Holiday

Thaisa Galvão

19 de novembro de 2018 às 22:49

Fernando Haddad vira réu por corrupção e lavagem de dinheiro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1

Candidato derrotado a presidente da República, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) virou réu por corrupção e lavagem de dinheiro.

Segundo a denúncia, impetrada na Justiça de São Paulo, o então tesoureiro do partido negociou, em nome de Haddad, para que uma empreiteira pagasse dívida de campanha com propina de contratos da Petrobras.

A denúncia, feita entre abril e maio de 2013, dizia que o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, pediu ao então presidente da empreiteira UTC Engenharia, Ricardo Pessoa, R$ 3 milhões.

O dinheiro pagaria uma dívida de campanha do recém-eleito prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, do PT, com uma gráfica do ex-deputado estadual do PT, Francisco Carlos de Souza, o Chicão.

Além de Haddad, Vaccari e Chicão, também viraram réus um ex-diretor da UTC, Walmir Santana, Ricardo Pesssoa e o doleiro Alberto Youssef, que teria organizado os pagamentos.

João Vaccari Neto está preso em Curitiba, por condenação em outro processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*