21h, na avenida Amintas Barros, próximo à rotatória da rua Tororós.

6 de agosto de 2015 às 13:23

Assassinado o assassino do empresário Paulo Ubarana [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O espanhol Anxo Anthon, que matou o empresário natalense Paulo Ubarana, foi assassinado hoje.

Ele estava numa rua no bairro de Jardim Lola, em São Gonçalo do Amarante.

6 de agosto de 2015 às 11:14

MST e o fogo amigo no governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da onda de fogo amigo…

Dentro do governo o que se diz é que o movimento do MST que interditou o acesso ao aeroporto de São Gonçalo essa semana, foi articulado dentro do próprio governo, com a intenção de que o governador Robinson Faria convocasse o movimento para rediscutir pendências.

Entregar o comando das negociações a Emater, como fez o governador, também estava dentro da linha arquitetada.

Uma rasteira no governador…que seguindo a linha de bem intencionado, não alcançou o tamanho da labareda ali do seu lado.

6 de agosto de 2015 às 11:03

Deputado Nelter Queiroz apresenta ao governador Robinson Faria, sugestão para equilibrar contas do Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Partiu do deputado do PMDB, Nelter Queiroz, sugestão encaminhada ao governador Robinson Faria para manter o pagamento do funcionalismo público em dia e ainda utilizar dinheiro em serviços essenciais.

O Blog conversou com o deputado que explicou sua sugestão.

Nelter Queiroz – Eu sugeri ao governador e ao plenário da Assembleia Legislativa agora recentemente, que os recursos que tem no Ipern, o governo use esses recursos para pagar aos inativos, aposentados e pensionostas, e o governo evite de repassar o total do valor que todo mês é repassado do Ipern, que é 85 milhões. E esse dinheiro ser usado para segurança pública, para a saúde, para a recuperação das estradas que não dá mais para aguentar do jeito que está. O governo vai usar o dinheiro dos inativos que está lá no Ipern para pagar aos inativos.
Thaisa Galvão – Então o governo continuaria usando o fundo previdenciário, é isso?

Nelter Queiroz – Ele evitaria de repassar recursos que todo mês repassa, obrigado por lei, que é um total de 85 milhões por mês, e esses 85 milhões ele evita de repassar para o Ipern, e esses 85 milhões ele mostre ao povo transparentemente como está usando.
Thaisa Galvão – Esse dinheiro do fundo não corre risco de acabar? Às vezes a própria Assembleia, alguns deputados criticam o governo por estar usando o fundo.

Nelter Queiroz – O fundo estaria sendo usado para o seu fim, que são os aposentados.
Thaisa Galvão – Nessa sua proposta.

Nelter Queiroz – Nessa minha proposta, ele usa para pagar aos aposentados e pensionistas e evita de repassar mais recursos para aumentar esse fundo. Isso enquanto chega o final do ano porque a crise está estourando, vai piorar cada vez mais, o estado de Pernambuco que era o estado mais organizado está atrasando o pagamento do funcionalismo, outros estados também, e com o estado do Rio Grande do Norte não pode acontecer isso. Ele tem que ter o equilíbrio financeiro e evitar suspender; a lei permite, a que nós aprovamos aqui em dezembro do ano passado, permite que ele use o dinheiro, evite de repassar para o fundo, e use esse dinheiro para obras essenciais do momento, e use o dinheiro dos inativos para pagar aos inativos.
Thaisa Galvão – Como o governador recebeu essa sugestão?

Nelter Queiroz – Ele ouviu essa minha opinião, chamou o secretário de Planejamento Gustavo Nogueira para ouvir e vai ser discutido. Não há outro segredo, não tem milagre, não há milagre.

6 de agosto de 2015 às 10:27

Henrique não aprovou sugestão de Nelter para governo manter pagamento do funcionalismo em dia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quem conversa com o deputado Nelter Queiroz ou com pessoas próximas a ele fica com uma dúvida:

O deputado é mesmo do PMDB?

