Thaisa Galvão

31 de março de 2016 às 22:46

Vereadora Eleika Bezerra vai deixar o PSDC e anuncia novo partido amanhã [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A vereadora Eleika Bezerra não vai permanecer no PSDC.
Ela tem conversado com dirigentes de alguns partidos, inclusive do Livres, o partido agora comandado por integrantes de movimentos de ruas contra a corrupção.
A vereadora deverá definir amanhã sua nova filiação.

31 de março de 2016 às 22:01

Júlia Arruda se filia ao PDT [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A vereadora Júlia Arruda, ex-PSB, é a mais nova filiada ao PDT.
A parlamentar aceitou convite do prefeito Carlos Eduardo.
Júlia vai disputar reeleição.

31 de março de 2016 às 20:07

tvTG: Depois de meses em silêncio, Wilma de Faria concede 1ª entrevista ao Jornal da Noite/95 [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de cinco meses fora do ar cuidando da saúde, a ex-governadora Wilma de Faria, que passou esse tempo fazendo política em casa, recebendo convites de partidos, definiu seu futuro partidário: se filia nesta sexta-feira ao PTdoB.

Em silêncio durante esse período, ela resolveu falar, e foi minha entrevistada hoje no Jornal da Noite da 95FM.

Wilma assume a presidência do PTdoB, partido que era comandado pelo deputado Carlos Augusto Maia, agora no PSD, pelo qual disputará a Prefeitura de Parnamirim, com apoio de Wilma.

Veja a entrevista:

31 de março de 2016 às 17:47

STF mantém processo contra Lula no Supremo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para quem queria que o processo contra Lula voltasse para as mãos do juiz Sérgio Moro…
O Supremo Tribunal Federal confirmou a decisão da semana passada do ministro Teori Zavascki – relator dos processos da Lava Jato na Corte – de retirar de Moro as investigações sobre o ex-presidente.
Por enquanto.
O magistrado também havia determinado o sigilo sobre gravações do ex-presidente com diversas autoridades, incluindo a presidente Dilma Rousseff.
Com a decisão, os autos irão ficar sob a responsabilidade do STF, que depois vai analisar, no mérito do caso, o que deve permanecer sob investigação da Corte e o que deverá ser remetido de volta para a primeira instância, por envolvimento de pessoas sem prerrogativa de foro.

31 de março de 2016 às 17:33

Dilma Rousseff convidou Fábio Faria para ser ministro do Turismo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Fábio Faria tinha mais era que negar que foi convidado para ser ministro dos Esportes.
É que o convite feito pela presidente Dilma Rousseff foi para Fábio ser ministro do Turismo, no lugar do ex-ministro Henrique Alves.
Fábio não aceitou.

31 de março de 2016 às 14:15

Vereadora Júlia Arruda se filia ao PDT [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A vereadora Júlia Arruda se filiou hoje ao PDT.

Júlia aceitou convite feito pelo prefeito e presidente da legenda, Carlos Eduardo.

  
Depois da filiação a vereadora emitiu nota:
NOTA
“A vida é feita de ciclos. Na política, não é diferente. Encerro hoje minha jornada no Partido Socialista Brasileiro (PSB), onde permaneci durante oito anos, período em que cumpri dois mandatos como vereadora de Natal, sendo a primeira mulher reeleita na história da Câmara Municipal.
O PSB me abriu os caminhos para a política e me apresentou figuras que me inspiram diariamente e que muito me ensinaram sobre a vida pública, tendo à frente o nosso líder Eduardo Campos. Deixo o PSB com sentimento de dever cumprido e desejando sucesso nos novos rumos que o partido tomou no Estado.
Deixo o PSB, também, com sentimento de gratidão. Sou grata pela confiança em mim depositada desde o instante em que resolvi entrar para a política, ainda inexperiente, mas cheia de ideais e determinada a dar o meu melhor. Sou grata a todos que me acompanharam nessa jornada e que contribuíram para que chegasse até aqui.
E é com espírito e força renovados, que inicio hoje um novo ciclo em minha vida pública. O Partido Democrático Trabalhista (PDT), do qual sempre fui próxima, me abriu as portas e acolheu nosso projeto político. Estou certa de que teremos uma relação produtiva e duradoura, que trará bons frutos para a população natalense.
Encerro minhas breves palavras, agradecendo a todos que, direta ou indiretamente, estiveram ao meu lado nesses dois mandatos, e aproveito para renovar meu compromisso de continuar trabalhando por Natal.”
Júlia Arruda

