Thaisa Galvão

11 de setembro de 2015 às 20:15

Augusto Maranhão é substituído pelo cantor Fernando Luís na presidência do PTN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O empresário Augusto Maranhão deixou hoje a presidência do diretório municipa do PTN, em Natal. 

Em seu lugar assume o cantor Fernando Luís. 

Augusto Maranhão irá se dedicar à administração de sua empresa, e mesmo fora da legenda, declarou que “o PTN vai surpreender na próxima eleição”.

11 de setembro de 2015 às 18:44

Operação Candeeiro: MPRN oferece denúncia contra 15 investigados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do MPRN:

Documentos com a denúncia foram levados pelos promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público à 6ª Vara Criminal de Natal.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte ofereceu, na tarde desta sexta-feira (11), denúncia contra 15 investigados na operação Candeeiro, desencadeada em 2 de setembro e que descobriu esquema milionário no âmbito do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – IDEMA, entre os anos de 2013 e 2014.
Os documentos com a denúncia foram levados pelos promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público à 6ª Vara Criminal de Natal.
Dentre os crimes denunciados estão peculato (art. 312 do Código Penal), lavagem de dinheiro (Lei n. 9.613/98) e organização criminosa (Lei n. 12.850/2013) destacando-se que, em relação a alguns investigados, foram observadas múltiplas incidências nesses tipos penais. 
Segundo apurado até o presente momento, os valores desviados dos cofres do IDEMA em favor de tais empresas – com as quais o próprio órgão atualmente não reconhece qualquer espécie de contratação – contabilizam o montante de R$ 19.321.726,13, mais da metade advindos de conta oculta, aberta em março de 2013.

11 de setembro de 2015 às 18:00

História contada em zap-zap sobre morte do prefeito Maurício Marques não passa de boato [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A última do zap-zap:

-O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, sofreu um infarto e morreu.

O Blog checou e mostra agora o prefeito neste momento, em uma festa de casamento.

  

11 de setembro de 2015 às 17:52

Polícia Federal quer ouvir o ex-presidente Lula no processo do Lava Jato [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1

Polícia Federal pede ao STF para ouvir Lula em inquérito da Lava Jato

Para delegado, petista pode ter se beneficiado de esquema na Petrobras. Em visita à Argentina, ex-presidente disse não ter sido comunicado

Por Renan Ramalho

A Polícia Federal pediu autorização ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tomar depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na maior investigação em curso na Corte sobre a Operação Lava Jato. A informação foi antecipada nesta sexta-feira (11) pelo site da revista “Época”.

Para justificar o pedido (veja no Blog do Matheus Leitão), enviado ao ministro Teori Zavascki na última quarta (9), o delegado Josélio Azevedo de Sousa diz que o petista “pode ter sido beneficiado pelo esquema em curso na Petrobras”.

Na Argentina, antes de visita à Universidade Metropolitana, no centro de Buenos Aires, o ex-presidente disse desconhecer a informação. Indagado sobre o assunto por jornalistas, Lula afirmou: “Eu não sei como é que comunicaram a vocês e não me comunicaram. É uma pena”.

A autorização para a PF ouvir Lula depende do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF. Antes, ele deverá pedir a opinião do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O inquérito apura a suposta participação de 39 pessoas em esquema de distribuição de recursos ilícitos a políticos do PT, PMDB e PP. Embora Lula não tenha mais o chamado foro privilegiado, o pedido foi enviado ao STF porque o inquérito envolve políticos que só podem ser investigados pelo tribunal.

“Atenta ao aspecto político dos acontecimentos, a presente investigação não pode se furtar de trazer à luz da apuração dos fatos a pessoa do então Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que, na condição de mandatário máximo do país, pode ter sido beneficiado pela esquema em curso na Petrobras, obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidária sustentada à custa de negócios ilícitos na referida estatal”, diz o pedido.
No pedido, a PF relaciona diversos trechos das delações premiadas de Paulo Roberto Costa – ex-diretor de Abastecimento da Petrobras suspeito de operar os desvios – e Alberto Youssef – doleiro que seria responsável por pagar propinas e lavar o dinheiro –, em que indicam anuência do ex-presidente ao esquema.
Um dos trechos, porém, destaca que ainda não há provas sobre eventual participação de Lula no esquema.

