Holiday

Thaisa Galvão

23 de janeiro de 2019 às 23:37

Na Suíça, presidente Bolsonaro cancela entrevista e evita falar com a imprensa brasileira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog havia informado, o presidente Bolsonro cancelou a entrevista coletiva que concederia em Davos, na Suíça, onde participa do Fórum Econômico Mundial.

A entrevista teria a participação dos ministros que acompanham o presidente brasileiro.

O evento estava marcado para 13h (horário de Brasília).

 

De acordo com a organização do fórum, seria uma entrevista coletiva, mas o governo brasileiro tratava como um pronunciamento.

 

A organização do fórum chegou a preparar uma sala com quatro lugares reservados para autoridades brasileiras, e colocou placas com os nomes de Bolsonaro e dos ministros Sérgio Moro (Justiça), Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Paulo Guedes (Economia).

As placas foram retiradas às 13h17, quando foi confirmado que ninguém falaria.

Assessoria do presidente alegou cansaço por parte da comitiva brasileira.

Os jornalistas do Brasil queriam que o presidente falasse sobre as denúncias que envolvem o filho Flávio, já que ele falou a um veículo internacional, mas Bolsonaro seguiu caminhando sem responder às perguntas.

23 de janeiro de 2019 às 23:11

Mudanças ainda são tímidas na pasta da Saúde e hospitais continuam sob administração do governo anterior [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Diário Oficial do Estado traz hoje nomeações na área da Saúde.

Para a Regional de Saúde de Caicó, assumirá Tathiane Paulino Leite, e para a Regional de João Câmara, Francisca Pereira de Araújo do Couto.

Já Edenilson Miguel Pereira foi nomeado para a chefia administrativa e financeira do Hospital Dr. João Machado, em Natal.

 

Na Saúde ainda continua em ritmo de espera as nomeações para direção dos hospitais Walfredo Gurgel, Santa Catarina, Maria Alice Fernandes, João Machado, Giselda Trigueiro…

23 de janeiro de 2019 às 23:10

Médico Alexandre Motta nos plantões do Walfredo e Giselda Trigueiro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E falando em Saúde…

O médico infectologista Alexandre Motta, candidato ao Senado pelo PT, que antes atuava especificamente na sua área, de Infectologia, agora é plantonista do Walfredo Gurgel e do Hospital Giselda Trigueiro.

Motta teve o nome cotado para a Secretaria de Saúde, que foi ocupada por Cipriano Maia.

Há quem diga que Alexandre Motta andou se desentendendo com a governadora Fátima Bezerra, mas ele emitiu nota ressaltando a boa relação com a chefe do Executivo.

23 de janeiro de 2019 às 22:55

Presidente João Rebouças nomeia chefe da segurança e ajudante de ordem do Tribunal de Justiça [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do RN publica na edição desta quinta-feira, as nomeações de auxiliares da área de segurança do tribunal, para a gestão do presidente, desembargador João Rebouças.

O Coronel Pereira Júnior, da PM, assumirá o Comando do Gabinete de Segurança Institucional, e o Capitão Barros será o Ajudante de Ordem da Presidência.

Pereira Júnior era diretor de Pessoal da Polícia Militar e Capitão Barros, que é do BOPE, estava responsável pela seguranca do Fórum Miguel Seabra Fagundes.

Ele tem curso de segurança de autoridades pelo Núcleo de Segurança Institucional da Presidência da República.

23 de janeiro de 2019 às 22:27

A afinidade do senador Styvenson com o Podemos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em Brasília, onde foi ao Palácio do Planalto para uma audiência com o presidente em exercício General Hamilton Mourão, o senador Styvenson Valentim tratou também sobre filiação partidária.

Conversou com representantes do PRTB, PTC, PROS e Podemos.

Na foto abaixo, o senador com o presidente nacional do Podemos, o colega senador e ex-candidato a presidente da República, Álvaro Dias.

Sintomática a foto com o Podemos…

O partido chegou a ser quase o destino da senadora Zenaide Maia, que assumiria a legenda como presidente no RN.

O assunto desandou, Zenaide deverá presidir outra legenda já em discussão e o comando do Podemos…poderá cair nas mãos do senador Styvenson.

23 de janeiro de 2019 às 22:04

Senador Styvenson pede ao presidente interino General Mourão, liberação de repasses emergenciais para conter a crise financeira do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog havia informado, o senador Styvenson Valentim (Rede) foi recebido hoje, no Palácio do Planalto, pelo presidente da República em exercício, general Hamilton Mourão.

Styvenson explicou ao vice-presidente, na interinidade da presidência até sexta-feira, sobre a gravidade da crise financeira no Rio Grande do Norte, e pediu auxílio nos repasses federais voluntários de forma emergencial.

“A conversa foi muito produtiva, o presidente em exercício disse que o Governo Federal se dispõe muito a colaborar com o Rio Grande do Norte. Conversamos sobre vários assuntos e eu me identifiquei bastante com as propostas do general Mourão relacionadas à educação”, afirmou o senador.

