Thaisa Galvão

1 de setembro de 2015 às 21:21

Fundador do PT que pediu impeachment de Dilma disse que ela prometeu ‘fazer o diabo para se eleger e está aí o resultado’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Época/Expresso

Fundador do PT diz que Dilma é incapaz de governar

Para Hélio Bicudo, este é o momento propício para deflagrar a consciência do brasileiro

NONATO VIEGAS

  
O jurista Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT, entrou nesta terça-feira (1º) com um pedido de impeachment na Câmara dos Deputados contra a presidente Dilma Rousseff. 

Em entrevista a EXPRESSO, ele disse: “Ela (Dilma) é incapaz de governar. Por isso, não dá para esperar”.
Bicudo afirmou ter entrado com o pedido porque a classe política é “inoperante”. Diz, ainda, que o Brasil vive momento único. “O clima é propício para deflagrar a consciência brasileira para a questão política. O país passa por uma crise moral”. Abaixo, os principais trechos da entrevista: 
EXPRESSO – Por que o sr. decidiu apresentar o pedido de impeachment somente hoje?

Bicudo – Porque as autoridades políticas não se mexem e, aí, a gente tem de suprir a inoperância, essa parte negativa da política brasileira.
EXPRESSO- Não quis esperar uma decisão do TSE, do TCU?

Bicudo – Meu pedido não foi ao TSE nem ao TCU. Eu confio tanto no TCU quando eu confio na falta de habilidade das instituições em geral.
EXPRESSO – Qual o principal argumento para não se esperar o fim do mandato da presidente?

Bicudo – É a incapacidade do governo da Dilma. Ela cometeu uma série de atuações que podem ser consideras crimes eleitorais. Por isso, não dá para esperar. Eu tomei esta atitude porque a política está enrolada, ninguém faz nada, então, resolvi jogar em frente, para ver se sai alguma coisa.
EXPRESSO – O PSDB é vacilante na defesa do impeachment. E, como ele, outros partidos. Não é porque seria ruim para o país a retirada da presidente agora?

Bicudo – Esse é o argumento de quem não quer atuar. É ruim por quê?
EXPRESSO – A economia…

Bicudo – Eu respondo para você: então vamos deixar como está? Esse argumento é o daqueles que não querem fazer nada e usam o discurso para disfarçar sua inoperância. Dizem: “Não é o momento, não é a ocasião.” Sempre é a ocasião, sempre é o momento.
EXPRESSO – Vivemos outros momentos em que presidentes foram pressionados a deixar o poder ou até sofreram impeachment. Hoje, dá comparar o clima e a crise política como os de 1992, por exemplo, ou 1954 ou 1964?

Bicudo – Cada momento histórico tem suas especificidades. Hoje, vivemos um momento que é propício para deflagrar a consciência brasileira para a questão política. Não vejo mal algum em você utilizar os mecanismos democráticos para remover aqueles que não estão governando o país, quando foram eleitos para administrar.
EXPRESSO – E quem entraria no lugar da presidente Dilma?                                                                                                                     

Bicudo – A gente tem que partir para uma nova eleição.
EXPRESSO – Mas aí sai o vice Michel Temer.

Bicudo – Quando há crime eleitoral, sai a chapa. Tem de se apagar o que está aí e realizar uma eleição nova.
EXPRESSO – Afirmam que isso é golpe.

Bicudo – Sempre vai se dizer isso. Está escrito na Constituição. Não defendo que se faça nada além ou aquém do que a Constituição estabelece. Afirmar que é golpe é a maneira (que se tem) de não agir.
EXPRESSO – A tese de uma nova eleição é defendida pelo presidente do PSDB, Aécio Neves, porque o favorece.

Bicudo – Sempre vão dizer isso. Eleições não favorecem A, B ou C. Eleições favorecem quem está disposto a lutar pela democracia, pelos interesses do país, acima dos interesses partidários. O país vive uma crise moral, que abrange a crise econômica, a crise política. Estamos precisando de uma sacudidela para ver se aparecem novas lideranças, divorciadas do sistema atual.
EXPRESSO – Mas não tem um ano que passamos por uma eleição.

