Thaisa Galvão

21 de março de 2018 às 22:50

Energia em Natal foi restabelecida aos poucos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Apesar da sensação de energia retomada em Natal, aos poucos é que o sinal foi sendo restabelecido.

Nas capitais do Nordeste a situação foi se normalizando aos poucos.

Às 19 horas o sinal já havia sido retomado assim: 20% em Natal e João Pessoa; 25% em Aracaju; 30% em Salvador; 50% no Recife e em Teresina; e 80% em Fortaleza.

21 de março de 2018 às 22:43

Causa do apagão ainda não foi explicada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Eram 18h10 quando os bairros mais centrais de Natal acenderam as lâmpadas.

O apagão que começou às 15h48 e atingiu as regiões Norte e Nordeste, e que deixou sem energia os 167 municípios do Rio Grande do Norte, foi provocado por uma falha em uma usina no Pará.

Coisas de um Brasil em desgraça.

Ficaram sem energia o Amazonas, Alagoas, Sergipe, Ceará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Amapá, Rio Grande do Norte, Pará, Maranhão, Bahia e Tocantins.

Também houve registro de falta de energia em São Paulo e Minas Gerais, que logo tiveram o sinal restabelecido.

A causa do apagão não foi explicada ainda.

21 de março de 2018 às 20:21

Embaixador da Campus Party Natal participa de reunião na Câmara Municipal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Sueldo Medeiros recebeu hoje o embaixador da Campus Party e professor do Departamento de Artes (Deart) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Dino Lincoln.

Ele esteve na Câmara de Natal para reunião da Comissão de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Na ocasião, ele detalhou os preparativos e enfatizou a importância do evento para impulsionar a economia do conhecimento e fortalecer o empreendedorismo.

Pela primeira vez o Rio Grande do Norte terá a chance de receber uma edição especial da Campus Party, conhecida como a maior experiência tecnológica do mundo nas áreas de ciência, criatividade, games, empreendedorismo e entretenimento digital.

A atração será realizada entre os dias 11 e 15 de abril no Centro de Convenções, no bairro Ponta Negra e os ingressos já estão disponíveis no site (http://brasil.campus-party.org/).

21 de março de 2018 às 16:01

Carlos Eduardo tem 17 dias para decidir se continua prefeito ou entrega a Prefeitura a Álvaro Dias e vai disputar o Governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Faltam 17 dias para ocupantes de cargos públicos se desincompatibilizarem para disputar mandato nas eleições de outubro.

A decisão mais esperada é a do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT).

Que tem pela frente o feriadão da Semana Santa para refletir e rezar antes de tomar a decisão.

Carlos quer ser candidato a governador, mas para isso terá que sair da Prefeitura num caminho sem volta.

Se perder a eleição, não pode mais voltar para o Município.

Basta assinar um termo de renúncia para entregar a gestão da capital ao seu vice Álvaro Dias (MDB) e não mais voltar.

Ao contrário da senadora Fátima Bezerra (PT), que sendo candidata e perdendo, retoma seu mandato e permanece no Senado por mais 4 anos.

Mesmo tempo que passaria no governo caso fosse eleita.

21 de março de 2018 às 11:28

Pauta da hora: Lula e o tempo de cadeia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da colunista Mônica Bérgamo, na Folha de S. Paulo:

 

Ministros do STF acreditam que Lula pode ficar muito tempo na cadeia

Magistrados compartilham ideia que já circula no PT

Ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) compartilham a ideia, que já circula no PT, de que Lula pode passar uma longa temporada na cadeia caso sua prisão seja efetivada.

 

DESGASTE

Um dos magistrados que tenta evitar a detenção do petista afirma que o desgaste para tirá-lo de uma penitenciária seria muito maior do que o imposto agora aos que se alinham com a tese contrária à prisão depois de condenação em segunda instância.

 

SOMA

A situação de Lula ficaria agravada com outras condenações que devem ocorrer contra ele nos próximos meses —uma delas, a do sítio de Atibaia.

 

TORCIDA

Magistrados dos dois grupos em que se divide hoje o STF —os que são contra a revisão da prisão depois de condenação em segunda instância e os que querem modificar a regra concordam em um ponto: Cármen Lúcia torce para que o ministro Edson Fachin leve o habeas corpus de Lula em pauta, apesar de se dizer contra a ideia.

 

FOTO

Um deles afirmou à coluna entender que, com isso, ela sai bem na foto pois não pautou o habeas corpus —e, ao mesmo tempo, se livra da responsabilidade de ser a pessoa determinante na prisão do petista. Já outro magistrado diz acreditar que ela faz contas e sabe que, na análise específica de seu caso, Lula perde.

 

CONTA

A presidente da corte apostaria que Rosa Weber pode até votar para modificar a regra da execução provisória da pena —mas seguiria a norma até que ela fosse alterada. Por isso, votaria contra o habeas corpus de Lula, impondo a ele uma derrota.

21 de março de 2018 às 8:03

Deputado Rafael Motta protocola na Câmara moção de apoio à professora Débora Seabra [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Rafael Motta (PSB) protocolou Moção de Apoio à professora Débora Araujo Seabra de Moura, que teria sido agredida em uma rede social por parte da desembargadora Marília Castro Neves.

O documento foi protocolado ontem na Câmara dos Deputados.

“A professora Débora Seabra é um exemplo para todo o país. Sua perseverança e força de vontade são inspiradoras, mas ainda há quem questione a capacidade de pessoas como ela exercerem funções nos mais diversos níveis”, afirmou Rafael Motta.

21 de março de 2018 às 0:18

Vereador Preto Aquino quer ser reconhecido como pré-candidato a senador [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do vereador Preto Aquino (Patriota), que se apresenta como pré-candidato ao Senado, reclama que os institutos de pesquisa não tem incluído seu nome nas consultas ao eleitor.

Chateado, espalhou o questionamento abaixo nos grupos de whats app:

Nota

Mais uma vez não compreendo o motivo do meu nome não estar presente nas pesquisas estimuladas para disputa de uma das vagas ao Senado do RN, em 2018.

Reitero o pedido aos institutos de pesquisa para que não me excluam. Coloquem meu nome, para que assim o eleitor tenha oportunidade de me avaliar também nessa esfera.

Vereador Preto Aquino