Holiday

Thaisa Galvão

31 de dezembro de 2016 às 20:00

Obrigada 2016, bem-vindo 2017 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

2016 se vai como um ano que vai ficar na história como um dos mais difíceis que o Brasil viveu.

Presidente afastada, vice virando presidente, golpe para uns, esperteza para outros, e muita gente na cadeia.

Muita gente também na fila.

Matriculado para enfrentar um presídio nos próximos meses ou anos.

 

2016 pode ser um ano para ser esquecido ou para ser muito lembrado.

 

A hora é de agradecer.

Ou pelas coisas boas vividas ou por ele ter passado.

Mas agradecer.

Com o coração aberto, prontos para receber 2017 com boas energias, recompensadoras.

 

O Blog agradece a sua companhia e espera continuar contando com sua audiência.

Aos leitores, aos anunciantes, aos colaboradores, às fontes sempre fiéis, o Muito Obrigada de 2016 e o bem-vindos de 2017.

 

Feliz Ano Novo e um novo tempo de Paz.

Paz que traz no pacote de 3 letrinhas, um misto de Amor, Saúde, Segurança, Tranquilidade, Harmonia, União…e tudo o que a vida tem de melhor.

Que sejamos merecedores da Paz.

31 de dezembro de 2016 às 19:59

Feliz Ano Novo pra vocês também [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Feliz Ano Novo pra vocês também.

Amigos queridos, leitores, colaboradores, que enviaram mensagens de boas festas.

 

Charles Sá e Natale Gontijo, Casa Cor Rio Grande do Norte, Simone e Abdo Farret, senador Garibaldi Filho, Hospital Infantil Varela Santiago, vereadora Mara Costa, Gutemberg Dias, Luciana Araújo, Fácil Comunicação, TV Feliz, vereadora eleita Nina Souza, deputado Rogério Marinho, secretário de Segurança Caio Bezerra

 

Tião Couto, Desembargador Dilermando Motta, vereadora Júlia Arruda, Codern (Emerson Fernandes), Sandra Cerqueira (Casa Durval Paiva), deputada federal Zenaide Maia, deputado e vice-prefeito eleito Álvaro Dias, Extra Comunicação, Rádio Obelisco, João Maia, G7 Comunicação, Comunicação Sesc RN, Ana Paula Cadengue, Fecomercio, David Freire
Francineide Damasceno, Renato Fernandes, Alice Barros, Petras Vinícius, Nildo Rodrigues, Ney Lopes Júnior, Fátima Delgado, Armindo Albuquerque, Sérgio Coxinha, Anderson Lopes, Pedro Ratts, Thalita Moema, Caio Oliveira, Walter Fonseca, Flávio Marinho, Daniel Menezes, Raquel Louvain, Atelier Narcisa Costa, Joãozinho Batista, Deputado Carlos Augusto Maia, Deputado Albert Dickson, Fernandes, Preto Aquino, Elias Jornalista
Edson Faustino, Rivaldo Fernandes, Eduardo Collin, Ana Augusta Simas, Júnior Morais, Oliveira Wanderley, Ohana Fernandes, Professora Margarida, Roberto Campello, Ledson França, Sunline Turismo, Suzana Firulas, Rayane Guedes, Alexandre Filgueira, Chris Cirne, Odemar Neto, Juliana Garcia, Padre Matias, Wallacy Atlas, 

31 de dezembro de 2016 às 18:48

Ex-deputada Sandra Rosado presidirá sessão de posse dos vereadores eleitos em Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os vereadores eleitos para a próxima legislatura em Mossoró tomarão posse neste domingo em sessão marcada para começar às 14h30.

A sessão de posse dos parlamentares será presidida pela ex-deputada federal e vereadora diplomada Sandra Rosado (PSB).

É Sandra que tem mais idade entre os 21 eleitos.

 

Sandra também presidirá a eleição do presidente da Casa, que acontecerá logo após a posse.

As candidaturas terão que ser registradas até às 13h30, uma hora antes do início da sessão.

A votação será aberta.

 

O presidente eleito é quem comandará a cerimônia de posse da prefeita eleita, Rosalba Ciarlini (PP), marcada pata começar às 18h, no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado.

