Thaisa Galvão

2 de fevereiro de 2019 às 18:53

Político em baixa tem que silenciar sob pena de ganhar um Pixuleco [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Alguns políticos tradicionais, os mais antigos, ainda não entenderam o recado das urnas, e continuam usando salto 15.

O senador Renan Calheiros é só um exemplo dos muitos que sobram pelo país afora depois da lava-jato.

Renan bem que poderia ter aproveitado, já que foi um dos únicos desse time que conseguiu se reeleger, para mergulhar.

Fazer política silenciosa…

Poderia não ter passado pelo mico de hoje e ainda, quem sabe, conquistado nem que fosse uma suplência na mesa diretora.

Mas a arrogância fala mais alto e o poder é fundamental.

Chegar ao final da carreira política..nem pensar.

O mergulho para os políticos que foram tirados do processo, seja por falta de votos ou por problemas jurídicos, é necessário.

Renan não entendeu.

Achou que ter sido reeleito lhe dava o direito de falar grosso.

Foi vaiado, obrigado a retirar a candidatura à presidência do Senado, e ainda ganhou homenagem em Brasília: um boneco Pixuleco com sua cara.

Pixuleco era o boneco vestido de presidiário e com a cara do ex-presidente Lula.

O Pixuleco de hoje é vestido de presidiário mas tem a cara de Renan Calheiros.

Então…

Fica a dica!

Para os políticos que foram tirados do processo ou que estão encalacrados com processos judiciais…todo silêncio ainda será ensurdecedor

Tipo…

Todo silêncio é pouco…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*