Thaisa Galvão

1 de julho de 2018 às 16:20

O troco cor de rosa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Vendo a possibilidade cada vez mais próxima da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), apoiar a pré-candidatura de Carlos Eduardo Alves (PDT) ao Governo, a saída do senador José Agripino Maia (DEM) da disputa pelo Senado teria uma explicação.

Agripino teria sido pressionado a ‘desistir’ para facilitar a chegada da Rosa.

Com Agripino na chapa estava difícil.

Rosalba – ou o marido Carlos Augusto Rosado – não perdoaria fácil o fato do DEM de Agripino ter lhe negado a legenda em 2014, impedindo da então governadora disputar reeleição.

O argumento de Rosalba teria feito a chapa de Carlos Eduardo pressionar sobre Agripino?

Se foi…pode-se dizer que o grupo de Rosalba deu o troco a Agripino?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*