Vereadora de Natal

31 de março de 2016 às 13:39

Wilma de Faria: o barulho da Guerreira [3] Comentários | Deixe seu comentário.

E a guerreira Wilma de Faria reapareceu…

Na visita que fez à Assembleia Legislativa para conversar política com o presidente Ezequiel Ferreira, o zum-zum correu que ela estava na Casa.

E não faltou gente para cumprimentar, oferecer orações e tirar fotos com a…provável candidata à prefeita de Natal.

O movimento foi grande no corredor dos gabinetes.

O que acontece com Wilma acontece com poucos políticos.

31 de março de 2016 às 12:01

Wilma de Faria assumirá PTdoB e pode ser candidata à prefeita ou vereadora [1] Comentários | Deixe seu comentário.

PTdoB.

É esse o novo partido da ex-governadora Wilma de Faria.

Será a presidente da legenda no Estado.

Pode ser candidata à prefeita ou à vereadora, numa aliança com o PSDB.

Wilma acabou de sair do gabinete do presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza.

31 de março de 2016 às 10:14

Deputado Fábio Faria garante que não pleiteia cargo no governo federal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Fábio Faria disse que, ao contrário do que se comenta, ele não será ministro dos Esportes.

“Isso não procede”, garante Fábio, afirmando que não pleiteia cargos e que o momento é de discutir os rumos do país, a retomada do crescimento e os efeitos que geram nos estados e municípios.

31 de março de 2016 às 8:59

STF repete depoimentos de delações que podem ser as mais graves para o governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Mônica Bérgamo, na Folha:

Teori manda juiz ouvir delatores da Andrade e saber se sofreram pressão
O ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal), enviou um juiz para conversar com os 11 delatores da Andrade Gutierrez que assinaram acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal. O magistrado sempre toma a precaução antes de homologar as iniciativas de colaboração.

CONFORTO PESSOAL

A intenção de Zavascki é se certificar de que nenhum colaborador sofreu pressão para delatar, o que é ilegal. De acordo com profissional que acompanha o processo, os executivos da Andrade fizeram acordos espontâneos, ao concluírem que seria a melhor forma de escapar de punições duras na Justiça. Se condenados, eles têm agora chance de cumprir pena em suas próprias casas.

MEMÓRIA

A delação, se homologada, deve ser uma das mais graves contra o governo: como antecipou a coluna, a Andrade decidiu dar à Operação Lava Jato informações sobre pagamentos à campanha de Dilma Rousseff e de Michel Temer por meio de caixa dois em 2014.

31 de março de 2016 às 8:34

Bandidos estouram caixa eletrônico em Cidade Satélite [0] Comentários | Deixe seu comentário.

  

31 de março de 2016 às 7:54

Indicados de Henrique serão os primeiros a sair [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da coluna Painel, da Folha:

Vai ter faxina 

O Planalto começará a abrir espaço nas pastas nesta quinta para acomodar os partidos agraciados com cargos. 

Aliados de Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que já deixou o posto de ministro, devem ser os primeiros limados.
*
Na mesma coluna, o compromisso do ex-ministro potiguar que não pôde ser cumprido:

CONTRAPONTO
Vascaíno notório, o peemedebista Henrique Alves, então ministro do Turismo, fez uma aposta com o flamenguista Helder Barbalho, seu colega de Esplanada e de partido, para o jogo da noite de quarta-feira: os dois iriam juntos ao Mané Garrincha, em Brasília, e quem perdesse teria de vestir a camisa do clube rival.

