Thaisa Galvão

22 de março de 2016 às 22:01

Ministro Teori Zavascki manda Sérgio Moro devolver processo contra Lula ao STF [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1
Teori determina que juiz Moro envie investigação sobre Lula para o STF
Por Renan Ramalho

Do G1, em Brasília
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, determinou na noite desta terça-feira (22) que o juiz federal Sérgio Moro envie para o STF as investigações da Operação Lava Jato que envolvem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na decisão, o ministro atende a um pedido do governo, que apontou irregularidade na divulgação de conversas telefônicas entre Lula e a presidente Dilma Rousseff.

No mesmo despacho, Zavascki decertou novamente o sigilo sobre as interceptações. No prazo de 10 dias, Moro deverá prestar informações à Corte sobre a retirada do segredo de Justiça das investigações, por conta do envolvimento de autoridades com foro privilegiado, como ministros e parlamentares.

22 de março de 2016 às 21:56

Para conseguir fechar delação Marcelo Odebrecht vai ter que contar negociações com políticos na Suíça [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-presidente da Odebrecht, Marcelo, engoliu mosca e vai ter que contar o que fez e o que sabe no exterior.

O que o grupo fez no Brasil, a Lava Jato já sabe.

Da coluna Expresso, na Época Online:
Lava Jato só aceitará delação de Marcelo Odebrecht se ceder informações da Suíça

Dados do Brasil já estão esquadrinhados. Falta empreiteira passar informações de pagamentos a políticos no exterior
MURILO RAMOS
 

O empresário Marcelo Odebrecht sucumbiu e aceitou negociar uma delação premiada com os investigadores da Lava Jato. Preso desde a metade do ano passado, ele vinha tentando obter habeas corpus na Justiça, mas sem sucesso. 

Nas últimas semanas, seus advogados reclamavam das más condições das instalações da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde está preso.

Em setembro do ano passado, durante audiência na CPI da Petrobras, Odebrecht criticou os delatores e os chamou de “dedos duros”. 

Ainda comentou: “Na infância, eu talvez brigasse mais com quem dedurou do que quem fez o fato”, afirmou. 

Os pedidos do pai de Marcelo, Emílio Odebrecht, pesaram na decisão dos advogados. A empreiteira também sugeriu a outros executivos que aceitem realizar delações.
Apesar da iniciativa, é importante frisar que o Ministério Público Federal tem de negociar com os delatores os termos das colaborações premiadas. Aliás, o que os procuradores querem são informações da empreiteira na Suíça. Querem listas com pagamentos a políticos por meio de offshores. Informações de transações no Brasil já estão praticamente esquadrinhadas.

22 de março de 2016 às 21:28

Em depoimento à PF, executivo da Odebrecht cita Aécio Neves como beneficiário com doação eleitoral [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:
Executivo da Odebrecht cita doação eleitoral a Aécio em depoimento à PF
O presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Barbosa Junior, afirmou à força tarefa da Operação Lava Jato que trocou mensagens em novembro de 2014 com o presidente do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, sobre doação eleitoral ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), que havia sido derrotado no mês anterior na disputa eleitoral pela presidência da República.
No depoimento à Polícia Federal em 24 de fevereiro, revelado pelo jornal “O Estado de S. Paulo” na segunda-feira (22), Barbosa disse que na mesma oportunidade comentou sobre preocupação de Aécio em relação a possível investigação contra o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral Filho (PMDB-RJ).
No fim de seu interrogatório em fevereiro, Barbosa disse à delegada Renata da Silva Rodrigues que gostaria de esclarecer o teor de mensagens trocadas com Marcelo e que foram citadas pela PF em representação datada de 5 de fevereiro. No texto da petição, a PF colocou tarjas pretas em palavras que pudessem indicar políticos com foro privilegiado.
Na mensagem interceptada pela PF e reproduzida na representação, Marcelo escreveu a Barbosa: 

“Vc [você] acabou não falando depois. [tarja preta] está preocupado com SCF e outros no tema MF”.
Barbosa então respondeu: 