31 de dezembro de 2016 às 18:47

Depois de passar pelo Senado e Governo, Rosalba Ciarlini assume o quarto mandato como prefeita de Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP) assumirá o quarto mandato à frente do Palácio da Resistência.

Na primeira vez em que se elegeu prefeita, Rosalba não disputou reeleição, já que à época não havia reeleição.

 

Deixou o mandato e voltou a atuar como médica pediatra.

Quatro anos depois voltou a se candidatar e mais uma vez se elegeu prefeita, desta vez se reelegendo para o terceiro mandato.

 

Rosalba foi eleita a primeira senadora do Rio Grande do Norte e quatro anos depois, mesmo com um mandato garantido de 8 anos, renunciou ao mandato para ser candidata ao governo do Rio Grande do Norte.

 

No Senado foi substituída pelo suplente Garibaldi Alves (PMDB), pai do senador Garibaldi Filho.

Rosalba se elegeu governadora mas seu partido, o DEM, não lhe deu legenda para tentar reeleição.

 

Há dois anos sem mandato e atuando mais uma vez como médica, Rosalba Ciarlini disputou e ganhou a Prefeitura de Mossoró.

Toma posse neste domingo…mirando no Senado.

 

Há quem diga que sonha em voltar ao legislativo para cumprir o mandato de 8 anos.

E como sucessora na política, começa a preparar a filha Lorena Ciarlini, a quem lhe confiará uma Secretaria na gestão que começa amanhã.

31 de dezembro de 2016 às 18:30

Carlos Eduardo Alves assume neste domingo o quarto mandato como prefeito de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), assume neste domingo o quarto mandato como chefe do executivo da capital do Rio Grande do Norte.

A sessão de posse, no CEMURE, deverá ser comandada pelo vereador Raniere Barbosa (PDT), apontado como eleito presidente da Câmara na eleição marcada para a tarde de amanhã.

O primeiro, ganhou de presente da então prefeita Wilma de Faria (PSB), que renunciou à Prefeitura para disputar o governo do Rio Grande do Norte, num ato arriscado e corajoso, onde as pesquisas lhe davam apenas 2% das intenções de votos.

Wilma arriscou e se elegeu governadora.

 

O segundo mandato foi o primeiro por eleição, e Carlos disputou com o vereador – à época deputado – Luiz Almir.

Ganhou a eleição e teve como vice a jornalista Micarla de Sousa (PV).

A relação entre os dois azedou logo no começo da gestão e prefeito e vice romperam.

Micarla se elegeu prefeita na eleição seguinte, e no primeiro turno.

Carlos Eduardo apoiava a candidata derrotada Fátima Bezerra (PT).

 

Quatro anos sem mandato depois, mirando na gestão de Micarla, Carlos Eduardo voltou a se eleger prefeito.

Dessa vez teve como vice a ex-prefeita e já ex-governadora Wilma de Faria.

Carlos e Wilma inverteram as posições de 2001 quando Carlos era o vice dela.

Em várias entrevistas, Wilma reclamou da falta de prestígio. De tentar trabalhar e não ter respaldo do prefeito.

A relação entre os dois também azedou.

 

Agora o prefeito reeleito Carlos Eduardo toma posse para o quarto mandato tendo como vice o deputado Álvaro Dias (PMDB).

Resta saber se, assim como aconteceu com Micarla e Wilma, a relação de prefeito e vice será, pelo menos, interessante.

 

O deputado Álvaro Dias assume a vice apostando na candidatura de Carlos Eduardo a governador em 2018.

Mas isso só o destino e o ano de 2017 dirão.

Carlos tem jurado que cumprirá seus 4 anos de mandato na Prefeitura e que 2018 não lhe tira o sono.

Mas se for disputar o governo, terá que renunciar à prefeitura até o dia 6 de abril de 2018, seis meses antes da eleição de 7 de outubro.

Álvaro assumiria a cadeira principal do Palácio Felipe Camarão.

31 de dezembro de 2016 às 18:26

Carta-renúncia do deputado Álvaro Dias foi protocolada às 8 da manhã deste sábado na Assembleia Legislativa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Eleito vice-prefeito de Natal para o mandato que começa amanhã, o deputado Álvaro Dias (PMDB) renunciou ao mandato de deputado estadual.

 

A carta-renúncia de Álvaro foi protocolada hoje, às 8 da manhã, na Secretaria Legislativa da Assembleia.

 

Na segunda-feira, 2 de janeiro, às 10 horas, a suplente de deputada, Larissa Rosado (PSB), assumirá a vaga deixada por Álvaro em solenidade cartorial na presidência da AL.

Com a Casa em recesso, a posse não acontecerá no plenário.

31 de dezembro de 2016 às 7:06

Gambiarra: árvore de Mirassol que não tem funcionado direito passa por mais uma manutenção [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A árvore de Mirassol, símbolo do natal em Natal, voltou a se apagar de vez nesta sexta-feira.

Mais uma manutenção.

Culpa da rede elétrica, dizem.

Mas há quem diga que esse ano optaram por uma instalação de qualidade duvidosa.

Tipo…fizeram uma gambiarra.

Na véspera e no dia de natal a árvore, que já havia sido apagada para manutenção, funcionou assim…meia-boca.

A prefeitura garante que a manutenção de ontem deixou a árvore-gambiarra tinindo para a virada do ano.

Será?

30 de dezembro de 2016 às 18:12

Rosalba anuncia mais 5 secretários [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, que já havia anunciado os nomes de 7 secretários para seu quarto mandato à frente do Executivo local, divulgou hoje uma lista de novos auxiliares.

Administração e Finanças – Sebastião Ronaldo Martins Cruz, auxiliar de Rosalba no governo e na prefeitura de Mossoró, e membro da equipe de transição.

Agricultura e Recursos Hídricos, a agrônoma Anne Katherine de Holanda Bezerra, mulher do deputado federal Beto Rosado.

 

Desenvolvimento Social e Juventude – Lorena Ciarlini Rosado, graduada em Marketing, filha da prefeita Rosalba.

Educação – professora Magali Delfino. O nome dela já havia sido divulgado pelo Blog.

Desenvolvimento Econômico  – o ex-vereador Lahyre Rosado Neto.

 

30 de dezembro de 2016 às 14:07

Presidente da Câmara Franklin Capistrano faz balanço da gestão e reafirma candidatura à reeleição [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente da Câmara Municipal de Natal, o vereador Franklin Capistrano (PSB) analisa como positiva sua gestão.

Contabiliza os projetos aprovados, a transparência e os salários pagos em dia e reafirma o desejo de permanecer comandando o legislativo natalense.

Franklin é um dos 3 vereadores da legislatira que será empossada domingo que não declarou voto ao candidato Raniere Barbosa (PDT).

Ele conta com seu voto e os dos vereadores Kleber Fernandes e Júlia Arruda, ambos do PDT do prefeito Carlos Eduardo, mas aposta numa surpresa para tirar votos da candidatura de Raniere, hoje consolidada com o compromisso do voto de 25 vereadores, além do voto do próprio candidato.

O otimismo de Franklin deixa claro que ele aposta numa reviravolta.

30 de dezembro de 2016 às 11:04

Governo e Prefeitura pagam salários de servidores de órgãos com arrecadação própria mas não anunciam calendário de dezembro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Assim como o Governo do Estado já fez, a Prefeitura de Natal inicia hoje o pagamento dos servidores dos órgãos que tem arrecadação própria.
Arsban, ativos da Natalprev e Magistério.

O governo já pagou aos servidores do Detran, Ipem, Potigás, Idema, Jucern e Educação.
Agora o desafio: quando Prefeitura e Governo vão anunciar o pagamento dos salários de dezembro do grosso do funcionalismo?

Até agora nada.

30 de dezembro de 2016 às 9:10

Convênio de 5 milhões assinado com o TJ garantiu ao Governo do Estado a realização da Operação Verão que será lançada hoje [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador Robinson Faria lança, logo mais às 10h30, a Operação Verão. 
A solenidade acontece na Escola de Governo, onde concederá uma entrevista coletiva.

O evento que contará com a presença de todo aparato da Segurança Pública do Estado e demais instituições parceiras, visa apresentar ao público o plano de operações que será executado para preservar e manter a ordem pública na orla marítima e demais espaços públicos de lazer e entretenimento durante o período do veraneio.
A Operação Verão começa hoje e segue até 1º de março, com um efetivo de 1.445 agentes de segurança entre policiais militares, civis e bombeiros. 
Os recursos para o pagamento das diárias operacionais estão garantidos por meio de um convênio, na ordem de R$ 5 milhões, entre o Governo do Estado e o Tribunal de Justiça.

30 de dezembro de 2016 às 7:52

Meninos bestas do PT e PMDB culpam juiz Sérgio Moro pelos erros que eles cometeram [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Globo:

Do Blog – Eles só esqueceram de combinar que é exatamente nesses dois partidos que tem mais ‘menino besta’ que gosta pouco de dinheiro e poder.

Culpar o juiz Sérgio Moro pelos erros deles pode ser o caminho mais cômodo.

30 de dezembro de 2016 às 2:34

Na presidência do TST, ministro potiguar Emmanoel Pereira nega pedido da Petrobras para mediar acordo coletivo e petroleiros podem entrar em greve [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do portal do Tribunal Superior do Trabalho (TST):

Presidente em exercício nega pedido de mediação da Petrobras em impasse sobre acordo coletivo

 
O vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), no exercício da Presidência, ministro Emmanoel Pereira, negou o pedido de mediação e conciliação pré-processual realizado pela Petróleo Brasileiro S.A – PETROBRAS em processo contra a Federação Única dos Petroleiros e sindicatos.

A empresa ainda pediu que fosse dado caráter cautelar alegando possível ocorrência de greve pelos petroleiros, mas o ministro informou que o tipo de pedido da empresa não conta com a previsão da cautelaridade. 
Todavia, disse que não haveria empecilho para a cautelar se fosse num contexto de urgência, “principalmente considerando o êxito alcançado com o seu uso na pacificação de conflitos coletivos por parte da Vice-Presidência em 2016”, lembrou.

Data-base




A categoria encontra-se no período da data-base e tenta negociar os termos de determinadas cláusulas do Acordo Coletivo 2015/2017, que tem o prazo de vigência de um ano, por meio do Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho.

Na pauta de reinvindicações da federação apresentada em setembro, os trabalhadores pedem reajuste salarial correspondente a 100% do ICV/DIEESE; aumento real de 5% sobre o salário corrigido; reajuste do auxílio-almoço com o índice ICV/DIEESE; manutenção da Gratificação de Campo Terrestre e do Adicional de Permanência no Estado do Amazonas, reajustados e com aumento real e Manutenção dos benefícios educacionais e programa jovem universitário, reajustados.

O ministro também ressaltou que, acatar o pedido de apenas uma das partes para negociação seria inadequado, pois “demonstraria a existência de um desequilíbrio entre empresa e empregados, o que é indesejável”. E acrescentou, “seja para o próprio procedimento de mediação, seja pela necessidade de se reconhecer que a Petrobras só é uma das líderes mundiais do seu segmento pelo esforço continuado dos seus empregados, que diuturnamente trabalham para que os melhores resultados sejam por ela alcançados. E, por isso, não merecem sofrer qualquer forma de desprestígio”.

Ao negar o requerimento da empresa, Emmanoel Pereira deixa claro que, havendo alteração no contexto dos fatos, o pedido poderá ser reexaminado.

30 de dezembro de 2016 às 1:41

Aplicativos no celular darão direito a descontos nos shows que movimentarão a praia de Pirangi [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Pirangi Summer, que movimentará Pirangi no mês de janeiro, anunciou as atrações para o verão.

 
Jorge e Mateus, Aviões do Forró, Bell Marques e Wesley Safadão são alguns dos nomes confirmados para a Arena Ecomax e Arena Circo da Folia, na praia de Pirangi, em janeiro.
 
Para abertura do Pirangi Summer, muito sertanejo, forró e eletrônico com Jorge & Mateus, Alok e Pedrinho Pegação na quinta-feira (5), véspera de feriado, na Arena Circo da Folia.
 