A brincadeira da dupla acabou engolida pela crise. Com a decisão do PMDB de romper com o governo, Alves entregou o cargo e voltou para o Rio Grande do Norte.

— Esse compromisso, infelizmente, não vou conseguir cumprir — anunciou ao colega, para introduzir a notícia de que sairia do governo.

31 de março de 2016 às 7:39

Caixa 2 para campanha de 2014 atinge Dilma e Temer [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:
Operação de Santana reforça suspeita de caixa 2 em reeleição de Dilma



VALDO CRUZ

GRACILIANO ROCHA

LEANDRO COLON

DE BRASÍLIA
  

A empresa do marqueteiro João Santana recebeu recursos em dinheiro vivo, no caixa dois, da empreiteira Odebrecht e fez pagamentos, igualmente em espécie, a fornecedores da campanha da reeleição de Dilma Rousseff contratados por ela.
O roteiro identificado pela Folha sugere o caminho do dinheiro da construtora para prestadores de serviço do PT que trabalharam para a Pólis, empresa de Santana, mas isso ainda é objeto de investigações da Polícia Federal.

Segundo a reportagem apurou, a PF vê indícios de que Mônica Moura, mulher e sócia do marqueteiro, fez esses pagamentos entre 2014 e 2015 com recursos ilegais recebidos da Odebrecht.
Estas gastos seriam de deslocamentos das equipes de Santana, serviços de internet e produção de programas do PT com Dilma como estrela.
Até aqui, a construtora Andrade Gutierrez havia confirmado ter pago ilegalmente a fornecedores de Dilma, mas na campanha de 2010 —o que poderia ter efeitos para investigação criminal, mas dificilmente afetaria a situação eleitoral da petista.

Já as contas de 2014 são alvos de inquérito no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que podem resultar na cassação da chapa da reeleição, atingindo tanto Dilma como seu vice, Michel Temer (PMDB).
A Folha cruzou dados de planilhas apreendidas pela Polícia Federal com depoimentos sigilosos da secretária da Odebrecht Maria Lúcia Tavares, uma das principais colaboradoras da Lava Jato.
O resultado mostra que a construtora levantou dinheiro vivo com doleiros, em São Paulo e Salvador, para repassar à empresa Pólis, de Santana e Mônica. Ao todo, a operação identificou pagamentos nos sete meses seguintes ao segundo turno da eleição.

Sob a condição de não serem identificados, dois prestadores de serviços da campanha de 2014 disseram que a Pólis fazia pagamento de serviços da área de comunicação, como produtoras de vídeo, em dinheiro vivo.
Um deles contou à reportagem que este tipo de pagamento em “cash” era feito pela própria Mônica.
O casal está preso em Curitiba, e a empresária foi interpelada sobre os pagamentos em sua negociação preliminar para fazer uma eventual delação premiada com o Ministério Público Federal. Segundo relatos, ela falaria sobre os pagamentos no caixa dois em 2014.

Em depoimento à Polícia Federal no dia 2 de março, que está em segredo de Justiça, a secretária Maria Lúcia contou que cuidou dos repasses ao marqueteiro do PT por dois anos. Os contatos eram sempre feitos com Mônica.
Segundo ela, as entregas ocorriam, na maioria das vezes, em São Paulo, em endereços diferentes e com emissários diversos.
Uma planilha chamada “Paulistinha”, apreendida na casa da secretária, traz 41 pagamentos a “Feira” [codinome da equipe de Santana], num total de R$ 21,5 milhões.
A primeira entrega de R$ 500 mil ocorreu no dia 30 de outubro de 2014, apenas quatro dias depois do segundo turno. A última, também de R$ 500 mil, foi entregue em 22 de maio de 2015, no mês anterior à prisão de Marcelo Odebrecht e da cúpula do grupo.
A “Paulistinha”, explicou Maria Lúcia, referia-se a entregas de dinheiro vivo na cidade de São Paulo. O “cash” era levantado com Alberto Novis, da Hoya Corretora de Valores e Câmbio —alvo da fase Xepa da Operação Lava Jato, o desdobramento da Lava Jato baseado nos depoimentos da secretária.