É marca já conhecida de Nelter que ele costuma atender aos seus eleitores, sempre com o propósito de que tem obrigação de trabalhar pelo povo.

O presidente do PMDB, Henrique Alves não tem gostado nadinha da postura de Nelter que ofereceu sugestão ao governador Robinson Faria para manter em dia o pagamento do funcionalismo.

Nelter não tem dado ouvidos.

Tem dito que gosta de ouvir o povo.

6 de agosto de 2015 às 9:58

Fecha a bodega: em discurso na tribuna do Senado, Collor chama procurador Rodrigo Janot de filho da puta [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha

Da tribuna do Senado, Collor chama o procurador-geral de ‘filho da puta’

Investigado pela Lava Jato, o ex-presidente e senador Fernando Collor (PTB-AL), xingou nesta quarta-feira (5) o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de “filho da puta” durante o pronunciamento que fez na tribuna do Senado para se defender das acusações de que um grupo ligado a ele teria recebido R$ 26 milhões em propina do esquema de corrupção da Petrobras.
No momento em que explicava que a apreensão de três carros de luxo em sua casa em julho fazia parte do que chamou de “espetáculo midiático” e que os carros foram comprados com dinheiro lícito, Collor sussurrou o xingamento.
“As empresas têm contrato social, estão devidamente registradas na junta comercial, tem suas atividades de acordo com o que define a legislação. Se existem parcelas em atraso é uma questão comercial que diz respeito a mim e ao credor, não podendo em tempo algum, sob o risco de uma grave penalização judicial a quem afirma, que tal atrasos se devem a recursos escusos. Afirmações caluniosas e infames. Filho da puta”, disse.

Os investigadores justificam que os carros podem ser produto de crime. Além disso, os automóveis estão em nome de empresas, portanto, ele não teria a legitimidade direta para requerer a devolução. Uma das empresas, a Água Branca, tem Collor como sócio.
Durante o discurso, Collor acusou o Janot, que concorre à reeleição ao cargo, de usar o vazamento seletivo de informações sigilosas da investigação como parte de uma “estratégia ardilosa” para permanecer no posto.
“Querem me trazer como personagem, embora involuntário de minha parte, de uma campanha eleitoral que está se desenrolando e será concluída hoje”, disse.
Janot foi o mais votado nesta quarta-feira (5) pelos procuradores para permanecer no cargo por mais dois anos.
A eleição representou uma demonstração de força de Janot, que tem sido criticado e alvo de promessas de retaliações de congressistas diante dos desdobramentos das investigações de políticos no esquema de corrupção da Petrobras.
Janot recebeu 799 votos, 288 votos a mais do que em sua votação na eleição organizada pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República) em 2013 e que lhe garantiu sua indicação à Presidência para o posto.
A lista será encaminhada nos próximos dias à presidente Dilma Rousseff, que deve indicar ao Congresso quem assumirá o cargo. Ela não é obrigada a escolher os nomes sugeridos pela associação, mas esta é a tradição desde o governo Lula. A expectativa é de que Dilma opte pela recondução de Janot.
O nome escolhido por Dilma terá ainda que passar por uma sabatina e votação na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado e, se aprovada, segue para análise do plenário da Casa. Dos 27 titulares da comissão, oito são investigados por suposta participação no esquema de corrupção da Petrobras.
Se o indicado receber aval da CCJ, ele terá que passar por nova votação secreta no plenário, precisando pelo menos de 41 votos.

VÍDEO Clique Aqui e veja o trecho do discurso em que Collor “elogia” Janot

  

6 de agosto de 2015 às 8:46

Gari tiete [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Momento tiete do senador Garibaldi Filho.

Depois da sessão especial do Senado que comemorou os 50 anos da TV Globo, Garibaldi conversou com os atores Francisco Cuoco e Malu Mader. 

  

6 de agosto de 2015 às 8:34

Natalenses farão panelaço na rua hoje durante veiculação do programa do PT [0] Comentários | Deixe seu comentário.

É hoje que o programa eleitoral do PT irá ao ar em cadeia de televisão.