Bicudo – A Dilma mesmo disse: “Vou fazer o diabo para ser eleita, farei o que for preciso”. Ela fez. E está aí o resultado. Ninguém tem que fazer o diabo para se eleger. Tem que mostrar o que é e o que pretende fazer. Isto, de fazer o diabo, já mostra que não tem estrutura para disputar uma eleição.
EXPRESSO – O senhor deixou o PT há uma década, mas consegue ver ainda o partido que ajudou a criar?

Bicudo – O partido deixou de buscar os interesses da nação, para buscar os interesses partidários ou pessoais. Por isso deixei o partido. E é isso que vejo.

1 de setembro de 2015 às 19:12

95FM: Secretário de Justiça Edilson França diz que presos considerados mais perigosos serão transferidos para outros estados [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O secretário de Justiça do Estado, Edílson França, deu entrevista agora ao Jornal da Noite/95.

Falou sobre as transferências de presos, onde foram separados líderes de facções, e disse que ainda essa semana terá como informar quantos e quais presos, os mais perigosos, deixarão os presídios do Rio Grande do Norte para os de outros estados.

Acompanhe a entrevista:

1 de setembro de 2015 às 18:02

Citado na Lava Jato, presidente do Senado, Renan Calheiros, presta depoimento à Polícia Federal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Época Online

TEMPO

Renan Calheiros presta depoimento à Polícia Federal

Presidente do Senado foi ouvido reservadamente na sede da PF em Brasília. Respondeu a todas as perguntas envolvendo a Lava Jato

ALANA RIZZO

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), foi ouvido nesta segunda-feira (1º) na sede da Polícia Federal (PF), em Brasília, no inquérito-mãe da Operação Lava Jato. O depoimento durou 1h30m e Renan respondeu a todas as perguntas. 
Inicialmente, Renan não queria depor na polícia. Ele chegou a protocolar nos autos pedido para ser ouvido no Senado, argumentando prerrogativa de foro, mas a PF foi contra. Para não alongar o debate, o presidente do Senado compareceu, então, reservadamente, à sede da PF. A polícia não se manifestou sobre o caso.

Renan foi citado no âmbito da Lava Jato pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que disse em depoimento que o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE), ligado ao presidente do Senado, participou de reuniões com empreiteiros para tratar de valores de propinas obtidas em contratos com a Petrobras. Procurada, a assessoria de Renan ainda não se pronunciou. 

  

1 de setembro de 2015 às 17:57

Jurista Hélio Bicudo, amigo de Lula e fundador do PT, pede impeachment da presidente Dilma [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha Online:

Fundador do PT apresenta pedido de impeachment de Dilma Rousseff

GUSTAVO URIBE

DÉBORA ÁLVARES

  
Fundador do PT, o advogado paulista Hélio Bicudo, 93, apresentou nesta terça-feira (1º) à Câmara dos Deputados pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT).

O documento é endereçado ao presidente da Casa Legislativa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e foi protocolado no início desta tarde pela filha do jurista, Maria Lúcia Bicudo, e pela advogada Janaina Paschoal, que também subscreve o pedido.

Por conta de sua idade e de seu estado de saúde, o advogado não participou da entrega do documento. Em 2010, ele sofreu um um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e permaneceu internado na capital paulista.

Segundo a filha de Bicudo, a iniciativa partiu do próprio advogado e não tem relação nem com partidos políticos nem com movimentos favoráveis ao impeachment da presidente.

Na carta, o fundador do PT afirma que o país está “mergulhado em profunda crise” e que a atual situação econômica é, na verdade, uma crise moral.

Ele argumenta que a presidente cometeu crime de responsabilidade e elenca, entre outros motivos para o seu afastamento, as chamadas “pedaladas fiscais”, manobras do governo federal para adiar pagamentos e usar bancos públicos para cobrir as dívidas.

“Houve uma maquiagem deliberadamente orientada a passar para a nação (e também aos investidores internacionais) a sensação de que o Brasil estaria economicamente saudável e, portanto, teria condições de manter os programas em favor das classes mais vulneráveis”, disse.

O documento também cita a Operação Lava Jato e a compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras e diz que, pela Polícia Federal ter investigado pessoas próximas à presidente, houve a desconstrução de sua “aura de profissional competente e ilibada, criada por marqueteiros muito bem pagos”.

Ele ainda lembra de pedido do vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, à Procuradoria-Geral da República para que apure eventuais crimes que possam motivar uma ação penal pública.