“Ok, preciso resolver R$ 100 mil [tarja preta]. Vou aproveitar esse momento PT/PSDB”.
Para a PF, essa troca de mensagens confirma “a noção de que Benedicto é funcionário acionado por Marcelo para a tratativa de assuntos escusos, certamente não se limitando a obter recursos para financiamento oficial de campanhas eleitorais”.
Porém, em seu depoimento de fevereiro, Barbosa afirmou que em tais mensagens tratou “de doação eleitoral relacionada a Aécio e Piciani e não há nada de criminoso a respeito da tal doação”.
Nas eleições de 2014, Jorge Picciani (PMDB-RJ) foi eleito deputado estadual e ocupa o cargo de presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, e seu filho, Leonardo Picciani, foi eleito deputado federal e é líder do PMDB na Câmara.
Porém, no texto do depoimento não há explicação sobre qual deles recebeu a doação eleitoral.
Na oitiva, Barbosa ainda indicou que na troca de mensagens mencionou preocupação de Aécio sobre investigações ligadas a Márcio Faria, ex-executivo da Odebrecht preso na Lava Jato.
OUTRO LADO
Em nota, a assessoria de Aécio Neves informou que “o depoimento mencionado pelo jornal apenas confirma as informações prestadas à Justiça Eleitoral. É de conhecimento público que a empresa Odebrecht, assim como diversas outras, fez doações à campanha do PSDB, inclusive, como prevê a lei, depois das eleições, para cobrir débitos existentes”.
“Com relação aos diálogos, o senador não é parte de nenhum deles não tendo, portanto, nada o que acrescentar”, completa a nota.
A assessoria de Jorge e Leonardo Picciani relatou que “não constam recursos da Odebrecht para nenhuma das campanhas da família Picciani, nem de forma direta nem indireta”.
De acordo com a assessoria, “a única explicação que pode haver para que o nome de Picciani ter sido citado neste contexto é o fato de ele, como é sabido, ter coordenado, no Rio, a campanha presidencial de Aécio Neves em 2014, tanto no primeiro quanto no segundo turno”.
“A atuação de Picciani, entretanto, era apenas política. Ele nunca tratou de questões relativas ao financiamento da campanha de Aécio, cujas despesas eram de responsabilidade exclusiva do comitê financeiro do candidato”, segundo a assessoria dos políticos cariocas.
Nota de Benedicto Barbosa Junior e da Odebrecht aponta que “Benedicto Junior prestou todos os esclarecimentos em sua oitiva, buscando apenas esclarecer o que considera equívocos em relação à análise feita pela Polícia Federal de suas conversas com Marcelo Odebrecht. No mesmo depoimento, Benedicto Junior detalhou claramente como se dá o processo de definição das doações eleitorais no grupo Odebrecht”.

22 de março de 2016 às 21:12

Marcelo Odebrecht resolve fazer delação premiada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha
Marcelo Odebrecht e executivos decidem fazer acordo de delação na Lava Jato
MARIO CESAR CARVALHO

DE SÃO PAULO
O grupo Odebrecht decidiu fazer um acordo de delação de seus principais executivos, inclusive o ex-presidente Marcelo Odebrecht, no dia em que sofreu uma devassa da Polícia Federal, que diz ter identificado um departamento de pagamento de propina que funcionava dentro da empresa.
A Odebrecht também fará um acordo de leniência, que é uma espécie de delação para empresas. As informações foram adiantadas pelo “Jornal Nacional”.
Marcelo sofria pressões para fazer o acordo, inclusive do próprio pai, Emílio Odebrecht. Emílio temia pelo futuro do grupo se não houvesse acordos de delação e de leniência.
Em nota, a empresa afirma: 

“As avaliações e reflexões levadas a efeito por nossos acionistas e executivos levaram a Odebrecht a decidir por uma colaboração definitiva com as investigações da Operação Lava Jato”.
Prossegue a nota: “Esperamos que os esclarecimentos da colaboração contribuam significativamente com a Justiça brasileira e com a construção de um Brasil melhor”.

22 de março de 2016 às 21:04

PSDB convidou a vereadora Júlia Arruda para se filiar ao partido e disputar a Prefeitura de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A vereadora Júlia Arruda, que tende a não permanecer no PSB, vem analisando convites para se filiar a outros partidos.

O PMDB do ministro Henrique Alves já sondou a filiação de Júlia e a possibilidade dela ser o nome do partido para vice do prefeito Carlos Eduardo (PDT) na disputa pela reeleição, foi cogitada.

Porééém…o prefeito deu prova de que quer a vereadora ao seu lado, mas não como vice, pois convidou Júlia para se filiar ao PDT, o seu partido. 

E no PDT, Júlia não seria vice, pois a chapa puro-sangue inviabilizaria alianças.

A vereadora do PSB também estudou se filiar ao PCdoB do primo vice-governador Fábio Dantas.

Mas o partido, sem uma nominata boa para a disputa na Câmara, poderia dificultar sua reeleição.

O último convite feito a Júlia Arruda foi do PSDB, o novo partido dos deputados Ezequiel Ferreira de Souza, Gustavo Carvalho, José Dias, Márcia Maia e Raimundo Fernandes.

O convite dos tucanos incluiu, inclusive, a possibilidade da vereadora disputar a Prefeitura de Natal.

Prova de que o deputado Rogério Marinho, presidente de honra do partido e apontado como pré-candidato a prefeito, não anda com essa vontade toda de ir para a disputa pelo Executivo.

Ao convite, Júlia respondeu que seu projeto é a reeleição. Bem pé no chão. Mas não respondeu se vai para o partido ou não.

Ficando no PSB, a vereadora pode assumir o diretório municipal da legenda presidida no estado pelo deputado federal Rafael Motta. 

Mas, pelo que tem dito nas entrevistas, Júlia é pouco simpática ao seu próprio partido.

Mas pelo menos uma coisa a vereadora-bela tem certeza: tem até 2 de abril para definir seu futuro partidário.

22 de março de 2016 às 20:35

Capitão Styvenson garante que não vai disputar a Prefeitura de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do capitão Styvenson Valentim, que já foi convidado pelo PSDB para disputar a Prefeitura de Natal:

-Não será candidato.

Styvenson foi procurado pela produção do nosso Jornal da Noite, agora há pouco, para falar pelo telefone sobre a provável e comentada candidatura.

Styvenson respondeu que estava em uma operação, que não poderia falar, mas adiantou que não é pré-candidato a prefeito de Natal.

Falou pouco mas respondeu à pergunta que queríamos fazer.

Há cerca de um mês, no estúdio da 95FM, o capitão Styvenson, coordenador da Lei Seca no Rio Grande do Norte, disse que desafiava quem dizia que ele seria candidato, a comprovar no final se ele será.

22 de março de 2016 às 17:46

Lançada hoje a campanha “DEM 100% Impeachment” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A bancada do DEM no Congresso promoveu lançou hoje à tarde a campanha “DEM: 100% impeachment”.
“Aquilo que ouvimos nas ruas durante as manifestações nós vamos fazer no Congresso, a sociedade quer o impeachment já. Esse é um ato de afirmação partidária pelo crescimento e sobrevivência de um partido que há doze anos está na oposição”, destacou o presidente nacional da legenda senador José Agripino.

O parlamentar potiguar também ressaltou o crescimento do DEM com a janela partidária.
“Estamos há 14 anos fazendo oposição e alertando para os desmandos do governo do PT. Agora, nada mais natural e coerente do que estarmos em sintonia com a voz das ruas pelo fim desse governo que esfarelou nosso país”, acrescentou Agripino que, durante o evento, também aproveitou para falar sobre as sete filiações de deputados federais realizadas nos últimos dias pelo Democratas.
“Como podemos ver, o antigo PFL e hoje Democratas não só não acabou, como está ainda mais forte e firme na oposição. A filiação desses sete deputados federais durante a janela partidária nos deixa com 28 deputados na Câmara Federal”, concluiu Agripino

Fotos Mariana Di Pietro

  

22 de março de 2016 às 13:16

Flávio Rocha diz que era do ‘empresário-moita’ chegou ao fim e que momento é do empresário protagonista [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Radar Online:

O fim do “empresário moita”

Por Natalia Viri

Do empresário Flávio Rocha, presidente do grupo Riachuelo e um dos primeiros empresários a manifestar publicamente a oposição ao governo Dilma Rousseff:
“O momento é do empresário protagonista. Chegou ao fim a era do empresário-moita”, disse à coluna.

A oposição não é para menos. No varejo, nos últimos anos foram fechadas 100 mil lojas, o equivalente a todos os cerca de 500 shoppings do país, ressalta.

22 de março de 2016 às 13:10

Odebrecht pagou 500 mil em propina vice-presidente do Corinthians [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Radar Online, da Veja, sobre a operação Xepa:

Vice-presidente do Corinthians recebeu 500.000 em propinas na obra do Itaquerão

Por Robson Bonin

O corrupto de codinome “Timão” e senha “alface” recebeu da Odebrecht 500 mil reais em propinas pela obra da Arena do Corinthians.
No relatório da Polícia Federal, “Timão” é identificado como André Luiz de Oliveira: “É dirigente do Corinthians, o que justificaria, portanto, a utilização do codinome “Timão”, diz a PF.

