Thaisa Galvão

20 de março de 2019 às 7:44

Brasil será aliado Extra-Otan dos Estados Unidos: veja o que significa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Passada a visita do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, o que se discute…

Que o Brasil pode se tornar aliado prioritário extra-Otan.

Saiba o que isso significa, segundo publicou o G1:

Após encontro de Donald Trump com Jair Bolsonaro, o Brasil pode ter acesso preferencial a equipamentos militares norte-americanos. No entanto, a medida dificilmente evoluirá para um ingresso do país na Otan, dizem professores.

Ser um aliado prioritário extra-Otan aproxima militarmente o Brasil dos Estados Unidos.

 

Ao entrar nessa classificação, o Brasil consegue:

-Tornar-se comprador preferencial de equipamentos e tecnologia militares dos EUA;

-Participar de leilões organizados pelo Pentágono para vender produtos militares;

-Ganhar prioridade para promover treinamentos militares com as Forças Armadas norte-americanas.

Ao todo, 29 países integram a Otan e outros 17 receberam a classificação de Exta-Otan do governo norte-americano.

Confira na arte abaixo.

 

 

O que é a Otan – Organização do Tratado do Atlântico Norte

Com sede em Bruxelas, na Bélgica,a Otan é uma aliança militar intergovernamental criada após o final da Segunda Guerra Mundial no contexto da bipolaridade formada entre os Estados Unidos e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, no período da Guerra Fria.

O objetivo da aliança é baseado em três pilares:

-A defesa coletiva dos Estados membros (ou seja, os Estados concordam em se unir contra ameaças externas caso algum dos países participantes da organização seja atacado);

-Impedir o revigoramento do militarismo nacionalista na Europa, através de uma forte presença norte-americana no continente;

-Encorajar a integração política europeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*