E por falar em cadeia, a prisão do ex-ministro José Dirceu, deu gás à população brasileira insatisfeita com o governo e com a corrupção.

Portanto, já está programado um panelaço pelo país afora.

Em Natal está programado um manifesto com direito a panelaço, em frente ao Portugal Center.

O grupo está se organizando pelas redes sociais para chegar ao local por volta das 19 horas.

Além do panelaço o grupo vai convocar a população para o protesto naciona do dia 16, contra o governo do PT. 

O panelaço de hoje terá início às 20h30 e se manterá por 10 minutos consecutivos.

 

6 de agosto de 2015 às 8:24

Dilma é a presidente mais impopular do Brasil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:

Reprovação de Dilma cresce e supera a de Collor em 1992

ALEXANDRE ARAGÃO

Com 71% de reprovação, a presidente Dilma Rousseff (PT) superou as piores taxas registradas por Fernando Collor (1990-92) no cargo às vésperas de sofrer um processo de impeachment, mostra pesquisa Datafolha feita entre terça e esta quarta-feira (5).
No levantamento anterior, realizado na terceira semana de junho, 65% dos entrevistados viam o governo Dilma como ruim ou péssimo.
O grupo dos que consideram a atuação da petista ótima ou boa variou para baixo, dentro da margem de erro de dois pontos percentuais. Em junho, 10% dos consultados pelo Datafolha mantinham essa opinião. Agora, são 8%.

O cenário piorou para a presidente Dilma também no que diz respeito a um eventual pedido de impeachment.
Questionados se o Congresso deveria abrir um procedimento formal de afastamento, 66% dos entrevistados disseram que sim. No levantamento anterior, realizado em abril, eram 63%.

Também aumentou a quantidade de pessoas que acham que ela será retirada do cargo, independentemente de suas opiniões sobre um eventual processo de impeachment. Em abril, 29% diziam que a presidente seria

afastada do Planalto. Agora, 38% disseram achar que Dilma sofrerá um impeachment.
Os números registrados pelo Datafolha na pesquisa desta semana são os piores desde que o instituto iniciou a série de pesquisas em âmbito nacional, em 1990, no governo Fernando Collor.
O atual senador pelo PTB-AL, investigado na Lava Jato, era até agora o recordista de impopularidade na série do Datafolha, com 9% de aprovação e 68% de reprovação na véspera de seu impeachment, em setembro de 1992.
Dilma, dessa forma, passa a ser a presidente com a pior taxa de popularidade entre todos os eleitos diretamente desde a redemocratização.
As pesquisas Datafolha do período do governo José Sarney (1985-1990) eram feitas em dez capitais. Incomparáveis, portanto, com as seguintes. Nesse universo, Sarney registrou 68% de reprovação em seu pior momento, em meio à superinflação.

REGIÕES

A reprovação à presidente Dilma Rousseff é homogênea em relação às regiões do país, com índices em patamares semelhantes em todas elas.
Nos locais em que seu partido, o PT, costuma ter mais reprovação, a presidente registrou taxas levemente piores. A maior taxa de reprovação foi registrada na região Centro-Oeste, 77%. No Sudeste e no Sul, 73% dos entrevistados disseram que o governo é ruim ou péssimo.
Mesmo no Nordeste, região do país onde o PT costuma ter melhor desempenho eleitoral, a aprovação de Dilma é baixa. Apenas 10% dos consultados pelo Datafolha afirmaram que o governo é ótimo ou bom. Outros 66% entendem que a administração é ruim ou péssima.
As taxas apuradas pelo Datafolha em relação à questão do impeachment também são consistentes independentemente da região do país.
No Centro-Oeste, 74% acreditam que o Congresso deveria fazer tramitar um pedido de afastamento. Sul e Sudeste registram 65%. No Nordeste, o percentual é maior, porém dentro da margem de erro, com 67%.
Também não há diferença relevante em relação a idade ou o sexo dos entrevistados. Os resultados tanto entre homens como entre mulheres repetem o percentual de reprovação geral, de 71%.
Dilma tem reprovação levemente inferior entre pessoas com mais de 60 anos (68%). Os resultados das outras faixas etárias variam pouco, sempre dentro da margem de erro.
O Datafolha entrevistou 3.358 pessoas com 16 anos ou mais em 201 municípios nas cinco regiões do país.
A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
O nível de confiança do levantamento é de 95% –se fossem realizadas 100 pesquisas com a mesma metodologia, os resultados estariam dentro da margem de erro em 95 ocasiões.