“O Tribunal Superior Eleitoral, em longo e minucioso processo, tem apurado inúmeras fraudes, verdadeiros estelionatos, encetados para garantir a reeleição da Presidente da República, tendo o ministro Gilmar Mendes aduzido que, se soubesse, anteriormente, do que sabe na atualidade, não estariam aprovadas as contas de campanha”, afirma.

Segundo ele, diante dos fatos apresentados, é reforçado o entendimento de que a presidente “agiu com dolo” pelo fato de ela “sempre se mostrar muito consciente de todas as questões afetas ao setor de energia, bem como aquelas relacionadas à área econômica e financeira”.

“Resta também imperioso que se tenha nítido que, em nenhuma medida, considerar a possibilidade de impeachment representa golpe. Muito ao contrário, o que uma verdadeira República não pode admitir é que o governante lance mão de todo tipo de desmando, até com o fim de garantir sua reeleição, ficando blindado à devida ação dos demais poderes”, conclui.

No PT, o advogado foi deputado federal (1991-1994) e vice-prefeito de São Paulo no mandato da atual senadora Marta Suplicy (sem partido-SP).

1 de setembro de 2015 às 17:03

Vereador Maurício Gurgel diz que manterá independência e não se filiará a partido da base do prefeito Carlos Eduardo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Maurício Gurgel, ex-presidente do diretório Natal do PHS, está licenciado da Câmara.Para um mandato de 40 dias, assumiu hoje o suplente Breno Camacho.

Nesse período de pouco mais de um mês, vai comversar muito com seu grupo para definir a próxima filiação, que lhe garantirá legenda para disputar reeleição no ano que vem.

Ao Blog, Maurício disse hoje que recebeu convites de 10 ou 12 partidos.

Não quis citar quais estão sendo avaliados. Só adiantou para quais partidos não poderá migrar.

“Hoje faço parte de uma bancada independente, da oposição, jamais vou escolher um partido da base aliada do prefeito Carlos Eduardo. A gente tem que seguir nossa linha de coerência e ver realmente com nosso grupo, dentre os convites que recebemos, onde nossa linha se encaixa”.

1 de setembro de 2015 às 17:00

Vereador diz que PHS estadual criou resolução específica para lhe tirar legenda [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em entrevista ao Blog, o vereador Maurício Gurgel disse que não procede a história de que ele teria se licenciado para dar lugar ao suplente e só assim receber do partido a liberação para se desfiliar.”Eu tenho um documento do partido desde julho me liberando”, disse Gurgel, que disse ter sido destituído do cargo de presidente do diretório municipal porque não apoiou a candidatura de Henrique Alves ao governo do Estado.

“Fui destituído da Municipal sem ser avisado, em junho. Tô tranquilo, só acho que podiam ter me avisado antes, me deixaram com pouco tempo pra eu fazer um planejamento. Jamais irei dicar num lugar que eu não tenha legenda”

Ele citou o que disse a resolução que o obrigou a deixar o PHS.

“O mandatário que não cumpriu com as deliberações da convenção eleitoral de 2014, não terá direito à legenda no PHS para as próximas eleições de 2016”.

Segundo Gurgel, a convenção deliberou pelo apoio a Henrique.

“O PHS, sem discussão, foi lá e fechou apoio a Henrique. Sem escutar os mandatários, sem fazer debate, sem fazer uma prévia, sem nada. E eu não concordei de forma alguma, não concordei nem com o apoio a Henrique, e muito menos com a forma como foi feito. Então essa resolução, na verdade, foi feita para me deixar sem legenda”, disse Maurício, lembrando que em outra eleição não apoiou a candidatura do presidente estadual, Leandro Prudêncio, mas como ele trabalhava em seu gabinete não houve problema.

“Agora ele trabalha no gabinete do deputado Souza”, disse o vereador, que não mantém mais relações com o ex-aliado.

1 de setembro de 2015 às 14:00

Garibaldi e Fátima pedem audiência no Planalto para bancada discutir hub e transposição com a presidente Dilma [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como já havia adiantado que ia pedir explicações ao Planalto, o senador Garibaldi Filho (PMDB) se uniu à senadora Fátima Bezerra (PT) e os dois foram hoje ao gabinete do assessor especial da presidente Dilma Rousseff, Giles Azevedo.Garibaldi e Fátima solicitaram audiência da bancada federal e do governador Robinson Faria, com a presidente Dilma Rousseff.