Na sexta-feira (13), será a vez do forró e axé com Aviões do Forró e Bell Marques, além da sensação Ávine Vinny com som contagiante para animar a Arena Ecomax.
 
Para fechar, no sábado (21), Wesley Safadão chega à Arena Circo da Folia arrastando milhares de fãs. Além dele, Gabriel Diniz e a dupla Pipo e Rafa Marques fecham a programação da terceira e última noite do Melhor Verão de Todos no RN.
 
Os ingressos para o Pirangi estão à venda nas lojas Stalker (Shopping Cidade Jardim e Midway Mall) e Fio a Fio Intimates (Shopping Cidade Jardim) além do site ingressando (www.ingressando.com.br) e alô ingressos (www.aloingressos.com.br). Além das vendas individuais, o Pirangi Summer vai vender passaporte para aqueles que queiram ir aos três shows do verão.
 
Além disso, o Pirangi Summer 2017 fechou parcerias que garantem desconto a quem for comprar ingresso para os shows do verão, na Arena Ecomax e Arena Circo da Folia, em Pirangi, nos dias 5, 13 e 21 de janeiro.
 
A organização do evento fechou parceria com o Meu Menu, Telepesquisa, App Carnatal e Cabo Telecom. Nos três primeiros, quem baixar os apps no telefone celular garante seu desconto. Já no caso do último, o assinante Cabo Telecom mostra sua fatura atualizada para garantir o desconto no ingresso. Mais informações: Telepesquisa (84) 3026-3232.

30 de dezembro de 2016 às 1:33

2017 começa com contas de telefone mais caras [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presente de grego para 2017.

Mais um…

Alô inflaçãoo!!!

 

Se você tem celular pós-pago e telefone fixo em casa, se prepare…

As contas de telefone fixo e pós-pago vão ficar mais caras a partir de domingo, primeiro de janeiro.

 

É que o STF decidiu que o ICMS deve incidir nos valores das assinaturas.

Até então, o imposto só era cobrado nas ligações e outros serviços.

A decisão foi tomada em um processo em que Oi e o Estado do Rio Grande do Sul questionavam a cobrança da taxa.

30 de dezembro de 2016 às 1:26

Salário mínimo de 937 reais entrará em vigor no domingo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Definido o valor do salario mínimo para 2017:

O presidente Michel Temer assinou decreto reajustando de R$ 880 para R$ 937 o salário mínimo.

 

O novo valor entrará em vigor a partir do domingo, primeiro de janeiro.

30 de dezembro de 2016 às 1:22

TCU libera multa de repatriação para atuais gestões municipais mas dinheiro só será entregue aos novos prefeitos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois do presidente Michel Temer garantir a liberação de recursos provenientes de multas da repatriação para municípios brasileiros no dia 30, antes do fim da gestão, e do STF barrar a liberação, anunciando o repasse somente para janeiro…

 

Eis que o Tesouro Nacional anunciou que foi emitida nesta quinta-feira uma ordem bancária em favor dos municípios para o pagamento de cerca de R$ 5 bilhões.

 

Os atuais prefeitos podem comemorar que o dinheiro cairá no colo deles, e não dos sucessores?

 

Não.

 

É que os recursos vão entrar na conta dos municípios na sexta-feira, mas, por causa do feriado bancário, só chegarão aos cofres dos municípios no dia 2 de janeiro.
A Advocacia-Geral da União (AGU) e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) entraram com recurso no Tribunal de Contas da União (TCU), na noite desta quinta-feira, para tentar reverter a decisão do TCU.

30 de dezembro de 2016 às 0:08

Rosalba define nome para a Saúde e soma 7 auxiliares já anunciados para sua equipe na Prefeitura de Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeita eleita de Mossoró anunciou nesta quinta-feira o nome de Benjamim Bento para uma das pastas mais polêmicas de qualquer gestão: Saúde.

Benjamim Bento de Araújo Neto é graduado em Enfermagem pela UFRN com várias especializações em gestão e é funcionário de carreira da Prefeitura de Mossoró.

Ele já foi secretário Municipal de Saúde.

