Thaisa Galvão

18 de abril de 2016 às 20:20

Veja o pronunciamento de Dilma onde ela se diz injustiçada e critica Temer por querer o poder sem ter votos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A presidente Dilma Rousseff se pronunciou sobre o resultado da sessão de ontem na Câmara Federal.

Disse que se sente injustiçada pela posição da Câmara e por não ter conseguido, nos últimos 15 meses, governar num clima de estabilidade política.

Repetiu que não praticou crime de responsabilidade e que o processo não tem base de sustentação.

“Tenho ânimo, força e coragem para enfrentar – apesar de, com sentimento de muita tristeza – essa injustiça”, disse a presidente.

Sobre seu vice Michel Temer, disse que a tentativa de eleição indireta se dá porque ele quer ascender ao poder mas não tem votos para tal…

No vídeo abaixo, o pronunciamento completo de mais de meia hora.

18 de abril de 2016 às 20:09

Deputado Albert Dickson: aniversariante do dia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Albert Dickson, presidente do PROS, é o aniversariante desta segunda-feira.

Comemora em família, com filhos e a mulher Karla, médica e pré-candidatíssima à vereadora em Natal.

  

18 de abril de 2016 às 17:41

Depois dos pulos da deputada, a prisão do marido prefeito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de receber elogios da mulher deputada Raquel Muniz, na sessão espetacular de ontem, na Câmara Federal, o prefeito de Montes Claros, em Minas Gerais, foi preso pela Polícia Federal hoje.

O prefeito Ruy Muniz é acusado de fraude para prejudicar hospitais públicos e beneficiar hospitais de sua família.

Ontem, ao votar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, a deputada Raquel Muniz declarou que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso com sua gestão…

18 de abril de 2016 às 16:47

Processo do impeachment chega ao Senado e será lido na sessão de amanhã [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente do Senado, Renan Calheiros recebeu há pouco o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, acatado ontem pela Câmara.
Segundo o senador José Agripino Maia, líder da oposição no Senado Federal, o processo já será lido na sessão de amanhã.
Antes, às 11 horas, os líderes se reunirão com Renan Calheiros para tratar do assunto.
O calhamaço tem 12 mil e 44 páginas.

  

18 de abril de 2016 às 16:23

Diário Oficial da União publica nomeação do reitor do IFRN eleito em dezembro passado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi publicada hoje no Diário Oficial da União a nomeação do professor Wyllys Abel Farkatt Tabosa, como reitor do IFRN.
Em dezembro passado ele foi eleito com 56% dos votos de alunos e servidores.
Wyllys assume a gestão até 2020.
O IFRN atende hoje cerca de 30 mil alunos em todo estado, com mais de 130 cursos e quase 3 mil servidores.

A posse do novo reitor será em Brasília e a transmissão de cargo está prevista para acontecer em maio.

Wyllys Tabosa receberá o cargo do atual reitor, professor Belchior Rocha.

18 de abril de 2016 às 16:15

No Fantástico deste domingo o advogado Erick Pereira explicou como andará o processo de impeachment no Senado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que poderá salvar o mandato da presidente Dilma Rousseff?

O Senado.

Como?

Ou não acatando a abertura do processo ou em um dos dois julgamentos seguintes, arquivando o processo de impeachment.

No programa Fantástico da Rede Globo deste domingo, o advogado potiguar Erick Pereira explicou, ponto por ponto, como se andará o impeachment a partir de agora.

CLIQUE ABAIXO e veja o vídeo da reportagem veiculada no programa:

http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2016/04/veja-os-proximos-passos-partir-da-aprovacao-da-camara-deste-domingo.html

18 de abril de 2016 às 14:51

Dilma fará pronunciamento no final da tarde [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Marcado para 17, no Palácio do Planalto, o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff.

Nada de cadeia de rádio e TV.

Plateia: a mesma, formada nos últimos tempos nos salões do Planalto.

Em cadeia a presidente atrairá panelaços.