23 de janeiro de 2019 às 16:40

TRE derruba decisão de Adriana Magalhães e define que Sandro Pimentel tomará posse como deputado estadual [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Justiça Eleitoral do RN finalmente foi…justa.

E o deputado estadual eleito, Sandro Pimentel (PSOL) vai tomar posse.

O mandato é dele, como anunciado no dia 7 de outubro passado.

Seis juízes em sessão no Pleno do Tribunal Regional Eleitoral, se posicionaram contra o voto do relator, o juiz federal Francisco Glauber Pessoa, e acataram o recurso de Pimentel.

O placar de 6 a 1 derrubou a decisão da juíza Adriana Magalhães, que proibiu Sandro Pimentel, inclusive, de ser diplomado.

Com o resultado de hoje fica definida que a 24ª vaga da Assembleia Legislativa será do eleito pelo PSOL, deixando fora do legislativo quem trabalhou para derrubá-lo.

Foi feio.

Sandro Pimentel será diplomado e no dia 1º de fevereiro tomará posse como deputado estadual.

O 6º voto do Pleno foi do presidente do TRE, desembargador Glauber Rêgo, que se posicionou favorável à diplomação e posse de Pimentel.

23 de janeiro de 2019 às 10:48

Bolsonaro fala sobre o filho: “Se ele errou vai ter que pagar” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em Davos, na Suíça, onde participa do Forum Econômico Mundial, o presidente Jair Bolsonaro falou pela primeira vez depois das recentes denúncias envolvendo o filho, senador eleito Flavio Bolsonaro.

‘Se ele errou e isso ficar provado, eu lamento como pai, mas ele vai ter que pagar’, disse o presidente em entrevista à agência Bloomberg.

23 de janeiro de 2019 às 7:41

Os presidentes, seus filhos e seus problemas [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Um negócio desse não pode dar tão certo como o brasileiro almeja:

Jair Bolsonaro é presidente da República.

O filho Eduardo Bolsonaro, de 34 anos, é deputado federal e foi reeleito para mais um mandato.

O filho Flávio Bolsonaro, de 37 anos, é deputado estadual e foi eleito senador.

O filho Carlos Bolsonaro, de 36 anos, é vereador no Rio de Janeiro.

Rondando a família, Fabrício Queiroz, os milicianos e muitas explicações a dar…

A ex-presidente Dilma Rousseff não teve problemas familiares durante suas gestões…

A filha Paula é procuradora do Estado concursada e durante os governos da mãe, continuou exercendo sua função em Porto Alegre…

O ex-presidente Lula se viu às voltas com o enriquecimento questionado dos Lulinhas…

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também viu o nome do filho Paulo Henrique Cardoso envolvido em denúncias ligando o governo a empresas…

O ex-presidente José Sarney…sem comentários…

23 de janeiro de 2019 às 7:10

Jornalista Andréa Ramos assume a Comunicação do Tribunal de Justiça [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Definido o nome da jornalista Andréa Ramos como secretária de Comunicação do Tribunal de Justiça na gestão do novo presidente da Corte, desembargador João Rebouças.

Andréa está no TJ desde 2013, quando fez parte da equipe da então secretária Juliska Azevêdo e permaneceu na equipe dos sucessores, os jornalistas, Rubinho Lemos e Osair Vasconcelos.

Portanto, sabe muito bem como funciona a comunicação do TJ.

Para o cargo que vinha sendo ocupado por Andréa, de chefe de gabinete, foi nomeada a jornalista Geórgia Nery.

23 de janeiro de 2019 às 6:59

O recado do TCE ao Governo Fátima Bezerra [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois não diga que não avisei…

O recado foi dado ao Governo pelo Tribunal de Contas do Estado, ao definir o conselheiro Carlos Thompson como relator das contas do Estado referentes a este ano de 2019.

Como o ano mal começou, é bom a equipe econômica evitar qualquer passo em falso que não será perdoado pelo conselheiro ‘casca grossa’.

As contas do Governo terão que ser feitas com um olho na gestão e o outro na fiscalização.

Vale lembrar que a escolha do relator é feita por sorteio.

As contas de 2019 caíram para Thompson.

23 de janeiro de 2019 às 0:53

Nome de Sandro Pimentel consta no convite de posse dos deputados estaduais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será no dia primeiro de fevereiro, às 9 da manhã, no Plenário da Assembleia Legislativa, a posse dos deputados estaduais eleitos em outubro.

O convite enviado pelo cerimonial da AL consta os nomes dos 24 eleitos, entre eles Sandro Pimentel.

O mandato de Pimentel, conquistado nas urnas, pode ser transferido para outro interessado, via tapetão.

 

23 de janeiro de 2019 às 0:46

General Girão diz que disputas partidárias não vão interferir na sua atuação como deputado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Através de sua assessoria, o deputado federal eleito, General Girão (PSL), esclareceu porque fez elogios à governadora Fátima Bezerra pela escolha da equipe de segurança.

