Thaisa Galvão

25 de agosto de 2017 às 22:24

Defesa de Garibaldi diz que senador não recebeu doação em 2008 como aponta denúncia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da defesa do senador Garibaldi Filho sobre a denúncia oferecida pelo procurador Rodrigo Janot envolvendo seu nome:
Nota


O senador Garibaldi Alves Filho desde logo repudia a acusação e destaca que esta mesma delação, noticiada hoje pela denúncia apresentada pelo Procurador Geral, será também usada na sua defesa para alcançar o consequente arquivamento. 
A própria narrativa da peça acusatória registra tratar-se de eleição municipal de 2008, na qual o senador Garibaldi não foi candidato e, portanto, não foi beneficiário de nenhuma doação. 
O senador Garibaldi Alves Filho lamenta a generalização que ofende a sua honra e criminaliza a política brasileira.

25 de agosto de 2017 às 22:11

PMDB: Janot denuncia Garibaldi, Sarney, Renan, Jucá e Raupp [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1


PGR denuncia Renan Calheiros, Romero Jucá, Valdir Raupp, Sarney e Garibaldi Alves


Denúncia foi enviada por Janot ao STF no âmbito da Lava Jato. Todos são acusados em inquérito que apura se Renan e deputado do PMDB receberam propina oriunda de contratos da Transpetro


Por Mariana Oliveira e Renan Ramalho, TV Globo e G1, Brasília

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou nesta sexta-feira (25) ao Supremo Tribunal Federal (STF) quatro senadores do PMDB, dois ex-senadores do partido e mais três pessoas no âmbito da Operação Lava Jato.

Foram denunciados (e os crimes atribuídos a eles):

Senador Renan Calheiros (PMDB-AL): corrupção passiva e lavagem de dinheiro;

Senador Garibaldi Alves (PMDB-RN): corrupção passiva e lavagem de dinheiro;

Senador Romero Jucá (PMDB-RR): corrupção passiva e lavagem de dinheiro;

Senador Valdir Raupp (PMDB-RO): corrupção passiva e lavagem de dinheiro;

Ex-senador e ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP): corrupção passiva e lavagem de dinheiro;

Ex-senador e ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado: corrupção passiva e lavagem de dinheiro;

Luiz Fernando Nave Maramaldo, sócio da NM Engenharia: corrupção avita e lavagem de dinheiro;

Nelson Cortonesi Maramaldo, sócio da NM Engenharia: corrupção ativa e lavagem de dinheiro;

Fernando Ayres Reis, ex-presidente da Odebrecht Ambiental: corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Todos são acusados em inquérito que apurava inicialmente se Renan Calheiros e o deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE) receberam propina oirunda de contratos da Transpetro.

Renan Calheiros já foi denunciado na Lava Jato, mas ainda não há decisão da Corte sobre torná-lo réu; Raupp é réu na Lava Jato; e Romero Jucá foi denunciado, na semana passada, em um desdobramento da Operação Zelotes.

25 de agosto de 2017 às 15:31

Juiz Eduardo Guimarães define regras mais rígidas para prisão de Henrique Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O juiz federal Eduardo Guimarães, titular da 14ª Vara da Justiça Federal no RN, após constatar que durante menos de 3 meses na prisão, o ex-deputado Henrique Alves (PMDB) já recebeu cerca de 400 visitas, decidiu disciplinar as atividades permitidas e as visitas ao réu que está preso no prédio da Academia de Polícia Militar, em Natal.
As regras constam da Lei de Execução Penal (Lei 7.210/84) e de atos normativos que regulam as custódias militares no RN, e seu descumprimento pode ter como penalidade, a transferência do preso para outro lugar onde ele possa vir a ter tratamento mais rigoroso.
Constam da lei as seguintes regras:
Preservação da imagem do preso, evitando sua exposição desnecessária;

É proibida a exposição do preso ao exterior do prédio da unidade, através de portas, janelas ou qualquer outra abertura de acesso ao exterior;

É proibida a livre circulação do preso pelas dependências da Academia, podendo deslocar-se somente para a realização das atividades autorizadas, para o banho de sol e para receber visitas;

Visitas dos advogados todos os dias, no horário entre 8h e 17h;

Visitas íntimas apenas às quartas-feiras, podendo ocorrer no horário entre 8h às 16h;

Visitas de familiares entre as 13h e 17h, nos sábados, domingos e feriados nacionais, estaduais e municipais;

Todas as visitas devem ser identificadas e registradas no livro de controle;

Banho de sol nas terças e quintas-feiras, no horário das 14h às 17h, no pátio central ou local equivalente.
Além das mais de 400 visitas o juiz levou em consideração a imagem de Henrique exposta em vídeo gravado pela TB Ponta Negra.
“Considero, em verdade, que tais fatos não condizem com a sua condição de preso preventivo, razão pela qual entendo necessário impor regras mais claras, para cumprimento pelas autoridades responsáveis por sua custódia”, escreveu o magistrado.

