Thaisa Galvão

15 de fevereiro de 2016 às 22:46

Colômbia deixou de ser país violento após governos nacional, estaduais e municipais se unirem contra o narcotráfico [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A capital da Colômbia, Bogotá, cidade mais populosa do país, é hoje referência na gestão da segurança pública.
Medelin, a segunda cidade, passou de capital da violência a laboratório da paz.

Desde o início dos anos 90, homicídios caíram de 360 por cada 100 mil habitantes, para apenas 39 por 100.

Mas o verdadeiro ‘milagre’ que levou mais de 10 anos para se conctetizar, só foi possível graças à união dos governos nacional, estaduais e municipais, que lutaram juntos contra o narcotráfico, os paramilitares e contra as guerrilhas, entre elas Farc e ELN.

Pulso forte nas decisões políticas foi o primeiro passo para mudar a cara do país que um dia foi violento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*