Thaisa Galvão

6 de fevereiro de 2018 às 17:38

Manus: Juiz federal concede prisão domiciliar a Henrique mas ex-deputado se mantém detido por causa de outro mandado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O juiz federal Eduardo Guimarães, responsável pela operação Manus, concedeu hoje prisão domiciliar ao ex-deputado Henrique Alves (MDB).

A operação Manus apura desvio de recursos na construção da Arena das Dunas, em Natal.

Mas, Henrique não poderá ir para casa, já que também cumpre outro mandado de prisão, sob acusação de desviar recursos da Caixa Econômica.

Apesar do benefício a Henrique, o juiz manteve a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha, também réu no mesmo caso de Henrique.

Hoje faz 8 meses que Henrique está preso.

“Todas as 22 testemunhas de acusação inocentaram Henrique Alves, não fazendo sentido que ele permanecesse preso nas condições em que estava. É preciso que a imprensa livre acompanhe todos os atos deste processo e divulguem para a população brasileira o que está acontecendo, para que se reflita sobre os danos que o punitivismo exarcebado tem causado em parte da justiça brasileira e o risco de que isso venha a atingir o cidadão comum”, disse o advogado Marcelo Leal, advogado de Henrique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*