O dinheiro “gerado” por Hoya no Rio foi registrado em outra planilha, a “Carioquinha”. Em outro arquivo eletrônico, com referência a pagamentos a “Feira” na “Paulistinha”, o responsável por autorizar os pagamentos é identificado pela sigla MBO –Marcelo Bahia Odebrecht, para os investigadores.
No caso de Mônica, oficialmente nem os procuradores nem os seus advogados confirmam as negociações.
Nas conversas preliminares com autoridades, Mônica repetiu a versão isentando o marido, sustentando que era ela que cuidava de toda a parte operacional da empresa, cabendo a ele somente a concepção das campanhas.

A investigação sobre os pagamentos da Odebrecht a Santana foi remetida ao STF. A defesa da empreiteira ressalta que isso deveria ter acontecido antes, já que há citação à campanha de 2014.


OUTRO LADO

O ministro Edinho Silva (Comunicação Social), tesoureiro da campanha de Dilma à reeleição, disse à Folha que todos os pagamentos à Pólis, empresa de João Santana, foram feitos por meio de transferências bancárias, registrados na contabilidade e informados à Justiça Eleitoral.
Segundo ele, a campanha tinha contrato de R$ 70 milhões com a Pólis, sendo R$ 50 milhões no primeiro turno e R$ 20 milhões no segundo. Edinho afirmou que nada foi pago ao marqueteiro pela campanha além destes recursos.
Sobre pagamentos em dinheiro vivo, na forma de caixa dois, a prestadores de serviços da Pólis, o ministro disse que a campanha não fez este tipo de operação e tudo o que foi pago está registrado oficialmente. Segundo ele, a campanha só se responsabiliza pela própria contabilidade feita no período.
As defesas do publicitário João Santana e da mulher dele, Mônica Moura, não se manifestaram até a conclusão desta edição.
Segundo a assessoria de imprensa da Pólis, empresa dos dois, Fábio Tofic Simantob, que defende o marqueteiro, estava em viagem nesta quarta (30) e não poderia comentar as alegações de que a empresa recebeu em dinheiro vivo da Odebrecht e que também houve repasse, em “cash”, a prestadores de serviço da campanha.

O advogado Juliano Prestes, que assumiu a defesa de Mônica Moura para negociar uma delação premiada, não foi localizado.
Citada como fonte de pagamentos clandestinos de R$ 21,5 milhões ao marqueteiro, a construtora Odebrecht não quis se manifestar.

31 de março de 2016 às 1:13

Quase 6 mil deixam de fazer censo do Estado e poderão perder os vencimentos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No censo previdenciário do Estado, realizado pelo Ipern, uma constatação: quase 6 mil servidores não compareceram.

Mais precisamente 5.828 segurados da Previdência Estadual entre ativos, aposentados e pensionistas.

Todas estas pessoas terão o pagamento bloqueado como determina o Decreto Nº 25.518, de 21 de setembro de 2015, que regulamentou a realização do Censo Cadastral Previdenciário.

Mas o Estado dá uma segunda chance e convoca os faltosos para um novo período: de 11 de abril a 11 de maio.

O censo pode ser agendado a partir de segunda-feira, através do site melhorparavoce.rn.gov.br aue traz também detalhes do censo.