Ele ressaltou que o Estado do Rio Grande do Norte sempre estará em primeiro lugar durante o seu mandato.

Ele reitera o compromisso assumido com o povo potiguar que o elegeu, e que disputas partidárias não terão nenhuma influência no trabalho que ele desenvolverá na Câmara dos Deputados ou em parceria com o governo do RN.

23 de janeiro de 2019 às 0:41

Daniela Mercury processa deputado que lhe chamou de ‘endemoniada, escrava do satanás e organizadora de sindicato da viadagem’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:

Daniela Mercury processa deputado que a chamou de escrava de satanás

Pastor Sargento Isidório criticou a cantora por supostamente zombar da religião alheia

João Pedro Pitombo – Salvador

“O amor de Julieta e Romeu, o amor de Julieta e Romeu”, cantarolou o deputado federal eleito Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) em um vídeo publicado em suas redes sociais em julho do ano passado. A música foi só um pretexto para chegar ao alvo: a cantora Daniela Mercury.

Em três minutos e oito segundos de discurso, a cantora é chamada de endemoniada e escrava de satanás, é apontada como portadora de problemas psiquiátricos e organizadora de um “sindicato da viadagem”.

“Em respeito aos seus fãs e ao povo da Bahia, eu não vou dizer que escrota é você, não vou chamar sua mãe de puta como você xingou todas as mães, não vou chamar você de rato, porque eu ainda acredito você vai ser iluminada”, afirmou o deputado, em um dos trechos mais leves do discurso.

O vídeo motivou uma queixa-crime por injúria movida pela cantora contra o deputado na Justiça da Bahia. Uma audiência de conciliação seria realizada na manhã desta terça-feira (22) em Salvador.

 

O deputado, contudo, não compareceu à audiência por orientação de sua defesa. Ele afirma que não foi oficialmente notificado pela Justiça.

O motivo de tamanha ira do deputado foi um discurso feito por Daniela Mercury no Festival de Inverno de Garanhuns, em Pernambuco, em junho de 2018. A cantora assumiu sua homossexualidade há seis anos e desde então é ativista da causa LGBT.

Em seu show em Garanhuns, a cantora se posicionou contra a retirada da montagem “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, da grade teatral do festival. Na peça, Jesus é representado pela atriz transexual Renata Carvalho.

“Ela [Renata] é Jesus Cristo, sim. Eu estou aqui. Eu sou gay. Eu sou lésbica e daí?”, afirmou a cantora durante o show. Na sequência, ela cantou Tempo Perdido, música de Renato Russo e emendou: “Meu amigo Renato Russo era gay, muito bicha, muito veado sim”.

 

Versões editadas do vídeo foram compartilhadas em redes sociais com um discurso no qual ela afirmaria que “Jesus é gay, muito bicha” – frase nunca dita pela cantora.

Procurado pela Folha, o deputado Pastor Sargento Isidório criticou a cantora por supostamente zombar da religião alheia, mas afirmou que, “em tempo de calma”, ele não faria as afirmações que fez no vídeo.

“Eu gosto de Daniela, não concordo com ela, mas acho que ninguém tem o direito de afirmar que Jesus é gay”, disse o deputado.

 

Informado de que a cantora em nenhum momento disse esta frase, o deputado contemporizou e disse que pode ter sido vítima de uma notícia falsa.

“Se ela não falou, é essa desgraça de fake news mesmo, né? Aí tem que punir esses que espalham. Se eu fui enganado, vou pedir perdão e pagar o preço”, afirmou.

Eleito deputado federal mais votado da Bahia em 2018 com 323 mil votos, Pastor Sargento Isidório é deputado estadual desde 2003 e tem uma carreira política cercada de polêmicas.

Ele foi um dos líderes da greve da Polícia Militar da Bahia em 2002 e ganhou notoriedade ao comandar uma entidade para tradamento de dependentes químicos. Eleito deputado estadual, ficou conhecido pelo estilo folclórico – fazia discursos segurando uma bíblia e uma réplica de um botijão de gás feita, numa crítica ao aumento de preço do combustível.

 

Em 2005, ganhou repercussão um discurso no na criticando o exame de toque para prevenção do câncer de próstata, citando sua própria experiência: “Eu vi estrelas”, disse, na época.

Há dois anos, chegou a ter a sua cassação pedida por um grupo de deputadas por quebra de decoro parlamentar. Em um vídeo comemorativo, o deputado aparecia ao lado da mãe, uma idosa, e tocava as pates íntimas dela, agradecendo por ela “não ser sapatão”.

Em nota divulgada nesta terça-feira, Daniela Mercury lamentou o fato de o deputado não ter comparecido à audiência.

“A ausência deste senhor me ofende mais uma vez. Continuo na expectativa que a justiça aja e que ele seja obrigado a reparar o dano que causou a mim e a minha família”, afirmou.