Fechada no Planalto, o vídeo irá para as redes sociais que compatilhará, passará por sites, blogs, colunas…e atingirá o objetivo.

18 de abril de 2016 às 14:36

PDT abre processo para expulsar 6 deputados que votaram pelo impeachment de Dilma [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O PDT já abriu, na manhã de hoje, processo de expulsão dos deputados que não seguiram a questão fechada e votaram pelo impeachment.

Deverão ser expulsos do partido os deputados Mario Heringer (MG), Sérgio Vidigal (ES), Giovanni Cherini (RS), Flávia Morais (GO), Subtenente Gonzaga (MG) e Hissa Abrahão (AM).

Antes da expulsão, os parlamentares terão amplo direito de defesa.

18 de abril de 2016 às 14:14

Dilma faz que está feliz e deputados fazem que acreditam [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Thaisa Galvão



Os deputados José Guimarães (PT-CE), Givaldo Carimbão (PHS-AL), Orlando Silva (PCdoB-SP), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Marcelo Castro (PMDB-PI) e Arlindo Chinaglia (PT-SP), se reuniram hoje com a presidente Dilma Rousseff e deixaram o Palácio do Planalto com o mesmo discurso: “a presidente está otimista e confiante”.

Aliados de Dilma, os deputados jamais poderiam deixar o Palácio do Planalto dizendo…a verdade, por exemplo.

Claro que ninguém acredita que Dilma dormiu bem, acordou cedo cantando, tomou um farto café-da-manhã sem ser incomodada nem incomodar ninguém, e foi trabalhar usando seu melhor look.
“Ela está animada e, solidária, agradeceu muito à nossa honradez e os votos que demos. E dissemos a ela: ‘Estamos com a senhora, como se diz no Nordeste, até debaixo d’água’”, afirmou o líder do governo na Câmara, José Guimarães.

Como líder, não poderia ser diferente.
Dilma não está satisfeita, não está feliz, não está tão otimista assim porque sabe que o Senado tende a acompanhar a posição da Câmara, mas sabe que não pode fraquejar. Muito menos atravessar a porta do seu quarto, no Palácio da Alvorada, demonstrando tristeza e temor de perder o mandato.

É hora de fazer teatro.

A próxima apresentação deverá ser ainda hoje, quando Dilma deve se pronunciar.

18 de abril de 2016 às 13:45

Senadores do PT compartilham pesar com a população pelo resultado da sessão da Câmara [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os senasores do PT se pronunciaram através de nota sobre o resultado da sessão de ontem da Câmara, que aprovou o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Eis:
Nota
Após o resultado da votação do processo de impeachment na Câmara dos Deputados, as senadoras e senadores do PT compartilham sincero pesar com o povo brasileiro pela agressão ao estado democrático de direito iniciada neste domingo (17).
Os que pretendem rasgar o sagrado voto do eleitor e usurpar a soberania popular saíram à frente dando aval a um golpe travestido em um processo de impeachment que nasceu espúrio, fruto da vingança do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, ao ser indiciado como réu no processo da Lava Jato.

Perdeu-se uma batalha, mas não a guerra.
Manteremos vigília permanente contra esta e contra todas as tentativas de instabilidade institucional patrocinadas por setores inconformados com a derrota nas eleições de 2014. Michel Temer e Eduardo Cunha não contam com apoio popular nem têm condições morais para presidir o Brasil.
Nós, parlamentares do PT, juntos aos nossos aliados defensores da democracia, juntos à juventude e aos movimentos sociais, não arredaremos pé dos nossos princípios. Continuaremos lutando pela preservação das conquistas sociais alcançadas nos últimos anos e pela manutenção do emprego e da renda das trabalhadoras e trabalhadores.
Aqui, no Senado, manteremos a democracia no Brasil. Vamos continuar nas ruas e vamos virar esse resultado. Serão dois turnos, sendo o definitivo deles exigindo maioria de dois-terços – ou 54 votos em 81 votos. Não terão!