31 de março de 2016 às 0:51

Hoje tem protesto de apoio ao PT e a Dilma [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Quinta-feira com protesto em Natal e no resto do Brasil.
Hoje vão às ruas os que defendem o governo do PT, o governo da presidente Wilma Housseff.
Protesto a partir das 16h30 na BR-101, área de Mirassol.

A oposição já tem data marcada para vestir a camisa do #foradilma.
Será no dia 12 de abril.

31 de março de 2016 às 0:46

PP no confessionário [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A PGR (Procuradoria Geral da República) denunciou nesta quarta-feira (30) ao Supremo Tribunal Federal, na Operação Lava Jato, um grupo de sete políticos do PP por corrupção e ocultação de bens, sendo cinco atuais deputados federais e dois ex-deputados.

Os denunciados foram os deputados Arthur Lira (PP-AL), Mário Negromonte Júnior (PP-BA), Luiz Fernando Faria (PP-MG), José Otávio Germano (PP-RS) e Roberto Britto (PP-BA), além dos ex-deputados Mário Negromonte (ex-PP-BA, também ex-ministro das Cidades) e João Alberto Pizzolatti (PP-SC).

31 de março de 2016 às 0:41

Luiz Almir diz a aliados na Câmara que Wilma vai disputar Prefeitura de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na Câmara Municipal de Natal, nesta quarta-feira, ouvidos deram conta de um discurso do vereador Luiz Almir, presidente do PR em Natal:
De que a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, decidiria nesta quinta-feira pela filiação ao PR para ser candidata à prefeita.
Com ele, Luiz Almir, como vice.
Ao Blog, certa vez, Luiz Almir disse que nunca seria vice pois não nasceu para ser amante.
Mas a política é dinâmica…

31 de março de 2016 às 0:39

Wilma decide hoje se assina ficha de filiação do PR, PSD ou PSDB [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que há de certo na decisão da vice-prefeita Wilma de Faria: ela anuncia nesta quinta-feira a qual partido irá se filiar.
Fala-se no PR do ex-deputado João Maia.
Um convite que Wilma recebeu: do governador Robinson Faria, para se filiar ao PSD.
Convite feito a ela e à deputada Márcia Maia.
Mas Márcia já estava comprometida com o grupo do presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, e se filiou ao PSDB.
O partido dos tucanos ficou aguardando a chegada de Wilma, mas…o partido tem bases no interior que batem de frente com Wilma e com Márcia.
Caicó, por exemplo: Wilma não abre mão de indicar o candidato do deputado Vivaldo Costa, e o PSDB de Márcia já tem o palanque do radialista Batata.
O mistério de Wilma termina nesta quinta.

31 de março de 2016 às 0:37

Wilma de Faria visitou vice-prefeitura [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em tratamento e de licença em casa, a viceprefeita Wilma de Faria foi nesta quarta-feira à Vice-Prefeitura.

Conversou com funcionários, quis saber sobre tudo…

  

31 de março de 2016 às 0:33

Garibaldi Filho: “PMDB dá tudo pra não entrar numa briga, mas se quiserem a briga nós vamos topar” [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Na tribuna do Senado nesta quarta-feira, o senador Garibaldi Filho (PMDB) mandou recadinho do coração para o PT, “antigo” companheiro de chapa.
“Não pretendo ingressar nesse jogo, nem pretendo me intimidar. Os que hoje dizem que o PMDB é isso ou aquilo, detratando a imagem do meu partido, ontem diziam o contrário. Com relação ao presidente Michel Temer, que é tão acusado hoje, antes era considerado um vice-presidente da mais absoluta confiança e apreço, merecendo a admiração do atual governo”, lembrou Garibaldi Filho, afirmando que não utilizará de “radicalização nem de maniqueísmo”.

Garibaldi afirmou que a conterrâneis Fátima Bezerra foi assim, “radical e maniqueísta”.

Para Garibaldi, o PMDB dá tudo pra não entrar numa briga, “mas se quiserem a briga nós vamos topar”.

Veja o discurso do senador: