Thaisa Galvão

28 de março de 2019 às 23:19

Michel Temer vira réu no caso da mala de 500 mil reais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-presidente Michel Temer virou réu no caso da mala de 500 mil reais da JBS.

O juiz da 15ª Vara da Justiça Federal em Brasília, Rodrigo Bentemuller, acolheu denúncia do Ministério Público e com isso o ex-presidente passa a responder por corrupção passiva.

Ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures já é réu no mesmo processo.

Foi ele que recebeu a mala do ex-executivo da J&F Ricardo Saud.

Para o MP, os 500 mil eram propina, e Temer era o destinatário do dinheiro.

O ex-presidente sempre negou.

28 de março de 2019 às 16:57

Rafaela Fontes assinará doces do casamento do youtuber famoso Carlinhos Maia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A doceira-chocolateira potiguar Rafaela Fontes, vai fazer parte da lista seleta de fornecedores do casamento do youtuber famoso Carlinhos Maia.

Maia, que faz sucesso nas redes sociais com mais de 1 milhão e 300 mil seguidores no canal de you tube, mais de 12 milhões no Instagram, e tem lotado teatros pelo Brasil afora, vai se casar com o digital influencer alagoano, Lucas Guimarães – 2,3 milhões de seguidores no Insta.

E os doces do casamentão serão assinados por Rafaela.

28 de março de 2019 às 16:48

Bem avaliado diretor da UPA BH, João Batista recebe título de Cidadão Mossoroense [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Diretor-geral da UPA BH, em Mossoró, João Batista de Andrade recebeu título de Cidadão Mossoroense proposto pelo vereador Alex Moacir.

Com um trabalho de humanização com servidores e pacientes, João tem feito a diferença na Unidade de Saúde da Prefeitura de Mossoró, e foi homenageado pelo reconhecimento do seu trabalho.

E a UPA tem sido bem avaliada.

João nasceu em Apodi.

28 de março de 2019 às 15:39

Aumento de passagens: Comissão presidida pelo deputado João Maia aprova realização de audiência para debater tema que inviabiliza o turismo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Federal, deputado João Maia (PR), na primeira reunião deliberativa do ano, conseguiu aprovar requerimento de sua autoria para debater as diferenças de preços de passagens aéreas entre as diferentes regiões do Brasil.

“Algumas capitais do Nordeste, em especial Natal, sofrem com tarifas exorbitantes, que quase inviabilizam o turismo local, tanto que a Associação Brasileira de Agências de Viagens denuncia que o Rio Grande do Norte tem sido o destino mais caro do Brasil”, criticou o presidente da CDC.

Com isso, os ramos de hotelaria, alimentação, inclusive pequenos e médios empresários e trabalhadores informais que sobrevivem das atividades de atendimento aos turistas estão arcando com prejuízos crescentes.

Maia disse ainda que a possível aquisição da Avianca pela Azul deve agravar ainda mais o problema, pois as opções de voos se reduzirão de quatro empresas para três.

“Sabemos que a concorrência é um dos pontos que garantem preço baixo e qualidade para o consumidor, por isso, menos alternativas para o passageiro é algo tão preocupante”, destacou.

         

28 de março de 2019 às 15:32

Sessão presidida por João Maia aprova realização de audiência para debater aumento nas tarifas de energia elétrica [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, o deputado federal João Maia levantou outros assuntos de interessa da sociedade na sessão se hoje.

E foram aprovados ainda requerimentos de audiência para discutir os aumentos das tarifas de energia elétrica, a atuação das agências reguladoras e o uso indiscriminado de agrotóxicos.

28 de março de 2019 às 11:51

PF deflagra operação para combater continuação de ação criminosa em factoring [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da assessoria da Polícia Federal:

Além da operação envolvendo a Prefeitura de Touros, a Polícia Federal deflagrou hoje em Natal a Operação Bis, para combater ação criminosa contra o Sistema Financeiro Nacional.

Cerca de 20 policiais federais foram cumprir 3 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal.

A investigação apura a atuação irregular de empresa de factoring que, ao invés de realizar atividade de fomento mercantil, promove a captação de recursos de terceiros e concede empréstimos, atividade típica de instituição financeira e, sem autorização do Banco Central do Brasil.

As diligências de hoje visam reunir provas dos crimes sob apuração.

Os empresários suspeitos já haviam sido investigados em 2011 e, embora processados e condenados pela Justiça Federal, prosseguem com a atuação criminosa, vindo daí o nome que originou esta operação.

Nessa operação a PF também não dará entrevista.

28 de março de 2019 às 11:48

Polícia Federal faz operação para investigar denúncias de 2016 na Prefeitura de Touros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Polícia Federal em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF) deflagrou hoje em Natal e Parnamirim/RN, a Operação Tiro, destinada a apurar desvio de recursos públicos, dispensa indevida de licitação e lavagem de dinheiro, na Prefeitura de Touros no ano de 2016.

Participaram da ação 40 policiais federais e 7 servidores da Controladoria-Geral da União, que tinham 7 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de prisão preventiva a cumprir, expedidos pela 15ª Vara da Justiça Federal/RN.

Os fatos remontam há três anos quando a Prefeitura de Touros recebeu verba de emenda parlamentar no valor aproximado de R$ 270 mil destinada à aquisição de medicamentos, tendo sido, em sequência, sem prévia licitação, celebrado contrato com a empresa ora investigada.

Ressalte-se que, a despeito do pagamento realizado em favor dessa pessoa jurídica, não há registros da efetiva entrega dos medicamentos.

Afastado o sigilo bancário da empresa sob suspeita, as investigações, tomando por base a análise de dados, apontaram que no dia seguinte ao crédito do valor da emenda parlamentar, a prefeitura repassou à empresa investigada cerca de R$ 195 mil e, dias depois, novos repasses ocorreram em favor da mesma empresa, desta feita, em valores que somados alcançaram mais R$ 61 mil, sendo que o rastreamento das operações bancárias tornou possível identificar um dos beneficiários da verba pública desviada.

As diligências realizadas no dia de hoje tem por finalidade reunir provas dos delitos sob investigação, identificar todos os participantes do esquema criminoso e apontar os beneficiários dos valores desviados. É missão da PF combater tais desvios de recursos públicos.

O assunto permanecerá sob mistério já que a Polícia Federal não concederá entrevista coletiva.

28 de março de 2019 às 8:12

Bolsonaro diz que furo anunciado na Globonews sobre queda de ministro é mais uma das fake news que ele ‘sofre todos os dias’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Finalmente…

O colombiano ministro da Educação, que ainda não mostrou conhecimento da pasta que comenda, cai ou não cai?

Na Globonews, a jornalista Eliane Cantanhede disse que sim.

No twitter, o presidente Bolsonaro tratou o comentário da jornalista como ‘fake news’

28 de março de 2019 às 7:55

Deputada expõe despreparo do ministro da Educação e pede para ele deixar o cargo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quando um ministro de Educação mal fala a língua do país em que é gestor, não se tem muito o que esperar da Educação.

Ontem, na Comissão de Educação da Câmara Federal, a deputada Tábata Amaral (PDT-SP), de apenas 25 anos, enquadrou o ministro Ricardo Velez e o assunto rapidinho viralizou nas redes sociais.

A parlamentar se disse decepcionada com o despreparo do titular de uma das pastas mais importantes do país, e terminou dizendo que ele deveria deixar o cargo.

Leia alguns trechos da intervenção da deputada:

 

“Já se passaram três meses e em um trimestre não é possível que o senhor apresente um “power point” com dois, três desejos para cada área da Educação. Onde estão os projetos, as metas, quem são os responsáveis? Isso não é um projeto estratégico. Isso é uma lista de desejos. Eu quero saber onde eu encontro esses projetos? Quando cada um começa a ser implementado? Quando serão entregues? Quais são os resultados esperados? São três meses e a gente consegue fazer mais do que isso”.

“Outra pergunta é sobre o aparelhamento ideológico do ministério. Eu não vou ficar discutindo fumaça. Não vou ficar falando que sou contra o ‘Escola sem Partido’. Eu sou contra, mas não acho que é isso o que importa. A gente precisa de profissionais preparados”.

“Tem uma coisa que eu aprendi nos últimos anos, como cientista política e como ativista da Educação, é que o maior desafio que a gente tem não é ficar fazendo lista de desejos. É implementar, de fato, e a gente não implementa sem um corpo preparado, sem pessoas que têm experiência”.

“Não dá para acreditar que uma troca tão constante no primeiro escalão, essa paralisia, vai levar ao sucesso da Educação. Nossa Educação hoje, por experiência própria, a falta que faz nas periferias, mata. Para mim, não tem coisa mais urgente do que essa. Eu esperava muito mais do senhor com três meses de trabalho”.

“Saio da reunião extremamente decepcionada com sua incapacidade de apresentar uma proposta, de saber dados básicos e fundamentais. É um desrespeito, não só à Educação, não só ao ministério, não só ao Parlamento, mas ao Brasil como um todo”.

A deputada disse que espera mudança de atitude do ministro, apesar de achar “completamente improvável”, ou que ele saia do cargo.

O ministro disse que só se demite se o presidente pedir, já que ele é o “chefe”.

 

Para ver a íntegra do debate em que a deputada reduziu o ministro da Educação a…nada…veja o vídeo abaixo.

 

28 de março de 2019 às 6:06

Para o deputado General Girão, golpe de 1964 não passou de ‘narrativa mentirosa da esquerda’ [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Contrariando a máxima brasileira e recentemente, a posição do Ministério Público Federal, o deputado federal General Girão, “fixou” em seu twitter que ‘golpe militar de 1964’ é coisa da cabeça da esquerda “mentirosa”

28 de março de 2019 às 5:46

Disputa pelo comando do Ministério Público no RN terá debate entre os dois candidatos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte segue em campanha para sucessão do procurador geral de Justiça.

E na sexta-feira, o atual presidente e candidato à reeleição, Eudo Leite, debaterá com a também candidata Iadya Gama Maio.

O debate será promovido pela Associação dos Membros do Ministério Público Estadual e terá início às 14h30.

28 de março de 2019 às 5:38

Bolsonaro sobre Rodrigo Maia: “Isso não é uma palavra de uma pessoa que conduz uma casa” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Blog teve acesso ao áudio da entrevista ‘seletiva’ do presidente Jair Bolsonaro onde ele respondeu ao presidente da Câmara.

“Se foi isso mesmo que ele falou, isso não é uma palavra de uma pessoa que conduz uma casa, é muita responsabilidade. Brincar? Se alguém quiser que eu faça o que todos os presidentes fizeram, eu não vou fazer, eu acho que já dei o recado aqui. A nossa forma de governar é respeitando todo mundo, e acima de tudo, além de respeitar o colega político, respeitar o povo brasileiro que me botou lá. Não existe brincadeira da minha parte, pelo contrário. Eu lamento as palavras nesse sentido e até quero nem acreditar que ele tenha falado isso”, disse Bolsonaro.

Na entrevista o presidente disse ainda que não há problema nenhum com o Parlamento.

“Da minha parte não há nenhum problema como Parlamento brasileiro, há uma tentativa de envenenar o relacionamento. Eu tenho profundo respeito e admiração pelo Rodrigo Maia (presidente da Câmara) e pelo Davi Alcolumbre (presidente do Senado), que são pessoas importantíssimas para o sucesso disso tudo, e outra coisa, não é um projeto meu, é do Brasil.

 

Sobre a Reforma da Previdência:

“O passar do tempo ajudará os parlamentares a entenderem a reforma da Previdência. Eu fui parlamentar por 28 anos e sei o que acontece, sei das pressões que o parlamentar sofre por parte de setores da sociedade. Se não aprovar isso daí nós não teremos condições de pagar mais, e a responsabilidade é de todos, não é minha, não é da Câmara nem do Senado, é de todos nós que tem consciência de aprovar essa e outras reformas que tem que se fazer na questão tributária”, afirmou o presidente.

28 de março de 2019 às 5:36

Para Rodrigo Maia, o presidente Bolsonaro está “brincando de presidir” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Continua o rami rami e o Brasil segue desgovernado…

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que o governo ainda não começou e que o presidente Jair Bolsonaro está “brincando” de presidir…

Em São Paulo, onde foi fazer exames médicos, para responder ao presidente da Câmara Bolsonaro deu uma entrevista seletiva – e não coletiva – deixando de fora TV Globo, GloboNews, CBN, O Globo, Valor, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL.

“Eu acho que o Brasil perde. A bolsa está caindo, a expectativa dos investidores está ficando menor. Expectativa positiva. Então, ninguém ganha com isso. Eu até faço um apelo ao presidente que pare, chega, peça ao entorno para parar de criticar. Pare de criticar. Vamos governar”, declarou Maia.

 

 

28 de março de 2019 às 4:45

MPF no RN se posiciona contrário às comemorações do golpe militar de 1964 propostas pela presidência da República [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte entrou na campanha contra as comemorações do 31 de março proposta pelo presidente Bolsonaro, que jura por Deus vivinho que não houve golpe nem ditadura no Brasil e a data se refere a um simples movimento militar…

Além do RN, as Procuradorias de mais 17 estados e do Distrito Federal, segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), recomendaram a comandos militares, brigadas e grupamentos que não comemorem a data.

Para os procuradores, não pode haver comemoração porque direitos foram suprimidos durante o regime.

A PGR quer uma resposta em até 48 horas sobre os procedimentos adotados para o cumprimento da recomendação.

“A homenagem por servidores civis e militares, no exercício de suas funções, ao período histórico no qual houve supressão de direitos e da democracia viola a Constituição Federal, que repudia o crime de tortura e prevê como crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático”, diz o texto.