 

Veja os outros nomes já anunciados por Rosalba Ciarlini:

 

Fazenda – o auditor fiscal do Estado, Abraão Padilha de Brito

Consultoria Geral do Município – o ex-auxiliar de Rosalba tanto na prefeitura quanto no governo do Estado, Anselmo Carvalho

Infraestrutura – Kátia Pinto, que ocupou a mesma pasta no Governo do Estado, na gestão de Rosalba Ciarlini.

Procuradoria Geral do Município – Karina Martha Ferreira de Souza Vasconcelos, filha do presidente eleito do Tribunal de Justiça, desemnargador Expedito Ferreira de Souza. Já foi procuradora geral do Município de Mossoró.

Segurança – General Eliéser Girão Monteiro Filho, ex-titular da pasta da Segurança estadual, também no governo Rosalba.

Comunicação – a jornalista Aglair Abreu, assessora de Rosalba no Senado e adjunta da Comunicação no governo estadual.

29 de dezembro de 2016 às 23:47

Mossoró: Prefeito Francisco José diz que sua sucessora encontrará município com dificuldades mas com serviços funcionando [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, reuniu nesta quinta-feira, auxiliares e servidores para prestar contas de seu mandato que termina neste sábado.

 

“Entregaremos o governo com a preocupação de um gestor que deu o sangue por sua gestão”, ressaltou o prefeito.

 

Abaixo, a íntegra do discurso de despedida:

“Caros amigos e amigas, permitam-me chamá-los assim, pois esse é o único tratamento que nos define neste momento. Amigos e amigas.

É preciso tratar assim a todos vocês que aceitaram e cumpriram esta que pode ser a maior missão de nossas vidas. Nós não somos os únicos no Brasil a enfrentar uma crise nessas proporções.

Todos os municípios do Rio Grande do Norte enfrentam esse problema, inclusive Natal que vive uma situação muito parecida com a nossa.

A diferença é que, além de ter mais dinheiro, a gestão tem do seu lado toda a mídia e o interesse dos grupos tradicionais.

Quem diria que estados como Rio de Janeiro, maior receptor de royalties e turistas do Brasil, vivesse tamanho caos. Minas Gerais, Rio Grande do Sul e até São Paulo que esconde o problema porque tem a Globo à sua disposição.

Vocês veem alguma diferença entre a situação do Estado e do município?

Para a gestão estadual a crise começou muito antes de nós e só não se agravou mais porque seguramos a barra do governador enquanto pudemos.

 

Não me arrependo disso porque não fiz por ele, mas pela população, principalmente pelas futuras mães que ficaram sem ter onde parir depois do fechamento da APAMIM e das sucessivas crises no Hospital da Mulher.

Como disse, nós não somos os únicos no Brasil a enfrentar esse caos vivido todos os dias por falta de recursos e apoio, mas estamos entre os poucos que não têm o apoio da mídia – rádio, televisão, jornais, blogs – que, em todos os lugares, pertencem aos grupos políticos tradicionais, os mesmos que não prepararam suas cidades e seus estados para essa crise grave que enfrentamos agora.

De 2014 para cá, quando estourou no Brasil uma grave crise política que acabou com o afastamento da presidente Dilma Rousseff, o País não é o mesmo.

O Brasil vinha atravessando um período de calmaria desde o governo Itamar Franco, da criação do Real, da estabilidade econômica iniciada no governo Fernando Henrique Cardoso, no boom de crescimento econômico e social dos governos Lula e Dilma.

Sempre houve dificuldades, sempre faltou recursos e sobraram obrigações, mas os prefeitos que vieram antes de mim tiveram sempre a quem recorrer.

Cada presidente que entrava tinha como objetivo melhorar o País para que a sua política econômica marcasse a sua passagem.

 

O que vivemos agora é atípico e muito grave. As crises política e econômica – principalmente a crise internacional provocada pela queda no preço do petróleo e de todas as commodities – tem obrigado o governo atual a cortar gastos, despesas e até direitos.

 

E, como sempre, os mais prejudicados são os prefeitos que perdem receitas, serviços e condições de manter funcionando a máquina como deveria e gostaria. Pois é nas cidades onde o povo mora.