Querem saber sobre a posição da presidente em relação ao hub da LATAM, depois que o senador pernambucano, Humberto Costa (PT), declarou que Dilma fez doação de um terreno da Base Aérea em Recife, para viabilizar ampliação do aeroporto dos Guararapes, permitindo que Pernambuco se mantenha firme e forte na disputa pelo hub.

Outro tema da audiência será a transposição das águas do Rio São Francisco, e a possibilidade de acelerar as obras para que as águas cheguem ao Rio Grande do Norte, destino final, segundo o projeto.

Como o governador Robinson Faria já havia solicitado audiência com a presidente para tratar dos mesmos temas, Robinson estará presente ao encontro com a bancada.

  

1 de setembro de 2015 às 13:46

Deputado Fábio Faria é o aniversariante do dia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O aniversariante do dia é o deputado federal Fábio Faria (PSD).

Em dia de sessão, passa a data na Câmara Federal, em Brasília.

  

1 de setembro de 2015 às 10:38

88 será o número de legenda do PL [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O PL segue o projeto de oficializar o partido ainda este ano.

Até o número da legenda já foi escolhido: 88.

1 de setembro de 2015 às 8:12

Assembleia Legislativa do RN abre campanha “Dia do Idoso” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No mês que lembra o Dia do Idoso – dia 27 – a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte dá início a uma nova campanha.

  
As doações poderão ser feitas na sede do legislativo, onde foram instaladas caixas coletoras.

1 de setembro de 2015 às 7:59

Ex-diretor da Petrobras diz, durante delação, que tem mais medo dos políticos do que dos empreiteiros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

“Como é podre a política brasileira”.

A frase é de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de abastecimento da Petrobras, que tinha a função de abastecer, com propinas, os bolsos de muitos políticos do Brasil.

A TV Folha editou trechos da delação premiada de Costa e exibiu.

O vídeo circula nas redes e o Blog mostra que o ex-todo-poderoso, que vai devolver 70 milhões de reais aos cofres públicos, disse ter mais medo dos políticos do que das empreiteiras.

E cita o caso da morte “misteriosa” de Celso Daniel, prefeito de Santo André (SP), e ex-coordenador de uma campanha de Lula, assassinado com 11 tiros, num crime até hoje “não desvendado”.

VÍDEO Clique Aqui e acompanhe as declarações de Paulo Roberto Costa

  

1 de setembro de 2015 às 7:39

Bandidos estouram caixa eletrônico e metralham viatura da PM em Monte Alegre [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do twitter de Kennedy Diniz:

  
O caixa eletrônico estourado foi o do Brasesco.

Depois do banco os ousados passaram na frente da delegacia da cidade e metralharam a viatura.

Num gesto de poder…que não é o público.

1 de setembro de 2015 às 7:31

Exército convoca carros-pipa e colabora com o tumulto no trânsito de Natal no começo da manhã [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O caos militar se instalou na avenida Norton Chaves, em Natal, onde se localiza um dos quartéis do Exército na capital.

A rua está repleta de carros-pipa estacionados, muitos deles impedindo a saída de moradores de suas próprias casas.

Os carros certamente serão cadastrados pelo Exército para levar água para as cidades do interior que vivem o drama da seca.

Ótimo.

Mas precisava ser assim?

O Exército não poderia levar seu pessoal para um lugar onde os carros pudessem estacionar sem tumultuar o trânsito já tão tumultuado de Natal?

Cobre um santo e descobre outro…e a gambiarra segue sem a presença de um guarda da STTU, daqueles que adoram aplicar uma multinha.

Pelo jeito, infração ali é o que não falta.

#ficaadica

Fotos Kennedy Diniz

  

Atualizando:

A STTU enviou agentes para tentar organizar o caos na Norton Chaves.

  

1 de setembro de 2015 às 0:29

Suplente assume vaga na Câmara durante licença de 40 dias do titular Maurício Gurgel [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O suplente de vereador, veterinário Breno Camacho (PHS), assume nesta terça, 1º de setembro, o cargo de vereador durante licença do titular da pasta, Maurício Gurgel, também do PHS.Maurício Gurgel se licenciou do mandato por 40 dias para tratar de assuntos particulares.