Thaisa Galvão

14 de setembro de 2017 às 8:21

Reitor da Universidade Federal de Santa Catarina é preso sob acusação de desviar dinheito público [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, Luís Carlos Cancellier de Olivo, foi preso hoje em operação contra desvio de recursos do programa de educação à distância.

O dinheiro foi desviado para pessoas sem vínculo com a universidade.

A instituição tentou barrar investigação interna, segundo apurou a Polícia Federal.
Operação Ouvidos Moucos tenta  desarticular uma organização criminosa que supostamente desviou 80 milhões de reais destinados a cursos de Educação a Distância (EaD) da UFSC.
A investigação da PF apontou que verba destinada ao EaD foi desviada, inclusive para pessoas sem vínculo com a universidade, como parentes de professores.
Há mandados sendo cumpridos em Florianópolis, Itapema e Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*