Não quero assustar ninguém, mas preciso dizer que a situação tende a ficar mais complicada. Não quero com isso torcer contra ninguém, afinal não me preocupam as gestões, mas o que elas fazem com o povo, por isso, é preciso dizer que os próximos anos e enquanto durar essa crise política nacional, os municípios viverão a pão e água.

Meus amigos e amigas, repeti diversas vezes que governar é eleger prioridades. Entregarei o governo no dia 1º de janeiro com algumas dificuldades, nada diferente dos meus colegas prefeitos, mas tenho orgulho em dizer que entrego todos os equipamentos e serviços abertos.

Preciso que vocês me respondam com sinceridade: Vocês acham que erramos ao abrir a UPA do BH?

Que erramos ao aumentar o número de médicos nas outras unidades?

Erramos ao abrir as BICs e instalar uma Secretaria de Segurança no município? Erramos em tentar resolver o problema dos ambulantes, de iniciar toda aquela briga para garantir que tenha ônibus de qualidade circulando em nossa cidade? Erramos em evitar que o Nogueirão fosse leiloado fazendo o município perder milhões??

Vocês que estavam comigo todos os dias, acham que atrasamos salários porque quisemos? Que os prefeitos de todo o País estão decretando calamidade e atravessando situações piores do que a nossa porque eles querem?

Eu sei que vocês sabem que não. Por que amigos e amigas, se eu fosse um gestor tradicional eu poderia ter feito diferente, mas hoje estaria muito infeliz por minhas decisões.

É bem provável que as primeiras atitudes do novo governo seja fechar as Bics, diminuir os médicos das UPAs.

Talvez até fechar uma UPA. Reduzir ao mínimo os investimentos na Maternidade Almeida Castro, entre outras medidas duras que chamarão de “impopulares” ou, quem sabe, com uma palavra mais bonita, chamarão de “austeras”.

É possível que com isso eles economizem mais dinheiro e até usem a mídia – que agora está do lado deles – para dizer que em um ano ou dois conseguirão equilibrar as contas. Mas meus amigos, isso não passará de propaganda.

Se os repasses federais não melhorarem, se o município não arrecadar mais e se os royalties do petróleo não voltarem a crescer, eles viverão a mesma crise que nós.

Talvez pior.

A diferença é que a população terá menos acesso aos serviços essenciais como saúde e segurança. Eles até podem tentar maquiar isso usando a imprensa, mas com as redes sociais não terão como calar o povo.

Toda economia é necessária e nós fizemos muitas, vocês são testemunhas que cortamos na própria carne e colocamos em risco todo o nosso governo, mas nenhuma economia pública vale os serviços essenciais.

 

Nenhuma economia vale tirar do pobre o pouco que ele tem. É por isso que enfrentei com vocês toda essa crise para não deixar fechar os equipamentos na esperança que o mês seguinte seria melhor.

Porque como disse o filósofo Aristóteles: ‘A esperança é o sonho do homem acordado’.

E eu pergunto: de que adianta um gestor sem esperança?

 

Durante um breve período nós vimos esse país sair do ostracismo para se tornar um gigante porque “A esperança venceu o medo”.

E eu, meus amigos, que sou um homem de extrema fé, não perdi a esperança um só dia e paguei para ver. Foi caro o preço que paguei? O tempo dirá.

Não me arrependo de ter tentado e espero que vocês também não. Nós poderíamos ter feito diferente? Claro, sempre é possível fazer diferente, até para quem só acerta.

 

Mas e se tivéssemos as mesmas condições econômicas dos nossos antecessores, precisávamos fazer diferente ou teríamos feito uma grande revolução em Mossoró?

Quando o próximo governo assumir, não pegará um município com dificuldades, pegará um País com dificuldades.

Nós, possivelmente, seremos por algum tempo, a desculpa para eles.

Dirão que não fizemos isso ou não fizemos aquilo, mas logo o povo entenderá que essa conversa está furada. Veremos isso pelas redes sociais, não pela imprensa.

Se as notícias forem fieis, o próximo governo começará em crise porque pretende começar fazendo arrochos sérios demais para o tipo de estrutura que estão acostumados.

E os cortes nos serviços mostrarão a diferença entre a vontade de cuidar do povo e a necessidade – que eles têm – de se manterem no poder.