22 de março de 2016 às 12:56

Estado Islâmico assume ataque terrorista na capital da Bélgica [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:

Estado Islâmico assume autoria de ataques em Bruxelas

Facção terrorista afirma ser responsável por explosões que mataram 11 em aeroporto e 20 em estação de metrô na capital belga

A facção Estado Islâmico reivindicou os ataques em Bruxelas nesta terça-feira (22), afirmou uma agência afiliada à milícia.

“Combatentes do Estado Islâmico realizaram uma série de explosões com cinturões com explosivos e outros dispositos, tendo como alvo um aeroporto e uma estação do metrô na capital belga”, disse a agência AMAQ.

A Bélgica elevou seu alerta terrorista para o seu nível mais alto, desviando aviões e trens e ordenando as pessoas a se manterem longe dos locais atingidos.

Aeroportos em toda a Europa imediatamente aumentaram sua segurança.

Segundo uma autoridade de Inteligência iraquiana, fontes na cidade síria de Raqqa afirmaram que o EI planejava há dois meses realizar ataques na Europa que teriam como “alvo aeroportos e estações de trem”.

À Associated Press, a autoridade afirmou que os países europeus foram avisados sobre os planos, “mas que Bruxelas não fazia parte deles na época”.

Ainda de acordo com a autoridade entrevistada pela AP, os combatentes do EI resolveram realizar a operação na capital belga “por causa da prisão de Salah Abdeslam”, na sexta-feira (18). Abdeslam é um dos participantes dos ataques em Paris, que deixaram 130 mortos em novembro.

22 de março de 2016 às 12:51

Mudança de horário de funcionamento no aeroporto de São Gonçalo é boato, segundo Inframérica [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Quando um boato vira verdade…
Na semana passada chegou ao Blog a informação que o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante iria reduzir seu horário de funcionamento, fechando às 20 horas.
Difícil acreditar quando se leva em consideração que, para funcionar, um aeroporto internacional depende da malha aérea do mundo. E levando em consideração que a TAP embarca e desembarca em Natal, indo e voltando de Portugal e de outros países da Europa, sempre nos fins de noite, e que outras empresas embarcam e desembarcam à meia noite e às duas da manhã, e ainda às 5 da manhã…
Liguei para o superintendente da Infraero no Rio Grande do Norte, Ibernon Martins, que negou a informação, e o Blog ignorou o assunto.
Porém, o boato que virou “verdade” já foi assunto até em plenário do legislativo…
Nem a nota emitida pela Infraero foi capaz de barrar o boato…
Como disse ao Blog na semana passada, Ibernon Martins garantiu que não haverá alteração nenhuma no horário de funcionamento do aeroporto.

22 de março de 2016 às 12:42

Procurador da República do RN, Marcelo Alves, se livrou por pouco de estar em Bruxelas na manhã de hoje [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O procurador da República, Marcelo Alves Dias, filho do deputado José Dias, está em Londres, onde por alguns anos estudou e fez Doutorado.
Hoje cedo Marcelo foi à estação do Eurotunel para embarcar, a passeio, para Bruxelas.
Quando chegou se deparou com a estação fechada.
Antes dos pais acordarem, Marcelo ligou para José Dias e avisou o que estava acontecendo e que ele estava longe do atentado.

22 de março de 2016 às 9:52

Executivos da Odebrecht e doleiros são alvos da operação Xepa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Altos executivos da Odebrecht e doleiros são os alvos da operação Xepa, que investiga a estrutura interna da construtora para pagamento de propina para vários setores, inclusive a Petrobras.
No Rio de Janeiro, Roberto Prisco Ramos, presidente da Odebrecht Oleo e Gas, teve decretada prisão temporária. 

Outro alvo é Hilberto Mascarenhas Alves Silva Filho, suposto controlador de contas secretas da empreiteira. Contra ele foi decretada prisão preventiva.

Até agora, foram levados à sede da PF de São Paulo, dois presos preventivos: Marcelo Rodrigues e Olívio Rodrigues Júnior.
A operação cumpre hoje 110 ordens judiciais, sendo 67 de busca e apreensão, 28 de condução coercitiva, 11 de prisão temporária e 4 de prisão preventiva.