“Os colaboradores Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef presumem que o ex-presidente da República tivesse conhecimento do esquema de corrupção descortinado na Petrobras em razãoo das características e da dimensăo do mesmo. Os colaboradores, porém, não dispõem de elementos concretos que impliquem a participagăo direta do então presidente Lula nos fatos”, diz o documento.

‘Vultosos recursos’

O pedido também diz que a investigação “não pode estar dissociada da realidade fática que se busca elucidar”. O documento sublinha que trata-se de um “esquema de poder politico alimentado com vultosos recursos da maior empresa do Brasil” e que teria durado por aproximadamente 10 anos, compreendendo o período de governo de Lula.

Outro trecho diz que nenhum dos investigados nega que nomeações para diretorias da Petrobras “demandaram apoio político-partidário que, por sua vez, reverteu-se em apoio parlamentar, ajudando a formar, assim, a base de sustentação política do governo”.

“Dentro dessa lógica, os indícios de participação devem ser buscados não apenas no rastreamento e identificação de vantagens pessoais porventura obtidas pelo então presidente, mas também nos atos de governo que possibilitaram que o esquema se instituísse e fosse mantido, uma vez que, tal como já assinalado, não se trata apenas de um caso de corrupção clássico”.
Mais depoimentos


No mesmo pedido, a PF pede também para ouvir os ex-ministros petistas José Dirceu (Casa Civil), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) e Ideli Salvatti (Secretaria de Relações Institucionais). Todos são relacionados como integrantes do “Primeiro Escalão do Poder Executivo Federal”. Há também pedidos para ouvir o presidente do PT, Rui Falcão, os ex-presidentes da Petrobras José Sérgio Gabrielli e José Eduardo Dutra.
Segundo a a PF, as investigações serão complementadas pelas investigações realizadas sobre Dirceu e o também ex-ministro Antonio Palocci sob a supervisão do juiz Sergio Moro, da primeira instância da Justiça Federa em Curitiba, e também com a delação premiada do dono da UTC Engenharia Ricardo Pessoa, considerado líder do cartel que atuava na Petrobras.

O documento também menciona a presidente Dilma Rousseff, citando cargos que ocupou durante o governo Lula – ministra de Ministra de Minas e Energia (2003 a 2005), presidente do Conselho de Administração da Petrobras (2003 a 2010) e chefe da Casa Civil (2005 a 2010) –, mas que ela não pode ser investigada por determinação da Constituição.

11 de setembro de 2015 às 14:45

Papa Francisco autoriza abertura de processo de canonização dos Mártires do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Thaisa Galvão


Fumaça branca que saiu no Vaticano hoje dá conta que o Papa Francisco autorizou a abertura do processo de canonização dos Mártires potiguares.O processo deverá correr independente do registro de dois milagres por parte dos Mártires.

O fato de serem Mártires os credenciam a se transformarem em santos.

Certeza que a Fumaça vai deixar pra lá de satisfeito o deputado estadual José Dias, autor da lei que tornou o dia 3 de outubro feriado dos Mártires.

A data aprovada e sancionada transformou os Mártires em Padroeiros do Rio Grande do Norte, o que reforçou a posição do Vaticano.

A santificação dos Mártires deverá ser fundamental para transformar o Santuário dos Mártires, no bairro de Nazaré, em Basílica.

O santuário foi construído a partir de um projeto religioso do Padre Augustin, com apoio do deputado Zé Dias.

11 de setembro de 2015 às 14:22

Com o secretário Marcelo Rosado, prefeito Carlos Eduardo solicita no Rio adesão de Natal ao C40  [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O secretário de Meio Ambiente de Natal, Marcelo Rosado, pode até querer deixar a pasta…

Mas não tem o aval do prefeito Carlos Eduardo que não abre mão do auxiliar, que hoje cumpre agenda com o prefeito no Rio de Janeiro.

Rosado acompanhou Carlos Eduardo com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, para solicitar a adesão de Natal ao C40, o grupo de cidades que lideram no mundo as políticas publicas de respeito ao meio-ambiente e de desenvolvimento sustentável.

O prefeito Eduardo Paes é o presidente do grupo C40. Ele assumiu no lugar do ex-prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg. 