6 de agosto de 2015 às 7:52

Partido do prefeito Carlos Eduardo deixa base da presidente Dilma  [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Além da crise, onde o Palácio do Planalto tem cortado repasses e mais repasses para estados e municípios, o prefeito Carlos Eduardo terá um problema a mais em relação a ações da gestão que dependam de dinheiro federal.

O PDT, partido do prefeito de Natal, rompeu com o Planalto e agora não faz mais parte da base aliada da presidente Dilma.

O rompimento pode causar um atropelo para a campanha de reeleição de Carlos Eduardo.

Ou não.

Essa parte vai depender do que tiver sido apurado na Lava Jato até o próximo ano e de como a economia do país se comportar. Ou seja, vai depender do que sobrar.

Se seguir como está, aliando a tudo isso a impopularidade recorde da presidente Dilma, melhor mesmo será disputar uma eleição totalmente descolado do governo federal.

O efeito inicial do rompimento, em se tratando de eleições do próximo ano, é a separação de Carlos Eduardo como candidato da oposição ao Planato, e o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) como candidato  do Planalto.

6 de agosto de 2015 às 7:40

Robinson recebe representantes de categorias que estão acampadas no Centro Administrativo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Representantes dos agentes penitenciários, dos bombeiros e dos policiais militares, que estão acampadas em frente à Governadoria, foram recebidos pelo governador Robinson Faria nesta quarta-feira.

Com os agentes penitenciários foi acertada a criação de uma comissão formada por membros das secretarias de Justiça e Administração, além de um representante do próprio sindicato, para elaborar um estatuto para a categoria. 

Com os bombeiros e policiais militares, foi mantido o compromisso de apresentar no dia 17 a análise do impacto que o ajuste dos níveis do subsídio, a remuneração de acordo com a graduação e promoção ex-ofício causaria nas contas estaduais. 
“Os pleitos são pertinentes. Agora, tem que ver até onde o Governo pode cumpri-los, sem, por exemplo, prejudicar os próprios servidores com o atraso de salários. Sou contra essa queda de braço. Estamos em uma democracia e o diálogo deve vencer”, disse o governador.
Fotos Fernanda Andrade 

 

6 de agosto de 2015 às 7:06

Conferência de Assistência Social será realizada amanhã em Parnamirim [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Secretaria de Assistência Social de Parnamirim vai promove amanhã, 7, na UNP Parnamirim, das 8h às 18h, a VI Conferência da Assistência Social, com o tema “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2026”.
O Sistema Único de Assistência Social – SUAS, completa este ano uma década de existência e sua principal função é proporcionar o acesso da população aos direitos sócio-assistenciais, e fortalecer e ampliar políticas nacionais que reconheçam direitos àqueles que vivem em situações de maior vulnerabilidade.
A implementação do Sistema Público resulta da decisão política que prioriza a atenção às populações mais vulneráveis almejando a construção de uma sociedade mais igualitária e de adoção de um modelo de desenvolvimento econômico mais inclusivo.

6 de agosto de 2015 às 0:15

Estado fará concurso para professores de 4 disciplinas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou que vai realizar concurso para 167 professores de Matemática, Química, Física e Espanhol. 

O concurso é necessário porque não há mais professores remanescente para essas disciplinas nos últimos concursos realizados.

O Governo também fará este ano um novo concurso público para o cargo de professor efetivo para atender às demandas do quadro a partir de 2016. Essas vagas não irão interferir na Lei de Responsabilidade Fiscal do Estado porque serão para substituir os professores aposentados e falecidos.