*

Das imagens feitas pela TV Ponta Negra, vale lembrar que a grade, que pode parecer a porta de uma cela, na verdade é o portão externo do prédio do Comando do Corpo de Bombeiros.

A grade mostrada pela imagem não faz parte de uma cela.

25 de agosto de 2017 às 10:43

(Vídeo) Padre Flávio: o potiguar que vive no Vaticano e já acompanhou histórias de 3 Papas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ele tem apenas 40 anos, mas pode dizer que já vivenciou os momentos mais importantes nos últimos anos da história da Igreja Católica.

Potiguar de Natal, com origens familiares em Acari, Padre Flávio Medeiros atua no Vaticano há 12 anos, mas somando o tempo como seminarista, sua história ao lado dos três últimos Papas somam 17 anos.

Padre Flávio acompanhou a morte do Papa João Paulo II, todo o Pontificado do Papa Bento XVI, e agora com o Papa Francisco, é Cerimoniário do Vaticano.

Cerimoniário é o ministro, ordenado ou não, responsável pela organização das celebrações litúrgicas, entre elas a missa, na Igreja Católica.

Sua função é fazer com que a celebração brilhe pelo decoro e ordem, e para isso o cerimoniário deve trabalhar em íntima colaboração com o sacerdote celebrante e os demais participantes.

Padre Flávio, hoje vizinho do Papa Francisco, está em Natal depois de ter participado da festa da padroeira de Acari, Nossa Senhora da Guia. Aqui ele discute com uma comissão recém-criada, sobre a canonização dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu que acontecerá em outubro no Vaticano.

Hoje Padre Flavinho, como é conhecido entre os conterrâneos, concedeu entrevista ao Blog.

 

25 de agosto de 2017 às 10:19

Morada da Paz é primeira funerária brasileira a vencer prêmio internacional de excelência [6] Comentários | Deixe seu comentário.

O cemitério e crematório Morada da Paz, do Grupo Vila, é a única empresa do Brasil a ganhar o prêmio Pursuit of Excellence Award 2017, por demonstrar excelência no serviço funerário, aderindo a padrões éticos e profissionais rigorosos, proporcionando um atendimento excepcional às famílias e à comunidade.

Na América Latina, o Morada está entre as três empresas a receber o título de excelência, com as funerárias colombianas La Esperanza e San Vicente, responsáveis por atender às vítimas da tragédia com o voo da Chapecoense e realizar o funeral do ex-presidente venezuelano, Hugo Chávez.

A premiação é promovida anualmente pela National Funeral Directors Association (NFDA), maior associação de serviços funerários do mundo.

“A missão do Grupo Vila é valorizar as pessoas. Por isso, o reconhecimento faz com que possamos continuar prestando um atendimento de excelência aos nossos clientes e colaboradores”, afirma o diretor da empresa, Ibsen Vila.

Entre os requisitos necessários que deram ao Morada da Paz o prêmio internacional de excelência, está o cumprimento dos regulamentos nas esferas estadual e federal, as oportunidades de educação e desenvolvimento pessoal e profissional oferecidas, a existência de programas e recursos excepcionais para famílias desamparadas, a manutenção de um nível ativo de envolvimento na comunidade, a participação no mercado aderindo a práticas éticas, além da demonstração de excelência em marketing, publicidade, assessoria de imprensa e relações públicas.

A entrega da premiação Pursuit of Excellence Award 2017 está programada para o dia 30 de outubro, em Boston, Massachusetts (EUA).


Diretores Nilo, Eduardo e Magno Vila

25 de agosto de 2017 às 10:05

Presos na operação Anteros são libertados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presos na operação Anteros, os servidores públicos Adelson Freitas e Magaly Cristina foram soltos hoje cedo.

O prazo da prisão temporária com prorrogação de 5 dias se expirou à meia-noite.

25 de agosto de 2017 às 8:03

Seguidores do governador de Pernambuco repudiam visita de Lula à viúva de Eduardo Campos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em campanha pelo Nordeste afora, o ex-presidente Lula, na sua passagem ontem por Recife, já foi assediar quem ele sonha ter como sua vice na disputa pela presidência no próximo ano.

Lula ligou para Renata Campos, viúva do ex-candidato a presidente, Eduardo Campos, e pediu para visitá-la.

Renata recebeu Lula acompanhada do governador Paulo Câmara (PSB).

A família comemorava os 25 anos dae Eduarda, filha mais velha de Renata e Eduardo.

Renata recebeu Lula recebeu pela amizade que existiu entre as famílias.

Lula justificou a visita como retribuição à presença de Renata no velório de Dona Marisa Letícia.
A contar pelos comentários postados no instagram do governador Paulo Campos, que postou as fotos da visita, Renata não vai nunquinha realizar esse sonho de Lula.

Veja abaixo só alguns comentários.