O grupo é considerado a organização líder mundial em ações climáticas.

  

11 de setembro de 2015 às 12:15

Vereadores de Parnamirim homenageiam Agripino pela 17ª indicação na lista dos 100 mais influentes do Congresso [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Além da visita ao prefeito Maurício Marques, hoje em Parnamirim, o senador José Agripino Maia recebeu homenagem da Câmara Municipal de Parnamirim.Homenagem por ter sido indicado pela 17ª vez na lista do DIAP, com os 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.
A homenagem aconteceu na própria Prefeitura.

“O senador Agripino mereceu essa justa homenagem não somente pelo trabalho nacional que desenvolve como parlamentar atuante, mas principalmente porque é um grande parceiro da cidade de Parnamirim. É preciso institucionalizarmos esse reconhecimento”, justificou a vereadora democrata Kátia Pires.

 

“Nas minhas duas campanhas, o senador Agripino evitou vir ao município e sei que isso me ajudou. Todas as vezes que tentei entrar no embate com Agripino, Agnelo Alves me recomendava ir com calma porque ‘Zé Agripino’ era amigo dele”, relembrou o prefeito Maurício Marques.
“Reconhecimento não me orgulha, me estimula a continuar trabalhando pelas causas importantes do país e dos municípios brasileiros que estão abrindo falência nesses tempos de crise”, disse Agripino.

  

  

11 de setembro de 2015 às 10:14

Maurício Marques pede apoio do DEM e anuncia que pode ser candidato em 2018 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na visita do senador José Agripino e do deputado Felipe Maia, o prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, pediu apoio do DEM para o projeto de sucessão na Prefeitura, onde Marques lançou a pré-candidatura do seu secretário de Obras, Naur Ferreira.

E empolgado com a política, Maurício, que já havia anunciado que deixaria a vida pública quando deixasse a Prefeitura, no final de 2016, avisou que pode voltar em 2018.

Jogou o nome à disposição de uma vaga na Câmara Federal, na Assembleia ou na Vice-governadoria.

Com um sinal de romance futuro com os democratas.

O senador José Agripino disse que fazia tempo que almejava uma oportunidade como essa com o grupo de Maurício.

“Uma oportunidade pública explícita e robusta como essa”, disse Agripino.

11 de setembro de 2015 às 9:59

Prefeito Maurício Marques recebe o senador José Agripino e o deputado Felipe Maia em Parnamirim [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Parnamirim recebe agora o senador José Agripino Maia e o deputado Felipe Maia.

É de autoria de Felipe uma emenda de 400 mil reais para equipar unidades de saúde do município.

O dinheiro vai ser utilizado para equipar 3 unidades de saúde que serão inauguradas ainda este ano.

Secretário e vereadores presentes ao encontro.

  

11 de setembro de 2015 às 8:36

Brasil sem rumo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E assim caminha o nosso brasil com b pequeno:

  
De Ilimar Franco, n’O Globo

11 de setembro de 2015 às 7:38

Revista ‘Sistema S Potiguar’ será lançada na sede da Fecomércio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Fecomércio, Fiern, Sebrae, Faern e Fetronor lançam daqui a pouco, na sede da Federação do Comércio, a revista ‘Sistema S Potiguar’.

O lançamento ocorrerá durante um café da manhã seguido de entrevista coletiva.

  

11 de setembro de 2015 às 7:23

Resposta do TSE libera o prefeito de Mossoró Francisco José Júnior para disputar reeleição [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Resposta do TSE a uma consulta feita pelo deputado carioca Rodrigo Maia (DEM), deixa claro: 

Presidente de Câmara, que assumiu interinamente uma Prefeitura, por causa de afastamento do titular, e em seguida se elegeu num pleito suplementar, pode sim, ser candidato à reeleição.

A posição do TSE, que já é uma posição antiga, e apenas foi reiterada ontem no final da tarde, mostra que em casos assim, o prefeito eleito em pleito suplementar tendo assumido interinamente, ainda não foi reeleito.

Portanto, está liberado para disputar reeleição.

A resposta do Tribunal Superior Eleitoral favorece o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD), que se livra dos questionamentos jurídicos locais sobre sua condição de candidato à reeleição.