Estaremos juntos pela pacificação dos ânimos, pela volta da racionalidade na política, pelo fim da crise que hoje aprofunda a recessão e emperra a retomada do crescimento.
Vamos nos manter unidos, no Congresso e nas ruas, para vencer os golpistas. Lutaremos até o fim para defender a democracia.

Vamos nos manter unidos na luta com nossa corajosa militância. Não vai ter golpe! Vai ter luta!

 

 

Brasília, 17 de abril de 2016

18 de abril de 2016 às 12:48

tvTG: Garibaldi acredita que impeachment será aprovado no Senado e presidente Dilma será afastada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O senador Garibaldi Filho (PMDB) disse ao Blog que acredita que, passado na Câmara, o impeachment será aprovado no Senado e a presidente Dilma Rousseff será afastada.

Sobre o provável governo do PMDB, o senador acredita que o ex-ministro Henrique Alves ocupará um Ministério.

18 de abril de 2016 às 11:09

O placar do deputado Gustavo Carvalho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) acertou quase em cheio o placar da votação do processo de impeachment na Câmara Federal neste domingo.
No sábado, quando o placar da mídia, divulgado na Folha, Estadão e O Globo, marcava 348, 349 e 350 votos favoráveis ao afastamento da presidente Dilma Rousseff, Gustavo disse ao Blog que seu placar era 366.
Deu 367.
O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), também chegou perto.
Arriscou um placar mais amplo, mas entre 370 e 390.

18 de abril de 2016 às 10:38

PV perde mais filiados ligados ao meio ambiente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dois nomes ligados ao meio ambiente deixam o Partido Verde, que a cada dia que se passa vai perdendo a cor…

Anunciadas hoje duas desfiliações: Gustavo Szilagyi e Olegário Passos.

18 de abril de 2016 às 10:32

Pipa: Morre em Goiás o dono da pousada Toca da Coruja [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do assessor de imprensa da Prefeitura de Tibau do Sul, Nino Adaebson:

  
Do Blog – O empresário estava em Goiás.

18 de abril de 2016 às 10:15

tvTG: Aloysio Nunes diz que Câmara decretou morte do governo do PT e Senado vai lavrar atestado de óbito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O senador Aloysio Nunes Ferreira, do PSDB, disse que a Câmara “decretou a morte do governo petista”.

E afirmou que o Senado “vai lavrar o atestado de óbito”.

18 de abril de 2016 às 9:24

Para Agripino, alegação do golpe foi retórica vazia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM, comentando o resultado da sessão de ontem na Câmara:

“A esmagadora maioria dos votos declarados para o impeachment foi justificada pelo respeito aos eleitores e à família de cada um. Ganhou a voz das ruas. Ao NÃO, restou a retórica vazia da alegação de golpe democraticamente destruída pelo acachapante resultado dos votos”.

18 de abril de 2016 às 9:11

O poder muda de lado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Ricardo Noblat, n’O Globo:

  

18 de abril de 2016 às 0:46

Pouca gente nas ruas de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi fraco o movimento nas ruas de Natal neste domingo.

A população estava voltada para a TV. Queria acompanhar a sessão da Câmara.

Quem torcia pelo impeachment se concentrou na Praça Cívica.

  
Quem se manteve favorável à permanência de Dilma Rousseff na presidência da República, se concentrou na Praça de Mirassol.

  

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o número estimado de pessoas girou entre 1.200 e 1.500 pessoas.

18 de abril de 2016 às 0:01

Henrique Alves: “Michel exemplar no equilíbrio” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do ex-ministro Henrique Alves ao Blog, após concluída a votação.

“Responsabilidade pelo longo caminho a percorrer ainda e respeito a vencedores e vencidos porque a esperança do Brasil é maior que todos nós. O clima tranquilo aqui.Michel exemplar no equilíbrio e muita serenidade. Como o país exige nessa hora”.