Então, amigos e amigas, o que posso dizer hoje a cada um de vocês, que atravessam essa tempestade e que chegaram até aqui comigo, é MUITO OBRIGADO.

Eu sem vocês não seria nada.

Se não fosse a confiança, a inteligência e disposição de vocês. Se não fosse a esperança que vocês ajudaram a alimentar junto comigo, eu não teria dado nenhum passo.

 

E posso afirmar ainda, com convicção e consciência tranquila, que se não fosse esta equipe, a situação em Mossoró seria de caos total.

Se com dinheiro, grandes empréstimos e apoio da Petrobras eles precisaram pedir socorro aos municípios de Russas, Alexandria e a Natal, imagina nesta situação atual.

Portanto, amigos e amigas, entregaremos o governo com a preocupação de um gestor que deu o sangue por sua gestão, mas também com a tranquilidade dos que fizeram tudo, talvez mais, do que poderia ser feito.

Mossoró cresceu muito através de nossas mãos.

Ampliamos os equipamentos de saúde, colocamos ônibus de qualidade para rodar, entregamos centenas de casas, convocamos centenas de novos servidores, ampliamos a estrutura de segurança da cidade, demos uma segunda chance para o esporte local, construímos acessos, melhoramos ruas, criamos o primeiro parque municipal da região e deixamos uma série de ações e projetos para serem executadas no futuro.

 

Cuidamos da Mossoró de hoje, sempre pensando na Mossoró de amanhã. Fizemos isso com nossa equipe, mas também conversando com toda a população através dos nossos Fóruns e projetos sociais como o Meu Bairro Melhor.

Depois do primeiro mandato do governo Dix-Huit Rosado, sou o único prefeito que assumiu de fato a Prefeitura.

Não deixei meu filho ou minha esposa governarem por mim.

Nunca me escondi em Tibau e nunca, dia ou noite, me esquivei de conversar com a imprensa.

 

Sempre estive presente, nos dias bons e nos dias ruins. E nunca, desafio qualquer um aqui a dizer o contrário, tratei mal um colega de trabalho, não importa sua função.

 

Como também nunca fui negativo, nunca disse uma frase pessimista, muito pelo contrário: pedi que mantivessem a fé, que tivessem força e esperança em seus corações.

 

É por isso que, com muito orgulho, sei que se lembrarão de mim também pela humildade e que estarão comigo novamente nos nossos próximos projetos. Porque a luta continua.

Muito obrigado a todos e a todas por esta caminhada de luta, força e ensinamentos. Sigamos firmes no propósito de fazer sempre o nosso melhor com convicção, amor e, principalmente, fé e coragem.

Desejo a todos e todas não um feliz ano novo, mas uma vida sempre plena de conquistas e sabedoria.

Que Deus nos abençoe”.

29 de dezembro de 2016 às 23:23

Governador Robinson Faria visita 11 municípios para acompanhar chegada da água pela Adutora do Alto Oeste [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Acompanhado de auxiliares e dos deputados Galeno Torquato e Carlos Augusto Maia, o governador Robinson Faria percorreu hoje 11 municípios do Oeste do Rio Grande do Norte, beneficiados com a adutora do Alto Oeste.

A visita técnica aos municípios foi a última missão do governador em 2016 no interior do estado.
Os municípios visitados foram Taboleiro Grande, Itaú, Rodolfo Fernandes, Severiano Melo, Riacho da Cruz, Umarizal, Olho d’água do Borges, Lucrécia, Frutuoso Gomes, Antônio Martins e João Dias.

A Adutora do Alto Oeste vai abastecer 26 municípios da região, levando água de qualidade a mais de 200 mil pessoas. 
Seguiram em caravana com o governador os secretários Maírton França (Recursos Hídricos), Getúlio Ribeiro (Articulação Política); Tatiana Mendes Cunha (Casa Civil); e Josivan Moreno (Igarn).


Fotos Rayane Mainara


No vídeo abaixo, a presença do governador em Taboleiro Grande e Itaú

Quando a água chegou a Antônio Martins

Água em Antônio Martins e a visita do governador a Riacho da Cruz