Thaisa Galvão

14 de março de 2016 às 17:57

Fundador do PSDB de Minas, Pimenta da Veiga vira réu em processo que responde por lavagem de dinheiro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Justiça Federal aceitou denúncia por lavagem de dinheiro contra Pimenta da Veiga, um dos fundadores do PSDB em Minas Gerais. 

Em 2003, quando era deputado federal, ele teria recebido recursos de origem não comprovada repassados por agências de publicidade do empresário Marcos Valério. 

Em caso de condenação, a pena pode variar de 3 a 10 anos de prisão.
Segundo o MPF, o então deputado federal recebeu R$ 300 mil das agências de publicidade SMP&B Comunicação Ltda e DNA Propaganda Ltda, das quais eram sócios Marcos Valério, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach. 

O dinheiro foi dividido em quatro repasses nos meses de abril e maio de 2003.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*