As sedes da empreiteira Odebrecht na Bahia, no Distrito Federal e em São Paulo são alvos de buscas.

A Odebrecht emitiu nota confirmando que a Polícia Federal cumpriu mandados de prisão, condução coercitiva e busca e apreensão em escritórios e residências de executivos em algumas cidades no Brasil.
*Com informações da Folha

22 de março de 2016 às 8:25

Ministro do STF nega pedido do governo para anular decisão de Gilmar Mendes e permitir posse de Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Exame:
Fux nega pedido de Lula para anular decisão de Gilmar Mendes
BEATRIZ BULLA E ISADORA PERON, do Estadão Conteúdo
Brasília – O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, negou na madrugada desta terça-feira, 22, o pedido do governo para anular a decisão do ministro Gilmar Mendes, que suspendeu a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Casa Civil.
Fux decidiu extinguir o processo sem sequer analisar o mérito do pedido feito pela Advocacia-Geral da União, porque, segundo ele, a ação ia contra a jurisprudência criada pela Corte.
Publicidade
“O Supremo Tribunal Federal, de há muito, assentou ser inadmissível a impetração de mandado de segurança contra atos decisórios de índole jurisdicional, sejam eles proferidos por seus ministros, monocraticamente, ou por seus órgãos colegiados”, anotou o ministro.
O mandado de segurança foi protocolado ontem pela AGU diante da perspectiva de que o recurso sobre a decisão de Gilmar Mendes e as ações sobre o caso que estão com o ministro Teori Zavascki só irão ser julgados pelo plenário a partir da próxima semana, por conta do feriado da Páscoa no Judiciário.
Na peça, a AGU alegava que a decisão de Gilmar Mendes de anular a nomeação de Lula para a Casa Civil foi “absolutamente peculiar e ilegal”.
O órgão afirmava que o ministro deveria ter se declarado impedido de julgar a situação de Lula porque já havia se manifestado sobre o caso publicamente e porque tem ligação com a advogada Marilda de Paula Silveira, que assinou o mandado de segurança apresentado pelo PPS.
O pedido do partido, juntamente com uma ação do PSDB, culminou na liminar de Gilmar que suspendeu a posse de Lula na sexta-feira passada.
A AGU também argumentava que era prerrogativa da presidente escolher os seus ministros e que Lula poderia assumir o cargo porque está sendo apenas investigado e ainda não foi condenado.
“Notadamente, em período de notória crise política e turbulência institucional, não se pode manietar a presidenta da República no seu típico espaço de discricionariedade na direção política”, diz na peça.
Em sua decisão, Gilmar alegou que Lula havia aceitado assumir a Casa Civil para ganhar foro privilegiado.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

22 de março de 2016 às 8:14

Lula não é alvo da operação Xepa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Radar Online:

  

Apesar do alvoroço provocado pela deflagração da 26ª fase da operação Lava-Jato, batizada de Xepa, na manhã desta terça-feira, o ex-presidente Lula não é um dos alvos de mandados de prisão temporária nem preventiva.
A suspeita de que Lula poderia ser preso foi reforçada pelo fato de a Polícia Federal cumprir um dos mandados no hotel Royal Tulip, onde o petista esteve hospedado nesta segunda.

22 de março de 2016 às 8:05

Xepa: Operação cumpre 110 ordens judiciais em Brasília, SP, RJ, SC, RS, BA, PI, MG e PE [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na 26ª fase da Lava Jato, chamada de Operação Xepa, estão sendo cumpridos ao todo 110 ordens judiciais, sendo 67 de busca e apreensão, 28 de condução coercitiva, 11 de prisão temporária e 4 de prisão preventiva.
A ação, que envolve 380 policiais federais, é realizada nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Piauí, Distrito Federal, Minas Gerais e Pernambuco.

22 de março de 2016 às 7:56

Xepa: PF entra no hotel onde Lula estava hospedado mas não há informação se o ex-presidente é alvo da operação [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na operação Xepa, como foi denominada a 26ª fase da Lava Jato, uma viatura da Polícia Federal entrou no início da manhã no hotel Royal Tulip, em Brasília, endereço de políticos na capital federal.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava hospedado nesse hotel pelo menos até a madrugada desta terça. Não há a informação, porém, se Lula é um dos alvos dessa etapa da operação.
*Com informações da Folha

22 de março de 2016 às 7:48

Corregedoria do MP arquiva reclamação contra o procurador Rinaldo Reis e pede para abrir reclamação contra procuradores [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Ministério Público do RN
A Corregedoria Nacional do Conselho Nacional do Ministério Público arquivou de plano a Reclamação Disciplinar n.º 0.00.000.000096/2016-81, instaurada a partir de representação subscrita por 18 Procuradores de Justiça, que pediam providências contra o Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, “diante da gravidade dos fatos noticiados pela imprensa local que apontam suposta prática de ato reprovável” por parte dele, consistente em ilações de que lei de interesse do Ministério Público teria sido aprovada rapidamente na Assembleia em troca de suposta intervenção do Procurador-Geral de Justiça no andamento das investigações que resultaram na deflagração da operação Dama de Espadas.
“Nesse cenário, analisando o teor da reportagem, os trechos de diálogos telefônicos transcritos e os esclarecimentos prestados pelos Promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, forçoso reconhecer a ausência de elementos mínimos para imputar ao Reclamado a prática de infração disciplinar relacionada à interferência indevida ou ao vazamento de informações de investigação sigilosa, em troca de rápida tramitação de projetos de lei de interesse institucional”, ressaltou a Corregedoria Nacional em sua decisão de arquivamento.
Consta ainda do ato, assinado pelo Corregedor Nacional, Conselheiro Cláudio Portela do Rêgo, que “também não é possível inferir que a rápida tramitação dos projetos de lei encaminhados pelo Procurador-Geral de Justiça tenham sido consequência de prática de atos reprováveis pelo Chefe do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte”.
Com essas e outras razões, foi determinado o arquivamento do processo.
Além disso, consta no despacho de arquivamento que seja instaurada nova Reclamação Disciplinar, desta vez contra os Procuradores que assinaram a Reclamação original, com o objetivo de averiguar a prática de eventuais infrações disciplinares por parte destes quando da divulgação da representação contra o Procurador-Geral de Justiça.

22 de março de 2016 às 7:33

Mulher e filha de Eduardo Cunha já nas mãos de Sérgio Moro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Lauro Jardim:
Claudia Cruz e Danielle, mulher e filha de Cunha, já nas mãos de Moro
Sérgio Moro recebeu ontem os processos contra Cláudia Cruz (foto) e Danielle Cunha, respectivamente mulher e filha de Eduardo Cunha. Ambas são investigadas no inquérito sobre contas secretas na Suíça em nome de Cunha e Claudia.
Na semana passada, o ministro Teori Zavascki resolveu desmenbrar os processos que, até então, corriam no STF, por causa do foro privilegiado de Cunha, e enviá-los para Curitiba.
A partir de agora, a tensão de Cunha sobre o que Moro fará com sua mulher e filha está em ponto máximo. 

22 de março de 2016 às 7:14

Xepa: PF entra no hotel onde Lula estava hospedado em Brasília [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:
PF deflagra mais uma etapa da Operação Lava Jato
BELA MEGALE

FLAVIO FERREIRA

DE SÃO PAULO

GABRIEL MASCARENHAS

DE BRASÍLIA
A Polícia Federal deflagrou mais uma etapa da Operação Lava Jato nesta terça-feira (22). Uma viatura da Polícia Federal entrou no início da manhã no hotel Blue Tree, em Brasília, endereço de políticos na capital federal.
Segundo a Folha apurou, estão sendo cumpridos em torno de 15 mandados em São Paulo, Brasília e Salvador. As sedes da empreiteira Odebrecht na capital baiana e no Distrito Federal são alvos de buscas.
Este é o desdobramento da 23ª fase da Lava Jato, que levou para trás das grades o marqueteiro do PT João Santana e sua mulher e sócia, Monica Moura. A nova fase foi batizada de “Xepa”.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava hospedado nesse hotel pelo menos até a madrugada desta terça.
Na noite de segunda (21), o petista jantou com a presidente Dilma Rousseff para discutir a possibilidade de o governo manter a sua posse como ministro da Casa Civil, contestada pelo STF (Supremo Tribunal Federal, já que o ministro Gilmar Mendes a considerou uma forma de tentar dificultar as apurações da Lava Jato.
Caso o governo vença no Supremo e Lula ocupe a cadeira ministerial, ele passará a ter foro privilegiado e, consequentemente, sai da alçada da operação em Curitiba.